SkyscraperCity banner
1 - 4 of 4 Posts

·
Subway and train Forever!
Joined
·
17,073 Posts
Discussion Starter · #1 ·
As reformas nas Estações Presidente Altino e Osasco, da CPTM, têm conclusão prevista para junho, mas os usuários já desfrutam de várias melhorias.

As obras contemplam a instalação de rampas, elevadores, escadas rolantes e banheiros especiais, além de novos banheiros públicos, salas operacionais, bilheterias à prova de bala, iluminação e salas de auxílio ao usuário com maca e área de descanso para acolher passageiros em caso de mal-estar. Tudo isso, respeitando a NBR 9050 da Associação Brasileira de Normas Técnicas [ABNT], que trata da acessibilidade para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida.

A Estação Presidente Altino, onde circulam cinco mil passageiros diariamente, está recebendo investimentos da ordem R$ 2.357.390,06 em sistemas e R$ 1.961.615,65 em obras civis. Já foram concluídas a bilheteria à prova de bala, com três guichês, a nova Sala de Supervisão Operacional [SSO] e a estrutura de concreto armado da nova rampa de 120 metros do acesso 2, pela rua Manoel Pedro Pimentel, construída para a passagem de cadeiras de rodas e pedestres.

Elevadores
Em fase de montagem e acabamento externo, os três novos elevadores atenderão as plataformas e a entrada da estação. As torres dos elevadores e a rampa do acesso 2 receberam verniz antipichação.

Plataformas
O tratamento do concreto aparente renovou pilares e vigas das plataformas. Luminárias antigas deram lugar a modelos de fibra de vidro e policarbonato, que oferecem maior luminosidade e por serem blindados apresentam maior vida útil.

Corrimões de segurança foram instalados em toda escadaria interna da estação e estão sendo implantados agora na área externa. Na plataforma 2, começou a aplicação do piso podotátil amarelo para alertar pessoas com deficiência visual e demais usuários. Na seqüência, as plataformas 3, 1 e 4 recebem o material, que exige tempo de secagem e isolamento da área e, por isso, seguirá o cronograma de circulação dos trens. Em breve será aplicado o piso de direcionamento podotátil azul.

Cobertura
A cobertura das plataformas foi impermeabilizada com manta asfáltica aluminizada e as laterais receberam telhas de alumínio com pintura eletrostática branca, a fim de proteger os usuários em dias de chuva. A CPTM substitui, ainda, os sistemas elétrico e eletrônico das plataformas: iluminação, sonorização, cronometria e circuito fechado de TV e toda fiação. A estação também conta com novo SPDA [Sistema de Proteção contra Descargas Atmosféricas].

Banheiros e área dos funcionários
No momento, seguem as obras dos banheiros públicos masculinos e femininos, além dos acabamentos realizados nos banheiros, vestiários e no refeitório dos funcionários da CPTM. Os mesmos espaços para os colaboradores terceirizados foram concluídos, assim com a sala do chefe da estação, onde falta apenas nova instalação elétrica.

Salas de auxílio ao usuário
Com o aproveitamento dos vãos das escadas de acesso às plataformas, fechados por paredes revestidas de cerâmica, que reproduz o tijolinho aparente, surgiram duas salas de auxílio ao usuário, uma em cada plataforma, com bancada, pia e maca para pequenos socorros, além de dois Depósitos de Materiais e Lixo [DML] contíguos. No lado oposto, duas salas para a operação da estação ganharam o mesmo acabamento.

Subestação
A ampliação da subestação prevê novos espaços para o quadro geral de distribuição de força e de alimentação de elevadores, iluminação, bombas d’água e sistema de detecção e combate a incêndio. No fim de maio, o mezanino receberá pintura nova. Já os painéis de comandos da telefonia, cronometria e sonorização têm montagem prevista para agosto.

OSASCO
A reforma da Estação de Osasco, que atende 30 mil passageiros das Linhas B e C diariamente, exigiu investimentos de R$ 2.236.831,49 em obras civis e R$ 2.193.919,77 em sistemas. Valores que devem ser somados às despesas com elevadores e escadas rolantes.

Escadas rolantes
As obras de acessibilidade e adequação funcional são semelhantes às realizadas na unidade de Presidente Altino. A diferença é que em Osasco a circulação de usuários é maior, e por isso, haverá duas escadas rolantes na entrada principal, assim como uma escada para cadeira de rodas inclinada [Ecri]. Recém-instalados, os equipamentos entram em operação dentro de 15 dias.

Elevadores e bilheterias
A unidade também oferecerá dois elevadores para transportar gestantes, idosos e pessoas com deficiência física [em fase de montagem], nova bilheteria à prova de bala, com quatro guichês, sala de auxílio ao usuário e Depósito de Materiais e Lixo [DML]. Os sistemas elétrico e eletrônico das plataformas [iluminação, sonorização, cronometria e circuito fechado de TV] e toda fiação já foram substituídos.

Banheiros e áreas operacionais
Concluídos, os banheiros especiais para deficientes e os públicos [masculino e feminino] ficaram espaçosos e funcionais. As salas operacionais, os banheiros, vestiários e refeitórios dos funcionários da CPTM e terceirizados ainda não começaram a serem construídos. Primeiro, é preciso eliminar as salas operacionais antigas do mezanino, que terá novo portão e gradil lateral de ferro, a fim de preservar mais os novos ambientes.


Fonte: http://www.cptm.com.br/e_noticias/webnoticias/one_news.asp?IDNews=1060
 

·
Registered
Joined
·
632 Posts
^^ eu estava p/ postar falando disso, mas eu keria fotos pra mostrar pra vcs... a estação já mudou bastante, a reforma veio a calhar e ficará bonita dessa vez... não sabia com detalhes, por exemplo dos banheiros, do DML e do SPDA e qdo vi a placa da reforma, achei algo utópico e surreal, mas ai está, quase pronto. Vou tentar tirar fotos... a cidade merece, ainda mais tendo essas 2 estações que servem 2 linhas...
 

·
How about a magic trick?
Joined
·
4,798 Posts
era cruel a entrada da osasco com aqueles 30m de escada.
 
1 - 4 of 4 Posts
Top