Skyscraper City Forum banner
1 - 16 of 16 Posts

·
A volta do malandro
Joined
·
8,633 Posts
Discussion Starter · #1 ·
23/06/2008 12h24

Petrópolis apresenta projeto de reativação de estrada de ferroAscom/Petrópolis

O sonho da volta do trem a Petrópolis começou a ser viabilizado. O prefeito Rubens Bomtempo promoveu, na última sexta-feira (20/6), no Centro de Cultura Raul de Leoni, a apresentação do plano de revitalização da Estrada de Ferro Príncipe do Grão Pará feito em parceria com a Associação Brasileira de Preservação Ferroviária (ABPF). O projeto, que tem um custo estimado de R$ 50 milhões, prevê a implementação de um programa de sustentabilidade com impactos positivos na economia, no turismo e nas questões sociais, principalmente, para as famílias que residem na área da serra da estrela entre Raiz da Serra, em Magé, e o Alto da Serra.

Quatorze engenheiros e técnicos da ABPF trabalharam no estudo de três volumes com todo o detalhamento do projeto. O plano trabalha com a perspectiva de gerar emprego e renda para as comunidades de entorno, que vivem ao longo dos seis quilômetros da estrada de ferro. No projeto também estão previstas a recuperação da floresta e o resgate da história da ferrovia. Bomtempo manifestou a preocupação com o lado humano do projeto e ressaltou a preocupação da prefeitura com a questão social.

- O vetor principal que norteou este projeto foi à preocupação com o ser humano. As famílias que hoje vivem perto das margens do trilho, terão tratamento especial. Todos serão capacitados para trabalharem na revitalização da ferrovia e terão uma fonte de emprego e renda. Todos sairão ganhando. Cabe a nós, da classe política, entidades e sociedade civil organizada, arregaçar as mangas e trabalharmos em prol deste sonho, de ouvir o apito do trem soando novamente - comentou Bomtempo.

O subsecretário de Transportes, Delmo Pinho, representando o secretário de Transportes, Julio Lopes, avaliou o projeto de maneira bastante positiva.

- O alto grau de viabilidade e a densidade do projeto realmente impressionaram. Este é o projeto mais completo que já tive a oportunidade de conhecer. O secretário Julio Lopes estará empenhado para que os recursos necessários sejam aportados para a concretização deste sonho. Cumprimento o prefeito pela visão empreendedora - disse.

De acordo com o projeto, cerca de mil passageiros utilizariam o trem por dia, se consideradas as viagens de ida e volta. Nos finais de semana, feriados, estação de alta temporada e programações especiais, estima-se que mais de três mil passageiros façam o passeio. O deputado estadual Ronaldo Medeiros salientou a importância da colaboração do professor Antonio Pastori, que também estava presente ao evento, e de todos os apaixonados pela ferrovia.

- Quero aqui deixar registrado o muito obrigado pelo esforço dessas pessoas abnegadas pelo projeto de trazer para Petrópolis o sonho de vermos a ferrovia renascer. A prefeitura novamente dá mostras de pioneirismo e compromisso com o turismo e a economia do município. Estarei trabalhando com afinco, juntamente com o governo estadual, para levantar recursos e concretizar este projeto - assegurou Medeiros.

Segundo Geraldo Godoy, gerente do projeto elaborado pela ABPF, o primeiro passo para a concretização da ferrovia já foi dado.

- Não apenas por vontade, mas também por competência esse projeto sai do papel. A paternidade da idéia, por meio do prefeito Bomtempo, merece meus parabéns. Agora com o terreno preparado será possível dar continuidade na concretização do sonho de reativação da estrada de ferro e da construção de mais um grande atrativo turístico nacional - ressaltou.

A concretização do projeto ainda conta com o apoio do governador Sérgio Cabral. Bomtempo lembrou que a força política no estado abre ainda mais portas para a revitalização da ferrovia histórica.

- O governador sabe da importância que a ferrovia tem para Petrópolis e para o estado. Sei que o projeto está sendo visto com entusiasmo e será defendido com prazer. Para o cenário cultural e histórico de Petrópolis e do estado esse trabalho tem muita importância - disse Bomtempo.

