Skyscraper City Forum banner
1 - 19 of 19 Posts

·
Registered
Joined
·
40,884 Posts
Discussion Starter · #1 ·
This thread is dedicated to national retail news from Angola. Please put no foreign brands into this thread as there is a seperate one dedicated to it.
 

·
Registered
Joined
·
40,884 Posts
Discussion Starter · #6 ·
Nosso Super , to my mind, is ok, but for all I know they only build supermarkets and just have 1 hypermarket whereas Kero and Maxi Retail already have dozens of hypermarkets.

I am looking forward to Kero´s hypermarket which is u/c in Benguela and which will have 16 000 sqm (!!)...I guess it will be among the largest on the African continent... huge hypermakets rarely exceed 10 000-15 000 sqm with roughly 30-40 check-out slots.
 

·
Registered
Joined
·
40,884 Posts
Discussion Starter · #10 ·
Hello Justwatch,...since when is Shoprite Angolan?

Could you put that piece of news into the International Brand thread or into the Economic News thread, please? This would be kind of you.

So please let´s ONLY show local NATIONAL brands in here. That´s what the thread should be about. Thank you for your coorperation:)
 

·
Registered
Joined
·
40,884 Posts
Discussion Starter · #11 · (Edited)
American Hotdog Angolan brand and fast food joint...started in 1995


*A HISTÓRIA*****

" Tudo começa quando realmente acreditamos." O American Hot-Dog® nasceu em 1995, com apenas uma roloute de comida rápida, localizando-se por várias ruas de Luanda, o crescimento foi natural e a multiplicação dos pontos de venda pela cidade foi rápida. A qualidade era comprovada pelos seus clientes frequentes, que procuravam especialmente American Hot-Dog® para as suas refeições rápidas. Foi motivo para que em 2000 American Hot-Dog® inaugura o seu primeiro estabelecimento no complexo Piscinas do Alvalade. Que ainda hoje é referência de mercado. Com a evolução do mercado de Angola, e necessidade de estar perto dos nossos clientes. Com a abertura de vários shoppings em Luanda, o American Hot-Dog® cresceu e inaugura o seu estabelecimento no primeiro shopping de Luanda, o Belas Shopping. Desde então, a expansão tem sido forte, marcando presença nos principais shoppings de Luanda, conseguindo estar cada vez mais perto dos seus clientes. A crescer desde 1995, primando pelo rigor e qualidade dos nossos produtos, hoje estamos posicionados como uma das melhores cadeias de restauração rápida no mercado de Angola













start in 1995 and in 2014





http://www.americanhotdog.com.pt/

Don´t be misled by the pt..the brand is Angolan. It all started in Angola, too:cheers:
 

·
Registered
Joined
·
6,698 Posts

·
Registered
Joined
·
40,884 Posts
Discussion Starter · #13 ·
New X-press chain supermarkets opens....






O Supermercado Expresso tem nas pratileiras produtos diversos para o mercado angolano. Luanda-Angola.


O director geral do Supermercado Expresso, Eduardo Salome, fala à imprensa sobre a inauguração da loja.

A funcionária, Filipa Fernandes, participa na inauguração da loja



O Supermercado Expresso tem nas pratileiras produtos diversos para o mercado angolano




O secretário de Estado do Comércio, Álvaro Augusto Paixão Júnior, troca impressões com o director geral da instituição acima referida, Eduardo Salomé.



O secretário de Estado do Comércio, Álvaro Augusto Paixão Júnior, fala à imprensa sobre a inauguração do Supermercado Expresso

Courtesy of Rogério Tuti






'Nosso Super Express'' abriu em Luanda

João Dias |

5 de Setembro, 2015


O secretário de Estado do Comércio, Álvaro Paixão Júnior, inaugurou ontem em Luanda a primeira loja “Nosso Super Express”, que marca uma nova filosofia no modo de fazer comércio, com a implantação nas zonas urbanas, numa perspectiva de proximidade com o cliente e a comercialização de produtos nacionais.

Localizada na Rua Rei Katyavala, próximo do Zé Pirão, o “Nosso Super Express” representou um investimento de 200 milhões de kwanzas da Nova Rede de Supermercados de Angola(NRSA), assegurando 40 postos de trabalho.
“Importamos o que não conseguimos encontrar no país. Mas parte considerável dos produtos que vamos comercializar é produzido localmente. É o mesmo que estamos a fazer nas províncias”, garantiu o director-geral da NRSA, Eduardo Salome.
O secretário de Estado do Comércio disse esperar que o novo tipo de lojas favoreça o alcance dos objectivos da NRSA e afirmou que a filosofia da empresa encontra “um certo alinhamento com aquilo que são as políticas do Executivo para a geração de emprego”.
“Sabemos que o Nosso Super é uma marca forte e por isso espero que possa estender as suas acções para outras formas de negócios como o ‘franchising’ e assim apoiar o pequeno comércio”, referiu.
“Muitos produtos comercializados na loja são nacionais, o que representa uma combinação perfeita com a política do Estado para a diversificação”, disse Álvaro Paixão Júnior, para quem projectos do género contribuem para a elevação das oportunidades de emprego para a juventude.

