SkyscraperCity banner

41 - 60 of 2939 Posts

·
uma visão geográfica
Joined
·
281 Posts
Discussion Starter · #41 ·
PARA 2011

Como parte final da cerimônia de apresentação das ações municipais de 2010, Sidnei Rocha anunciou algumas ações e projetos que terão sequência e outros que serão executados em 2011, como o recapeamento que continuará levando o novo asfalto para ruas e avenidas, o asfaltamento do Jardim Cambuí, a construção de duas novas creches e duas escolas municipais, sem falar, quatro novas escolas estaduais que serão erguidas, em parceria com o Governo do Estado.
Rocha também ressaltou a ampliação de 15 escolas municipais, a implantação de dois Parques Municipais para atender a Vila Formosa e ao Jardim do Líbano. O Bosque dos Angicos, no bairro São Joaquim, também será revitalizado. O projeto Caminhos da Produção, que tem o objetivo de melhorar as condições de tráfego nas estradas rurais da região vai entrar numa nova etapa. O prefeito também falou sobre a implantação da nova Cozinha de Referência Alimentar, na sede secretaria de Segurança e Cidadania e aproveitou para pedir o auxílio dos vereadores para a aprovação do projeto. Segundo Rocha, serão realizadas obras de adaptação no Paço Municipal e construída uma avenida que fará a ligação da rodovia Rio Negro e Solimões com o Aeroporto Municipal.
O prefeito também anunciou a conclusão das casas no Jardim Santa Bárbara, na região sul da cidade. Os grandes destaques para o próximo ano ficarão por conta das construções dos Prontos-Socorros Central (cujas obras estão em andamento na Vila Imperador) e o do Jardim Aeroporto, a implantação do SAMU e a construção de uma UBS (Unidade Básica de Saúde), no Residencial Bonsucesso, no setor oeste da cidade. Encerrando o evento, o prefeito Sidnei Rocha deixou uma mensagem de agradecimento a todos os servidores municipais pelo esforço e empenho que tiveram para o crescimento e desenvolvimento das ações direcionadas a cidade e a credibilidade dada pela população a sua administração, que tem se empenhado para manter o município em dia.
 

·
uma visão geográfica
Joined
·
281 Posts
Discussion Starter · #42 ·
Parabéns para a atual administração

Vem cumprindo a lição de casa, e contribuindo para dar uma nova cara para a cidade, que já viveu anos de estagnação e atraso político e econômico no passado.
Não é a toa que hoje essa administração é aprovada por mais de 90% da população.

Que em 2011 Franca possa crescer e desenvolver ainda mais!!!


:applause::applause::applause:​
 

·
uma visão geográfica
Joined
·
281 Posts
Discussion Starter · #43 ·
Em 9 meses Franca terá um novo Pronto-Socorro

Com investimentos de R$ 5,4 milhões, novo equipamento de saúde terá capacidade para atender uma população de 500 mil habitantes


Um novo pronto-socorro está sendo construído na cidade de Franca pela prefeitura municipal. Com custo estimado em R$ 5,4 milhões, o prédio terá 3,6 mil metros quadrados de área construída - quase quatro vezes mais que o atual Pronto Socorro "João Ribeiro Conrado", com 957 metros quadrados de espaço edificado. As obras começaram há cerca de 30 dias.
Inaugurado no início da década de 90, o atual PSM viu sua demanda média de atendimento pular de 80 pacientes por dia, para 1096 consultas diárias nos sete primeiros meses de 2010. Em 18 anos, não foram realizadas novas construções no local, que recebeu apenas adequação física, especialmente a partir da integração do Pronto Socorro Infantil, em 1.996.
O novo Pronto Socorro Municipal será exclusivo para adultos. As crianças continuarão sendo atendidas no PS Infantil, já existente, que será ampliado com a transferência do atendimento do "Dr. Janjão", para a nova unidade.
De acordo com o prefeito Sidnei Rocha, a localização foi o que "mais pesou na escolha da área do novo PSM". O terreno é margeado pelas avenidas Chico Júlio e Dr. Flávio Rocha, próximo à Secretaria de Saúde, na Vila Imperador. "Há fácil acesso às avenidas que interligam todos os bairros da cidade, às rodovias e ao Hospital do Coração, além de grande quantidade de linhas de ônibus", explicou Rocha.
O futuro Ponto Socorro Municipal foi projetado para atender a uma população de 500 mil habitantes, estimada para os próximos 15 anos em Franca. A unidade terá capacidade de receber 2.500 pacientes por dia.




