SkyscraperCity banner

1 - 20 of 59 Posts

·
мультиф&
Joined
·
3,874 Posts
Discussion Starter #1
Saludo a todos los forumistas brasileños,
pido perdón por el español, que en portugués aún no consigo de expresarme bién. Pero me podeis responder en portugués, lo entiendo.

He leido que unas de las medidas de Lehrner en Curitiba fue poner unos limites de altura de edificios en la ciudad, para que en cada parte los edificios serian adeguados a la red de transporte. Que edificios altos son permitidos sólo en el centro, y en la perifería se puede costruir sólo unos edificios de pocos pisos.

Me interesa si estos limites son barrio por barrio, o se calculan por la distancia de las calles o estaciones de metrobus? Existe un documento con esas reglas disponible por internét?

Un ejemplo que quiero resolver: si uno quiere costruir un centro de oficinas de 25 pisos, con capacidad de ~2000-2500 trabajadores dentro, quanto lejos de una estación de bus o tram puede ser?
 

·
Moderator
Joined
·
29,596 Posts
Olá.. Bem vindo ao fórum brasileiro

Muita coisa pode ser enconstrada aqui no fórum, mas para facilitar vou fazer um breve resumo. Vou aproveitar alguns recursos de um post feito pelo forista FGB sobre a RIT (Rede Integrada de Transporte de Curitiba )...

Basicamente o plano diretor da cidade pode ser pensado em eixos.



Esse eixo consiste em um trinário com uma via principal por onde passa o transporte coletivo, BRT e futuramente metrô, (em vermelho) e ao lado dessa vias de acesso local lentas (em verde)
em uma quadra de distância de cada lado dessa via de transporte coletivo existe uma via rápida com 3 ou 4 faixas para veículos, em um lado sentido bairro- centro e no outro sentido centro bairro (em azul)



O zoneamento da cidade acompanha esses eixos.
Na quadra do transporte coletivo não há limite técnico de altura, a não ser as questões de espaço, terreno e aeronáutica, e conforme a distância desse eixo vai diminuindo a altura permitida, até ficar somente casas na maioria dos bairos



Exemplos de eixos de transporte

Exemplo de eixo de Transporte coletivo BRT - Av. Sete de Setembro:

crédito

Av. Sete de Setembo e Silva Jardim:

crédito

Vista aérea:

crédito

No Centro não há essa limitação, ficando restrito somente pela questão de tamanho do terreno e cone aeronáutico

A idéia central do planejamento urbano da cidade é esse...

Novamente, aproveitei muito do post do FGB, convido que leia o post linkado se quiser mais informações sobre a RIT. :)
 

·
Registered
Joined
·
13,905 Posts
Eu disponibilizei no MediaFire um mapa com o zoneamento da cidade e um arquivo onde consta os parâmetros de ocupação para cada área, incluindo o número máximo de pavimentos.

Mapa
Parâmetros

Só uma observação: a área denominada ZT-BR-116 teve seu zoneamento reformulado. Se trata de uma grande rodovia que cortava a cidade ao meio, e que desde de 2007 vem passando por grandes intervenções para se tornar o sexto eixo de transporte da cidade.
Pelo novo zoneamento, será possível construir edifícios de altura livre em toda sua extensão, mediante a compra de títulos da Prefeitura Municipal que aqui são chamados de Certificados de Potencial Construtivo (Cepac). Com os recursos levantados com a venda desses títulos, o poder público local irá concluir as obras necessárias para transformar a rodovia em uma avenida urbana.

Você pode conferir esse projeto nos seguintes posts:

Linha Verde Sul: antes e depois (parece que nem todas as fotos ainda estão ativas)

Obras da Operação Urbana Consorciada Linha Verde

Ilustrações dos projetos da Linha Verde
 

·
мультиф&
Joined
·
3,874 Posts
Discussion Starter #6 (Edited)
Curioso. Veo que por la parte sur de la linea ya corren ligeraos, ¿verdad?

¿Cuanto va a costar? Luego, de las empuestas que pagaís, ¿cuanto dinero va en el presupuesto municipal, en el estadual y en aquel federal?

Leí el documento, mas no entendí: que reglas funccionaran cerca de la linea Verde, ¿aquellas de la zona central, de la primera pagina?
 

