Skyscraper City Forum banner
Status
Not open for further replies.
1 - 20 of 4994 Posts

·
Registered
Joined
·
760 Posts
Discussion Starter · #1 ·
Ribeirão Preto será palco para o primeiro complexo temático sobre rock do Brasil publicado em
30/04/2009
da Redação

Foto: Divulgação

A cidade de Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, vai se transformar na cidade do rock no Brasil. O projeto da Calçada da Fama do Rock Brasileiro, idealizado pelo jornalista Marcio Mota, cresceu e se transformou no projeto de um complexo temático chamado Parque do Rock, o maior dedicado ao rock em todo o mundo.

“Há anos venho sonhando com esse projeto, mas aguardando o tempo e as parcerias adequados para implantá-lo. Agora, certamente esse momento chegou”, diz Márcio Mota, o responsável pela criação do projeto. Mota se reuniu com a prefeita de Ribeirão e outras autoridades para discutir a implantação do parque.

O Parque do Rock deve ocupar uma área de 170 mil m² em uma área de fácil acesso às rodovias da região. O parque terá a construção baseada em uma estrutura de uma guitarra gigante, com 340 metros de comprimento por 114 de altura que ocupará boa parte da extensão do local. O corpo da guitarra terá um salão com oito mil m² destinado a mostras e feiras de diversos segmentos.

No braço da guitarra, com 160 m de comprimento, será dividido em dois grandes pisos com mais de 4mil m2, poderá receber uma Faculdade de Música e Artes Cênicas.

O projeto prevê também a construção do “Rock Pavillion Center”, oferecendo vários serviços e informações com mapas ilustrados do Parque, hall de convivência e ampla sala de imprensa. A “Praça do Rock” receberá a exposição RockWalk Brasil, com as placas de concreto com as mãos e assinaturas de diversos artistas que marcaram o rock nacional. Instrumentos musicais e outros objetos também farão parte da mostra.

Dentro do complexo também serão construídos cinco palcos. Um no estúdio, para até 50 pessoas, o segundo num teatro com capacidade para trezentas pessoas, o terceiro num pavilhão para até quatro ou cinco mil e o maior, o Rock Arena, com capacidade para grandes eventos com até 35 mil pessoas, o que pode colocar Ribeirão Preto na rota dos grandes shows internacionais que passam pelo país.

O complexo ainda terá diversos outros espaços com biblioteca, estúdio de áudio e vídeo, lojas e praça de alimentação.
Fonte: Rock on Line (Terra)
 

·
Registered
Joined
·
3,274 Posts
Muito legal o projeto.
Mas dizer que Ribeirão vai se transformar na cidade do Rock no Brasil só por causa desse projeto é uma piada. Tenho um amigo de Ribeirão que tem uma banda de Rock e ele sempre reclama que é absurdo como a cidade é fraca em espaço para o estilo. Que cidades bem menores de SP tem uma cena muito mais agitada.
Mas faz pouco tempo tb que a cidade ganhou um espaço muuito legal para música. Uma Pub. VIla Dionísio. Fui conferir pessoalmente e recomendo! Me surpreendi bastante.
Parece que a coisa está mudando e, RP... tomara que continue.
 

·
is this it
Joined
·
609 Posts
Novo secretário de turismo de Ribeirão Preto busca priorizar Aeroporto e Indy

Secretário do Turismo diz priorizar aeroporto e Indy

Humberto Lima Neto foi coordenador de turismo nos governos Quércia e Fleury

Prefeita de Ribeirão Preto afirma que o secretário não é ligado a nenhum partido e nomeação não é fruto de alguma indicação

