SkyscraperCity banner

1 - 20 of 248 Posts

·
Registered
Joined
·
1,522 Posts
Projecto de reabilitação urbana anglo-árabe de 100 milhões no Porto



A árabe MEFIC e a britânica Round Hill adquiriram um terreno de 7,8 hectares no Porto, próximo do campus universitário da Asprela, onde pretendem investir 100 milhões de euros num projecto de reabilitação urbana que inclui construção residencial para 1.200 estudantes.

http://sicnoticias.sapo.pt/economia/2017-06-29-Ingleses-e-sauditas-investem-100-milhoes-em-projeto-imobiliario-em-Paranhos-no-Porto

O fundo de investimento saudita MEFIC Capital e a gestora inglesa de ativos imobiliários Round Hill Capital vão investir 100 milhões de euros num projeto imobiliário em Paranhos, no Porto, que inclui residências para estudantes, apartamentos, hotel, comércio e escritórios.

Os responsáveis do projeto confirmaram à agência Lusa que os trabalhos arrancam já este terceiro trimestre deste ano ano, num terreno de 7,8 hectares já adquirido e adjacente ao Campus da Universidade do Porto, em Paranhos, no quarteirão entre as ruas Nova do Tronco, da Telheira e do Amial.

O projeto, cujo desenvolvimento tem a duração prevista de quatro anos e meio, inclui 1.200 acomodações para estudantes e 200 apartamentos residenciais, para além de um hotel, espaços para escritórios, um mercado, um supermercado, estacionamentos e jardim.

De acordo com os promotores, o terreno será incluído no Porto Innovation District, uma iniciativa entre a Câmara Municipal do Porto e as universidades, faculdades, escolas de negócios, hospitais, institutos e centros de pesquisa para a promoção da inovação e do empreendedorismo do Porto.

A MEFIC Capital é uma empresa de serviços financeiros registada na Capital Market Authority da Arábia Saudita, enquanto a Round Hill Capital se apresenta como empresa especialista em investimento, desenvolvimento e gestão de ativos imobiliários.

Segundo o fundador e presidente do conselho de administração da Round Hill Capital, Michael Bickford, "há vários anos" que a empresa está "a analisar o mercado português" e admite continuar "atento a novos investimentos em Portugal, com características de valor semelhantes".

Michael Bickford, considera, o país está "atualmente a beneficiar de tendências macroeconómicas positivas, indicadores sólidos na oferta/procura no segmento da residência para fins académicos, hotelaria, propriedade residencial e um ambiente de investimento positivo".

Já o administrador e diretor executivo da MEFIC Capital, Ibrahim A. Al Hedaithy, congratula-se com o facto de o primeiro investimento da empresa fora da Arábia Saudita ter sido feito em Portugal, cujos "valores de integridade e profissionalismo" elogia."

O crescimento económico estável é um fator-chave de atratividade e que nos permite apoiar a criação de postos de trabalho de longa duração e apoiar o desenvolvimento da comunidade local e regional de uma forma responsável.

É para nós um prazer poder participar, ainda que de forma marginal, no crescimento do Porto enquanto destino de investimento a nível europeu", afirma.

ACTUALIZAÇÃO DO PROJECTO

The Tannery

http://thetanneryamial.com/pt/

Bem-vindo ao maior e mais inspirador projeto do Porto até ao momento. A Round Hill Capital orgulha-se de lhe apresentar o The Tannery, a vida no seu melhor.







 

·
Registered
Joined
·
871 Posts
que dinâmica do caralhooooo!!! todas as semanas, projectos de dezenas ou centenas de milhoes de euros!!! parabens Porto!
 

·
Registered
Joined
·
14,575 Posts
Próximo do Campus da Asprela, é um bocado para rir!!


Fica na Rua do Ameal e com certeza é dos terrenos da Fábrica do Ameal, será que a fábrica vai abaixo??


Podiam alargar a Rua do Ameal para duas faixas em cada sentido, mas isso já sou eu a sonhar!!!:lol::lol:



»»» Ver Local
 

·
Registered
Joined
·
7,502 Posts
Alargar só mesmo nessa zona, no resto da rua tens casas dum lado e doutro.

Esperemos que nos próximos 3 meses as obras comecem mesmo.
 

