SkyscraperCity Forum banner

O Ceará poderá ter toda a cadeia que envolve a energia solar!!

1074 Views 1 Reply 2 Participants Last post by  JogadorDeSimCity
CE pode receber projetos de toda a cadeia de energia solar


Ceará poderá se tornar a ´Terra do Sol´, efetivamente, como pólo brasileiro neste tipo de investimento

O Ceará poderá ter toda a cadeia que envolve a energia solar, possuidora da mais moderna tecnologia em termos de produção elétrica, instalada em suas terras. Da extração do minério utilizado para a produção de placas fotovoltáicas à eletricidade para comercialização, todas as etapas poderão ser feitas aqui. A confirmação do projeto implicaria em um volume maior de empregos gerados e a elevação da importância do Estado no que se refere à produção de energias limpas. Assim, a ´Terra do Sol´ poderá se tornar, efetivamente, o pólo brasileiro neste tipo de investimento.

A possibilidade desta verticalização foi afirmada pelo presidente da Agência de Desenvolvimento Econômico do Estado (Adece), Antônio Balhmann. Além de possuir áreas de insolação constante (como a de Tauá, município que abrigará a segunda maior usina comercial de produção de energia solar do mundo), o Ceará tem regiões com solo rico em minério de quartzo, do qual se retira o silício, que é a matéria-prima para fabricação de celulas fotovoltaicas. Destas células, são fabricadas painéis fotovoltáicos. ´Estes minérios já foram investigados. São de excelente pureza e se encontram em municípios como Banabuiu, Quixeramobim, Senador Pompeu, entre outros, além da própria região de Inhamuns´, comenta Balhmann. ´Na viagem à China, visitamos empresas que realizam o processo de fabricação destas células, que é um trabalho de altíssima tecnologia´.

Segundo Balhmann, as negociações para o projeto já estão sendo feitas. A própria chinesa Yingli, empresa que fornecerá os painéis à usina da MPX em Tauá e a com a qual o governo já prospecta trazer uma fábrica de produção destas placas ao Ceará, realiza a etapa de fabricação de células fotovoltaicas. Com a vinda da fábrica, o empreendimento teria que importar as células de outros países, e a instalação de outra planta por aqui, fazendo a etapa anterior, reduziria os custos em termos de frete. ´Temos a possibilidade de termos aqui toda a cadeia produtiva´, acredita o presidente da Adece.

Já para o processo de exploração e beneficiamento da matéria-prima, retirando os chamados blocos de silício do minério de quartzo, Balhmann informa que já foram realizados contatos com empresas que estariam interessadas, sendo elas provenientes, da China, França e Alemanha. ´Existem poucos lugares no mundo que realizam investimentos na fonte de energia solar. O Ceará está antecipando o futuro´, destaca.

A usina comercial de produção solar que será instalada no Ceará pela empresa MPX Energia, pertencente ao grupo EBX — do empresário Eike Batista —, terá capacidade instalada de 50 megawatts (MW), e contará com área de 150 hectares para os painéis fotovoltaicos.

O projeto de instalação da planta, cujos investimentos são da ordem de US$ 250 milhões, foi informado com exclusividade pelo Diário do Nordeste em 26/2/2008. O empreendimento será o pioneiro do tipo na América Latina.

O presidente da Adece informou que o Governo do Estado tem planos de lançar em breve um programa de utilização de energia solar para iluminação pública. Segundo o projeto, cada poste possuiria painel fotovoltáico e lâmpada adequada, a qual viria com bateria que armazena carga durante o dia. Os locais que utilizarão essa tecnologia ainda não foram definidos, podendo ser Fortaleza e cidades pólos do Interior.
Sérgio de Sousa
Repórter
:banana::banana::banana:
Status
Not open for further replies.
1 - 2 of 2 Posts
Maravilha, o Brasil inteiro tem a ganhar com a energia solar, já que todo o país tem muito sol, mas... o nordeste então... nem se fala!!! :cheers:
1 - 2 of 2 Posts
Status
Not open for further replies.
Top