LUCAS REIS
DA FOLHA RIBEIRÃO

Em meio a um inflamado discurso, a prefeita de Ribeirão, Dárcy Vera (DEM), apresentou ontem o secretário do Turismo, pasta criada em março: o administrador Humberto de Sousa Pereira Lima Neto, 44.
Coordenador de Turismo da Secretaria de Esporte, Lazer e Turismo do Estado entre 1990 e 93, nos governos Orestes Quércia (PMDB) e Luiz Antônio Fleury Filho (PTB), Lima Neto foi escolhido, segundo Dárcy, após servir por um mês como uma espécie de coordenador de relações internacionais para a prefeitura.
Há duas semanas, viajou a Long Beach (EUA), onde a prefeita fez lobby para trazer uma etapa da competição para Ribeirão -ele foi o intérprete. "A Secretaria do Turismo era um sonho e tenho certeza que o Humberto vai ajudar a levantar o turismo da nossa cidade", afirmou a prefeita. Segundo Dárcy, Lima Neto não é ligado a nenhum partido e não foi escolhido por indicações.
"Temos uma série de prioridades, como a construção de um centro de eventos, melhorias no aeroporto, a nova Feapam e a Fórmula Indy. E queremos buscar apoio da iniciativa privada e fortalecer os eventos que já ocorrem no município", disse o secretário. Natural de Jardinópolis, ele não era o mais cotado para a vaga: Márcio Santiago, do Convention & Visitors Bureau, era o nome mais ventilado -será coordenador de projetos da pasta.
Dárcy iniciou o discurso dizendo que era "um dia histórico" e terminou numa espécie de desabafo. "Conseguimos manter a Agrishow. Ribeirão não é uma cidade do interior, tem o porte de uma capital." E rebateu críticas sobre a viagem aos EUA.
"A prefeitura só me pagou a passagem, viajei 12 horas na classe econômica. O hotel e as despesas eu paguei. Fui lá defender interesses de Ribeirão."

http://www1.folha.uol.com.br/fsp/ribeirao/ri0105200913.htm
 

·
Banned
Joined
·
824 Posts
Acho ridículo esse negócio de ficar questionando preços da passagem do avião, hospedagem, etc...é de uma pobreza deprimente principalmente para uma cidade rica como Ribeirão.
Se eu for viajar para defender os interessses de qualquer empresa privada no exterior, viajo bem, durmo bem, como bem, e isso às custas da empresa, naturalmente.

Gente fracassada....

Mas, quanto ao que interessa:

Torço por Ribeirão!! Segunda boa notícia essa semana!
 

·
10 anos de SSC!
Joined
·
521 Posts
Ribeirão Preto tb terá um Parque tecnológico ??

Se sim, alguem pode postar uma imagem do GOOGLE EARTH da cidade mostrando a area desse novo parque tecnológico ?

Sim! Ela(Ribeirão) junto com Campinas, São José dos Campos, São Carlos e São Paulo foram as "fundadoras", ou seja, as primeiras indicadas e declaradas polo tecnológico, desde 2006, quando foi oficialmente anunciada a intenção do governo paulista de criar os parques nestas referidas cidades.
O local será uma grande area próximo ao Campus da USP (Zona Oeste), numa parceria dos governos estadual e municipal juntamente com a USP.
 

·
Registered
Joined
·
749 Posts
Sim! Ela(Ribeirão) junto com Campinas, São José dos Campos, São Carlos e São Paulo foram as "fundadoras", ou seja, as primeiras indicadas e declaradas polo tecnológico, desde 2006, quando foi oficialmente anunciada a intenção do governo paulista de criar os parques nestas referidas cidades.
O local será uma grande area próximo ao Campus da USP (Zona Oeste), numa parceria dos governos estadual e municipal juntamente com a USP.


O governador em exercício Alberto Goldman anunciou na sexta-feira, em Piracicaba, a criação do primeiro Parque Tecnológico paulista voltado à pesquisa do combustível renovável. Com investimentos de R$ 100 milhões e área de 400 mil metros quadrados, o Parque garantirá aos paulistas a permanência no topo da produção nacional de biocombustíveis.
Hoje, São Paulo responde por mais de 70% das exportações brasileiras do setor sucroalcooleiro, com faturamento de US$ 5,65 bilhões em 2006. “Os Parques Tecnológicos representam uma visão de futuro porque eles funcionam como um estímulo à inovação tecnológica, ao integrar as universidades e os centros de pesquisa com a indústria”, resumiu o governador em exercício.
O foco das atividades do parque será a pesquisa, bem como o desenvolvimento e a inovação (P&D&I). As principais áreas de atuação serão: biocombustíveis, matéria-prima renovável, tecnologias de conversão de biomassa e resíduos agroindustriais, além de tecnologias ambientais. “O Parque de Piracicaba representa a convergência do conhecimento na área de biocombustíveis, seja ele público ou privado”, avaliou o secretário adjunto da Secretaria de Desenvolvimento, Luciano de Almeida.
Almeida informou que o Parque terá incubadora de empresas e laboratórios voltados a descobertas de novas tecnologias para produção de biocombustíveis. A iniciativa é uma parceria entre a Secretaria Estadual do Desenvolvimento, por meio do Sistema Paulista de Parques, a prefeitura, instituições de pesquisa e iniciativa privada de Piracicaba. A primeira fase do Parque será entregue em agosto do próximo ano. Para o governador em exercício, a criação da área coloca São Paulo na segunda etapa de pesquisas sobre biocombustíveis, que significa a busca de mais produtividade com menos área plantada.
O Parque também abrigará a Fatec de Piracicaba, que oferece 80 vagas do curso de bionergia sucroalcooleira desde o início de 2008. Atualmente, os alunos assistem às aulas no prédio da Etec Coronel Fernando Febeliano da Costa. O convênio para a construção do prédio da Fatec foi assinado no dia 20 de maio. O imóvel será construído pela prefeitura e o estado investirá na compra de máquinas e equipamentos por meio do Centro Paula Souza.
O Sistema Paulista de Parques Tecnológicos tem como missão transformar conhecimento em riqueza ao promover e fomentar a pesquisa e a inovação tecnológica dando suporte ao desenvolvimento de atividades empresariais. A gestão Serra prevê a implantação de dez desses parques no estado, em cidades como Campinas, Ribeirão Preto, São Carlos, São José dos Campos e São Paulo.