Alegria do primeiro emprego

Com a nova loja, perfazem 34 os estabelecimentos comerciais da marca “Nosso Super” espalhados pelas 18 províncias. “A loja Nosso Super Express é a primeira no centro da cidade. A intenção é prestar serviços de venda muito rápidos. Queremos que o cliente entre, compre e saia logo sem que faça muito tempo. Os produtos que temos são frescos, diferenciados e nacionais, como é caso das frutas, vegetais, legumes, pão, carne, entre outros. Tudo isto está voltado para satisfazer as necessidades diárias do cidadão”, sublinhou. A NRSA criou aproximadamente 1.600 postos de trabalho, prenacional vendo elevar esta cifra com a entrada em actividade, em breve, de um complexo industrial em Viana e a parceria com o Papagro, para apoiar o escoamento dos produtos do campo para a cidade.
Filipa Fernandes, 23 anos, passou por um processo de formação de três meses e agora aprendeu a lidar com a charcutaria. “Está a ser bom para mim ter um emprego nessa fase difícil da nossa vida económica. Recebi formação para trabalhar na charcutaria e é o que vou fazer com muito prazer”, disse.
A auxiliar de limpeza Domingas Manuel carrega o mesmo sentimento por ter conseguido o seu primeiro emprego numa fase em que menos esperava. “Conseguir um emprego nessa altura é mesmo muito bom. Demorou mas chegou”, sublinhou Domingas, num gesto de evidente satisfação.
Márcia da Piedade e Sónia Manjeje são duas donas de casa que ficam nos registos da loja como as primeiras clientes. Sónia trabalha a escassos metros da loja e disse que a implantação do Nosso Super Express representa uma grande vantagem pela proximidade e qualidade. “Aqui existem poucos supermercados com este nível”, disse a supervisora de Recursos Humanos.
http://jornaldeangola.sapo.ao/economia/mercados/nosso_super_express_abriu_em_luanda
 

·
Registered
Joined
·
6,698 Posts


Terceiro Candando abre em Viana e cria 375 empregos
07 Dezembro 2017 | por Lusa/VerAngola

A empresária Isabel dos Santos abre esta Sexta-feira o seu terceiro hipermercado da rede "Candando", este localizado em Viana, nos arredores de Luanda, criando 375 postos de trabalho, informou à Lusa fonte daquele grupo empresarial.



Situado a cerca de 30 quilómetros do centro de Luanda, o terceiro hipermercado do grupo Contidis, detido por Isabel do Santos, contará com uma área de 4300 metros quadrados."Sai assim reforçada a aposta do Candando no talento nacional, que conta no total com mais de 1350 colaboradores", refere o grupo.

A própria Isabel dos Santos já tinha anunciado na Quarta-feira que estava a ultimar a abertura do seu terceiro hipermercado da rede "Candando", através da sua conta no Instagram, uma das redes sociais que tem utilizado para dar conta da sua vida empresarial após a saída do cargo de presidente do conselho de administração da petrolífera Sonangol.

Na publicação, acompanhada de duas fotografias da nova loja "Candando" de Viana, Isabel dos Santos referia que estava quase a abertura de "mais uma porta" em Luanda.

Desde que foi exonerada da Sonangol pelo chefe de Estado João Lourenço, a empresária já lançou uma marca de cerveja própria, a "Luandina", e abre agora o seu terceiro hipermercado.

A rede "Candando", do grupo Contidis, é liderada pelo português Miguel Osório, ex-quadro da Sonae e director-geral do projecto, depois do fim da parceria da empresária angolana com aquele grupo português do retalho.

O primeiro hipermercado "Candando", palavra derivada da língua quimbundo, que significa "Abraço", abriu portas também em Luanda, em Maio de 2016, representando na altura um investimento de 40 milhões de dólares e prometendo apostar na produção nacional. A segunda loja abriu em Abril deste ano, em Talatona, arredores de Luanda, próximo do anterior.

Na altura da inauguração do primeiro hipermercado, Miguel Osório anunciou a abertura de dez lojas "Candando" em cinco anos, num investimento global de 400 milhões de dólares. Só no primeiro hipermercado, um dos maiores do país, foram criados, segundo o grupo Contidis, 750 postos de trabalho.​
 

·
Registered
Joined
·
40,884 Posts
Discussion Starter · #19 ·
Intermarket abre 20 novos supermercados até 2022




Em 16 Jul, 2018

A rede de supermercados Intermarket pretende lançar, até finais de 2022, em Angola, cerca de 20 novos supermercados, contribuindo no processo de formalização do sector do comércio em Angola.

“Estamos com um plano muito interessante que prevê a abertura de 16 a 20 novas lojas no país até o ano de 2022”, disse, Sandro Benelli, garantido que cada supermercado inaugurado pelo grupo “garante 170 empregos” além dos cerca de 80 postos de empregos indirectos.

“Cada loja que abre são 250 famílias que acabam trabalhando connosco directa e indirectamente, considerando a cadeia de abastecimento que vai da produção, transporte, apoio administrativo à prestação de serviços”, assegurou o responsável.

Sem avançar o volume do investimento feito, Sandro Benelli disse que o grupo prepara-se para ser reconhecido como uma opção segura e diferenciada entre os concorrentes que atuam no sector de retalho até o final deste quinquénio (2018-2022).
http://mercado.co.ao/bloco-2/intermarket-abre-20-novos-supermercados-ate-2022/
 
1 - 19 of 19 Posts
Top