SkyscraperCity banner
1 - 20 of 24 Posts

·
President and CEO
Joined
·
17,578 Posts
Discussion Starter · #1 ·
No dia em que se completou precisamente um ano que Manuel Frasquilho tomou posse como presidente da Administração do Porto de Lisboa (APL), a empresa anunciou o seu plano estratégico para os próximos 20 anos, que implica acordos com 11 câmaras municipais para a transformação das duas margens do Tejo e o aumento do transporte ferroviário de mercadorias. O plano será apresentado ao Governo em Novembro, revelou Manuel Frasquilho.

Numa realidade mais próxima, com obras a começar ainda este ano, será construído um terminal de cruzeiros no Jardim do Tabaco, no Cais do Sodré vão erguer-se dois grandes edifícios, a Doca de Pedrouços vai ser a base para grandes iates e no terrapleno de Algés ficarão as novas instalações da APL (ver caixa).

Segundo Manuel Frasquilho, "prevê-se que neste primeiro semestre aumente em cerca de 130% o número de passageiros desembarcados e embarcados no porto de Lisboa. Por isso mesmo, vamos criar melhores condições para os turistas cá passarem mais tempo".

No cruzeiro que ontem promoveu no Tejo, o presidente da APL salientou haver agora "uma estreita colaboração entre a APL, a Refer e a CP para estudar o que é necessário mudar na zona do Beato para a eventual construção de mais uma ponte rodoferroviária sobre o Tejo".

Adiantou que a área de intervenção da APL - 30 900 hectares ao longo de 50 quilómetros - "envolve 11 câmaras municipais das duas margens do Tejo, com as quais é preciso definir e chegar a acordo sobre o que se quer fazer em cada zona, determinar quais são para carga e para lazer e o que se destina a outros fins".

Por seu turno, a secretária de Estado dos Transportes, Ana Paula Vitorino, anunciou estar "em desenvolvimento uma estratégia a nível nacional para o sistema logístico com uma forte componente no sector portuário, ferroviário e rodoviário. Os portos de Leixões e de Sines já têm os seus planos estratégicos, mas o de Lisboa ainda não tinha e está a prepará-lo".

"Na segunda fase do estudo conjugam-se os planos dos cinco portos nacionais para funcionarem em conjunto, de forma integrada. O objectivo é competirem entre si, mas, também, trabalharem como um todo e competirem com os portos dos outros países", referiu a governante.

"Para isso, temos de identificar as necessidades em termos de acessibilidades aos portos e criar plataformas logísticas", frisou, salientando ser "preciso criar pontos de contacto entre o porto e a via ferroviária. E aproveitar melhor o rio em termos de tráfego fluvial de mercadorias, como a utilização de barcaças para transportar cargas para locais com ligação à rede ferroviária ou a bons acessos rodoviários".

Explicou que, segundo a CP, "há espaço para aumentar o tráfego ferroviário de mercadorias em Alcântara. Queremos fazê-lo para reduzir o tráfego rodoviário de carga. É que cada comboio transporta o equivalente a 24 camiões. Assim, aumentamos a fluidez rodoviária, reduzimos as emissões de CO2 e melhoramos a qualidade ambiental".
Fonte : Diário de Notícias
 

·
Registered
Joined
·
6,715 Posts
ja havia aqui um threadlol

mas tenho medo queq o gaju do Porto faça.. por ele arrebentava toda a frente ribeirinha para mercadorias..
 

·
Registered
Joined
·
1,440 Posts
por mim fazia-se a ponte a contruia-se um novo porto de mercadorias no barreiro... e toda a zona ribeirinha de lisboa passava paro o turismo, cruseiros, casinos, museus, eventos, etc... :eek:kay:


barreiro



e depois já se podia fazer o mega projecto proposto pelo @simius :cheers:



:cheers: :cheers: :cheers:
 

·
Registered
Joined
·
52,552 Posts
tb acho, ja basta o estado a que sujeitaram o Tejo durante decadas, em Sines é mar aberto e a poluição não se fixa como acontece no estuario do Tejo.
 

·
Registered
Joined
·
52,552 Posts
a entrada da ponte na margem sul parece-me k sera uma pouco mais para perto do limite da Moita com o barreiro :sly:
 

·
Registered
Joined
·
1,604 Posts
a entrada da ponte na margem sul parece-me k sera uma pouco mais para perto do limite da Moita com o barreiro :sly:
o problema é o canal de navegação associado à zona de manobra dos barquitos, mas pode ser que desse para conjugar tudo.....
 

·
Registered
Joined
·
52,552 Posts
entre o cais grande e a zona de entrada da ponte na margem sul parece-me k faz um regolfo, não estou certo mas parece-me k sim :yes: se se confirmar não impedira as manobras...
 
1 - 20 of 24 Posts
Top