SkyscraperCity banner
Status
Not open for further replies.
1 - 13 of 13 Posts

·
MA meu tesouro,meu torrão
Joined
·
4,445 Posts
Discussion Starter · #1 ·
Nova refinaria deve ser instalada no Maranhão, diz Gabrielli
Publicidade
LUISA BELCHIOR
colaboração para a Folha Online, no Rio

O presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, afirmou nesta segunda-feira que a refinaria Premium deverá mesmo ser instalada no Maranhão. Gabrielli disse ainda que há outros estudos em andamento no mesmo Estado.

"Os estudos [de viabilidade técnica e econômica] estão sendo concluídos, tem várias etapas sendo feitas, e as etapas até agora indicam a localização [da refinaria Premium] no Maranhão", declarou o presidente da Petrobras, após apresentar o pacote que prevê US$ 5 bilhões para a encomenda de 146 navios de apoio à exploração e produção de petróleo, em Niterói, região metropolitana do Rio.

http://www1.folha.uol.com.br/folha/dinheiro/ult91u405584.shtml

A refinaria Premium terá capacidade para 500 mil barris/dia e deverá operar a partir de 2014. A unidade terá equipamentos de última geração, que irá permitir a produção de gasolina de alta qualidade. Parte desse volume será voltado para o exterior.

Na avaliação de Gabrielli, a demanda e a oferta de petróleo estão equilibradas e não oferecem risco de elevações do preço do petróleo. "O crescimento da oferta está dentro do previsto, em torno de 1,8%, e o crescimento da demanda mundial está nesse nível. Não tem porque esperar uma diferença entre oferta e demanda pelos dados atuais. Um elemento importante da volatilidade, nas variações de curto prazo do preço do petróleo, decorrem muito mais da entrada e saída de capitais financeiros do mercado do que de fundamentos de mercado do petróleo", afirmou.

Ao chamar o mercado de álcool brasileiro de bastante promissor, Grabrielli afirmou ter o apoio de grandes empresas de petróleo para investir no combustível e negou haver qualquer tipo de lobby no mercado contra o produto.

"Acho que a maior parte das grandes empresas de petróleo hoje são favoráveis à idéia de que os biocombustíveis vão desempenhar um papel importante. Todas as grandes empresas acham que esse mercado não vai substituir o petróleo, mas uma parcela dele, e o volume dessa parcela depende das empresas. A nossa visão é que vai ser um volume maior do que outras empresas, mas eu não acredito que haja um lobby ativo da maior parte das grandes empresas contra o álcool".
 

·
Ilha do amor
Joined
·
8,964 Posts
Nova refinaria deve ser instalada no Maranhão, diz Gabrielli
Publicidade
LUISA BELCHIOR
colaboração para a Folha Online, no Rio

O presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, afirmou nesta segunda-feira que a refinaria Premium deverá mesmo ser instalada no Maranhão. Gabrielli disse ainda que há outros estudos em andamento no mesmo Estado.

"Os estudos [de viabilidade técnica e econômica] estão sendo concluídos, tem várias etapas sendo feitas, e as etapas até agora indicam a localização [da refinaria Premium] no Maranhão", declarou o presidente da Petrobras, após apresentar o pacote que prevê US$ 5 bilhões para a encomenda de 146 navios de apoio à exploração e produção de petróleo, em Niterói, região metropolitana do Rio.

http://www1.folha.uol.com.br/folha/dinheiro/ult91u405584.shtml

A refinaria Premium terá capacidade para 500 mil barris/dia e deverá operar a partir de 2014. A unidade terá equipamentos de última geração, que irá permitir a produção de gasolina de alta qualidade. Parte desse volume será voltado para o exterior.

Na avaliação de Gabrielli, a demanda e a oferta de petróleo estão equilibradas e não oferecem risco de elevações do preço do petróleo. "O crescimento da oferta está dentro do previsto, em torno de 1,8%, e o crescimento da demanda mundial está nesse nível. Não tem porque esperar uma diferença entre oferta e demanda pelos dados atuais. Um elemento importante da volatilidade, nas variações de curto prazo do preço do petróleo, decorrem muito mais da entrada e saída de capitais financeiros do mercado do que de fundamentos de mercado do petróleo", afirmou.

Ao chamar o mercado de álcool brasileiro de bastante promissor, Grabrielli afirmou ter o apoio de grandes empresas de petróleo para investir no combustível e negou haver qualquer tipo de lobby no mercado contra o produto.

