SkyscraperCity Forum banner
41 - 60 of 272 Posts

·
Rio de Janeiro
Joined
·
3,365 Posts
Tb acho que monotrilho seria uma boa pedida. É beeem menos caro que metrô e ocupa menos espaço que o BRT, sem ser muito mais caro que este último. Acho que em toda a extensão da PAC, desde o entroncamento até a Doca deveria ter monotrilho. Depois deveria se substituir o BRT por VLT aproveitando o espaço em que os ônibus vão transitar na Almirante, na BR e na Augusto Montenegro. Mais no futuro dava pra pensar em VLT na JP II e na independência (os canteiros nas duas avenidas são grandes o suficiente para fazer VLT) e linhas de monotrilho ligando transversalmente as linhas de VLT e do monotrilho da PAC. Isso tiraria um monte de ônibus da rua e daria uma cara mais moderna pra cidade. Eu vejo Fortaleza, Recife, Cuiabá, entre outras, investindo pesado em VLT e metrô e fico pensando: por que Belém insiste em ficar pra trás???
Não concordo com monotrilho em Belém. Acho q deixaria a cidade muito feia, com aquela arquitetura de concreto pesada sobre as avenidas. Imagina um na PAC q já é uma avenida q deixa muito a desejar, ficaria ridículo.
Belém é uma cidade q poderia receber um metrô. A arquitetura da cidade favorece a instalação de um metrô, poderiam instalar primeiramente saindo de São Brás ao centro e o BRT (posteriormente VLT) permaneceria na Almirante e avenidas alimentadoras rumo ao centro da cidade. Depois q o metrô estiver todo distribuído no centro aí sim poderiam pensar em expandir pra essas grandes avenidas. Um metrô na região central (1ª légua da cidade) não é tão absurdo assim d se construir visto q seriam necessários poucos km pra percorrer de São Brás às proximidades da Cidade Velha ou até mesmo até Batista Campos. Como já disse aqui, os políticos daqui são fracos demais, não são articulados, não têm prestígio algum. Mesmo q demorasse 10 anos pra ser entregue seria válido, já q obras bem menores já levaram quase esse tempo pra ser concluída aqui mesmo em Belém.
 

·
Rio de Janeiro
Joined
·
3,365 Posts
Insisto em dizer q o centro de Belém (de São Brás à Cidade velha/Batista Campos) não comporta nenhum outro modal q não seja um metrô. Não dá pra sacrificar uma faixa de rolamento das ruas já q elas já são estreitas, possuindo no máximo três faixas, com raras exceções. Monotrilho é completamente inviável pq as avenidas são todas em forma de binário e não possuem canteiros centrais pra esse modelo ser implantado. Só resta mesmo o metrô! Ou implantam o metrô ou Belém estará fadada a conviver eternamente apenas com os seus ultrapassados ônibus rumo ao centro da cidade. A região central de Belém se assemelha e muito com a zona sul do RJ, lá tiveram q implantar metrô pq não dava pra colocar nenhum outro sistema de transporte q não esse.
 

·
Rio de Janeiro
Joined
·
3,365 Posts
Claro que a ideia do metrô em Belém é tentadora. Infelizmente, também acho inviável por questões fiscais. O município não tem condições nenhuma de fazer. Aliás, já não teve de fazer esse BRT. Teve que recorrer ao Governo Federal, e depois trocou o recurso do Ministério pelo empréstimo da JICA, pelo que eu entendi. O Governo Estadual tem orçamento maior, mas também tem muito mais demandas. Não teria como.

O Governo Federal, sim, tem investido em grandes obras de infraestrutura. Inclusive infraestrutura de trânsito, com os PACs Mobilidade Urbana. Em todas as principais capitais, hoje, há algum modal sendo desenvolvido, BRT, VLT ou metrô. Mas, naturalmente, os investimentos em metrô foram pra cidades circulação maior de pessoas, como Rio, Salvador, Fortaleza, Curitiba. Agora, Porto Alegre também conseguiu verba federal pro projeto de metrô e tem uma população próxima a de Belém. Ainda assim, é muito difícil viabilizar um projeto como esse por aqui.
O governo federal custeia as obras de metrô de todas as cidades brasileiras. Belém não consegue verba, primeiramente, pq até onde eu sei nunca nenhum político se dispôs a mandar fazer um projeto de um metrô pra cidade; sem projeto não se pode pleitear recursos financeiros pra executar uma obra; e por último, os políticos do Pará são muito fracos, não possuem nenhum prestígio, e no Brasil, político sem prestígio é sinônimo de atraso.
 

