Skyscraper City Forum banner
1 - 1 of 1 Posts

·
Registered
Joined
·
1,359 Posts
Discussion Starter · #1 ·
29 Abril de 2018 | 00h20 - Actualizado em 29 Abril de 2018 | 00h19
Inaugurado Porto Pesqueiro do Tómbwa
Moçâmedes - O município do Tômbwa conta desde sábado com um Porto Pesqueiro, inaugurado pela ministra das Pescas e Ciências do Mar, Victória de Barros. A infraestrutura pública vai permitir a atracagem de embarcações de pesca industrial, semi-industrial e artesanal.







FOTO: ANABELA DO CÉU FRITZ

O projecto conta com um entreposto frigórico equipado com sistema de recepção de pescado a partir das embarcações, uma sala de processamento, duas camaras de conservação com capacidade de 150 toneladas cada, três tuneis de congelação de 15 tonelada cada um, a par de uma fábrica de gelo de 7,5 toneladas por dia.

O projecto, orçado em 23 milhões de dólares, conta também com um mercado para a comercialização do pescado a retalho.

Na ocasião, a ministra das Pescas e Ciências do Mar, Vitoria de Barros Neto, informou que a segunda fase do projecto contempla a criação de infraestruturas para os serviços de fiscalização pesqueira, capitania, alfandegas, Polícia Fiscal e Serviço de Migração e Estrangeiro.

Adiantou que, no mesmo espaço, serão também montadas lojas para a venda de artefactos de pesa, oficinas para a manutenção e reparação de pequenas embarcações ligadas a pesca semi-industrial e artesanal.

Disse que foi dado um grande passo para que os comerciantes e processadores de pescado possam, de forma organizada, adquirir os seus produtos, permitindo o surgimento de pequenas e medias empresas, contribuindo para o crescimento da indústria transformadora.

Com a construção desta unidade de produção foram criados mais de cem novos postos de trabalho para os jovens da província, em especial do município do Tombwa.

Segundo a ministra, o município do Tombwa começa a crescer em todos os aspectos, económicos e sociais, tornando-se num grande polo de desenvolvimento do sector das Pescas.

O Porto Pesqueiro do Tômbwa ocupa uma área de três hectares, com 400 metros de cais, que permitirá a acostagem de até 10 barcos de uma só vez. Conta com infraestruturas de apoio, oficinas para reparação e manutenção das embarcações, postos para abastecimento de combustível e água e um parque para viaturas.
Angop
 
1 - 1 of 1 Posts
Top