·
Registered
Joined
·
867 Posts
Numa distancia de 6 Kms vão ser executados dois projectos de valor superior a 200 milhoes de euros. Este projeto a que se refere a noticia e o da Lionesa. Será que algum destes projetos vai ficar a perder ou podem se complementar um ao outro????
 

·
Registered
Joined
·
10,348 Posts
Um abraço aos primeiros que aparecerem aí com renders do projeto! Se vão começar as obras no verão, já há projeto de certeza!
 

·
Registered
Joined
·
7,502 Posts
^^Pensei no mesmo. Mas se calhar as obras que falam é demolições, deitar abaixo uns muros e assim.:lol:
 

·
Moderator
Joined
·
17,257 Posts
Porto - Asprela | Projeto Imobiliário da MEFIC Capital e Round Hill Castle

Parece-me um grande projecto. Espero que tenha um design arrojado
 

·
Moderator
Joined
·
158,235 Posts
Porto: Ingleses e sauditas promovem mega projecto

http://www.diarioimobiliario.pt/Actualidade/Porto-Ingleses-e-sauditas-promovem-mega-projecto



O fundo de investimento saudita MEFIC Capital e a gestora inglesa de activos imobiliários Round Hill Capital vão investir 100 milhões de euros num projecto imobiliário em Paranhos, Porto, que inclui residências para estudantes, apartamentos, hotel, comércio e escritórios.

Segundo adiantaram à agência Lusa os responsáveis do projecto, os trabalhos arrancam no terceiro trimestre deste ano num terreno de 7,8 hectares já adquirido e adjacente ao Campus da Universidade do Porto, em Paranhos, no quarteirão entre as ruas Nova do Tronco, da Telheira e do Amial.

O projecto, cujo desenvolvimento tem a duração prevista de quatro anos e meio, inclui 1.200 acomodações para estudantes e 200 apartamentos residenciais, para além de um hotel, espaços para escritórios, um mercado, um supermercado, estacionamentos e jardim.

Inserido no ‘Porto Innovation District’

De acordo com os promotores, o terreno será incluído no Porto Innovation District, uma iniciativa entre a Câmara Municipal do Porto e as universidades, faculdades, escolas de negócios, hospitais, institutos e centros de pesquisa para a promoção da inovação e do empreendedorismo do Porto.

A MEFIC Capital é uma empresa de serviços financeiros registada na Capital Market Authority da Arábia Saudita, enquanto a Round Hill Capital se apresenta como empresa especialista em investimento, desenvolvimento e gestão de ativos imobiliários.

Citado num comunicado, o fundador e presidente do conselho de administração da Round Hill Capital, Michael Bickford, refere que “há vários anos” que a empresa está “a analisar o mercado português” e admite continuar “atento a novos investimentos em Portugal, com características de valor semelhantes”.

Até porque, considera, o país está “actualmente a beneficiar de tendências macroeconómicas positivas, indicadores sólidos na oferta/procura no segmento da residência para fins académicos, hotelaria, propriedade residencial e um ambiente de investimento positivo”.

Já o administrador e director executivo da MEFIC Capital, Ibrahim A. Al Hedaithy, congratula-se com o facto de o primeiro investimento da empresa fora da Arábia Saudita ter sido feito em Portugal, cujos “valores de integridade e profissionalismo” elogia.

“O crescimento económico estável é um factor-chave de atractividade e que nos permite apoiar a criação de postos de trabalho de longa duração e apoiar o desenvolvimento da comunidade local e regional de uma forma responsável. É para nós um prazer poder participar, ainda que de forma marginal, no crescimento do Porto enquanto destino de investimento a nível europeu”, afirma.
 

·
Registered
Joined
·
14,575 Posts
Alargar só mesmo nessa zona, no resto da rua tens casas dum lado e doutro.

Esperemos que nos próximos 3 meses as obras comecem mesmo.

O fluxo de trânsito desde a circunvalação pela Rua do Ameal até chegar à Lapa é um sacrifico para ser feito em horas de ponta.


Eu sei isso, mas tem que se começar em algum lado, porque senão vamos perpetuar as ruas curtas com 2 faixas de rodagem, com passeios curtos e sem estacionamento para o resto da vida, nem que esteticamente ficasse mal a curto prazo, como iria ser este o caso.