Fonte: Prefeitura Municipal de Franca
 

·
Registered
Joined
·
35 Posts
Adorei esta do novo pronto-socorro, afinal o janjão é, no mínimo, um tantinho estranho e, o pior de tudo, absolutamente insuficiente para a demanda. :nuts:

Anderson, vc saberia me dizer como ficou a área azul no centro depois da inauguração do AME? Lembro de comentários acerca da sua ampliação. Foram eles apenas boatos ou tiveram alguma efetividade?
 

·
Arq Vinicius Metz
Joined
·
654 Posts
Como estagiário da prefeitura de 2007 a 2010 finco uma pontinha agradecido com essas notícias de que a cidade se desenvolve. Espero ter feito bem minha parte.

Pena que ainda não sabemos o que será feito na AEC.
 

·
uma visão geográfica
Joined
·
281 Posts
Discussion Starter · #47 ·
Adorei esta do novo pronto-socorro, afinal o janjão é, no mínimo, um tantinho estranho e, o pior de tudo, absolutamente insuficiente para a demanda. :nuts:

Anderson, vc saberia me dizer como ficou a área azul no centro depois da inauguração do AME? Lembro de comentários acerca da sua ampliação. Foram eles apenas boatos ou tiveram alguma efetividade?

L.Bergamini, não ouvi falar nada a respeito não.
Eu acho de certa forma desnecessária essa ampliação.
Até porque a rua onde está situado o AME (Alcindo Ribeiro Conrado), assim como várias outras do Centro são muito estreitas, e inviabilizam o estacionamento na rua. Em frente o AME mesmo é praticamente impossível estacionar, pois além do problema da rua ser estreita, existem muitas garagens.

A ampliação deveria ir até a praça do Cemitério da Saudade, mas seria bem enviável por conta da própria presença do cemitério.
 

·
uma visão geográfica
Joined
·
281 Posts
Discussion Starter · #48 ·
Encontrei essa matéria sobre a Área Azul

Ampliação da Área Azul aguarda decisão do prefeito Sidnei Rocha

O Setor de Trânsito da Prefeitura Municipal de Franca, subordinado à Secretaria de Segurança e Cidadania, concluiu os estudos para a expansão da Área Azul. Os trabalhos, que apontaram a necessidade de instalação do estacionamento rotativo no entorno da Praça Carlos Pacheco Macedo, conhecida como Praça do Cemitério da Saudade, foram entregues ao prefeito Sidnei Rocha (PSDB). “A decisão de expansão está nas mãos do prefeito, já que a medida depende de decreto”, disse ontem o secretário municipal tenente Sérgio Buranelli, titular da pasta de Segurança e Cidadania.

A medida tem como objetivo atender os usuários do AME (Ambulatório Médico de Especialidades), instalado no prédio do antigo Hospital Infantil, pertencente à Fundação Santa Casa de Misericórdia de Franca, no Centro, e que deve ser inaugurado no final do mês. “A previsão é que a unidade receba em média 1.500 pessoas por dia e é necessário que haja rotatividade nas proximidades do prédio para atender a este grande volume de usuários”, explicou o secretário. Com a implantação da Área Azul na região, deverão ser cria-das em torno de 150 novas va-gas de estacionamento.