·
Registered
Joined
·
13,905 Posts
Curioso. Veo que por la parte sur de la linea ya corren ligeraos, ¿verdad?
Sim, já tem uma linha de "Ligeirão" operando na parte sul, que já teve sua primeira etapa de obras concluída.

¿Cuanto tiempo esta consrcuyendo, y cuanto va a costar? Luego, de las empuestas que pagaís, ¿cuanto dinero va en el presupuesto municipal, en el estadual y en aquel federal?
(1) A primeira etapa das obras, composta por um trecho de 9,4 km, foi executada entre 2007 e 2008, e custou aproximadamente US$ 90 milhões.
Essa primeira etapa foi financiada pelo Inter-American Development Bank (em português, BID), que também financia outras obras na cidade.
Há ainda um trecho de 3 km ao extremo sul da via que também está em obras, orçadas em aproximadamente US$ 25 milhões. Essa etapa está sendo financiada pelo Governo Federal do Brasil.

(2) A parte norte da via já teve suas obras iniciadas, num trecho de 2,3 km. Esse trecho vai custar aproximadamente US$ 25 milhões, e está sendo financiado pela Agence Française de Développement (AFD), que também financia outras obras na cidade.
Ambos os financiamentos contam com contrapartidas do governo local, que varia entre 30 e 50% do valor total do contrato.

(3) O restante da parte norte tem cerca de 6 km de extensão, e tem suas obras orçadas em aproximadamente US$ 200 milhões.
Essa etapa deverá ter suas obras iniciadas em 2013, e concluída entre 2015 e 2016.

A partir da Etapa 3, incluindo ela, todas as obras serão executadas com o recurso da venda de títulos de mercado emitidos Prefeitura Municipal que permitem construir grandes edifícios na via.
As construtoras compram esses títulos (aqui chamados de Certificados de Potencial Adicional de Construção - Cepac) e a Prefeitura é obrigada a utilizar os recursos nas obras previstas no projeto.

Após a conclusão da Etapa 3, ou mesmo durante a sua execução (a depender da velocidade com que o mercado de construção civil irá "absorver" os Cepacs), serão feitas diversas obras complementares ao longo de toda a avenida (como viadutos e trincheiras), principalmente na parte sul. Essas intervenções estão orçadas em aproximadamente US$ 450 milhões.

Uma observação: em 2003, a Prefeitura assinou com o BID um contrato de empréstimo de US$ 400 milhões, que seriam suficientes para concluir todas as obras previstas no projeto inicial (que foi modificado no ano passado e ganhou novas obras).
Mas as obras demoraram muito para serem iniciadas devido a problemas judiciais entre a Prefeitura e uma construtora que perdeu a licitação pública. Nesse período, a moeda local (o Real - R$) se valorizou muito em relação ao dólar, e em 2007, o valor já não era mais suficiente nem para concluir todas as obras da parte sul.

Para concluir as obras que faltavam, primeiro a Prefeitura buscou um financiamento junto à AFD, e depois lançou no mercado a venda de títulos, que teve seu primeiro lote colocado a venda há algumas semanas.

Não foi feito nenhum aporte de recursos estaduais no projeto, e o Governo Federal só está financiando a extensão da parte sul por causa da Copa do Mundo Fifa.

A Prefeitura de Curitiba dificilmente recebe qualquer aporte de recursos do governo estadual ou federal, principalmente por questões políticas. Por isso, ela sempre tem que buscar financiamentos internacionais ou utilizar de seu próprio orçamento para executar as obras. Isso faz com que grandes projetos tenham que ser realizados em etapas, pois não há recursos disponíveis para fazer tudo de uma só vez.
 

·
Registered
Joined
·
13,905 Posts
Leí el documento, mas no entendí: que reglas funccionaran cerca de la linea Verde, ¿aquellas de la zona central, de la primera pagina?
A Linha Verde agora possui regras específicas de ocupação, não disponíveis nos documentos que eu disponibilizei.







Nas áreas marcadas em vermelho, é permitida a construção de edifícios de altura livre, preferencialmente para fins comerciais (escritórios etc). Essas áreas ficam na região das estações de ônibus BRT.

