SkyscraperCity Forum banner
Status
Not open for further replies.
1401 - 1420 of 5084 Posts

·
**16º ano**
Ano XVIII
Joined
·
36,932 Posts
^^ Sim, li, acho uma materia, acho que postada aqui mesmo no SSC que as construtoras estavam de olho na região, inclusive uns dois terrenos naquela rua já estavam limpos esperando valorização pra começar a construir
 

·
Registered
Joined
·
2,838 Posts
Com a estagnação de Higienópolis por falta de terrenos, mais a reforma da pça Roosevelt e possível criação do parque Augusta, aquela região da baixa Augusta tem se valorizado muito e atraído muito interesse de construtoras.

Com a construção da L6 passando ali perto então, aquela região mais pobre das ruas Paim e Penaforte mendes vai estourar de especulação imobiliaria
Depois de várias tentativas frustradas do Poder Público em "ressuscitar" o Centrão, isto pode estar começando à acontecer de maneira natural...:cheers:
Pode ser um devaneio, mas é assim que as grandes mudanças começam!
 

·
Registered
Joined
·
11,060 Posts
Depois de várias tentativas frustradas do Poder Público em "ressuscitar" o Centrão, isto pode estar começando à acontecer de maneira natural...:cheers:
Pode ser um devaneio, mas é assim que as grandes mudanças começam!
As construtoras já mostram muito interesse no Centro,é uma área obvia de se investir,tem de tudo,áreas nobres próximas,lazer diversificado,etc.Agora vamos ver o poder público e a "velocidade" deles para adequar essa parte da cidade para um novo período de crescimento.
E viva a fênix paulistana!!!:banana::banana:
 

·
Banned
Joined
·
4,873 Posts
Meu medo é que esse interesse das construtoras pelo centro faça a região ser tomada por prédios residenciais meia boca, desses sem graça que pipocam cidade a fora, e com que perca sua indentidade, fazendo seus grandes ícones ficarem imersos em meio uma mesmice e medíocridade arquitetônicas deprimentes...
 

·
Registered
Joined
·
7,482 Posts
Maior desapropriação da história começa em agosto no Brooklin

SÃO PAULO - Quarenta mil moradores em 16 favelas, centenas de casas e lojas e quatro torres residenciais serão desapropriados para a construção de um túnel de R$ 3,7 bilhões entre a Avenida Jornalista Roberto Marinho, no Brooklin, na zona sul de São Paulo, e a Rodovia dos Imigrantes. A maior desapropriação da história da Prefeitura foi autorizada, às 18h04, por 39 dos 55 vereadores paulistanos.

As remoções devem começar em agosto, dois meses antes das obras do túnel. Também haverá um parque linear de 600 mil metros quadrados, quase metade do tamanho do Parque do Ibirapuera, no lugar das ocupações localizadas às margens do Córrego Água Espraiada.

O pacote de mudanças para a região ainda inclui o prolongamento da Avenida Chucri Zaidan em 1 km e reformas em outras 48 ruas, como alargamentos e novas calçadas.

A Secretaria Municipal de Habitação já cadastrou 8,5 famílias que vão deixar as margens do Córrego Água Espraiada para morar em conjuntos habitacionais da CDHU construídos ao longo da Avenida Ricardo Jafet. As transferências das primeiras famílias, que já recebem bolsa aluguel de R$ 300 mensais por meio de cartão magnético da Prefeitura, devem começar em 30 dias.

A lei que autorizou a Operação Urbana Água Espraiada, de 2001, foi alterada na Câmara dez anos depois, a pedido do Tribunal de Contas do Município (TCM) e do Ministério Público Estadual. Isso porque a lei original previa um túnel de apenas 400 metros para interligar o Brooklin e a Imigrantes.

Em 2007, o prefeito Gilberto Kassab (sem partido) apresentou um túnel de 4,5 km e custo de R$ 2 bilhões. No ano seguinte, mais uma alteração no traçado, que passou a ter 3,7 km e custo de R$ 2,7 bilhões. Com as três alterações, a lei teve de passar novamente pelo Legislativo, como determinou o TCM.
http://www.estadao.com.br/noticias/...ria-comeca-em-agosto-no-brooklin,740591,0.htm
 

·
Registered
Joined
·
7,482 Posts
Monotrilho: 40 km quadrados desapropriados

Uma área de 40.753 metros quadrados, no Bairro São Lucas, será desapropriada para a construção do Pátio Oratório, que será o primeiro específico do Metrô para o sistema monotrilho, adianta o Governo do Estado nesta segunda-feira, 4.