Ainda de acordo com Buranelli, a praça foi escolhida por ter vias amplas que possibilitam a utilização dos espaços nos dois lados. “Volto a reafirmar que não estamos promovendo nenhuma mudança no trânsito, mas uma expansão da Área Azul”, acrescentou.

A possibilidade de alteração no fluxo de veículos nas proximidades da Rua Ouvidor Freire, no Centro, onde em breve estará funcionando o Poupatempo, também foi negada pelo secretário Sérgio Buranelli. “Não haverá, neste momento, mudança naquela área. Mas vamos aguardar e ver o comportamento e a quantidade de pessoas que estarão transitando naquela região”, afirmou.


FONTE: Jornal Comércio da Franca
 

·
uma visão geográfica
Joined
·
281 Posts
Discussion Starter · #49 ·
Mas como eu havia dito, acho inviável alterar para a praça do Cemitério da Saudade, por uma questão lógica.

A praça é muito utilizada quando existem sepultamentos no cemitério. As pessoas que participam, geralmente deixam seus carros por ali. Com essa ampliação elas teriam que passar a pagar área azul?

Questão um tanto complicada.

E essa matéria é do dia 12 de novembro.
Se até agora não saiu nada, acredito que o prefeito não tenha autorizado o projeto.
 

·
uma visão geográfica
Joined
·
281 Posts
Discussion Starter · #51 ·
Secretário confirma que Franca é candidata a cidade-base da Copa

Franca é uma das candidatas a receber uma seleção estrangeira durante a Copa do Mundo de 2014 no Brasil. A confirmação foi dada ontem pelo secretário municipal de Desenvolvimento, Alexandre Ferreira, e pelo Comitê Paulista da Copa. Chamadas de “base camps” ou cidades-base do Mundial, as escolhidas sediam, pelo prazo de 45 dias, um Centro de Treinamento de Seleções. A lista com todos os municípios do Estado de São Paulo interessados em receber uma delegação será divulgada num caderno especial a ser publicado ainda neste mês pela Secretaria Estadual de Turismo. A definição dos locais escolhidos em todo o País acontece até o fim do ano. As escolhas são feitas pelas seleções e anunciadas posteriormente pela Fifa (Federação Internacional das Associações de Futebol).

Para ter o direito de receber um time do Mundial - na cidade os jogadores treinariam e descansariam antes de viajarem para os jogos -, a Fifa faz uma série de exigências. Franca, segundo o secretário Alexandre Ferreira, está apta a atender todas elas e leva vantagem em pelo menos um dos requisitos. A cidade possui um aeroporto com capacidade de receber aeronave de 120 lugares e que pode se tornar de uso exclusivo sem grandes transtornos. “O aeroporto não recebe voos comerciais, não tem muito movimento, mas tem uma boa estrutura. Há como deixá-lo fechado, exclusivo para a Fifa, inclusive com todo o suporte que for preciso”.

Além do aeroporto, que pode ficar até a uma hora de distância, a cidade precisa oferecer um hotel com no mínimo três estrelas e de referência internacional, um centro de treinamento com medidas oficiais e toda uma infraestrutura urbana adequada para receber os jogadores, jornalistas e turistas. Indicações de pontos turísticos também foram solicitadas pelo Comitê Paulista. “Indicamos o Relógio do Sol, que despertou muito interesse, o Parque de Exposições e também visitas às produções das fábricas de calçados, além disso, temos o shopping e o museu do calçado”, disse Alexandre.

No caso do centro de treinamento, o secretário ofereceu o Estádio Lanchão e também pensou na adaptação de um clube da cidade. Para passar pelo crivo da Fifa, é necessário que o CT tenha um campo oficial, com arquibancadas, e mais um campo meio oficial para apoio, academia de ginástica, sauna e uma sala de imprensa para 200 jornalistas. “Há como fazermos adequações e, se necessário, até obras com verbas do município ou da iniciativa privada. Ser sede de uma seleção estrangeira, mesmo que mediana, traz benefícios para toda a cidade”, diz o secretário.