O plano de revitalização da estrada de ferro príncipe do grão Pará foi apresentado a convidados membros de associações e instituições de preservação ambiental e histórica. Também participaram do evento, ferroviários, secretários municipais, vereadores e autoridades públicas.

Um pouco da história - no dia 19 de fevereiro de 1883, foi inaugurada a estrada de ferro príncipe do Grão-Pará, interligando Raiz da Serra, no município de Magé, ao alto da serra, em Petrópolis. Na viagem inaugural estava presente, dentre muitos passageiros ilustres, sua majestade, o imperador do Brasil, D. Pedro II. Percorrendo uma extensão de cerca de 6 km e utilizando a técnica da cremalheira, a ferrovia, atingia uma cota acima dos 800 metros no alto da serra.

Durante mais de 80 anos, a estrada de ferro príncipe do Grão-Pará transportou cargas e passageiros, num percurso deslumbrante através da mata atlântica, até que, em 5 de novembro de 1964, o ramal ferroviário foi considerado economicamente inviável e seu tráfego suspenso, em detrimento dos prejuízos advindos da importância histórica e turística da ferrovia.

Com a revitalização da ferrovia, a cidade terá oportunidade de reativar um dos mais belos passeios turísticos da região serrana.

- Meu pai foi médico de todos no alto da serra. Eu cresci naquele ambiente maravilhoso. Temos que agregar forças para a realização do sonho das nossas antigas gerações. Quero resgatar o nosso patrimônio histórico para alavancar ainda mais o turismo em nossa cidade - comentou o prefeito.
 

·
A volta do malandro
Joined
·
8,633 Posts
Discussion Starter · #2 ·
^^
Essa estrada de ferro é belíssima e de extrema importância para a atividade turística de Petrópolis. Não sei como ainda está desativada... :(
 

·
Moderator
Joined
·
5,588 Posts
Mas fiquei confuso com o texto, ora ele fala em 3 mil passageiros diários, ora ele fala em "passeio"... Vai poder ser usado por passageiros normalmente, a um preço acessível, ou vai ser mais um daqueles trens exclusivamente turístico, com mordomias, intervalos grandes e velocidade lenta?

Aliás, ligando Petropólis até a Raiz da Serra, daria pra chegar até a Leopoldina, não?
 

·
phverano
Joined
·
1,536 Posts
^^

da sim... tem um outro thread que fala na revitalização da estrada de ferro de petropolis para chegar ao centro do rio...


acho super valido.... afinal, tem muita gente que mora la e trabalha no rio... ou adoraria fazê-lo se não fosse o trânsito.... porque da minha casa em Copa até la eu perco uns 50 min... até a barra 25, sem trânsito.... as vezes prefiro ir a petropolis...
 

·
GRANDE RIO CAMPEÃ 2013!
Joined
·
1,116 Posts
A reativação da linha seria uma bênção, mesmo que apenas pra fins turísticos. Mas isso depende bastante das condições da via no trecho entre Vila Inhomirim (Raiz da Serra) e o Meio da Serra (onde hoje a estação original é uma residência) e mais além, rumo a Petrópolis propriamente dito.

Sobre os comentários de ligação até a Raiz da Serra: vale lembrar também que o trecho não é eletrificado até Saracuruna e é em bitola métrica, ou seja, de Petrópolis até Saracuruna só via trens a diesel. Uma vez em Saracuruna, o trem elétrico tem terminal na Central. Existe uma linha em bitola métrica em bom estado direto pra Leopoldina, mas a Supervia a utiliza como linha de manutenção, a via é singela e não é eletrificada. São muitos desafios.

Também vale lembrar que de Raiz da Serra até Petrópolis o trem subia e descia com auxílio de uma cremalheira, o que dificulta a execução do trecho com velocidade em uma composição grande.

O Supervia Pró-XXI inclui planos de eletrificação até a Raiz da Serra. A partir desse ponto li aqui no SSC que existia a possibilidade de usar um VLT até Petrópolis, mas acho esse um passo um pouco grande demais nesse momento. Uma coisa de cada vez hehehe...
 

