Skyscraper City Forum banner
1 - 20 of 22 Posts

·
Soldadinho de chumbo
Joined
·
8,673 Posts
Discussion Starter · #1 ·

Mais um complexo habitacional, composto por 16 mil unidades, será erguido em Pernambuco. Nesta segunda-feira (12), o projeto do Engenho Trapiche Ipojuca foi lançado pela empresas Cyrela Brazil Realty, Grupo Queiroz Galvão, em parceria com o Grupo Francisco Dourado. O empreendimento também será composto por espaços comerciais (bancos, shoppings, supermercados e escritórios), áreas de serviços e lazer, saúde, educação e hotelaria.

A estimativa é que 78 mil pessoas circulem no local, sendo 56 mil de população residente e 22 mil flutuantes. O complexo deverá gerar mais de 22 mil empregos na região até a finalização do projeto. De acordo com os empreendores, o complexo terá um investimento de R$ 3 bilhões.

As primeiras unidades serão lançadas já no segundo semestre de 2012. Serão disponibilizadas 700 unidades, com apartamentos de três quartos com suíte de 65 m² e de dois quartos com 45 m² cada. Só a parte das habitações vai ocupar área de um milhão de metros quadrados, além de um Centro de Comércio e Serviços.


LOCALIZAÇÃO - O empreendimemto ocupa dois milhões de metros quadrados da Usina Trapiche. A área fica próxima ao Estaleiro Atlântico Sul, à Refinaria Abreu e Lima, à Petroquímica (2 km) e Porto de SUAPE (5 km) e da malha rodoviária composta pelas vias PE-60, Via Expressa e PE-42, ligada ao trecho sul da BR-101. Cerca de 470 mil metros serão destinados para uma reserva ecológica com área verde preservada. Neste espaço, 150 mil metros quadrados correspondem ao parque que será construído às margens do Rio Ipojuca.

Postagem feita por Pernambuco Investimento em 12/06/2012.
Fonte: http://blogs.ne10.uol.com.br/peinve...-complexo-imobiliario-para-56-mil-habitantes/
 

·
Soldadinho de chumbo
Joined
·
8,673 Posts
Discussion Starter · #4 ·
Já foi postado
Antes de postar claro que procurei se já havia ter sido postado, pois bem, procurei e então não foi postado. :nuts:
 

·
Soldadinho de chumbo
Joined
·
8,673 Posts
Discussion Starter · #14 ·
Estou esperando mais renders chegarem, porque está meio sem imagens para ver o projeto. Alguém encontrou render deste projeto?
-------
Encontrei uma notícia com mais detalhes da obra:

Em uma área de 200 hectares (ha), parte da Usina Ipojuca, será construído o Engenho Trapiche, um bairro planejando com investimento inicial de R$ 30 milhões e geração estimada de 22 mil empregos diretos. Lançado na noite de ontem, no Museu do Estado, com presença do então secretário de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco, Frederico Amân*cio, que representou o governador Eduardo Campos, o empreendimento é um projeto do consórcio formado pela Cyrela Brazil Realty, Grupo Francisco Dourado e Grupo Queiroz Galvão. “Trata-se de uma expansão urbana do município de Ipojuca, inserido dentro do território, planejada e sustentável, a três quilômetros do Porto de Suape”, resumiu o diretor regional da Queiroz Galvão, Múcio Souto.

Souto adiantou que o projeto será executado ao longo de dez a 15 anos, prevendo área residencial com 16 mil unidades, zona de serviços (com bancos, hospitais, escolas, farmácias e hotéis) e um parque de 15 ha às margens do rio Ipojuca, estimando receber 56 mil residentes e 22 mil pessoas flutuantes, diariamente. A primeira fase do projeto, que, segundo o diretor, deve ser implantado ainda este ano, vai contar com dois edifícios residenciais, além de um centro comercial.

“Queremos compor um mix amplo de serviços ordenados. Poderão ser incluídas casas, conforme a demanda do mercado”. “Já foi aprovada a Lei de expansão urbana no município, e estamos em estágio de finalização das licenças”, comentou o executivo. O foco são trabalhadores da área, público das classes B e C.