A troca de documentos com o Comitê Paulista começou há um ano e meio. Na região, a Secretaria de Desenvolvimento tem informações que São Carlos e Araraquara também são candidatas. “Estamos pleiteando. É como um namoro. Enviamos fotografias áreas, croquis e toda a documentação que foi pedida. Agora é esperar. Acreditamos que as chances são grandes”, disse o secretário.


FONTE: Jornal Comércio da Franca - 11/01/2011
 

·
uma visão geográfica
Joined
·
281 Posts
Discussion Starter · #53 ·
o nomade

Infelizmente acho que Franca tem pouquíssimas chances..
Os pontos turísticos da cidade são de chorar.


Acho que grande parte das cidades do interior terão esse problema.

O trunfo de Franca será mesmo o fato de ter um aeroporto praticamente "exclusivo". Além disso, a cidade possui alguns bons hotéis e uma vocação ao esporte (basquete), com um grande complexo para prática de esportes (póli esportivo).

Com relação ao estádio, tenho absoluta certeza que a prefeitura e iniciativa privada da cidade adequam ele facilmente às normas.

Se até o "Itaquerão" ainda será construído, porque as cidades do interior não dariam conta de modernizar seus estádios? (rss...)
 

·
Arq Vinicius Metz
Joined
·
654 Posts
O aeroporto HOJE é facilmente fechado para a FIFA. Mas até 2014 teremos voos comerciais com certeza. Os empresários já se mobilizam para reativar o terminal. Ribeirão Preto, Uberlândia, Uberaba, Araxá têm voos. Em breve Passos poderá ter ligações aéreas. Como Franca não tem potencial?

Bah, eu adoraria trabalhar na reformulação de um estádio. O Lanchão pode melhorar bastante. A manutenção disso é outra história. A única saída é construir um complexo multiuso usado não só em jogos de futebol. Uma opção ao Castelinho finalmente!
 

·
uma visão geográfica
Joined
·
281 Posts
Discussion Starter · #55 ·
O aeroporto HOJE é facilmente fechado para a FIFA. Mas até 2014 teremos voos comerciais com certeza. Os empresários já se mobilizam para reativar o terminal. Ribeirão Preto, Uberlândia, Uberaba, Araxá têm voos. Em breve Passos poderá ter ligações aéreas. Como Franca não tem potencial?

Bah, eu adoraria trabalhar na reformulação de um estádio. O Lanchão pode melhorar bastante. A manutenção disso é outra história. A única saída é construir um complexo multiuso usado não só em jogos de futebol. Uma opção ao Castelinho finalmente!

o nomade, também torço para que tenhamos vôos regulares até 2014. Franca tem potencial sim para manter linhas aéreas para São Paulo e outras capitais.
Espero que as companhias olhem com bons olhos para o cotovelo do estado aqui!


Com relação ao Lanchão, 95% das cidades que forem subsedes da copa, terão que fazer reparos e adaptações nos seus estádios.
O Lanchão tem uma boa localização, uma capacidade razoável, uma estrutura adequada... Oferece boas condições para atender as necessidades da FIFA.
 

·
uma visão geográfica
Joined
·
281 Posts
Discussion Starter · #56 ·
Franca fazendo sua lição de casa: problemas com enchentes reduzem em Franca

