SkyscraperCity banner

1 - 20 of 101 Posts

·
Registered
Joined
·
377 Posts
Discussion Starter #1
Bom pessoal, não encontrei um tópico sobre ele, decidi abrir o meu primeiro tópico por aqui, pois acho um dos casos mais críticos da revitalização do centro de Porto Alegre.

Em janeiro os camelôs da Praça XV e arredores serão transferidos para o já pronto Camelódromo, abrindo 35 vagas de parquímetro no local, bem como revitalização dos espaços ao ar livre do Chalé e Mercado.

A Marechal também vai ganhar uma calçada maior em um dos lados, bem como o trânsito de veículos será liberado.

Mas este cara aqui continua na mesma. E o pior, na mesma desde 1965.
Sua construção começou em 1963 e parou em 1965.

Catei essas fotos na internet pra ilustrar.

O que fazer? terminar? demolir?

Por favor postem suas opiniões a respeito !!! :speech:




esta em preto e branco é o centro em 1965
 

·
Registered
Joined
·
377 Posts
Discussion Starter #3
Ante ao tempo em que se encontra inconcluso, deveria ser demolido.
Pois é... tem uma galeria horrorosa embaixo, decadente, um lixo. a noite os camelôs recolhem toda aquela muambada ali pra dentro... note que os primeiros 3 andares foram invadidos... tem até ar-condicionado ! hehe

Mas o que fazer no lugar ???
 

·
Antigo Xinah_Poa to Gui_P
Joined
·
6,749 Posts
Mas ele ja esta sendo reconstruido, tem ate o projeto aqui no ssc, vai ter um mini shopping em baixo e o resto residencial.

Eles vão tirar alguns andares.
 

·
Arquiteto e Urbanista
Joined
·
21,188 Posts
Bom, este prédio já apareceu várias vezes aqui e foi motivo da criação de vários threads.

A minha opinião é a seguinte:

- O prédio é reflexo da população de Porto Alegre, que não se incomoda com o estado deplorável de algumas partes da cidade, mesmo que nobres, como é o caso. Se fosse tombado pelo patrimônio histórico não me surpreenderia. O prédio está há mais ou menos 50 anos ornamentando a região mais movimentada do Centro de Porto Alegre.

- Mesmo inacabado, ele não é a pior construção do Centro. Melhor um prédio inacabado que pode ser concluído ou derrubado do que um construído que ficará sempre em pé, como a Galeria do Rosário (ao lado do esqueleto) e o Edifício Malcon.

- Sou a favor de estudar a obra, para ver se a estrutura pode ser aproveitada; não é em qualquer lugar de Porto Alegre que dá para construir utilizando estes índices. Se a estrutura estiver forte, sou a favor de manter ele assim até que a região esteja 'limpa', qualificada. Talvez algum investidor se interesse e transforme ele em um prédio bonito. Aquela esquina dele é uma das mais visíveis do Centro.

- Se a estrutura estiver boa, sou totalmente contra a demolição, já que no local não daria para construir grandes coisas, além de deixar a mostra o prédio horrível da Galeria do Rosário.

- Se não der para aproveitar a estrutura, o mais adequado seria derrubar ele e seus dois vizinhos: Galeria do Rosário e Edifício Malcon, dois dos prédios mais altos e feios da cidade.

- Em última hipótese, tranformar ele em um centro cultural, já que isto virou moda.
 

·
Registered
Joined
·
377 Posts
Discussion Starter #7
Mas ele ja esta sendo reconstruido, tem ate o projeto aqui no ssc, vai ter um mini shopping em baixo e o resto residencial.

Eles vão tirar alguns andares.
não é este cara, o que tu fala fica na esquina da vigario jose inacio com a general vitorino. este aqui fica na marechal floriano peixoto esquina com a otavio rocha
 

·
Registered
Joined
·
377 Posts
Discussion Starter #8
Bom, este prédio já apareceu várias vezes aqui e foi motivo da criação de vários threads.

A minha opinião é a seguinte:

- O prédio é reflexo da população de Porto Alegre, que não se incomoda com o estado deplorável de algumas partes da cidade, mesmo que nobres, como é o caso. Se fosse tombado pelo patrimônio histórico não me surpreenderia. O prédio está há mais ou menos 50 anos ornamentando a região mais movimentada do Centro de Porto Alegre.

- Mesmo inacabado, ele não é a pior construção do Centro. Melhor um prédio inacabado que pode ser concluído ou derrubado do que um construído que ficará sempre em pé, como a Galeria do Rosário (ao lado do esqueleto) e o Edifício Malcon.

- Sou a favor de estudar a obra, para ver se a estrutura pode ser aproveitada; não é em qualquer lugar de Porto Alegre que dá para construir utilizando estes índices. Se a estrutura estiver forte, sou a favor de manter ele assim até que a região esteja 'limpa', qualificada. Talvez algum investidor se interesse e transforme ele em um prédio bonito. Aquela esquina dele é uma das mais visíveis do Centro.