Nas áreas marcadas em laranja, é permitida a construção de edifícios de altura livre, preferencialmente para fins residenciais.

Nas áreas marcadas em verde, é permitida a construção de edifícios com até 6 pavimentos.

Só que para construir esses grandes edifícios, a construtora tem que comprar Cepacs da Prefeitura.
Cada Cepac dá direito a construir uma determinada área adicional (entre 0,70 m² e 1,40 m²). Se a construtora usar um Cepac para construir um edifício comercial em uma área destinada para edifícios residenciais, o Cepac vale uma área menor.
Existem também áreas onde os Cepacs valem mais, como na parte sul. Na parte central, que é a mais cobiçada pelos investidores, os Cepacs valem menos.
Isso ajuda a desenvolver as áreas menos valorizadas.

Essa é a tabela de conversão Cepac - m²:

 

·
Registered
Joined
·
13,905 Posts
Conto' todo en el nuestro foro, me piden si la avenida estava reservada antes o tuvieron que demolir los edificios para limpiarla?
A Linha Verde era uma rodovia federal até 2007, muito má conservada e degradada.
Em 2002, concluíram um anel rodoviário ao redor da cidade que desviou o tráfego de caminhões pesados da via. Com isso, foi possível transformá-la em uma avenida urbana.

Veja a comparação no Google Street View da parte que já passou por obras (ao sul) com a parte que teve as obras iniciadas no ano passado:

Sul

Norte

Linha Verde Sul (antes das obras)





Linha Verde Sul (durante as obras):





Linha Verde Sul (antes e depois das obras):

 

·
Registered
Joined
·
13,905 Posts
RagazzoSiberiano, por curiosidade, qual o tema da discussão de vocês? Eu dei uma olhada no foro, mas sequer entendo o alfabeto cirílico russo hahaha
 

·
мультиф&
Joined
·
3,874 Posts
Discussion Starter #12 (Edited)
De la pagina 13 en nuestro thread sobre trasporte publico rodoviario. Nuestro transporte publico, a parte de la metro, es de un pai's bananero, lo puedes ver en en las fotos. Los trams y trolleybuses casi todos han sobrepasado la duracio'n de servicio, y necesitan sostituicio'n. Los onibuses son privados (imaginas las conseguencias: malmantenidos, hacen corridas por las calles). Pero el alcalde orgullosamente nos presenta 2 trolleybuses con batterias de litio, que tienen una marcha auto'noma de tal y tal quilometros. La ciudad de Novosibirsk me parece ser en condiciones similes a aquellas de Curitiba: grande ciudad de 1.5 millones, pero mucho menos conocida, menos rica que las capitales, y el gobierno federal nos da poquisimo dinero solo para proyectos federales. Falta la voluntad poli'tica, y un otro Jaime Lehrner.
 

·
Registered
Joined
·
13,905 Posts
De la pagina 13 en nuestro thread sobre trasporte publico rodoviario. Nuestro transporte publico, a parte de la metro, es de un pai's bananero, lo puedes ver en en las fotos. Los trams y trolleybuses casi todos han sobrepasado la duracio'n de servicio, y necesitan sostituicio'n. Los onibuses son privados (imaginas las conseguencias: malmantenidos, hacen corridas por las calles). Pero el alcalde orgullosamente nos presenta 2 trolleybuses con batterias de litio, que tienen una marcha auto'noma de tal y tal quilometros. La ciudad de Novosibirsk me parece ser en condiciones similes a aquellas de Curitiba: grande ciudad de 1.5 millones, pero mucho menos conocida, menos rica que las capitales, y el gobierno federal nos da poquisimo dinero solo para proyectos federales. Falta la voluntad poli'tica, y un otro Jaime Lehrner.
Aqui funciona assim: os donos dos ônibus são empresas privadas que operam na cidade há mais de 50 anos. Elas são as responsáveis por comprar os veículos, contratar os motoristas e cobradores e fazer a manutenção da frota. Os ônibus tem vida útil de 10 anos.

Quem gerencia o sistema é a empresa pública municipal chamada URBS, que é responsável por fiscalizar as empresas, definir todos os padrões da frota, os horários e os trajetos das linhas. As empresas só podem fazer o que a URBS manda, e levam multa se descumprirem as ordens.
A URBS controla toda a arrecadação tarifária do sistema, e paga as empresas por KM rodado. O custo do km de um biarticulado é mais caro que o de um ônibus comum.

