SkyscraperCity Forum banner
661 - 680 of 732 Posts

·
Registered
Joined
·
3,805 Posts
Passei há pouco pela BR e nenhuma evolução aparente nas obras do BRT entre a semana passada e hoje. Mt difícil, olha!
Obras de terraplenagem , pavimentação e drenagem em período de chuvas intenso é jogar dinheiro fora. Pra mim seria surpresa se tivessem a pleno vapor nesse período.

Agora tem obras nos terminais e no CCO. Que são áreas cobertas. E vi que a Equatorial esta fazendo o remanejamento de rede no perímetro entre aguas lindas e a antiga Arena Yamada.
 

·
Registered
Joined
·
3,805 Posts
Vi agora uma postagem no Facebook de uma pagina local que se diz de arquitetura, criticando a retificação do canal Maguari Açu. Pra mim é difícil ver esses tipos de postagens que apenas critica por criticar, e que muitas das vezes os Adm. não conhecem a região. Esse canal além receber aguas pluviais , recebe o esgoto puro. Sempre enche a região porque ele é estreito.

Retificar e criar pistas laterais facilita a limpeza e evita a invasão do mesmo. e mais até agora não vi nenhum canal em Ananindeua ser revestido em concreto ou seja não se perde totalmente a permeabilização do local..

Ainda vai sobrar muita área nas margens para fazer praças se for pra ter mais região permeáveis.
 

·
Registered
Joined
·
3,805 Posts
Obra começou de fato em janeiro de 2019 e deram um prazo de 19 meses, ou seja:

1° prazo - Agosto/2020

Em janeiro de 2020 só tinha 9% de obras concluídas. Detalhe: ainda não tinha começado de fato no Brasil a pandemia pra poder colocar a culpa.

Viram que não iriam entregar em 2020 estenderam mais um ano

2° prazo - Agosto 2021.

Quando chegou 2021 viram que não conseguiriam novamente e estenderam para o fim do ano.

3° prazo - Dezembro 2021

Quando tava quase terminando 2021 e viram que não conseguiriam novamente, estenderam o prazo para mais um ano.

4° prazo - Dezembro 2022 (ano da eleição)

Agora as últimas notícias estão dizendo:

5° prazo - Março 2023

E assim seguimos, eu aposto no 6° prazo rs
Faltou citar a troca da Empresa. Que neste ponto desde quando foi anunciada acreditava que teria problema.
 

·
Registered
Joined
·
3,805 Posts
Percebi que estão colocando dutos corrugados nas estações ao longo da BR. Eles estão pendurados por enquanto.
Bastantes homens trabalhando na E06 .
Não consegui entender bem o que exatamente estão fazendo, mas fizeram um "canal" bem no meio do canteiro e o compactador tá trabalhando quase todo dia no mesmo perímetro (tb não entendi o que tanto ele compacta rsrsrsrs)
Bom entre a estação em frente a UNIMED até a estação em frente a entrada do bairro Aguas Lindas estão executando a base para o pavimento rígido. A compactação é realizada até alcançar o grau de compactação especificada no projeto de pavimentação para que não cause problemas no pavimento rígido.

Os dutos corrugados pendurados é gambiarra para o tubo de drenagem da cobertura da estação , mas é usado para a passagem das redes elétricas e de dados das estações.
 

·
Registered
Joined
·
3,805 Posts

MPPA encurralou o Edmilson. Ou ele licita ou ele licita. Senão, vem ação de improbidade administrativa e ele corre o risco de, eventualmente condenado, perder os direitos políticos. Aí acabou a carreira política dele. Ele que lute!
Bom... a verdade é que a batata quente caiu no colo dele. Como estava a documentação tinha muitas incógnitas, principalmente não estava claro como se teria integração com a região metropolitana já que o BRT metropolitano não estaria pronto. Mas o principal desde antes do lançamento do edital era prazo de concessão que era curto para o retorno financeiro e como não estava previsto subsidio claro que esse custo passaria pro usuário.