- Se a estrutura estiver boa, sou totalmente contra a demolição, já que no local não daria para construir grandes coisas, além de deixar a mostra o prédio horrível da Galeria do Rosário.

- Se não der para aproveitar a estrutura, o mais adequado seria derrubar ele e seus dois vizinhos: Galeria do Rosário e Edifício Malcon, dois dos prédios mais altos e feios da cidade.

- Em última hipótese, tranformar ele em um centro cultural, já que isto virou moda.
eu nao encontrei, desculpem a repetição do thread :)

os vereadores e o corpo de bombeiros visitaram ele este ano e ficaram de emitir um laudo, mas até agora não soube novas notícias.
 

·
Arquiteto e Urbanista
Joined
·
21,188 Posts
^^ 'Vereadores e corpo de bombeiros'. :|

E os arquitetos, engenheiros? Só nestes que eu confio. ;)
 

·
Banned
Joined
·
1,872 Posts
Não dá para avaliar a fachada, a foto está muito pequena. Mas eu acho que um rerofit ficaria muito legal, pois o estilo arquitetônico me parece um prédio interessante. Ele é art déco ?
Aliás, o centro de POA se parece com o do Rio.
 

·
Registered
Joined
·
377 Posts
Discussion Starter #12
Não dá para avaliar a fachada, a foto está muito pequena. Mas eu acho que um rerofit ficaria muito legal, pois o estilo arquitetônico me parece um prédio interessante. Ele é art déco ?
Aliás, o centro de POA se parece com o do Rio.

cara, a fachada é esse esqueleto horroroso. um blocao, que recua um pouco mais pra cima.

retrofit seria o mais sensato, creio eu...

se o projeto era art déco realmente nao sei... como está nao da pra definir
 

·
Arquiteto e Urbanista
Joined
·
21,188 Posts
O prédio seria mais ou menos como o vizinho:



Ele tem estes recuos não por lei, nem por estética, mas sim porque deve ter faltado grana. Os recuos obrigatórios geralmente são menores.

Mas são 21 andares em uma localização privilegiada que se forem bem aproveitados poderiam gerar um belo resultado.
 

·
Registered
Joined
·
377 Posts
Discussion Starter #15
O prédio seria mais ou menos como o vizinho:



Ele tem estes recuos não por lei, nem por estética, mas sim porque deve ter faltado grana. Os recuos obrigatórios geralmente são menores.

Mas são 21 andares em uma localização privilegiada que se forem bem aproveitados poderiam gerar um belo resultado.

além de serem muito parecidos, fico em dúvida se nao eram ambos uma coisa só. pois até bem pouco tempo atrás, a galeria do rosario tinha saída pra essa outra galeria, eram interligadas... talvez o projeto original fosse uma grande galeria com entradas por todas as ruas e duas torres comerciais em cima. Suposição minha é claro.
 

·
Arquiteto e Urbanista
Joined
·
21,188 Posts
^Duvido, há uma construção antiga entre os dois. A forma como as aberturas foram distribuídas também é diferente.
 

·
Registered
Joined
·
377 Posts
Discussion Starter #17
^Duvido, há uma construção antiga entre os dois. A forma como as aberturas foram distribuídas também é diferente.
a construção antiga fica somente na frente. no meio, as 2 construções se interligam. nao achei a distribuição das aberturas tao diferente, na verdade
se permitir que eu poste uma foto que vi no teu flickr, parece idêntica.
 

·
Registered
Joined
·
377 Posts
Discussion Starter #19
^^ Pode postar.
ae vai:


*foto autorizada por Rodrigo Marques


note que nas laterais dos dois edifícios,o alinhamento das aberturas é idêntico. e se notar a parte superior da fachada do rosário, verá que o alinhamento desta é idêntico ao da fachada do esqueleto em questão. ambos regulam de altura também.
Ainda acho que existe a possibilidade de ser um projeto único :)
 

·
Arquiteto e Urbanista
Joined
·
21,188 Posts
^^ As aberturas são bem diferentes, no esqueleto são janelas duplas dos lados e no centro uma única. Por esta foto dá para perceber que o esqueleto está com a estrutura inacabada, pois no 'segundo degrau' ele deveria avançar um pouco mais. No 'último degrau', nota-se a presença do que acredito ser a caixa do elevador. Creio que ele deveria respeitar os recuos da Galeria (que eram descritos em lei), mas continuo duvidando que sejam projetos interligados. Acredito que os dois possuiam donos e investidores diferentes. A Galeria tem alguns andares a mais, mas isto não quer dizer nada, visto que o esqueleto está inacabado.

Aqui uma alteração no Paint de como acredito que deveria ser a volumetria do prédio depois de conclúdio:

 
1 - 20 of 101 Posts
Top