Aqui os ônibus de linhas de bairro, os chamados alimentadores, são ônibus simples, com câmbio manual e motor dianteiro.
Os ônibus de linhas mais movimentadas são articulados. Os de linhas "Ligeirinho" são veículos com motor traseiro, câmbio automático e suspensão pneumática.
Pra cada tipo de linha, um tipo de ônibus diferente. E isso tudo é definido pela URBS, e as empresas tem que seguir a risca.

Ônibus Convencional de linha pouco movimentada (micro-ônibus com capacitada para 70 passageiros, sem cobrador, motor dianteiro, câmbio manual, suspensão mecânica)



Ônibus Alimentador (motor dianteiro, câmbio manual, suspensão mecânica)



Ônibus Alimentador de linha movimentada (motor traseiro, câmbio manual, suspensão pneumática)



Ônibus Alimentador de linha muito movimentada (motor central Volvo ou traeiro para Scania e Mercedes-Benz, câmbio automático, suspensão pneumática)



Ônibus Interbairros (motor central Volvo ou traeiro para Scania e Mercedes-Benz, câmbio automático, suspensão pneumática)



Ônibus Ligeirinho (motor traseiro, câmbio automático, suspensão pneumática)



Ônibus Ligeirinho de linha muito movimentada (motor central Volvo ou traeiro para Scania e Mercedes-Benz, câmbio automático, suspensão pneumática)



Ônibus Expresso Biarticulado (motor central Volvo, câmbio automático, suspensão pneumática)



Ônibus Expresso Ligeirão (motor central Volvo, câmbio automático, suspensão pneumática)



Curitiba também comprou 60 ônibus híbridos da Volvo, que serão fabricados na própria cidade. Eles funcionam com baterias que acumulam a energia das frenagens (nunca é preciso recarregá-las através de cabos), e com um motor movido a biodiesel, que é um diesel pouco poluente feito com soja.

Esse é o modelo europeu, que esteve em testes na cidade no ano passado:



E esse é o modelo de fabricação local:



O segredo para um bom sistema de transporte, ao menos no Brasil, é uma empresa pública com bons técnicos gerindo o sistema, e empresas privadas muito bem fiscalizadas operando os ônibus.
O pagamento sempre deve ser feito por KM rodado, e não por passageiro transportado. Cada tipo de linha precisa de um tipo de ônibus, e é a empresa pública que deve definir isso.
É essencial que existam vários terminais de integração, onde o passageiro embarca sem pagar outra tarifa.

Podem contar comigo para tirar qualquer dúvida :)
 

·
Registered
Joined
·
13,905 Posts
RagazzoSiberiano, queria saber algumas coisas sobre Novosibirsk:

1. A cidade possui uma região metropolitana? Qual a população total?

2. Qual é o orçamento anual da cidade? Quanto é utilizado para investimento em obras?

3. Existe algum órgão local de planejamento urbano?

4. Quantos km tem o metropolitano da cidade? Quantos passageiros ele transporta por dia?

5. Quantos passageiros o sistema de ônibus transporta por dia?

6. Qual é o valor atual da tarifa de ônibus e metrô? Qual é a tarifa máxima que poderia ser praticada pelo padrão de renda da população?

7. Como é a economia local? Existem indústrias? Como é a renda da população?

8. Existe um centro que concentra edifícios e serviços?

9. Existem construtoras locais capazes de fazer uma obra do porte da Linha Verde?
 

·
мультиф&
Joined
·
3,874 Posts
Discussion Starter #16 (Edited)
1. A cidade possui uma região metropolitana? Qual a população total?
Não, por o hábito administrativo, nossas cidades têm muhito territorio, que ao exterior sería a área metropolitana. As cidades na aglomeração de Nsk tem 200-300 mil moradores.

2. Qual é o orçamento anual da cidade? Quanto é utilizado para investimento em obras?
É 37 bilhões de rublos, ou cerca 2,4 bilhões R$.

3. Existe algum órgão local de planejamento urbano?
Sim, esiste, mas não funciona bem. Agora na cidade são definidas linhas vermelhas (territorius reservados para vias) e esiste um plano do desenvolvimento até 2030.