Com o passar do tempo, os outros empreendimentos quando fossem demolidos e novas construções fossem feitas teriam que seguir esse novo ordenamento e daqui a décadas poderias dizer que bom é ter uma cidade com avenidas largas e bom fluxo de tráfego. Mas tem-se sempre que começar em algum lado, porque senão está se a perpetuar os erros do passado, que é algo que eu vejo em muitos outros concelhos deste país.....:eek:hno:
 

·
Architect
Joined
·
12,295 Posts
Ingleses e sauditas investem 100 milhões num projecto imobiliário em Paranhos

São 1.200 acomodações para estudantes e 200 apartamentos residenciais, para além de um hotel, espaços para escritórios, um mercado, um supermercado, estacionamentos e jardim. Este é o projecto imobiliário do fundo de investimento saudita MEFIC Capital e da gestora inglesa de activos imobiliários Round Hill Capital que vai nascer em Paranhos, Porto.

Segundo adiantaram à agência Lusa os responsáveis do projecto, os trabalhos arrancam no terceiro trimestre deste ano num terreno de 7,8 hectares já adquirido e adjacente ao Campus da Universidade do Porto, em Paranhos, no quarteirão entre as ruas Nova do Tronco, da Telheira e do Amial.

De acordo com os promotores, o terreno será incluído no Porto Innovation District, uma iniciativa entre a Câmara Municipal do Porto e as universidades, faculdades, escolas de negócios, hospitais, institutos e centros de pesquisa para a promoção da inovação e do empreendedorismo do Porto.

A MEFIC Capital é uma empresa de serviços financeiros registada na Capital Market Authority da Arábia Saudita, enquanto a Round Hill Capital se apresenta como empresa especialista em investimento, desenvolvimento e gestão de activos imobiliários.

Citado num comunicado, o fundador e presidente do conselho de administração da Round Hill Capital, Michael Bickford, refere que “há vários anos” que a empresa está “a analisar o mercado português” e admite continuar “atento a novos investimentos em Portugal, com características de valor semelhantes”.

Até porque, considera, o país está “actualmente a beneficiar de tendências macroeconómicas positivas, indicadores sólidos na oferta/procura no segmento da residência para fins académicos, hotelaria, propriedade residencial e um ambiente de investimento positivo”.

Já o administrador e director executivo da MEFIC Capital, Ibrahim A. Al Hedaithy, congratula-se com o facto de o primeiro investimento da empresa fora da Arábia Saudita ter sido feito em Portugal, cujos “valores de integridade e profissionalismo” elogia.

“O crescimento económico estável é um factor-chave de atractividade e que nos permite apoiar a criação de postos de trabalho de longa duração e apoiar o desenvolvimento da comunidade local e regional de uma forma responsável. É para nós um prazer poder participar, ainda que de forma marginal, no crescimento do Porto enquanto destino de investimento a nível europeu”, afirma
+
 

·
Registered
Joined
·
867 Posts
Os estudantes não tem vagas nos apartamentos da Asprela pois os apartamentos estão infestados de putedo Brasileiro, putedo universitário, este empreendimento vai ficar infestado de putedo de classe social alta.
 

·
Registered
Joined
·
447 Posts
Ou isso ou melhores transportes públicos, espaços para bicicletas, passeios largos para quem anda a pé...

O fluxo de trânsito desde a circunvalação pela Rua do Ameal até chegar à Lapa é um sacrifico para ser feito em horas de ponta.


Eu sei isso, mas tem que se começar em algum lado, porque senão vamos perpetuar as ruas curtas com 2 faixas de rodagem, com passeios curtos e sem estacionamento para o resto da vida, nem que esteticamente ficasse mal a curto prazo, como iria ser este o caso.


Com o passar do tempo, os outros empreendimentos quando fossem demolidos e novas construções fossem feitas teriam que seguir esse novo ordenamento e daqui a décadas poderias dizer que bom é ter uma cidade com avenidas largas e bom fluxo de tráfego. Mas tem-se sempre que começar em algum lado, porque senão está se a perpetuar os erros do passado, que é algo que eu vejo em muitos outros concelhos deste país.....:eek:hno:
 
1 - 20 of 248 Posts
Top