SkyscraperCity banner
Status
Not open for further replies.
1 - 16 of 16 Posts

·
.
Joined
·
171,085 Posts
Discussion Starter · #1 ·
Pesquisa do IBGE aponta migração da atividade industrial para o Nordeste​

O país está vivendo um processo de desconcentração da atividade industrial nas regiões Sul e Sudeste. A informação vem da Pesquisa Industrial Anual, PIA, divulgada hoje pelo IBGE, no qual confirma que a atividade industrial no Brasil estaria migrando para outros estados do Norte, Nordeste e Centro-Oeste do país. Segundo o coordenador de disseminação de informações do IBGE na Bahia, Joilson Rodrigues de Souza, o processo tem sido acompanhado pelo órgão.

"Entre as explicações para isso estão uma maior atenção dos governos locais com a infraestrutura, existência de força de trabalho mais barata quando comparada com as regiões tradicionais e a questão fiscal, sendo este elemento de competitividade nestas regiões", diz. De acordo com a PIA as empresas industriais apresentaram receita líquida de vendas da ordem de R$ 1,5 trilhão - uma média de R$ 9,2 milhões por empresa – registrando custos, entre gastos com pessoal e custos diretos de produção, de R$ 196 bilhões e R$ 114 bilhões, respectivamente.

A PIA mostrou também que a região Nordeste foi a que mais ganhou em participação no total do pessoal ocupado, passando de 11,7% para 12,7%, enquanto a Região Sul, que passou de 26,4% para 25,2%, mostrou a maior perda. Nas demais regiões, as participações foram as seguintes: Sudeste (de 54,0% para 53,7%), Norte (de 3,4% para 3,6%) e Centro-Oeste (de 4,5% para 4,7%).

"A Bahia é um estado com grande expressão, sendo ele representante por ¼ da produção industrial do Nordeste e com melhor resultado de remuneração média. Nas regiões Nordeste que pagam em média 2,5 salários mínimos, os principais destaques foram Bahia com 4,1 salários e Sergipe com 3,6. Na Bahia o destaque vai para os ramos de refino de petróleo e produção de álcool, fabricação e montagem de veículos automotores, produtos químicos e indústrias extrativas", cita Joilson Rodrigues.

A PIA também fez ressalvas quanto ao rendimento do trabalhador nas regiões pesquisadas. O salário médio, que em termos nacionais é de 3,8 salários mínimos em 2007, é diferenciado entre as regiões, com o Sudeste pagando o salário mais elevado com 4,6.

Esta região mostra uma diferença de 21,1% frente ao salário médio pago no total da indústria, enquanto que nas demais áreas os salários ficaram abaixo do resultado nacional: Norte (3,1), Sul (3,0), e Nordeste e Centro-Oeste (ambos com 2,5). Em 2003, o salário médio pago na Região Sudeste era 23,4% superior à média nacional e que ao longo destes quatro anos houve redução na diferença entre o salário médio pago no total da indústria frente aos das demais regiões: na Região Sul o salário médio em 2003 estava 23,4% inferior da média nacional e em 2007 ficou 21,1% abaixo, no Centro-Oeste, era 42,6% menor e ficou 34,2% abaixo, Norte (de -23,4% para -18,4%) e Nordeste (de -38,3% para -34,2%).

A PIA detectou também o crescimento do número de indústrias no país. Em 2003 eram 139 mil e em 2007 subiu para 164 mil e o número de trabalhadores empregados pelo setor industrial saiu de 5,9 milhões para 7,3 milhões de pessoas.

http://www.digita.com.br/tribunadabahia/news.php?idAtual=14167
 

·
Registered
Joined
·
6,607 Posts
Muito bom essa descentralização industrial, nenhuma região irá sair prejudicada.

O meu estado, não diz nessa notícia, é o 4º com o maior valor industrial, passou o Rio Grande e está atrás de SP, MG E RJ que são bem mais populosos.

Avante Nordeste (3) e avante Paraná .
 

·
Registered
Joined
·
30,751 Posts
Ainda ha muita trilha pra caminhar...!

Espero que um dia o Nordeste chegue lá!
 

·
Soteropolitano
Joined
·
763 Posts
Avante Nordeste! [3]
 

·
BAHIA
Joined
·
1,731 Posts
é muito tempo de injustiça com a nossa região... vamo Nordeste!
 
1 - 16 of 16 Posts
Status
Not open for further replies.
Top