O Pátio Oratório será o primeiro do Metrô específico para o sistema monotrilho, adianta o Governo do Estado. O Pátio terá a capacidade para estacionar 28 trens e uma alça de acesso ao Leste, com 5.650 metros de vias, após a estação Oratório.

Os imóveis estão localizados na Avenida do Oratório, onde outras áreas já haviam sido desapropriadas anteriormente, diz em nota o Governo do Estado.

Uma vez autorizada a imissão na posse do imóvel a partir do decreto de desapropriação por decisão judicial ou amigável de desapropriação, segundo o Governo de São Paulo, o Metrô poderá ingressar na área e tomar as medidas necessárias para sua utilização para a obra pública. No último sábado, 2, foi publicado no Diário Oficial do Estado o decreto que a declara de utilidade pública da Companhia do Metrô.

De acordo com o Governo, a desapropriação faz parte da ampliação da Linha 2-verde o Governo do Estado de São Paulo. A Linha 2-Verde seguirá de Vila Prudente até o Hospital Cidade Tiradentes.

http://blogs.estadao.com.br/jt-cidades/monotrilho-40-km-quadrados-desapropriados/
 

·
Registered
Joined
·
9,029 Posts
Monotrilho: 40 km quadrados desapropriados

Uma área de 40.753 metros quadrados, no Bairro São Lucas, será desapropriada para a construção do Pátio Oratório, que será o primeiro específico do Metrô para o sistema monotrilho, adianta o Governo do Estado nesta segunda-feira, 4.

O Pátio Oratório será o primeiro do Metrô específico para o sistema monotrilho, adianta o Governo do Estado. O Pátio terá a capacidade para estacionar 28 trens e uma alça de acesso ao Leste, com 5.650 metros de vias, após a estação Oratório.

Os imóveis estão localizados na Avenida do Oratório, onde outras áreas já haviam sido desapropriadas anteriormente, diz em nota o Governo do Estado.

Uma vez autorizada a imissão na posse do imóvel a partir do decreto de desapropriação por decisão judicial ou amigável de desapropriação, segundo o Governo de São Paulo, o Metrô poderá ingressar na área e tomar as medidas necessárias para sua utilização para a obra pública. No último sábado, 2, foi publicado no Diário Oficial do Estado o decreto que a declara de utilidade pública da Companhia do Metrô.

De acordo com o Governo, a desapropriação faz parte da ampliação da Linha 2-verde o Governo do Estado de São Paulo. A Linha 2-Verde seguirá de Vila Prudente até o Hospital Cidade Tiradentes.

http://blogs.estadao.com.br/jt-cidades/monotrilho-40-km-quadrados-desapropriados/
40mil m² e 40km² são coisas bem diferentes xD
 

·
Grande Campinas (S.Paulo)
Joined
·
54,810 Posts
Monotrilho: 40 km quadrados desapropriados

Uma área de 40.753 metros quadrados, no Bairro São Lucas, será desapropriada para a construção do Pátio Oratório, que será o primeiro específico do Metrô para o sistema monotrilho, adianta o Governo do Estado nesta segunda-feira, 4.

O Pátio Oratório será o primeiro do Metrô específico para o sistema monotrilho, adianta o Governo do Estado. O Pátio terá a capacidade para estacionar 28 trens e uma alça de acesso ao Leste, com 5.650 metros de vias, após a estação Oratório.

Os imóveis estão localizados na Avenida do Oratório, onde outras áreas já haviam sido desapropriadas anteriormente, diz em nota o Governo do Estado.

Uma vez autorizada a imissão na posse do imóvel a partir do decreto de desapropriação por decisão judicial ou amigável de desapropriação, segundo o Governo de São Paulo, o Metrô poderá ingressar na área e tomar as medidas necessárias para sua utilização para a obra pública. No último sábado, 2, foi publicado no Diário Oficial do Estado o decreto que a declara de utilidade pública da Companhia do Metrô.