Enfim essa licitação agora terá que sair de qualquer forma.
 

·
Registered
Joined
·
3,805 Posts
A questão do tempo de concessão não é problema. O próprio presidente da Câmara já demonstrou o apoio e acho que o Edmilson tem a maioria na casa. Não seria difícil passar a alteração da lei orgânica. Acredito que seja falta de vontade política mesmo.
Mas pra alterar antes de terminar o prazo do MP acho difícil principalmente porque até semana passada não estava tendo sessões na câmara por causa dos casos de Covid no local.

O que vai acabar acontecendo é que a prefeitura ira mesmo propor a aquisição de uma parte da frota necessária para o BRT para equilibrar as contas. do contrato. Mês de vem saberemos a proposta pra essa licitação . hehehe
 

·
Registered
Joined
·
3,805 Posts
Bem distorcido esse matéria dessa coluna.. principalmente por dizer que BRT é obsoleto e VLP é algo incrível. Mas o conceito VLP no Brasil já foi distorcido.

Bem tendênciosa é a palavra certa. Só pra confundir nada mais
 

·
Registered
Joined
·
3,805 Posts
Sobre o novo contrato do BRT Metropolitano está disponível no site NGTM, aba transparência => contratos, o PDF do contrato com o novo consorcio, inclui ate a planilha quantitativa com os valores de cada item.
Trecho retirado do contrato e que achei interessante a nível de informação:

"Em relação aos serviços e respectivas linhas, o Corredor BR-316 será constituído,
principalmente, por linhas de ônibus intermunicipais metropolitanas e internas nos
municípios paraenses de Belém, Ananindeua, Marituba, Benevides, Santa Bárbara do Pará
e Santa Izabel do Pará. Tais linhas de ônibus compreenderão, no mínimo, linhas do serviço
troncal, que utilizarão as faixas exclusivas para ônibus da Rodovia BR-316; linhas do serviço
alimentador, que integrarão com as linhas do serviço troncal nos terminais de integração.

As linhas do Corredor BR-316 irão utilizar parte da infraestrutura física de faixas exclusivas
para ônibus da Avenida Almirante Barroso e do Centro de Belém. A fim de garantir a
operação e funcionalidade das linhas troncais do Corredor BR-316 nesses corredores, um
conjunto de estações de passageiros deverá ser implantado na Avenida Almirante Barroso
para atender a essas linhas."


Fonte : http://www.ngtm.pa.gov.br/sites/default/files/cmgb_011-2021.rar
 

·
Registered
Joined
·
3,805 Posts
Vão readaptar as que já existem ou vão fazer outras?
Essa é a questão, as ultimas informações que saíram na imprensa era de que seria usado módulos das estações Tavares bastos e do Bosque para o metropolitano e nas outras seria construído novos módulos iguais aos existentes e que também tinha o problema de compatibilidade das estações da almirante com as da BR.

Só sei que sem estes novos módulos na Almirante Barroso as estações atuais não vão suportar os dois sistemas.
 

·
Registered
Joined
·
3,805 Posts
Outro problema é que a região metropolitana tem um afunilamento entre Entroncamento e a Júlio César tanto em densidade demográfica como em estrutura viária.

Você tem uma grande massa populacional nas Cidades Novas e na Augusto Montenegro, que são separadas pela outra grande massa populacional da península de Belém, por aquelas áreas institucionais no bairro do Souza e Curió. Daí, como disseram aqui, como boa parte dos serviços ainda está na área central de Belém, você tem uma saturação da Almirante e da João Paulo II.


É como se fosse uma ampulheta e a areia fosse equivalente ao fluxo de carros e pessoas entre essas duas regiões demográficas.




Vias que poderiam ajudar a escoar esse fluxo terminam no aeroclube de Belém.