·
Registered
Joined
·
11,618 Posts
a 1° EF do Brasil!!!!
WOW... soh 50 milhoes!!!!!!!!!!!!
Caramba... olha como daria pra fazer tanta coisa.
vai ser muito benefico ao Rio e a Petrops sim
imagina a onda de efeitos positivos que vai trazer
e sim, a serra dos orgaos eh um dos lugares mais magicos do pais
 

·
A volta do malandro
Joined
·
8,633 Posts
Discussion Starter · #8 ·
25/06/2008 19h27

Projeto estuda recuperar ferrovia na Região Serrana
Por Ascom da Secretaria de Transportes

Um estudo encomendado pela prefeitura de Petrópolis à ONG ABPF (Associação Brasileira de Preservação Ferroviária) vai avaliar a viabilidade técnica e econômica de se revitalizar a Estrada de Ferro Príncipe do Grão Pará, que vai de Petrópolis até Raiz da Serra, em Magé, para ser utilizada como roteiro turístico na Região Serrana.

O projeto de recuperação da antiga ferrovia, que se conecta à Estrada de Ferro Barão de Mauá, e que vai até estação de Guia de Pacobaíba, em Magé, foi apresentado às secretarias estaduais de Transportes e de Turismo, na última sexta-feira (20/6). Bastante detalhada, a proposta apresentada pela ABPF pretende fazer uma análise específica do que deverá ser feito para a revitalização da via férrea, que foi construída em 1883 e extinta em 1964.

De acordo com o levantamento preliminar feito pela associação, muitos trechos foram invadidos, se transformaram em ruas residenciais ou foram encobertos pela mata. O estudo, que ainda não tem o custo final definido, deverá ser financiado pelo BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento) e pela União, que participarão com 50% dos investimentos, cada um.

As secretarias estaduais de Transportes e de Turismo vão analisar, inicialmente, a solicitação de recursos para o detalhamento do projeto, para o tombamento da linha pelo Instituto do Patrimônio Histórico e para a recuperação da malha ferroviária.

Segundo o subsecretário de Transportes, Delmo Pinho, que participou da apresentação, o projeto está bem estruturado e tem boas chances de ser atendido, já que trará benefícios não só para a Região Serrana, mas também para todo o Estado do Rio de Janeiro, por se tratar de mais um pólo de atração turística, uma das vocações do estado.

- Este projeto contempla um dos principais tesouros da história ferroviária do Brasil. Além disso, é de grande importância econômica e social e uma atração a mais para os turistas - afirmou o subsecretário.

O projeto prevê a utilização de recursos e tecnologia modernos, mas preserva algumas características empregadas na antiga ferrovia, como o uso da cremalheira nos trechos de subida, mecanismo que aumenta a tração e possibilita ao trem vencer inclinações mais íngremes.

Este estudo faz parte de um elenco de projetos propostos ao Prodetur (Programa de Desenvolvimento do Turismo), um programa financiado pelo BID, com participação da União, para o desenvolvimento de projetos considerados importantes para fomentar o setor turístico. De acordo com Delmo Pinho, se aprovado, o projeto poderá ser implantado em até três anos.
 

·
A volta do malandro
Joined
·
8,633 Posts
Discussion Starter · #9 ·
^^
Financiamento do BID... começo a levar fé nesse projeto. Só que tem que recuperar tudo, até o trecho que leva do Rio a Magé.
 

·
Scooter/motorbike lover
Joined
·
65,946 Posts
Excelente notícia esta lá de Petrópolis! Aliás, esta linha tinha um sistema de cremalheria bem interessante, onde locomotivas a vapor adaptadas tracionavam os trens serra acima, como mostra esta foto extraída do site Estações Ferroviárias do Brasil:




Mas, vai ser difícil reconstruir a linha, pois tem trecho que virou rua e algumas estações deram lugar às moradias.
 

·
A volta do malandro
Joined
·
8,633 Posts
Discussion Starter · #14 ·
nao nao
tinham que reativar ate a Estacao da Leopoldina
a mais bonita do Brasil
Puxa, a Leopoldina está num estado terrível... :eek:hno:
Lembro de quando eu era criança e fui lá pegar o Trem de Prata para SP... quando será que a teremos ativa de volta? Pegar trem lá para Petrópolis seria o máximo!
 

·
A volta do malandro
Joined
·
8,633 Posts
Discussion Starter · #16 ·
^^
Certamente! O potencial é grande... tenho fé que um dia ela será revitalizada. Pelo menos pra um desses projetos ela deve ser aproveitada!
 
1 - 16 of 16 Posts
Top