Segundo o diretor-presidente da Queiroz Galvão, Frederico Pereira, o Engenho Trapiche é um “núcleo urbano inovador, ligado ao município de Ipojuca”. Nas palavras do arquiteto e urbanista responsável pelo projeto, Paulo Roberto Barros e Silva, destacou que em cinco anos, o Engenho Trapiche estará integrado a Ipojuca, compartilhando funções. “É uma urbanização que seria feita de forma irregular. Queremos potencializar o crescimento estruturado”, disse.
 

·
Soldadinho de chumbo
Joined
·
8,673 Posts
Discussion Starter · #15 ·
Pernambuco: Construtoras vão investir R$ 3 bilhoes em bairro planejado em Ipojuca

Investimento das construtoras Cyrela, Queiroz Galvão e do Grupo Ipojuca será feito ao longo de 10 anos e pretende servir como orientador do desenvolvimento urbano do município
Juliana Cavalcanti




Fazer o desenvolvimento ter uma cara diferente de centros industriais cercados por bolsões de pobreza e problemas urbanísticos e sociais é o desafio que se apresenta nos oito municípios do entorno do Complexo Portuário Industrial de Suape. Se todos eles já sofrem com um inchaço da população, pela atração dos trabalhadores e suas famílias e de pessoas que naturalmente migram em busca de oportunidades, reinventar um caminho conhecido por outros centros industriais é tarefa complexa, mas não totalmente impossível.

O Engenho Trapiche Ipojuca, empreendimento imobiliário lançado hoje à noite pelas construtoras Cyrela Brazil Realty, Queiroz Galvão e Grupo Ipojuca, tem a intenção de driblar o traçado óbvio de um crescimento econômico rápido. Ocupando uma área de 200 hectares da Usina Ipojuca, o local dará lugar a 16 mil unidades habitacionais e complexos comerciais e de serviços – numa infraetrutura que pretende atender o município de Ipojuca (onde está localizado) como um grande bairro planejado.

"Temos o desafio de não repetir experiências de outros polos industriais, como Camaçari e Cubatão, por exemplo, onde o desenvolvimento veio marcado por grandes áreas de pobreza e favelização. A tendência é que cada vez mais o crescimento urbano aconteça de forma planejada, com retenção da mão-de-obra no entorno do seu local de trabalho, respeitando questões como a mobilidade urbana", defendeu André Python, diretor-superintendente da Cirela Nordeste.

Segundo Python, o bairro planejado foi pensado juntamente com o plano diretor de Ipojuca.
O local, que tem uma área maior do que a atual área urbana do município, deverá ter as duas primeiras etapas lançadas ainda este ano, com 700 apartamentos, com dois modelos: 3 quartos, com uma suíte, totalizando 65 metros quadrados; e uma planta com 2 quartos, de 45 metros quadrados.

Uma projeção dos empreendedores prevê que 78 mil pessoas circulem pelo Engenho Trapiche Ipojuca, das quais 56 mil serão moradoras. O número significa uma duplicação da população que atualmente vive no município de 80 mil pessoas – 60 mil nativos e 20 mil atraídos pelos grandes empreendimentos instalados na região, segundo o prefeito Pedro Serafim.

"Vejo uma importância nesse projeto por não ter segregado a população do município. Temos sofrido com a ocupação desordenada e pensar numa cidade planejada é importante", disse, durante o lançamento do projeto. O Complexo Portuário Industrial de Suape tem hoje 100 empresas instaladas, por onde circulam 75 mil trabalhadores.

Ao todo, o projeto está orçado em R$ 3 bilhões, ao longo de 10 anos, apenas na construção das habitações. Da área total, 150 mil metros quadrados serão um parque às margens do Rio Ipojuca e outros 450 mil metros quadrados, uma reserva ecológica com área preservada. De acordo com Múcio Souto, diretor regional da Queiroz Galvão, o alvo dos empreendimentos são famílias com renda a partir de cinco salários mínimos.