"Acho que a maior parte das grandes empresas de petróleo hoje são favoráveis à idéia de que os biocombustíveis vão desempenhar um papel importante. Todas as grandes empresas acham que esse mercado não vai substituir o petróleo, mas uma parcela dele, e o volume dessa parcela depende das empresas. A nossa visão é que vai ser um volume maior do que outras empresas, mas eu não acredito que haja um lobby ativo da maior parte das grandes empresas contra o álcool".
A copa do mundo é nossa !!!
 

·
MA meu tesouro,meu torrão
Joined
·
4,445 Posts
Discussion Starter · #3 ·
KKKKKKKKKKKK

A copa do mundo é nossa !!!




:banana::banana::banana::banana:

:applause::applause::applause::applause:
__________________
 

·
MA meu tesouro,meu torrão
Joined
·
4,445 Posts
Discussion Starter · #5 ·
Home » Edições » 2008 » Maio » Edição 22,620 » Política
Lobão garante que a maior refinaria do Brasil será instalada no MA


Data de Publicação: 27 de maio de 2008
Índice Texto Anterior | Próximo Texto
Por Manoel Santos Neto

EM VISITA AO GOVERNADOR JACKSON LAGO

Em sua primeira visita a São Luís, desde sua posse na equipe de governo do presidente Lula, o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, teve uma reunião de trabalho com o governador Jackson Lago, na manhã de ontem, para assegurar que a maior refinaria de petróleo do Brasil será construída no Maranhão. Depois de dar a notícia, no Palácio dos Leões, Lobão dirigiu-se ao antigo Convento das Mercês, onde instalou o Fórum dos Setores Energético e Mineral do Maranhão, e lá foi ainda mais enfático ao anunciar que as obras da refinaria da Petrobras irão ser iniciadas, no próximo ano, em São Luís.


Foto:HANDSON CHAGAS

Governador Jackson Lago e o ministro Lobão falam sobre investimentos no Maranhão

Com um custo estimado em US$ 20 bilhões (cerca de R$ 37 bilhões), a refinaria maranhense, segundo Lobão, terá capacidade para refinar até 600 mil barris/dia e será “a maior refinaria do Brasil e da América Latina. Acompanhado de um grande número de deputados, prefeitos e líderes políticos de diversos partidos, o ministro enfatizou que ontem foi um dia excepcional na vida do Maranhão.

Ele frisou que a refinaria que virá para São Luís não tem similar no Brasil e será equivalente a cinco Alumar, e com um custo maior do que o que foi gasto na construção da Ponte Rio-Niterói. “É o maior investimento em andamento no país e o maior já feito no Nordeste em todos os tempos. Essa refinaria terá capacidade para refinar 1/3 do combustível produzido no país”, enfatizou o ministro dizendo não saber precisar os milhares de empregos que o projeto irá gerar.

Durante a audiência com o governador no Palácio dos Leões, o ministro Lobão anunciou ainda investimentos de R$ 533 milhões para o Programa Luz Para Todos. “Todos nós sabemos do esforço do ministro para a instalação da refinaria no Maranhão. Estamos vivendo um novo momento no Maranhão, de grandes perspectivas de investimentos. O Maranhão está brotando das suas potencialidades, do esplendor das suas terras, das suas águas, da sua localização estratégica e de seu porto, e nós temos a felicidade de hoje estarmos na direção do Estado no momento em que se evidenciam as imensas perspectivas que o Maranhão tem para gerar trabalho e renda”, destacou Jackson Lago.

Segundo informou Edison Lobão, a refinaria que será construída em São Luís representará um salto gigantesco para o Maranhão. “Aqui começa, portanto, a redenção econômica do nosso Estado. Esta é a vez do Maranhão! Essa obra vale por cinco Alumar, vale por muitas hidrelétricas, essa obra custará mais do que a ponte Rio/Niterói, são escassas as iniciativas desse porte no Brasil”, observou Lobão. Na audiência com o governador, o ministro disse que sabe que pode contar com o Governo do Maranhão no apoio a esses projetos.

Voto de confiança - O governador Jackson Lago disse que com o ministro Edison Lobão à frente do Ministério de Minas e Energia com certeza mais investimentos virão para o Maranhão. “Temos a felicidade de termos um ministro que além de maranhense é um homem público que, com certeza, fará muito pelo nosso Estado”, disse o governador.

Durante o encontro, o governador apresentou um estudo para a construção de um gasoduto, argumentando tratar-se de um investimento importante para o Estado. Hoje já existe um consumo garantido para o gás natural. O Maranhão tem o segundo maior consumo do Nordeste, perdendo apenas para a Bahia, e o quinto do país. “Temos o grande consumo assegurado, sobretudo, por duas grandes empresas que são a Alumar e a Vale”, observou o governador Jackson Lago.