·
Rio de Janeiro
Joined
·
3,365 Posts
^^
Dividir o espaço do VLT com os carros? Esquece, isso jamais daria certo por aqui!

BRT de Belém da forma que está não é transporte rápido, diz técnico mineiro

O secretario de administração da capital Guto Coutinho me disse que foi visitar o BRT de Belo Horizonte.

E escutou dos técnicos de lá informações preocupantes.

Quando mostrou o que foi feito no “nosso” BRT lhe foi dito que; ” Não é BRT, no máximo é uma via exclusiva para ônibus, já que BRT não tem aquelas muretas de concreto lateral”.

Os técnicos mineiros disseram que o BRT é o transporte rápido dos veículos, portanto quando um para para receber ou deixar passageiros, os que vem atras seguem. Com a mureta, se um ônibus parar os demais tem de parar também, o que causaria até mesmo um engarrafamento de veículos.

Para que isso não ocorra, é necessário em cada parada que haja uma saída lateral para que os veiculos que vem atras passem enquanto o outro veiculo recebe ou deixa as pessoas.


Isso obrigatoriamente ocuparia, em alguns pontos, mais um pedaço da via pública, nessa caso da Almirante e da Augusto Montenegro.

Por isso, os pilares de concretoo deveriam, ao menos, serm removidos ou reorganizados nas paradas, fazendo uma espécie de “C” que possibilitem aos veiculos seguirem enquanto algum para nos pontos.

E a grana que foi gasta até aqui com esse elfante não só não foi suficiente para concluí-lo como foi gasta de forma errada.

O prefeito Zenaldo, que está vendo como resolve essa aberração criada por Duciomar, poderia imediatamente resolver um outro problema. na Augusto Montenegro, uma parte pequena dos tais muros de concreto foi colocada. Hoje, causam enorme problema ao trânsito, são uma possibilidade real de acidentes e acumulam água parada entre os muros e o canteiro central, possibilitando a proliferação da dengue.

Zenaldo deveria tirá-los de lá e recuperar a via em sua forma original imediatamente, já que não existe previsão para concluir a obra. Em um país sério, um gestor que resolveu colocar em prática uma obra como essa, sem projeto, sem recurso garantido, estaria hoje em um lugar muito mais fechado, do que Miami, onde desfruta atualmente de seu imóvel.

http://www.blogdobacana.com.br/poli...a-nao-e-transporte-rapido-diz-tecnico-mineiro
O Zena já anunciou q vai retirar as muretas de concreto.
 

·
Rio de Janeiro
Joined
·
3,365 Posts
^^
Vamos ter paciência, as obras só serão retomadas de fato no próximo mês. Ainda está td em fase de transição, devem estar resolvendo questões de financiamento, questões de adequação do projeto... acredito q em março já comecem a mexer de fato na Almirante e entroncamento para posteriormente começarem a mexer na Augusto Montenegro.
 

·
Rio de Janeiro
Joined
·
3,365 Posts
^^
Não entendo o pq de vc achar q é necessário ter uma outra cidade com o mesmo traçado do BRT de Belém pra q esse sistema dê certo aqui. Cada cidade possui as suas particularidades e até onde eu tô interado no assunto esse formato inicial de Y é apenas o início de um traçado q vai se modificando com o tempo e com a necessidade. Nenhum BRT foi concebido já pronto.
 

·
Rio de Janeiro
Joined
·
3,365 Posts
Maisa Tobias da Amub falou das Adequações que serão adotadas no projeto do BRT

  • Somente ônibus Articulados
  • Retirada da new Jersey
  • Retirada das estações tubolares
  • Criação de novas estações adaptadas perante o clima belenense
  • Não vai ter terminal no entroncamento
  • Três faixas no elevado no Doutor Freitas
  • Retirada dos Pilares no Começo do Túnel
  • O Túnel do entroncamento vai ter as Três faixas
Vão retirar as estações tubo da AB? E o q vão fazer com elas?


