Skyscraper City Forum banner
8581 - 8600 of 8667 Posts

·
Registered
Joined
·
3,664 Posts
É uma linha relativamente curta, acho que não vai durar muito tempo. Deviam ter feito uma maior abrangência dela.
É uma linha Alimentadora. Claro que está faltando informação quanto ao trajeto. Já que até o momento não informou. Mas ai é uma situação geral. Se colocar no para brisa " estação tavares bastos" e "estação Marambaia", já ajuda. Além de colocar nome de algumas ruas do bairro.

A mesma coisa acontece com a nova linha Janderlândia - Mangueirão.
 

·
Belém - Pará
Joined
·
39,130 Posts
Primeiro dia útil do Integra Belém tem demora, ônibus lotados e confusão





Esta terça-feira (16) foi o teste principal do sistema Integra Belém, o modelo de transporte integrado. A proposta, que começou a operação no sábado, é de agilizar deslocamentos e otimizar as linhas. Tudo com o objetivo de melhorar o sistema de transporte para os usuários. Só que o primeiro dia ainda foi de muitas pessoas confusas, atrasos e veículos lotados. A Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém (Semob) colocou agentes para orientar. O órgão também reconhece que a fase é de ajustes e adaptação para algo novo.

A titular da Semob, Ana Valéria Borges, lembra que o cartão do BRT deve ser utilizado, podendo ser adquirido em qualquer bilheteria. E ressalta: “O cartão de vale transporte também pode ser utilizado, mas o vale não prevê o compartilhamento entre pessoas, então os beneficiários podem usar normalmente, mas não poderá ser utilizado por mais de uma pessoa para a integração. É importante essa etapa porque os usuários terão mais oportunidades de deslocamento. Se você mora em Outeiro e não tinha acesso à UFPA, hoje você terá, pagando apenas uma única passagem no Terminal Maracacuera”, detalhou.

 

·
Belém - Pará
Joined
·
39,130 Posts
Núcleo de Gerenciamento de Transporte firma cronograma para obras na BR-316


Planejamento de uma série de ações faz parte da retomada das obras de requalificação da BR-316, executada pelo Governo do Pará, por meio do Núcleo de Gerenciamento de Transporte Metropolitano (NGTM), que visa a dar prosseguimento e ritmo adequado aos trabalhos, com expectativa de conclusão em dezembro de 2022.

A diretoria do Núcleo trabalha em conjunto com o consórcio, que assumiu a execução das obras, no alinhamento das estratégias das frentes de obras. Entre as prioridades, estão os lançamentos de drenagem em diversos pontos ao longo dos primeiros 10.8 km da rodovia que recebe o BRT Metropolitano, etapa que vai permitir a drenagem contribuindo para a diminuição dos alagamentos da via.

O cronograma de obra para os próximos 90 dias, por exemplo, envolve ainda fundações de passarelas, a continuidade do remanejamento de interferências, como rede elétrica e fibra ótica, e novos desvios a fim de minimizar os transtornos que outras etapas poderão provocar.

Além disso, as equipes estarão divididas em outras frentes, com ênfase nas obras viárias, o que inclui a continuidade dos lançamentos de drenagem, pavimentação rígida (pistas do BRT) em ambos os sentidos, e execução de drenagem longitudinal entre as estações de passageiros 06 e 09.

Haverá também a continuidade das obras dos terminais de integração, em Ananindeua e Marituba, construção do viaduto - cuja estrutura já está executada e com previsão para junho de 2022 -, e a conclusão do Centro de Controle Operacional (CCO), na avenida Augusto Montenegro, em Belém.

“A maior parte das obras a partir de agora serão as obras viárias, as menos desenvolvidas ao longo desses dois anos, a começar pela drenagem, pavimento rígido e flexível. Isso vai requerer uma intensificação de atividades na BR que provocarão necessidade de alterações de fluxo no trânsito. Esperamos poder executar mesmo nesse período que estamos entrando visando a conclusão no prazo contratual de 500 dias”, afirma o engenheiro Eduardo Ribeiro, diretor geral do NGTM.

Mão de obra

Contribuição fundamental para as etapas do projeto é a contratação de mão de obra. A expectativa é de gerar até 1 mil postos de trabalho, para diversos níveis de escolaridades. Assim como a chegada de equipamentos e materiais, a contratação será gradativa e a mão de obra da Região Metropolitana de Belém será priorizada na seleção que está sendo feita conforme o novo planejamento.

O encaminhamento é realizado via Casa do Trabalhador Metropolitana/ Sistema Nacional de Emprego (Sine) Ananindeua gradativamente. A geração de emprego terá como foco o preenchimento do quadro técnico que será formado por pessoal administrativo e operacional. Todos atuarão em diversas frentes de serviços, conforme o cronograma de obras.

SERVIÇO

O cadastro para contratação de mão de obra para o projeto de revitalização da BR-316 - Casa do Trabalhador Metropolitana / Sine Ananindeua, no KM-09 da rodovia, em frente ao Mercado Municipal, das 8h às 13h.



 

·
Leão
Joined
·
8,173 Posts
Não quero torcer contra, mas dizer que vai entregar em dezembro de 2022 é meio difícil de acreditar.

Se entregar é lógico que eu vou ficar muito feliz. Mas se tratando de obra pública, o povo fica com pé atrás.