4. Quantos km tem o metropolitano da cidade? Quantos passageiros ele transporta por dia?
Tem 16 km, 13 estações, os trenes têm 4 vagones. Funciona na parte central, por dia transporta 210 mil passageiros.

5. Quantos passageiros o sistema de ônibus transporta por dia?
Calcolando aproximadamente, tenho uma cifra de 1.300.000 passageiros.

6. Qual é o valor atual da tarifa de ônibus e metrô? Qual é a tarifa máxima que poderia ser praticada pelo padrão de renda da população?
Os ônibuses costam 14 rublos (0,9 R$), metro 15 (1 R$), ônibuses privados 15-35 (1-2,5 R$). Não entendi a segunda pregunta.

7. Como é a economia local? Existem indústrias? Como é a renda da população?
A economia crece bem. Existe uma fabrica de aviões, um amplio sector de alimetarios, as fabricas estatais, que estiveram na crisi profunda e larga depois do colapso da União Sovetica, estam recostruendo-se, o sector financeiro é 3 mas poderoso no país, como tambem o sector de TI. Esisten empresas de tecnologias muhito elevadas, como uma productora de estampadores, que pode estampar quadros como si foram desenhados por uma pessoa, y estampar sobre agua. Só me da tristeza que se produze pocas coisas do esse alto nivel tecnologico para um consumador medio. Um producto de que estem orgulhosos é 2gis, uma mapa com elenco de empresas, que inclui 182 cidades de Rusia, Ucrania e a região de Venezia en Italia.

8. Existe um centro que concentra edifícios e serviços?
Sim e não. Existe o centro da cidade no lado dereito do rio, pero no lado esquerdo existe uma zona de alta concentração tambem, e cerca das zonas centrais existem zonas suburbanas de casas pequenas e ilhas de alta densidade longe do centro. Você pode ver a mapa da cidade na 2gis o na OpenStreetMap.

9. Existem construtoras locais capazes de fazer uma obra do porte da Linha Verde?
Sim, agora esta costruido o novo ponte rodoviário, un progeto muhito grande y complicado: o ponte de 1 km, 2 km de rodovias pra cada lado, e tambem 2 grandes trovos. A costruidora chamada SibMost tem miles de trabalhadores e pode costruir muhito si é finançamento.
 

·
on the road
Joined
·
33,358 Posts
Da-lhe terceiro mundo com onibus e mais onibus ao inves de usaram a enorme faixa de dominio para um VLT ou algo do genero na ex-BR-116
 

·
мультиф&
Joined
·
3,874 Posts
Discussion Starter #18 (Edited)
Acredito que com um planejamento tanto bom como na Curitiba VLT è possivel. Melhor serìa npreguntar-se não se a cidade precisa um VLT, sinão que precisa a cidade. É sufficiente o ônibus o não? Aquí em Rúsia a gente nas grandes cidades sempre quiere mais metro subterranea, como em Moscou. Mas é immpossivel e absurdo costruir tantos palazos subteraneos e manter todos os trenes, e tampouco levar todos os passageiros: este sistema pestante e inflexivel não soluciona os problemas milagrosamente.

Mi cidade é um bom ejemplo malo: temos brinquedos caros como os trosebuses autónomos com baterias de litio, e cada um costa como 3 usuais, enquanto isso a frota já está muhito velha e precisa substituição urgente. Melhor haber um transporte modesto mas eficiente que brinquiedos caros.

Enquanto o VLT, veo que uma linha de VLT largo tuda a linha verde sería mal integrada com o sistema e o centro da cidade, e sería dificil integrar-lo no sistema de ônibus. Já não são tão claros sus beneficios. Mas com o crecer da cidade, acredito que gradualmente a prefeitura consegirá entroduzir e integrar bem um VLT. Se na cidade costruem õnibuses, não será um problema empezar uma produzão de bondes.
 

·
Registered
Joined
·
13,905 Posts
1. A cidade possui uma região metropolitana? Qual a população total?
Não, por o hábito administrativo, nossas cidades têm muhito territorio, que ao exterior sería a área metropolitana. As cidades na aglomeração de Nsk tem 200-300 mil moradores.