ESQUECEU DE PIRACICABA MEU CARO
 

·
Registered
Joined
·
1,447 Posts
JORNAL “DIÁRIO DA REGIÃO”

Estado transfere área do IPA para Prefeitura

O governo do Estado transferiu sábado a área do Instituto Penal Agrícola (IPA) para a Prefeitura de Rio Preto. Decreto estadual publicado no Diário Oficial do Estado oficializou a “doação” da área para o município concretizar a a instalação do Parque Tecnológico. O terreno tem tamanho estimado em 10 milhões de metros quadrados. Segundo o secretário de Planejamento, Orlando Bolçone, o IPA será transferido para terreno ao lado do Centro de Detenção Provisória (CDP), às margens da BR-153, nos próximos dois anos. “Já está em curso a licitação para a construção do CPP (Centro de Progressão Peniteciária)”, afirmou Bolçone. De acordo com o conteúdo do do decreto, serão destinados 26,40 hectares para a instalação do Parque Tecnológico e um novo distrito industrial, que receberá cerca de 50 empresas de alta tecnologia nos próximos 10 anos[...]
Com a publicação do decreto, Rio Preto está confirmada no sistema de Parques Tecnológicos criados no Estado. “O Parque Tecnológico será uma das principais vertentes da administração do prefeito Valdomiro Lopes (PSB)”, afirmou Bolçone. O projeto é outra promessa de campanha de Valdomiro, que tem como objetivo a geração de novos empregos no município nos próximos anos. “É uma coisa boa para a cidade. É um compromisso nosso assumido durante a campanha. Rio Preto será a primeira cidade do interior a ter duas Fatecs”, disse o prefeito.

http://www.ibilce.unesp.br/imprensa/clipping/2009/250109.php

ESQUECEU DE RIO PRETO TB MEU CARO ^^
 

·
Meteorologista
Joined
·
2,683 Posts
Notícias Domingo, 10 de maio de 2009

JC e-mail 3749, de 27 de Abril de 2009.
9. Parque Eco-Tecnológico de São Carlos entra no sistema paulista

Secretaria de Desenvolvimento autoriza o credenciamento provisório do Parque Eco-Tecnológico Damha no SPTec e também cede imóvel do Cedin à prefeitura de São Carlos

O secretário estadual de Desenvolvimento, Geraldo Alckmin, assinou na sexta-feira, dia 24, em São Carlos, o credenciamento provisório do Parque Eco-Tecnológico Damha, que ocupará área de 1 milhão de m², na Rodovia SP-318, que liga São Carlos a Ribeirão Preto.

O novo Parque Tecnológico será voltado aos setores de tecnologia de informação e comunicação, biomassa, engenharia de materiais e energias renováveis. A região já dispõe de outra iniciativa, o São Carlos Science Park, cujo pré-credenciamento foi feito pela Secretaria de Desenvolvimento em junho do ano passado.

“Com o credenciamento provisório, o Parque Eco-Tecnológico já começa a se estruturar para receber empresas brasileiras e internacionais interessadas em investir em São Carlos, que é um município pioneiro neste modelo de iniciativa”, afirmou o secretário de Desenvolvimento.