O ministro disse que o gasoduto está previsto já há algum tempo tendo um traçado passando pelo Ceará, Piauí e chegando a São Luís, inclusive indo até Açailândia e Imperatriz. “O problema é que ainda não temos gás suficiente para abastecer essas regiões todas, mas teremos esse gás dentro de muito pouco tempo”, explicou Lobão.

Eles conversaram também sobre a instalação de uma siderúrgica no Maranhão. O governador adiantou que há uma evolução no sentido de se constituir primeiro uma empresa formada pela Vale do Rio Doce e pelo BNDES que terá entre outras funções fazer o projeto do processo industrial.

Luz para Todos - Durante a instalação do Fórum dos Setores Energético e Mineral do Maranhão, que reuniu dirigentes das principais empresas do setor elétrico e lideranças políticas, empresariais e administrativas do Estado, o ministro anunciou ainda investimentos para a ampliação do Programa Luz para Todos, beneficiando mais de 76 mil famílias em todo o Maranhão. Já foram investidos no Maranhão R$ 1,1 bilhão no projeto e agora serão investidos mais cerca de R$ 500 milhões.

O secretário de Estado de Minas e Energia, Ricardo Ferro, que representou o governador Jackson Lago durante o fórum, disse que o programa é um reforço grande a todas as situações de desenvolvimento que o Estado do Maranhão precisa. Ele lembrou que o Fundo de Combate à Pobreza, criado pelo Governo do Estado, calçado com o Programa Luz Para Todos, tem ações integradas no Maranhão levando desenvolvimento para comunidades mais carentes.

O presidente da Eletronorte, Jorge Palmeira, revelou que os investimentos no setor energético do Maranhão, para os próximos anos, somam R$ 10 bilhões. Entre esses investimentos estão a melhoria do abastecimento de energia em São Luís e em Balsas.
 

·
Ilha do amor
Joined
·
8,964 Posts
MA pode explorar petróleo em escala comercial​
28-Mai-2008
O presidente da Devon Energy – Companhia Internacional de Exploração e Produção de Petróleo, Murilo Marroquim, comunicou oficialmente o governador Jackson Lago, ontem, que a empresa começa, nos próximos meses, a exploração de petróleo e gás natural no Maranhão, na Bacia de Barreirinhas.
O presidente da Devon Energy – Companhia Internacional de Exploração e Produção de Petróleo, Murilo Marroquim, comunicou oficialmente o governador Jackson Lago, ontem, que a empresa começa, nos próximos meses, a exploração de petróleo e gás natural no Maranhão, na Bacia de Barreirinhas. Durante a audiência, da qual participaram também o secretário de Minas e Energia do Estado, Ricardo Ferro, e o assessor para Projetos Especiais do governo, Raimundo Azevedo, Jackson e o presidente da Devon analisaram detalhadamente a possibilidade da empresa vir a encontrar petróleo em águas profundas maranhenses.

Jackson confirmou que o encontro serviu para o presidente da Devon informar o andamento do projeto de exploração de petróleo no Maranhão e todas as etapas que devem ser seguidas na área ambiental para evitar danos à natureza. O governador afirmou que, segundo Marroquim, até o começo do próximo ano, a empresa iniciará a exploração em escala comercial, se o poço possuir muito petróleo. Jackson se mostrou otimista com a possibilidade do poço ser explorado em escala comercial, por conta do projeto de instalação da refinaria que o governo está conseguindo junto ao governo federal.
Murilo Marroquim deu garantias ao governador de que a empresa trabalha tendo em vista a preservação do meio ambiente, a exemplo do que realiza na Bacia de Campos, nos poços que explora em parceria com a Petrobras. Também se preocupa com as ações voltadas para a área social, como apoio aos pescadores das regiões de locação de poços.

Marroquim informou que a sonda de perfuração está sendo importada, mas as pesquisas que estão sendo realizadas serão fundamentais para mostrar se o poço de Barreirinhas será explorado em escala industrial.

O secretário de Minas e Energia também se mostrou confiante na possibilidade de que o poço a ser perfurado pela Devon venha apresentar produção em escala comercial e revelou que a empresa ganhou outro leilão da Agência Nacional de Petróleo (ANP), do governo federal, para explorar outra bacia maranhense, a do Parnaíba, em solo firme. Ricardo Ferro assegurou que a empresa já vem realizando prospecção no poço de Barreirinhas, que terá 2,5 mil metros de profundidade, e até março/abril do próximo ano vai ser possível dizer se haverá exploração em escala comercial.
 

·
Registered
Joined
·
1,335 Posts
Vamos esperar a conclusao dos estudos de viabilidade tecnica da Petrobras. Mas o Gabrielli ja indicou que eles estao apontando, prelim,inarmente a viabilidade no Maranhao.
 