2. Qual é o orçamento anual da cidade? Quanto é utilizado para investimento em obras?
É 37 bilhões de rublos, ou cerca 2,4 bilhões R$.

3. Existe algum órgão local de planejamento urbano?
Sim, esiste, mas não funciona bem. Agora na cidade são definidas linhas vermelhas (territorius reservados para vias) e esiste um plano do desenvolvimento até 2030.

4. Quantos km tem o metropolitano da cidade? Quantos passageiros ele transporta por dia?
Tem 16 km, 13 estações, os trenes têm 4 vagones. Funciona na parte central, por dia transporta 210 mil passageiros.

5. Quantos passageiros o sistema de ônibus transporta por dia?
Calcolando aproximadamente, tenho uma cifra de 1.300.000 passageiros.

6. Qual é o valor atual da tarifa de ônibus e metrô? Qual é a tarifa máxima que poderia ser praticada pelo padrão de renda da população?
Os ônibuses costam 14 rublos (0,9 R$), metro 15 (1 R$), ônibuses privados 15-35 (1-2,5 R$). Não entendi a segunda pregunta.

7. Como é a economia local? Existem indústrias? Como é a renda da população?
A economia crece bem. Existe uma fabrica de aviões, um amplio sector de alimetarios, as fabricas estatais, que estiveram na crisi profunda e larga depois do colapso da União Sovetica, estam recostruendo-se, o sector financeiro é 3 mas poderoso no país, como tambem o sector de TI. Esisten empresas de tecnologias muhito elevadas, como uma productora de estampadores, que pode estampar quadros como si foram desenhados por uma pessoa, y estampar sobre agua. Só me da tristeza que se produze pocas coisas do esse alto nivel tecnologico para um consumador medio. Um producto de que estem orgulhosos é 2gis, uma mapa com elenco de empresas, que inclui 182 cidades de Rusia, Ucrania e a região de Venezia en Italia.

8. Existe um centro que concentra edifícios e serviços?
Sim e não. Existe o centro da cidade no lado dereito do rio, pero no lado esquerdo existe uma zona de alta concentração tambem, e cerca das zonas centrais existem zonas suburbanas de casas pequenas e ilhas de alta densidade longe do centro. Você pode ver a mapa da cidade na 2gis o na OpenStreetMap.

9. Existem construtoras locais capazes de fazer uma obra do porte da Linha Verde?
Sim, agora esta costruido o novo ponte rodoviário, un progeto muhito grande y complicado: o ponte de 1 km, 2 km de rodovias pra cada lado, e tambem 2 grandes trovos. A costruidora chamada SibMost tem miles de trabalhadores e pode costruir muhito si é finançamento.
Então a cidade tem tudo o que é preciso para implantar uma rede de transporte moderna e eficiente. A única coisa que falta é um comprometimento do governo local em elaborar um projeto e executá-lo.

Muitas vezes nem é preciso executar obras grandes e caras. É possível adaptar a estrutura que já existe para construir um bom sistema.
Foi assim que Curitiba se tornou referência mundial em transporte público: soluções baratas, inovadoras, e que funcionam.
 

·
Registered
Joined
·
13,905 Posts
Acredito que com um planejamento tanto bom como na Curitiba VLT è possivel. Melhor serìa npreguntar-se não se a cidade precisa um VLT, sinão que precisa a cidade. É sufficiente o ônibus o não? Aquí em Rúsia a gente nas grandes cidades sempre quiere mais metro subterranea, como em Moscou. Mas é immpossivel e absurdo costruir tantos palazos subteraneos e manter todos os trenes, e tampouco levar todos os passageiros: este sistema pestante e inflexivel não soluciona os problemas milagrosamente.

Enquanto o VLT, veo que uma linha de VLT largo tuda a linha verde sería mal integrada com o sistema e o centro da cidade, e sería dificil integrar-lo no sistema de ônibus. Já não são tão claros sus beneficios. Mas com o crecer da cidade, acredito que gradualmente a prefeitura consegirá entroduzir e integrar bem um VLT. Se na cidade costruem õnibuses, não será um problema empezar uma produzão de bondes.
O forista Suburbanist odeia ônibus e não entende nada de Curitiba.
 
1 - 20 of 59 Posts
Top