SkyscraperCity banner
Status
Not open for further replies.
1 - 9 of 9 Posts

·
Registered
Joined
·
10,918 Posts
Discussion Starter · #1 ·
Depois de injetar U$S 1 bilhão de investimentos ao Ceará em 2007, o mercado de energia eólica deve investir pelo menos US$ 2 bilhões, por ano, até 2012, na construção de declarados 15 parques eólicos!

E esses parques estão chegando ao interior:




Cariri vai ganhar parque eólico


Os aerogeradores deverão ser instalados
fora da área limite da Floresta Nacional
do Araripe

Novos projetos de energia eólica beneficiaram Estados como Ceará, Rio Grande do Norte, Alagoas e Bahia

O Cariri vai ganhar um parque eólico. Serão instalados 42 aerogeradores na Baixa do Maracujá, em cima da serra do Araripe. O aerogerador é um gerador elétrico integrado ao eixo de um cata-vento cuja missão é converter energia eólica em energia elétrica.

Cada uma das turbinas tem potência para dois megawatt, uma unidade de medida correspondente a 106 watts. No total, serão 84 megawatt, que serão injetados na rede de distribuição de energia da Companhia Hidroelétrica do São Francisco (Chesf).

A iniciativa é da SoWiTec do Brasil Energias Alternativas Ltda, com sede em Natal, que iniciou o trabalho de aproveitamento da força dos ventos para transformação em energia elétrica na Alemanha. Os projetos estão sendo desenvolvidos nos Estados do Rio Grande do Norte, Alagoas, Bahia, Piauí, Sergipe e Ceará.

A princípio a instalação do Parque Eólico do Cariri estava projetada para a Floresta Nacional do Araripe. Entretanto, o geólogo Francisco Jackson Antero de Souza, chefe da Unidade de Conservação Federal APA Chapada do Araripe, não permitiu que o sistema fosse instalado na floresta.

Jakson argumentou que a necessidade de acesso para as torres geradoras de energia contribuiria para a devastação da vegetação. Além disso, segundo ele, nas proximidades dos parques eólicos é detectada poluição sonora, devido ao ruído produzido. Há também quem considere que sua silhueta afeta a paisagem.

Jackson indicou duas áreas fora da floresta e orientou que o pedido de licença fosse encaminhado ao Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade, a quem cabe a autorização para exploração dos serviços. Depois da concessão da licença, a próxima etapa é a assinatura de contrato para arrendamento das áreas com os respectivos proprietários.

De acordo com o projeto, a energia eólica possibilita mais postos de trabalho do que qualquer outra fonte de energia. Estima-se que, para um parque eólico de 100mw, são gerados 250 empregos diretos na construção do empreendimento e mais 100 para manutenção e operação. Cada megawatt representa um investimento de 4 milhões, gerando crescimento sustentável e renda distribuída em regiões desfavorecidas.

Os aerogeradores não podem ser instalados de forma rentável em qualquer área, já que requerem vento constante mas não excessivamente forte. Este tipo de gerador tem se popularizado rapidamente devido ao fato de a energia eólica ser um tipo de energia renovável, diferente da queima de combustíveis fósseis. É também considerada uma “energia limpa”, já que não requer uma combustão que produza resíduos poluentes nem a destruição da natureza. No entanto, a quantidade de energia produzida é ainda uma mínima parte da que se consome pelos países desenvolvidos.
 

·
Registered
Joined
·
10,918 Posts
Discussion Starter · #2 ·
Pecém ganha fábrica de gerador eólico

Depois de um ano de indecisão, finalmente a empresa alemã Führlander, uma das maiores fabricantes mundiais de geradores de energia eólica, bateu o martelo: instalará, ainda neste ano, uma fábrica no Ceará. Ela será construída em Pecém em uma área já terraplenada. O investimento será de U$S 15 milhões, mas a mão-de-obra a ser empregada na operação industrial não passará de 100 pessoas, uma vez que a Fürhlander cearense — que produzirá geradores de 2,5 megawatts — utilizará alta tecnologia. Por outro lado, a empresa cearense Tecnomaq começará, no segundo semestre deste ano, as obras de construção de uma fábrica em Pecém (em terreno vizinho ao da Fürhlander) para produzir flanges — um componente crítico de torres eólicas. O flange é uma peça em aço especial que une as várias seções da torre. O Brasil ainda não produz esse flange, nem esse aço.
 

·
Registered
Joined
·
7,546 Posts
Com opotencial que temos, podemos até considerar atender a totlidade do consumo atual com aerogeradores. Calro que com grandes incentívos fiscais, posi é uma energia mais cara.
 

·
Perfil
Joined
·
5,549 Posts
O Ceará já tem tradição neste tipo de produção de energia, que bom que voltou a expandir.
 

·
Registered
Joined
·
10,918 Posts
Discussion Starter · #6 ·
^voltando a expandir coisa nenhuma, o Ceará sempre esteve expandindo. Atualmente são 15 parques em construção.
 

·
Registered
Joined
·
10,918 Posts
Discussion Starter · #8 ·
^uns 3 ou 4 no máximo. Pouquinho para a imensidão de outros parques do estado.
 
1 - 9 of 9 Posts
Status
Not open for further replies.
Top