Medidas tomadas pelo governo municipal reduziram impactos das chuvas em 2011

As medidas preventivas adotadas pelo atual governo municipal estão sendo positivas, já que as chuvas que estão atingindo a cidade nos últimos dias não trouxeram grandes problemas como em outras épocas. Os investimentos contras as enchentes em Franca ultrapassaram os R$ 17 milhões ao longo dos últimos seis anos. Um dos principais gargalos da administração era o encontro dos córregos Cubatão e Bagres, que transbordavam e traziam transtornos. Situação foi equacionada com investimentos recentes, admitiu Marcel Sangali Filippin, oficial do Corpo de Bombeiros.
O que muitas cidades vêm passando com falta de infraestrutura, invasão de áreas verdes (reservas e de preservação permanente), Franca se cuidou no passado, através de ações que envolveram o Ministério Público em conjunto com o poder público. Muitas famílias (perto de 20) foram retiradas de ocupações irregulares em bairros como Moreira Júnior, Vera Cruz, São Domingos.
Essas famílias foram notificadas e obrigadas a deixar os locais ocupados indevidamente. Algumas delas chegaram a ser amparadas pela Secretaria de Ação Social. Outras participaram do processo mutirão e lutaram por uma casa própria.
Um núcleo de 76 moradores vem sendo construído Jardim Santa Bárbara para beneficiar parte dessas famílias. Ele passou por diversos processos, mas a prefeitura assumiu o comando da obra.
No Jardim Derminio, além de desapropriar várias moradias, a prefeitura precisou derrubá-las e implementar investimentos no parque ambiental, considerado o maior da cidade e construído no bairro como forma de equacionar os problemas existentes como as erosões que ameaçavam derrubar as casas e ruas.
Porém, os investimentos em 2010 no entroncamento dos Córregos Bagres e Cubatão sanaram as inundações e o risco de pessoas serem arrastadas pela correnteza da água. Só na segunda e terceira etapa das obras foram investidos cerca de R$ 7 milhões, a metade dos investimento entre 2005 e 2010. Além disso, foi construído a represa de contenção de água (ou Parque Alagável) nos fundos do Jardim Santana.
O Parque Alagável possui uma capacidade gigante para segurar o volume de água que surge de bairros como: Espraiado, Santa Rita, Santa Cruz, Noêmia, José de Carlos, e imediações.
Esse valor contou com recursos do governo do Estado e Município. A prefeitura abriu licitação para a execução do empreendimento que durou pouco mais de 90 dias.


Fonte: Jornal Diário da Franca - 14/01/2011
 

·
uma visão geográfica
Joined
·
281 Posts
Discussion Starter · #57 ·
Fico feliz com essa notícia.
Até pouco tempo atrás a cidade sofria muito com o problema de enchentes nessa época, principalmente na região do complexo "Galo Branco".
Algumas pessoas morreram, outras famílias tiveram suas casas inundadas e até mesmo foram vítimas de deslizamentos, perdendo tudo.

As ações da atual administração com relação ao problema de enchentes são visíveis e agora podem ser sentidas nessa época do ano.

Enquanto muitas cidades sofrem e muito com esse problema, Franca vem cumprindo sua lição de casa!!!

^^^^^^​
 

·
Arq Vinicius Metz
Joined
·
654 Posts
o nomade, também torço para que tenhamos vôos regulares até 2014. Franca tem potencial sim para manter linhas aéreas para São Paulo e outras capitais.
Espero que as companhias olhem com bons olhos para o cotovelo do estado aqui!
Com certeza. Mas parece que as companhias não estão olhando com bons olhos para cá nem em emergências.

Companhias aéreas descartam interesse pela cidade de Franca

A Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) proibiu, no último dia 13, que o aeroporto “Leite Lopes”, em Ribeirão Preto, receba pousos e decolagens quando a pista estiver molhada. O motivo é o excesso de borracha dos pneus dos aviões que se acumula no asfalto. Com a proibição, as companhias aéreas terão que criar alternativas quando o aeroporto estiver fechado em virtude da chuva, mas nenhuma das consultadas pelo Comércio indicaram a possibilidade de utilizar o aeroporto de Franca.