DIÁRIO DE PERNAMBUCO
11/06/2012

Fonte: http://www.diariodepernambuco.com.b...-bilhoes-em-bairro-planejado-em-ipojuca.shtml
 

·
Soldadinho de chumbo
Joined
·
8,673 Posts
Discussion Starter · #17 ·
Audiência pública vai debater bairro de R$ 3 bilhões em Ipojuca


O projeto de um novo bairro planejado em Ipojuca, batizado de Engenho Trapiche e estimado em R$ 3 bilhões, será apresentado em uma audiência pública na próxima quarta-feira. O evento é uma exigência para o licenciamento ambiental de empreendimentos do porte do Engenho Trapiche, que com seus 150 hectares de área ocupada vai mudar bastante o cenário da região durante os 15 anos em que estiver em desenvolvimento. Qualquer interessado pode participar da audiência, que ocorrerá na Faculdade Ipojuca, às 9h30, na sede do município.

O evento servirá para apresentar o Relatório e Estudo de Impacto Ambiental (Eia/Rima), além de ser uma oportunidade para os interessados fazerem perguntas e também sugestões quanto ao projeto.

Um dos maiores problemas no entorno do Complexo Industrial Portuário de Suape, atualmente, é a rápida ocupação desordenada até de áreas de preservação permanente, tudo resultado da mistura de falta de planejamento público com o elevado déficit habitacional da região.

De olho nisso, a Cyrela Brazil Realty, Grupo Queiroz Galvão, em parceria com o Grupo Francisco Dourado apresentaram ao mercado, em junho do ano passado, um conceito de bairro planejado com capacidade para uma população residente de 56 mil pessoas, com outras 22 mil de população flutuante – gente que vai trabalhar ou simplesmente circular pelo local.

Considerando apenas o aspecto residencial, a ideia é oferecer no mercado, gradativamente, 700 apartamentos, com opções de três quartos e área de 65 metros quadrados ou dois quartos e 45 m².

De acordo com o Relatório de Impacto Ambiental, a previsão do consórcio de empresas, batizado de Trapiche Imóveis, a previsão era de iniciar a construção do novo bairro planejado este ano e concluir tudo em 2027. O grupo foi procurado ontem, mas não deu retorno à reportagem.


http://jconline.ne10.uol.com.br/can...er-bairro-de-r-3-bilhoes-em-ipojuca-96248.php
^^
 

·
Soldadinho de chumbo
Joined
·
8,673 Posts
Discussion Starter · #18 ·
Na minha opinião, será uma revolução para os ricos em Ipojuca. Esse bairro planejado me lembra muito cidades litorâneas, adoro ruas paralelas, da uma curiosidade de ficar andando pelas ruas e encontrando surpresas.
Parabéns por enquanto! Vamos ver em breve o debate sobre o projeto.
Porto de Galinhas será mais valorizada, tomara mesmo!
 

·
Soldadinho de chumbo
Joined
·
8,673 Posts
Discussion Starter · #20 · (Edited)
Segundo esta notícia, o debate do bairro 'Engenho Trapiche Ipojuca' aconteceu ontem.

Audiência pública discute impacto ambiental do Projeto Engenho Trapiche

Nesta quarta-feira, uma audiência pública promete ampliar o debate sobre o projeto de expansão urbana no Engenho Trapiche, no Litoral Sul de Pernambuco. Aberta ao público, a discussão acontece esta manhã na Faculdade Ipojuca. Em pauta, o Estudo e Relatório de Impacto Ambiental do Plano Urbanístico para Área de Expansão Urbana na Cidade de Ipojuca, chamado Projeto Engenho Trapiche, localizado na Rodovia PE-60, na altura de Ipojuca Sede.

Para a viabilização do relatório, o estudo avaliou e contemplou critérios técnicos e econômicos, sendo também considerados aspectos ambientais e sociais, bem como possíveis interferências nas comunidades vizinhas. A meta do empreendimento é implantar um projeto de bairro estruturado, voltado para atender a demanda por serviços, comércio, lazer e, sobretudo, moradia decorrentes do Complexo de Suape.

O Relatório de Impacto Ambiental (Rima) do Projeto Urbanístico Cidade Nova pode ser consultado no Portal da Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH) através do endereço eletrônico www.cprh.pe.gov.br.

fonte: Diário de PE.
 
1 - 20 of 22 Posts
This is an older thread, you may not receive a response, and could be reviving an old thread. Please consider creating a new thread.
Top