De acordo com o Governo, a desapropriação faz parte da ampliação da Linha 2-verde o Governo do Estado de São Paulo. A Linha 2-Verde seguirá de Vila Prudente até o Hospital Cidade Tiradentes.

http://blogs.estadao.com.br/jt-cidades/monotrilho-40-km-quadrados-desapropriados/
dinheiro jogado fora..
 

·
Grande Campinas (S.Paulo)
Joined
·
54,810 Posts
Maior desapropriação da história começa em agosto no Brooklin

SÃO PAULO - Quarenta mil moradores em 16 favelas, centenas de casas e lojas e quatro torres residenciais serão desapropriados para a construção de um túnel de R$ 3,7 bilhões entre a Avenida Jornalista Roberto Marinho, no Brooklin, na zona sul de São Paulo, e a Rodovia dos Imigrantes. A maior desapropriação da história da Prefeitura foi autorizada, às 18h04, por 39 dos 55 vereadores paulistanos.

As remoções devem começar em agosto, dois meses antes das obras do túnel. Também haverá um parque linear de 600 mil metros quadrados, quase metade do tamanho do Parque do Ibirapuera, no lugar das ocupações localizadas às margens do Córrego Água Espraiada.

O pacote de mudanças para a região ainda inclui o prolongamento da Avenida Chucri Zaidan em 1 km e reformas em outras 48 ruas, como alargamentos e novas calçadas.

A Secretaria Municipal de Habitação já cadastrou 8,5 famílias que vão deixar as margens do Córrego Água Espraiada para morar em conjuntos habitacionais da CDHU construídos ao longo da Avenida Ricardo Jafet. As transferências das primeiras famílias, que já recebem bolsa aluguel de R$ 300 mensais por meio de cartão magnético da Prefeitura, devem começar em 30 dias.

A lei que autorizou a Operação Urbana Água Espraiada, de 2001, foi alterada na Câmara dez anos depois, a pedido do Tribunal de Contas do Município (TCM) e do Ministério Público Estadual. Isso porque a lei original previa um túnel de apenas 400 metros para interligar o Brooklin e a Imigrantes.

Em 2007, o prefeito Gilberto Kassab (sem partido) apresentou um túnel de 4,5 km e custo de R$ 2 bilhões. No ano seguinte, mais uma alteração no traçado, que passou a ter 3,7 km e custo de R$ 2,7 bilhões. Com as três alterações, a lei teve de passar novamente pelo Legislativo, como determinou o TCM.
http://www.estadao.com.br/noticias/...ria-comeca-em-agosto-no-brooklin,740591,0.htm
kassab não consegue nem fazer creche...

:eek:hno::eek:hno:

Este projeto é mais dificil que o estadio do coringão..

:lol::lol:

levara uns 100 anos tambem...

:lol::lol:
 

·
Registered
Joined
·
8,360 Posts
Maior desapropriação da história começa em agosto no Brooklin

SÃO PAULO - Quarenta mil moradores em 16 favelas, centenas de casas e lojas e quatro torres residenciais serão desapropriados para a construção de um túnel de R$ 3,7 bilhões entre a Avenida Jornalista Roberto Marinho, no Brooklin, na zona sul de São Paulo, e a Rodovia dos Imigrantes. A maior desapropriação da história da Prefeitura foi autorizada, às 18h04, por 39 dos 55 vereadores paulistanos.

As remoções devem começar em agosto, dois meses antes das obras do túnel. Também haverá um parque linear de 600 mil metros quadrados, quase metade do tamanho do Parque do Ibirapuera, no lugar das ocupações localizadas às margens do Córrego Água Espraiada.

O pacote de mudanças para a região ainda inclui o prolongamento da Avenida Chucri Zaidan em 1 km e reformas em outras 48 ruas, como alargamentos e novas calçadas.

A Secretaria Municipal de Habitação já cadastrou 8,5 famílias que vão deixar as margens do Córrego Água Espraiada para morar em conjuntos habitacionais da CDHU construídos ao longo da Avenida Ricardo Jafet. As transferências das primeiras famílias, que já recebem bolsa aluguel de R$ 300 mensais por meio de cartão magnético da Prefeitura, devem começar em 30 dias.