Segundo a Anac, as companhias têm autonomia para decidir como preferem proceder quando o aeroporto estiver fechado. A reportagem do Comércio conseguiu entrar em contato com duas das cinco companhias aéreas que operam no “Leite Lopes”. Em caso de chuva, tanto a Pantanal quanto a Passaredo pretendem aguardar a reabertura do aeroporto, atrasando os voos. Se ele permanecer fechado por muito tempo, a Pantanal pode levar os passageiros para Campinas e a Passaredo para São José do Rio Preto. Nenhuma delas citou o aeroporto de Franca. A limpeza da pista começou sexta-feira e deve terminar no dia 22.

Fonte: http://www.gcn.net.br/jornal/index.php?codigo=118115&codigo_categoria=21

Preferem aeroportos a mais de 200 km do que um a 90 km de Ribeirão Preto.
 

·
Arq Vinicius Metz
Joined
·
654 Posts

·
Registered
Joined
·
327 Posts
Com certeza. Mas parece que as companhias não estão olhando com bons olhos para cá nem em emergências.

Companhias aéreas descartam interesse pela cidade de Franca

A Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) proibiu, no último dia 13, que o aeroporto “Leite Lopes”, em Ribeirão Preto, receba pousos e decolagens quando a pista estiver molhada. O motivo é o excesso de borracha dos pneus dos aviões que se acumula no asfalto. Com a proibição, as companhias aéreas terão que criar alternativas quando o aeroporto estiver fechado em virtude da chuva, mas nenhuma das consultadas pelo Comércio indicaram a possibilidade de utilizar o aeroporto de Franca.

Segundo a Anac, as companhias têm autonomia para decidir como preferem proceder quando o aeroporto estiver fechado. A reportagem do Comércio conseguiu entrar em contato com duas das cinco companhias aéreas que operam no “Leite Lopes”. Em caso de chuva, tanto a Pantanal quanto a Passaredo pretendem aguardar a reabertura do aeroporto, atrasando os voos. Se ele permanecer fechado por muito tempo, a Pantanal pode levar os passageiros para Campinas e a Passaredo para São José do Rio Preto. Nenhuma delas citou o aeroporto de Franca. A limpeza da pista começou sexta-feira e deve terminar no dia 22.

Fonte: http://www.gcn.net.br/jornal/index.php?codigo=118115&codigo_categoria=21

Preferem aeroportos a mais de 200 km do que um a 90 km de Ribeirão Preto.
A empresa prefere pelo simples fato de alternar voos para cidades onde elas tem base. Como Franca não tem base de nenhuma empresa é muito pouco provavel, quase impossível que isto ocorra a mesma coisa acontece com Araraquara. Eu já usei o aeroporto de Franca quando Ribeirão estava fechado para reformas, mas neste caso foi uma transferência temporária na época Passaredo e TRIP transferiram seus voos para Franca levaram toda sua estrutura para o aeroporto.

O problema de alternar Franca imagine um B 737 ou um A 320 pousando em Franca, pousar acho que pousa tranquilo mas imagine o terminal de passageiros dar conta de 140 passageiros, acredito que não tenha nem escada para acesso aos aviões.

Desta forma é mais viável para a empresa alternar para Rio Preto ou CAmpinas do que Franca ou Araraquara. A Webjet mesmo alterna voos para Guarulhos pois não tem nenhuma outra base mais próxima.

Eu acho que as prefeituras de Franca, São Carlos e Araraquara deveriam se unir e cobrar do Governo Paulista a criação de uma ligação direta de ônibus executivo entre o aeroporto de Ribeirão e estas cidades. Hoje com mais de 40 partidas diárias no Leite Lopes é mais viavel economicamente para o passageiro destas cidades se programar para sair de Ribeirão Preto e se tivesse esta facilidade aumentaria bastante o fluxo de passageiros alem de facilitar o acesso para quem quer vir de qualquer parte do Brasil para Franca, São Carlos e Araraquara. Um onibus executivo direto não demoraria mais de 50 minutos entre o Aeroporto e estas cidades.
 
41 - 60 of 2939 Posts
Top