·
Registered
Joined
·
5,466 Posts
Repito o que já disse , o MA após a Bahia é o estado de maior potencial do NE, independente até de Refinaria ou lá o que seja .Vejam o exemplo do RS que tira proveito de suas condições climáticas e tem uma classe-média rural , o que realmente distribui renda, é mais difícil isso no semi-árido.

Na Refinaria torço pelo MA, mas repito , não vamos deixar que a SOBERBA tome conta do Nordeste. Humildade e fé.

Um pouco de cautela também .
 

·
Registered
Joined
·
287 Posts
Concordo com o MASTER, eu sou um pouco mais confiante, acho que aqui tem as condições ideais para o desenvolvimento, uma extensa área fertil, Condição geográfica privilegiada. Uma pena que inversamente proporcional a sua capacidade é a sua classe política.

Fábio
 

·
MA meu tesouro,meu torrão
Joined
·
4,445 Posts
Discussion Starter · #11 ·
Refinaria da Petrobras no Ceará custará US$ 11 bilhões

Atualizada às 14h20

O diretor de Abastecimento da Petrobras, Paulo Roberto Costa, informou que a refinaria com capacidade para 300 mil barris diários, que será construída no Ceará, custará US$ 11 bilhões à empresa.

» Nova refinaria da Petrobras será de 300 mil barris

Outra unidade, com o dobro da capacidade, prevista para o Maranhão, ainda não teve seu orçamento avaliado, mas provavelmente não será o dobro do valor da unidade do Ceará.

"Não dá para fazer uma conta direta, isso envolve muitas coisas e ainda não foi definido", disse Costa, após cerimônia de criação da Quattor, empresa petroquímica da Petrobras e Unipar.

As duas refinarias fazem parte dos planos da estatal de se tornar exportadora de derivados de petróleo e não apenas do produto bruto.

As unidades serão voltadas para o mercado externo e produzirão nafta, diesel, querosene de aviação, gás liquefeito de petróleo (GLP) e coque de alta qualidade.

"Essas duas unidades já estão olhando o pré-sal. O objetivo é produção principalmente de diesel de alta qualidade para exportação", explicou Costa.

Ainda sem uma avaliação oficial, os reservatórios do pré-sal - área que se estende por 800 km do Espírito Santo a Santa Catarina na costa brasileira - têm um grande potencial de petróleo de boa qualidade (óleo leve) e gás natural.

Somente em uma das nove áreas que possui na região, a de Tupi, a estatal estima reservas entre 5 e 8 bilhões de barris de óleo equivalente

Analistas dizem que as reservas em toda a área podem atingir os 100 bilhões de barris, o que colocaria o Brasil entre as maiores potências mundiais do setor.

Pernambuco
Costa informou que o elevado preço do petróleo, entre outros fatores, está puxando para cima o valor dos investimentos da indústria petrolífera, o que obrigará a companhia a rever o orçamento de US$ 4 bilhões feito para a refinaria Abreu Lima, em Pernambuco, que está sendo construída em parceria com a estatal venezuelana PDVSA.

"Vamos ter que subir, porque tudo está subindo", disse sem saber informar para quanto iria o novo custo.

Segundo Costa, a refinaria de Pernambuco vai tornar o Brasil auto-suficiente em diesel e a previsão é de que entre em operação em 2010.

Outra revisão de custos teve que ser feita também na refinaria de gasolina que será construída no Rio Grande do Norte, ao lado de uma unidade da Petrobras que já produz diesel, querosene de aviação e GLP.

Inicialmente prevista em US$ 66 milhões, a 12ª refinaria da estatal custará US$ 200 milhões, disse Costa. A produção será de 30 mil barris diários a partir de 2010.

"Vamos fazer uma refinaria de gasolina e melhorar a de diesel, adequando aos padrões de qualidade hoje exigidos pelo mercado", informou o executivo.

Ele explicou que o porte da unidade é menor do que as outras do Nordeste porque o refino depende de logística, e o Estado do Rio Grande do Norte não tem porto para exportação.

"No Ceará e no Maranhão já tem o porto", disse o diretor, que na última quarta-feira esteve no Ceará acertando os últimos detalhes com o governo para instalação da refinaria. Na próxima semana, ele vai ao Maranhão.

"No Ceará assinamos protocolo de intenções com prazo de 120 dias, vamos ter que ter a participação do governo para ampliar o porto (de Pecém), escolher a área, acertar fornecimento de água, energia", explicou.


Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita da Reuters News.
 

·
Ilha do amor
Joined
·
8,964 Posts
Pelo visto todo mundo vai ganhar um pouco
Até pq são 4 estados beneficiados. MA, CE, RN, PE.
 
1 - 13 of 13 Posts
Status
Not open for further replies.
Top