A lei que autorizou a Operação Urbana Água Espraiada, de 2001, foi alterada na Câmara dez anos depois, a pedido do Tribunal de Contas do Município (TCM) e do Ministério Público Estadual. Isso porque a lei original previa um túnel de apenas 400 metros para interligar o Brooklin e a Imigrantes.

Em 2007, o prefeito Gilberto Kassab (sem partido) apresentou um túnel de 4,5 km e custo de R$ 2 bilhões. No ano seguinte, mais uma alteração no traçado, que passou a ter 3,7 km e custo de R$ 2,7 bilhões. Com as três alterações, a lei teve de passar novamente pelo Legislativo, como determinou o TCM.
http://www.estadao.com.br/noticias/...ria-comeca-em-agosto-no-brooklin,740591,0.htm
:banana: Melhor notícia do ano !!!!!
 

·
Registered Usher
Joined
·
5,675 Posts
Discussion Starter · #1,415 ·

·
We all are explorers!
Joined
·
4,254 Posts
Monotrilho: 40 km quadrados desapropriados

Uma área de 40.753 metros quadrados, no Bairro São Lucas, será desapropriada para a construção do Pátio Oratório, que será o primeiro específico do Metrô para o sistema monotrilho, adianta o Governo do Estado nesta segunda-feira, 4.

O Pátio Oratório será o primeiro do Metrô específico para o sistema monotrilho, adianta o Governo do Estado. O Pátio terá a capacidade para estacionar 28 trens e uma alça de acesso ao Leste, com 5.650 metros de vias, após a estação Oratório.

Os imóveis estão localizados na Avenida do Oratório, onde outras áreas já haviam sido desapropriadas anteriormente, diz em nota o Governo do Estado.

Uma vez autorizada a imissão na posse do imóvel a partir do decreto de desapropriação por decisão judicial ou amigável de desapropriação, segundo o Governo de São Paulo, o Metrô poderá ingressar na área e tomar as medidas necessárias para sua utilização para a obra pública. No último sábado, 2, foi publicado no Diário Oficial do Estado o decreto que a declara de utilidade pública da Companhia do Metrô.

De acordo com o Governo, a desapropriação faz parte da ampliação da Linha 2-verde o Governo do Estado de São Paulo. A Linha 2-Verde seguirá de Vila Prudente até o Hospital Cidade Tiradentes.

http://blogs.estadao.com.br/jt-cidades/monotrilho-40-km-quadrados-desapropriados/
^^
40 Kms quadrados ? "Puts! O parque São Lucas já era!:lol:

40753 m² = 0,040753 Km² = uma área aproximada de 201mx201m de lados!

P.S. É transporte público, vale o investimento!:eek:kay:

Ou a Linha Amarela não vale ?
Pelos problemas, custos, prazos,......
 

·
Gabriel
Joined
·
10,366 Posts
Cidades | 06:02
Prédio da Daslu será apagado do mapa paulistano


Daslu: reforma total (Foto: AE)

Local de compras de muitos socialites e políticos na cidade de São Paulo desde sua inauguração, o prédio da Daslu – a loja de luxo de Eliana Tranchesi, que mudará para o novo shopping JK Iguatemi no fim do ano – será totalmente reformado.

A fachada “neoclássica” ganhará um visual bem diferente e o espaço, no bairro da Vila Olímpia, será dedicado a escritórios descolados, restaurantes e, boa novidade para São Paulo, um teatro nos moldes do Teatro Alfa.

A intenção da construtora WTorre é que, depois da obra, nada lembre a antiga origem do prédio.

http://colunistas.ig.com.br/poderonline/2011/07/05/daslu-sera-apagada-do-mapa-paulistano/
 

·
**16º ano**
Ano XVIII
Joined
·
36,932 Posts
^^ Nossa, uma das melhores notícias do ano!!!

Aliás, esses últimos dias tem aparecido muita notícia boa pra cidade, L17 liberada, túnel aprovado, adeus prédio tosco da Daslu!!! :banana:
 
1401 - 1420 of 5084 Posts
Status
Not open for further replies.
Top