Na oportunidade, o prefeito de São Carlos, Oswaldo Baptista Duarte Filho, anunciou que o novo parque tecnológico irá sediar uma fábrica de semicondutores. “Esse será um investimento internacional de US$ 1 milhão, que irá gerar 700 novos postos de trabalho”, disse.

Além de realizar o credenciamento provisório do parque, o secretário de Desenvolvimento visitou a incubadora de empresas do município e assinou uma parceria com a prefeitura. Com o acordo, a Secretaria de Desenvolvimento vai ceder o imóvel do Governo do Estado, onde está instalado o Centro de Desenvolvimento de Indústrias Nascentes (Cedin), para a prefeitura de São Carlos, que será responsável pela gestão do órgão. O prazo de cessão estipulado no convênio é de cinco anos.

O Cedin possui 950 m² de área construída. Fica localizado na avenida Santos Dumont, 800, na Vila Celina, e funciona como incubadora de 16 empresas instaladas no mesmo local, todas de base tecnológica. Outras 16 organizações também contam com os serviços do órgão. Somadas, essas empresas registraram faturamento de R$ 8 milhões em 2008, gerando 150 postos de trabalho.

O presidente do Instituto Inova, entidade gestora do Parque Eco-Tecnológico, José Octávio Armani Paschoal, afirmou que o projeto prevê a implantação de uma nova incubadora de empresas dentro do Eco-Tec. “Existe uma grande demanda de empresas querendo fazer parte do Cedin. Por isso, nossa ideia é instalar o Cedin 2 dentro do novo parque”, ressaltou.

Parque Eco-Tecnológico

O Parque Eco-Tecnológico está associado ao Parque Eco-Esportivo Damha, que contém condomínios residenciais, áreas de esporte, lazer e de preservação ambiental.

Em seu conjunto, a área total soma cerca de 13 milhões de m², sendo 12 milhões para o Parque Eco-Esportivo e 1 milhão para o Parque Eco-Tecnológico. O empreendimento terá como objetivo principal incentivar e promover o desenvolvimento socioeconômico sustentável da região, por meio do fomento à inovação tecnológica em processos, produtos e gestão.

A iniciativa terá como órgão gestor o Instituto Inova, entidade de direito privado, sem fins lucrativos, criado especificamente para esse fim. Caberá ao Inova a gestão da incubadora e a prestação de serviços junto a empresas incubadas e/ou implantadas no Parque Eco-Tecnológico, além de prover cursos e treinamentos. A entidade também será responsável pela gestão de projetos envolvendo empresas e unidades de ciência e tecnologia, e, quando for o caso, irá constituir-se como certificadora ou avaliadora de conformidade com normas técnicas nacionais e internacionais e de metrologia.

O Instituto Inova será instalado fisicamente no Núcleo de Inovação, dentro de uma área localizada no Parque Eco-Tecnológico Dahma. O Núcleo de Inovação do Parque está previsto para ser implantado em dois anos e terá uma incubadora e demais áreas de apoio e suporte.

Sistema Paulista de Parques Tecnológicos (SPTec)

O Governo de São Paulo dispõe do Sistema Paulista de Parques Tecnológicos (SPTec), que é um conjunto de Parques Tecnológicos articulados entre si, com o objetivo de incentivar e promover o desenvolvimento econômico do Estado, por meio da atração de investimentos e geração de novas empresas intensivas em conhecimento ou de base tecnológica.

Os interessados em solicitar à Secretaria de Desenvolvimento sua integração ao SPTec poderão realizar o credenciamento provisório mediante a apresentação de documentos que comprovem o atendimento de uma série de requisitos, conforme o decreto estadual 54.196/09, publicado no Diário Oficial de 03/04/2009 .

Atualmente, existem 19 iniciativas em parceira com a Secretaria de Desenvolvimento para implantação de Parques Tecnológicos: Americana, Araçatuba, Botucatu, Campinas (Ciatec e Polo de Pesquisa e Inovação da Unicamp), Grande ABC, Guarulhos, Piracicaba, Ribeirão Preto, Rio Claro, Rio Preto, São Carlos (ParqTec e EcoTec), Santa Bárbara do Oeste, Santos, São José dos Campos, São Paulo (Jaguaré e Zona Leste) e Sorocaba.
(Informações da Assessoria de Comunicação da Secretaria de Desenvolvimento do Estado de SP)



http://www.jornaldaciencia.org.br/Detalhe.jsp?id=63074
 
1 - 20 of 4994 Posts
Status
Not open for further replies.
Top