SkyscraperCity banner

81 - 100 of 950 Posts

·
Registered
Joined
·
215 Posts
Excelentes fotos! :) A casa da musica está 5 estrelas. Penso que não há nada de semelhante em Portugal, pelo menos de que tenha conhecimento.
 

·
Registered
Joined
·
9,574 Posts
Edifício da Casa da Música vai ser classificado património nacional

O edifício da Casa da Música vai ser classificado. O Instituto Português do Património Arquitectónico (IPPAR) abriu o processo com carácter de urgência. Um passo que vai acautelar a preservação da envolvente, mas que não evita construções já licenciadas.

João Belo Rodeia, presidente do IPPAR, lembra que a polémica construção do Banco Português de Negócios (BPN) estava já licenciada pelo anterior executivo. Por isso, a classificação não terá qualquer efeito. Pode, no entanto, refere o responsável pelo organismo de defesa do património, levar a que o assunto seja "novamente ponderado", por parte da Câmara do Porto. Do ponto de vista legal não é possível fazer nada, uma vez que há direitos adquiridos. "Se houver uma decisão terá que ser política" e partir de quem licenciou a obra.

A sociedade civil já está, contudo, envolvida neste processo. Uma petição, que a meio da tarde de ontem, contava com 879 subscritores, apela às entidades envolvidas e aos órgaõs de soberania para que "dentro das suas competências façam todos os esforços para impedir a construção do referido edifício ( sede do BPN), encontrando as soluções de compromisso que permitam salvaguardar o interesse público".

Os argumentos que sustentam a petição coincidem com os que levaram o IPPAR, por decisão da ministra da Cultura, a iniciar o processo de classificação do imóvel. Nas palavras de João Belo Rodeia "o carácter excepcional da obra, mais que reconhecido por críticos estrangeiros e nacionais, e a dimensão social do edifício justificam a classificação". O presidente do IPPAR não pode, naturalmente, dizer ainda que tipo de estatuto será atribuído ao edifício projectado pelo holandês Rem Koolhaas, mas acredita que há "99, 9 % de probabilidades de ser classificado como imóvel de interesse nacional". A decisão definitiva só será tomada depois de ouvidas todas as entidades envolvidas e também todos os que eventualmente possam contestar a classificação. "Sendo optimista, o processo nunca demorará menos de um ano", reconhece Belo Rodeia.

Relativamente à sede do BPN, no final da passada semana, a câmara do Porto e a Adicais, responsável pela construção, chegaram a um acordo. A autarquia disponibiliza um segundo lote de terreno, contíguo àquele de que a imobiliária já é proprietária, e esta compromete-se a assegurar a vista de mar a partir da Casa da Música. Quanto à possibilidade de indemnização para inviabilizar a construção, Rio só admite essa hipótese se obtiver a garantia de financiamento do Ministério da Cultura (MC).

Fonte do MC disse ao DN que a classificação é um processo "completamente independente que avançaria de qualquer modo". Trata-se de "uma acção de prevenção" de um edifício de "qualidade arquitectónica inegável".

fonte:DN
 

·
Registered
Joined
·
121 Posts
o betão branco á vista esta excelente, bem aplicado, pelo menos no que se ve nas fotos, parabens ao arquitecto e aqui ao construtor que conseguiu aplicar e cofrar bem o betão, coisa que não aconteceu com a gare do oriente em lisboa em que o betão está uma vergonha, alem de não ser branco.
 

·
Registered
Joined
·
9,574 Posts
Depois da Casa

Programação de abertura terminou ontem com todos os concertos esgotados Advogado da OMA em Espanha considera que a cidade sofrerá processo idêntico a Bilbao, após a construção do Guggenheim

Nove dias e dezenas de espectáculos depois, a Casa da Música terminou ontem, oficialmente, a programação inaugural. Depois disto, "o Porto não será o mesmo - a cidade sofrerá consequências idênticas ao efeito do Guggenheim em Bilbao". O registo impressionante de bilhetes esgotados, a variedade de línguas que se ouviram nos 'foyeurs' e as centenas de curiosos que, já sem oportunidade de assistir aos concertos, espreitavam cada canto do edifício parecem precipitar a previsão de António Tena, advogado da Office for Metropolitan Architecture (OMA) em Espanha.

Oriundo da cidade que viu transformada com o investimento arquitectónico e cultural, Tena prepara-se para acompanhar a primeira obra da OMA no seu país. Também assinada por Rem Koolhaas. Antonio Tena recorda que, "há 45 anos, Bilbao não conhecia índices significativos de turismo e que, depois da abertura do Guggenheim, o fluxo disparou e, consequentemente, a cidade teve que acompanhar, desenvolvendo-se".

Entre os amigos de Koolhaas que, anteontem à noite, se reuniam na Sala 2 ao som do 'set' dos Madrid de los Austrias, também se encontrava Rafael Perez de Siles. O director da futura obra do arquitecto holandês em Cordoba, adiantou, ao JN, que o edifício de Koolhaas "será um investimento inédito na cidade, um ambicioso centro de congressos que, entre outros elementos, contará com um centro comercial e um hotel".

Porto mais perto da Europa

A ideia de projecção turística da cidade do Porto não era exclusiva dos espanhóis. Catarina Félix veio especialmente de Coimbra para conhecer a Casa da Música e acredita que "o espaço passou a ser ponto de paragem obrigatória no país, senão o único". A designer acrescenta que "era algo essencial para o Porto, já que todos os espectáculos ou, simplesmente, não passavam por aqui ou esgotavam numa só noite" e considera que "esta arquitectura, sendo algo de inédito em Portugal, aproxima o país da Europa".

No mesmo sentido manifesta-se António Pires, de 42 anos "Não tenho dúvidas que a Casa da Música vai ter muito público e do melhor". Evocando, também, o efeito Guggenheim, o empresário de restauração, residente em Valongo, crê que "virá gente de todas as capitais europeias".

"Em Lisboa não há nada assim a Casa da Música passa a ser o número um!". Pedro Machado, engenheiro do ambiente veio da capital e, apesar de considerar que o "novo espaço e a Fundação de Serralves são a combinação justa para transformar o Porto num forte atractivo de turismo cultural", reserva algumas dúvidas quanto à capacidade da instituição para manter números elevados de público.

[...]

fonte:JN

Se as expecetativas se conformarem e esse afluxo de turistas aumentar como esta previsto sera muito bom,mas voces acham que a Casa teve impacto suficiente para isso?
 

·
Registered
Joined
·
6,709 Posts
Discussion Starter #99
espetacular, a casa da musica tá se a transformar numa nova verdadeira atraccao cultural no Porto, uma especie de "mini" efeito gugenheim de bilbao :D
 

·
Whatever
Joined
·
45,868 Posts
a sala de concertos é BRUTAL!!!!! grandes fotos!!!!:eek:kay:

tava a olhar melhor e...aquilo tem um orgão barroco lá dentro????
 
81 - 100 of 950 Posts
Top