Eu acho que vai acontecer nesses 12 meses que faltam pra chegar outubro (mês da eleição) é que a obra vai ser acelerada na velocidade de um foguete. Passando a eleição, vai diminuir o ritmo. Infelizmente esse é o "normal" de acontecer
 

·
Registered
Joined
·
3,664 Posts
Não quero torcer contra, mas dizer que vai entregar em dezembro de 2022 é meio difícil de acreditar.

Se entregar é lógico que eu vou ficar muito feliz. Mas se tratando de obra pública, o povo fica com pé atrás.

O que eu acho que vai acontecer, nesses 12 meses que faltam pra chegar outubro (mês da eleição) vai ser acelerada na velocidade de um foguete. Passando a eleição vai diminuir o ritmo. Infelizmente esse é o "normal" de acontecer
Bom, as obras vão retornar no período de chuvoso, que pelo jeito já iniciou, então vendo pro este lado só se tiver três turnos de serviço.
Concluir os prédios será mais fácil por já ter cobertura.
 

·
Registered
Joined
·
4,979 Posts
Esse remanejamento de interferências de redes elétrica e de dados é uma novela. Quanto a licitação do BRT Metropolitano provavelmente vão segurar mais um pouco.
Nesse caso é a Equatorial que é lenta demais para se mexer.

Agora essa entrega deve ser igual a do Zenaldo em 2016, no último dia antes do período eleitoral para tirar fotos etc.
 

·
Carioca
Joined
·
16,327 Posts
Linha Marambaia- Castanheira. Rota. View attachment 2354932

Fonte grupo do Facebook
Moro na Marambaia, trabalho na Almirante e sempre pego dois ônibus. Utilizo o BRT desde a inauguração. Hoje usei pela primeira vez a integração com essa nova linha. Foi uma mão na roda. Paguei apenas uma passagem para chegar ao trabalho. Sem falar na comodidade de não precisar andar da parada até a estação do BRT. Porém no retorno pretendo continuar descendo na estação Tavares Bastos e pegar o Sacramenta-Nazaré, pois a integração na estação Marambaia vai tornar o percurso mais longo. Em dias chuvosos vai ser útil.
 

·
Registered
Joined
·
3,664 Posts
Moro na Marambaia, trabalho na Almirante e sempre pego dois ônibus. Utilizo o BRT desde a inauguração. Hoje usei pela primeira vez a integração com essa nova linha. Foi uma mão na roda. Paguei apenas uma passagem para chegar ao trabalho. Sem falar na comodidade de não precisar andar da parada até a estação do BRT. Porém no retorno pretendo continuar descendo na estação Tavares Bastos e pegar o Sacramenta-Nazaré, pois a integração na estação Marambaia vai tornar o percurso mais longo. Em dias chuvosos vai ser útil.
Na estação Tavares Bastos tem alguma informação sobre essa linha??
 

·
Leão
Joined
·
8,173 Posts
Ja imagino um vídeo do Hélder na eleição mostrando o terminal de Ananindeua, o viaduto e o de Marituba prontos. Mas sem aparecer no vídeo toda a BR que ainda estará em obras rsrsrs
 

·
Registered
Joined
·
1,489 Posts
Ontem fiquei um bom tempo preso no trânsito em São Brás na hora do rush, o que me fez pensar o quanto aquela região tem a mobilidade travada pelo excesso de semáforos e ausência de intervenções óbvias em alguns pontos cruciais para o escoamento do fluxo de entrada e saída do centro, algumas vias muito importantes se cruzam ali, como nos casos dos cruzamentos da José Bonifácio com a Almirante e mais adiante com a José Bonifácio, sem falar naqueles afunilamentos da Almirante Barroso entre Cipriano Santos e Av. Ceará e na José Malcher, que viraram verdadeiros gargalos, consequências da construção do Terminal do BRT de São Brás, que tem mais serventia para os moradores de rua se abrigarem do que para qualquer outra coisa.

1. Já ouvi falar que existem algumas complicações no caso da Almirante x José Bonifácio devido a tubulação da COSAMPA que passa ali, mas é claro que existem outras alternativas que driblariam essa dificuldade.

2. Em se tratando da José Bonifácio com a José Malcher, a diferença de elevação do terreno poderia ser aproveitada para se fazer uma passagem de nível, eliminando um semáforo e dando fluidez pra uma das principais vias de acesso ao centro de Belém e futuro corredor do BRT Centro, mas para isso funcionar, teria de ser eliminado aquele outro semáforo colocado recentemente no cruzamento com a Boaventura (patético, por sinal), talvez impedindo quem vem pela Boaventura de seguir direto para a R. Maiorana.

3. Almirante entre Cipriano e Av. Ceará é talvez o mais caótico dentre os pontos citados, de um lado o Terminal do BRT, do outro a parada de ônibus da Rodoviária, no meio o principal corredor de saída de veículos do centro da cidade, onde ônibus ficam brigando por um espaço para encostar e embarcam/desembarcam passageiros no meio da Avenida, carros se espremendo para passar na única faixa de rolamento que sobra, gente atravessando no meio disso tudo... enfim, uma bagunça total. Precisa de uma intervenção pra ontem.
 
8581 - 8600 of 8667 Posts
Top