Skyscraper City Forum banner
1 - 9 of 9 Posts

·
Registered
Joined
·
174 Posts
Discussion Starter · #1 · (Edited)
Minha casa situa-se extamente na fronteira da Paranaguá histórica com a nova cidade. Indo em direção ao centro o que se vê é o que está no meu thread anterior.
Naquela direção também está o mercado municipal de peixe, mas na minha opinião e de muitos por aqui o melhor peixe está na Peixaria São Francisco ou simplesmente no Chico, que advinhem?...é o nome do dono.
E o Chico fica no Beira-rio, bairro no extremo oposto do post anterior e portanto vamos atravessar a BR277.
Duas quadras depois de sair de casa, a Mesquita.
Mereceu mais uma foto, porque depois do porto, que é para onde estamos a caminho, a comunidade árabe é certamente a 2ª maior força econômica da cidade e com influência histórica na cidade e na cultura local.



Umas 3 quadras grandes mais adiante, Gabriel de Lara esquina com a BR277, a gente tem que atravessar...



Olhando à direita...



olhando à direita de novo porque pra esquerda nem adianta...



Esta é só pra ilustrar que em Pguá é como o povo diz "...em cada esquina um bar, qualquer bar mesmo".



Seguimos adiante pela esquerda esperando uma chance de cruzar e.... pronto, estamos no meio da BR277, olhando em sentido Curitiba,



Terminamos a travessia da rodovia. Uma quadra adiante olhando á esquerda...



olhando á direita... eu sei, você está sem palavras!



Mais uma quadra...



Bom, aqui é onde eu deveria mostrar o peixe, mas o que posso dizer é que uma câmera na mão no Beira-rio causa desconforto a algumas pessoas e é simplesmente melhor ser prudente, por o peixe debaixo do sovaco e voltar pra casa, aumentando a pernada em direção ao porto ( que mostro assim que der).
Calma não se irrite ainda! Eu mato o peixe e mostro o anzol no final.

deserto prá todo lado, não parece o Saara, tem até petróleo...quer mais?



mais deserto, mas repare, aqui está pra acontecer uma cena patética...



Me preparo para um close mostrando toda a beleza existente na secura do deserto, aponto a câmera por sobre a cerca (ser Rubão nestas horas ajuda e faz a caca ao mesmo tempo) quando percebo o segurança a 1/2 metro de mim.
Deixei disparar a maquina.
Ele não me repreendeu nem mesmo com o olhar, ao contrário foi permissivo, mas fiquei desconcertado com a surpresa.
Me viro para o outro lado da rua, brusco, e dou um passo olhando como que procurando outra coisa pra fotografar que não tivesse haver com eles.
Nos pés, Havaianas as legítimas, e no chão, na calçada!! um gancho de aço de uns 15 cm, grosso e áspero.
Tropecei, tirei uma lasca do dedão, por sorte não meti o dedo por dentro dele, senão agora voces iriam conhecer o novo Hospital Regional do Litoral.
É claro que pude perceber uma risadinha pelas costas além de uma...dor!!!



ignorando o dedão latejante, deserto em vários ângulos Lombardiiiii!





Os silos públicos, alvo de muita discussão, politicagem e sobre tudo cobiça. Ao fundo dá para ver o braço do guindaste principal do navio da Sadia. É um sinal gente! No final do deserto tem um navio de cachorro quente!



alguns metros mais, porém desorientado pela sede depois desta árida travessia, aponto a lente muito para direita...



ops, muito pra esquerda! Os parnanguaras(autodenominados bagrinhos) andam convencidos que aqui é a terra do hotdog, literalmente apimentadas discussões rolam por comunidades do orkut, sobre qual o melhor pão com vina. Isto quando não chegam as vias de fato, o que sempre termina em salsichada(vina por aqui)! Só pra que nenhuma outra cidade venha querer contestar nosso direito ao título, tá aí o maior carrinho de cachorro quente do Brasil!



E isto não tem nada haver com peixe, portanto...que peixe nada, este continua no sovaco. Nem peixe nem pão com vina.
Prefiro oferecer-lhes uma pérola. A pérola perdida no meio do deserto!



Este é o prédio da AlfÂndega, hoje Receita Federal e que foi juntamente com o porto um investimento de D. Pedro II.
Ele o inaugurou ou apenas esteve por aqui algum tempo depois, não sei ao certo. Mas estou certo que inauguração teve, talvez uma meia dúzia delas.
Esta história está ilustrada no meu outro thread, Paranaguá e o zepelin gigante e começa justamente pela foto da construção do prédio da Alfândega, uma foto que aposto, ninguém vai se arrepender de dar uma olhadinha, pelo menos esta!
Esta foto registra um momento definitivo para engenharia no Brasil, sendo a construção deste primeiro trecho da Estrada de Ferro da Serra do Mar, dentro do porto até a cidade de Paranaguá,o estopim que pôs fim numa situação que nem imperador resolvia.
Embora pra casa agora que hoje não foi dia de peixe nem de peixeiro, e, o dedão precisa de um curativo já! Amanhã se o clima ajudar eu vou postar umas noturnas do casario e aproveito e mostro o peixe na Festa da Tainha que começa hoje.

Obrigado pela companhia na camelada!
 

·
Registered
Joined
·
12,698 Posts
Tem que ter uma certa "coragem" para mostrar um lado feio da sua própria cidade. Parabenizo sua iniciativa :D

Itajaí também era uma cidade portuária muito feia, ultimamente melhorou bastante, claro que não em todos os lugares. Quem sabe Paranaguá melhore daqui pra frente.
 

·
Troublemaker
Joined
·
2,241 Posts
gostei de conhecer a cidade,bem movimentada em termos de logistica,também achei maneiro o tua "narração" do thread descrevendo a aventura com as fotos huaha
 
1 - 9 of 9 Posts
Top