SkyscraperCity banner
1 - 1 of 1 Posts

·
JpnMed
Joined
·
1,055 Posts
Discussion Starter · #1 ·
Com a proposta de difundir a cultura do pinhão-manso e atrair parceiros para o projeto, a Saudibras (Fazenda Bacaba) e a Biotins – Companhia Brasileira de Biodiesel, com o apoio estratégico do governo do Estado, por meio da Secretaria de Agricultura Pecuária e Abastecimento e Ruraltins – Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins, realizam o “Jatropha World Congress”. O Congresso acontece nesta sexta-feira, 20, no auditório da Cuica - Centro Integrado de Cultura e Arte da UFT, na Universidade Federal do Tocantins, em Palmas.

O evento conta com a participação de profissionais do Brasil (Minas Gerais, São Paulo e Tocantins), além de autoridades no assunto da Holanda, Israel, Cuba e Estados Unidos, que durante um seminário técnico apresentarão projetos e pesquisas sobre a cultura do pinhão-manso. Outros assuntos em pauta são a melhoria genética, investigação preliminar da reprodução do pinhão-manso, cultivo para produção de óleo combustível e apresentação de um programa sobre a cultura.

Os pesquisadores e acadêmicos interessados em participar das palestras devem fazer as inscrições pelo site www.saudibras.com.br. As vagas são limitadas a 400 pessoas. Destas, mais da metade já foram preenchidas.

Parceria
O Ruraltins é o órgão do governo que presta assistência técnica e extensão rural aos agricultores (as) familiares, também para o cultivo do pinhão-manso. Na região de Paraíso, o trabalho em parceria com a Biotins Energia vem gerando postos de trabalho e aumento de renda no município.

Segundo o gerente regional do Ruraltins de Paraíso, Ricardo Dias, desde o ano passado, foram inseridas no projeto do pinhão-manso 300 agricultores familiares, que juntos cultivam mais de mil hectares da planta, para produção de biocombustível, em parceria com a Biotins Energia, beneficiando os municípios de Paraíso, Caseara, Marianópolis, Divinópolis, Pium, entre outros.

Biotins
A empresa produz biocombustíveis, está instalada no município de Paraíso e possui capacidade de produzir 8 milhões de litros/ano. Tem por principal matéria-prima o pinhão-manso plantado no Tocantins. Com poucos meses de funcionamento, a indústria já investiu R$ 6 milhões na compra de maquinários importados. De acordo com a Assessoria de Comunicação da Biotins, caso haja projetos de pinhão-manso na cidade de Alvorada e Araguaína, e no entorno, a Saudibras e a Biotins prevêem futuras unidades industriais, nesses municípios.
 
1 - 1 of 1 Posts
Top