A Marambaia, por exemplo, é vizinha da Sacramenta e da Pedreira, mas parece que são de outro mundo, pois a ligação entre essas áreas se dá apenas pela PAC e a maior parte do fluxo do bairro vai em direção a Almirante.


E não tem muito o que fazer, pois dificilmente o exército vai ceder alguma área ali pra fazer uma via expressa e que, inevitavelmente, também, vai em direção ao entroncamento. Pelo lado do Utinga, só resta rezar pela saída da liberdade.

Dada essa limitação, o jeito é procurar fazer com que o "centro" de Ananindeua, que eu considera as Cidades Novas, se especializem em serviços, comércio e lazer.
Sobre uma outra Ligação da Marambaia com esses bairros após a Júlio Cesar, poderiam desenterrar o projeto de duplicação da Rua da Marinha.
 

·
Registered
Joined
·
3,805 Posts
Prefeito e secretários municipais se reúnem para tratar de mobilidade e urbanismo



Dois importantes projetos de mobilidade e urbanismo, a integração entre os BRTs metropolitano e municipal, e a revitalização na avenida Rômulo Maiorana, antiga 25 de Setembro, foram tratados na reunião do prefeito Edmilson Rodrigues com os titulares das secretarias de Urbanismo, Deivison Alves; Meio Ambiente, Sérgio Brazão; e da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém, Ana Valéria Borges, nesta quinta-feira, 24.


A Seurb vai executar a obra de requalificação da avenida Rômulo Maiorana e alguns pontos do projeto foram acertados na reunião, como o tráfego de veículos durante o período, estacionamentos e a sinalização da área.


O projeto de requalificação é um convênio entre Prefeitura de Belém e Governo do Estado do Pará e contará com a implantação de ciclovias, parques, praças, praças dog e academias na avenida. O processo está em fase de aprovação para licitação.


Integração - Outro projeto debatido entre o prefeito e os dirigentes municipais foi a intervenção na avenida Almirante Barroso para integração entre os BRTs metropolitano e municipal. O objetivo é integrar e compatibilizar os dois projetos para melhorar a mobilidade na região metropolitana.


Já era pra estar pronto esse trabalho de compatibilização dos BRTs
 

·
Registered
Joined
·
3,805 Posts
RELATÓRIO DE GSTÃO NGTM 2021

Segue alguns trechos do documento:

"-No final do ano de 2020 a JICA aprovou a solicitação do Governo do Estado do Pará referente a prorrogação de prazo do Contrato de financiamento BZP-20, estendendo a vigência do Contrato até 28 de junho de 2023."

"-A obra inclui todos os componentes de infraestrutura previstos para o corredor BR-316, até o km 10,8; compreendendo: 2 terminais de integração um em Ananindeua e um em Marituba, 13 conjuntos de estações, 13 passarelas, um viaduto em Ananindeua, quatro passagens inferiores de acesso aos terminais, ciclovia, calçadas e via exclusiva para o BRT com pavimentação em concreto, 4 novas estações na Av. Almirante Barroso e o Centro de Controle Operacional, localizado na Av. Augusto Montenegro, em área contigua ao PRODEPA. Deve-se ressaltar que a obra inclui a implantação de um sistema de drenagem em toda a área de influência do projeto ao longo da BR-316 até o limite do projeto. "

"- ....O prazo de execução de obra no Contrato No.011/2021-NGTM é de 501 dias corridos acrescido de 60 dias para operação assistida, com finalização das obras e implantação do Sistema previstas para março e maio de 2023. O plano de ataque de obras do novo contrato, prioriza as obras viárias tais como os lançamentos de drenagem, drenagem longitudinal e a pavimentação rígida nos trechos da via já liberados de interferências, tendo em vista a baixíssima execução desses itens no contrato anterior. "