Três faixas no elevado da Dr. Freitas? Não entendi, esse elevado só não tem uma faixa de rolamento?


Promessas do Z no Bom Dia Pará de hoje:

- Entregar a AB e Entroncamento até junho de 2013.

- Licitar o restante da obra até julho de 2013.

- Incluir na Augusto Montenegro os elevados da Independência e Mário Covas.

- Retirar as barreias jersey da AB e nivelar com asfalto a parte que está rebaixada.
Serão dois elevados? Um na Independência x AM e o outro na Independência x Mário Covas? Meu amigo, se for isso vai ser muito bom! :cheers:
 

·
Rio de Janeiro
Joined
·
3,365 Posts
^^
Alguns pontos q me chamaram a atenção.

Confirmado! Obras do BRT serão retomadas em março

Dentre as providências, a Prefeitura de Belém vai quitar todas as dívidas geradas na gestão passada, desde que devidamente comprovadas para não pagar o que não deve, e romperá o contrato com a Construtora Andrade Gutierrez, dando início a um novo processo licitatório – eficiente e dentro da legalidade – que garanta a participação de todas as empresas interessadas, inclusive da construtura dispensada.

GARANTIAS

O Governo do Estado já garantiu recursos na ordem de R$ 50 milhões para a quitação de débitos e execução das obras. Já a Prefeitura de Belém tenta junto com a Caixa Econômica Federal (CEF) o montante de R$ 314 milhões do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e R$ 100 milhões do Orçamento Geral da União (OGU), além de entrar com a contrapartida de R$ 82 milhões.


Fonte: PMB


BRT agora só para 2016 e nova licitação deve ser aberta
Contrato firmado com empreiteira será rompido após entrega de elevados


A prefeitura vai substituir as muretas de concreto na pista da avenida Almirante Barroso por telas isolantes. As muretas deverão ser aproveitadas na rua Yamada, no Benguí, que vai entrar em obras pelo Governo do Estado, e na avenida João Paulo II. As estações deixarão de ser cilindricas e ganharão estética regional.


Fonte: Portal ORM

PMB vai fazer nova licitação para o BRT


A proposta é recomeçar o trabalho em março e concluir essa primeira etapa até junho deste ano. Ainda no primeiro semestre, deve ser realizada a nova licitação para o resto da linha que vai do Entroncamento à entrada do Distrito de Icoaraci. Além disso, será necessário elaborar projeto para as obras de São Brás ao Ver-o-Peso e também da Entrada de Icoaraci até orla.

Também foram condenadas as muretas de contenção que devem ser retiradas e até as estações que seriam inadequadas para o clima de Belém, além de terem recebido críticas por terem sido copiadas das criadas para Curitiba (PR), sem a presença de um elemento regional. Zenaldo garantiu que, caso se confirme a retirada das muretas, elas serão entregues ao Estado como uma compensação pelos recursos que o governo repassará ao município para pagar a dívida com a construtora.

O prefeito não soube precisar o valor, mas admitiu que muretas consumiram “muitos milhões de reais”. Doadas para o Estado elas poderão ser usadas para fazer a sinalização em vias de mão dupla como a avenida Yamada. Em relação às estações, Zenaldo garantiu que as já construídas serão apenas adaptadas, mas os próximos projetos sofrerão mudanças.

Fonte: DOL
Fiquei na dúvida sobre as estações-tubo na AB, elas serão retiradas ou adaptadas?
 

·
Rio de Janeiro
Joined
·
3,365 Posts
^^
Huahuahuahua... esse negócio de inaugurar obra por etapas é bem coisa de politico brasileiro em ano de eleição. Só pra querer mostrar q tá trabalhando e dar visibilidade pros olhos da população. Esse Jatene tá conseguindo fazer o governo mais apático da historia do Estado do Pará. Aquelas casas q ficam coladas no muro da UFPA serão retiradas?
 
41 - 60 of 272 Posts
Top