"6. DESTAQUES DAS AÇÕES DA DIRETORIA DE PLANEJAMENTO
6.1 AÇÕES EM PROJETOS
• Análise dos Projetos do Sistema de Controle Operacional do BRT Metropolitano.
• Análise do projeto dos Elevados dos elevados da BR-316 com a Avenida Independência e com a Alça Viária.
• Análise do Projeto dos Elevados da Av. Mário Covas com as Avenidas Independência e Três Corações.
Análise e negociação do projeto da Linha de Transmissão 500 kV MAR-UTN e sua interferência nos projetos do corredor da BR-316 e do elevado da BR-316 com a Avenida Independência.
• Análise do Projeto da Av. João Paulo II com a Av. Dr. Freitas.
Análise do Projeto do acesso ao Shopping Castanheira.
Análise do Projeto de readequação da passarela em frente a empresa Norte Caminhões. "

"AÇÕES EM REGULAÇÃO
• Elaboração de Normas e Instruções do sistema de transporte metropolitano e submissão à AGTRAN.
Estudo e definição dos conceitos básicos e elementos do projeto do sistema de bilhetagem eletrônica que passou a ser de BILHETAGEM DIGITAL.
• Realização de estudos tarifários para o serviço de transporte metropolitano, com atualização dos preços e simulação de novas premissas

6.3 RELACIONAMENTO COM A PMB
• Realização de estudos com a Prefeitura Municipal de Belém (PMB) para adequação do corredor Almirante Barroso para receber linhas do Sistema de Transporte Público Metropolitano.
Realização de estudos com a Prefeitura Municipal de Belém (PMB) para adequação do Centro Expandido de Belém para receber linhas do Sistema de Transporte Público Metropolitano.
• Adequação do projeto das Estações Metropolitanas na Avenida Almirante Barroso.
Elaboração de projeto de sinalização do Centro Expandido de Belém.


FONTE : http://www.ngtm.pa.gov.br/sites/default/files/relatorio_de_gestao-2021.pdf
 

·
Registered
Joined
·
3,805 Posts
Eita, 4 novas estações! Como serão o acesso dos usuários? Espero que não tenha mais sinais na Almirante.
Foi até reduzido , porque teria módulos BRT Metropolitano ao lado de cada estação do BRT Belém. E salvo engano, nas estações Tavares Bastos e Bosque irão adaptar os módulos fechados para o Metropolitano. Sobre semáforos, não terá mais, porque se vai ter integração tarifaria a entrada pode ser pelos atuais módulos
 

·
Registered
Joined
·
3,805 Posts
Acho que num primeiro momento deve aumentar pra 4,00 ou 4,10. Aumentar 1 real assim de uma vez, vai enterrar o caixão do Edmilson. A saída seria o subsídio, mas como né?
Um aumento desse tipo é só a inflação .Mas aumentar mais... tá difícil. Quanto ao Subsídio tem uma proposta de lei em em Brasília pra subsidiar pelo menos o valor das gratuidades dos idosos.
 

·
Registered
Joined
·
3,805 Posts
Ele vai ter que dar uns 50 centavos de aumento nessa tarifa. Não adianta ele forçar a tarifa pra baixo pq vai esvaziar a licitação do transporte público, ainda mais que a situação do subsídio não tá clara. Eu acabei de pegar um ônibus C Nova 8 - Pres. Vargas. Gente, eu vim sentado na fileira do fundo, não tinha janela, o ônibus parecia uma sauna. Eu queria que esses vereadores e o povo que manda na gestão pegasse um ônibus assim todo dia pra sentir a realidade das pessoas. Ficar dentro de gabinete conceituando é mt bom.
Não tenho dúvida que o aumento de tarifa virá antes da licitação.
Quanto a licitação , acredito que exista várias possibilidades .. aumentar o tempo de concessão, mas depende da câmara municipal e que até o momento não vi movimentação .
Outra possibilidade é a prefeitura adquirir os veículos e quem ganhar faz a manutenção, assim reduz os custos da licitação e a outra é o subsídio e este as prefeituras estão dependendo do congresso.
 
661 - 680 of 732 Posts
Top