Skyscraper City Forum banner
1 - 1 of 1 Posts

·
.
Joined
·
13,731 Posts
Discussion Starter · #1 ·
Goiás abriu ontem mais uma safra recorde de cana-de-açúcar, que passará de 20,8 milhões de toneladas de cana moída em 2007/2008 para 33,1 milhões de toneladas nesta safra. As usinas que operam no Estado devem produzir 2,12 bilhões de litros de álcool este ano, um crescimento de 78% sobre o que foi registrado na última safra, quando foram produzidos 1,19 bilhão de litros de álcool.

Somente a produção de álcool hidratado, que abastece o crescente número de motores flex no Brasil, deve saltar de 728 milhões de litros para 1,31 bilhão de litros, o equivalente a 10,5% da produção da Região Centro Sul, grande produtora do País.

A estimativa da safra 2008/2009 foi divulgada ontem pelo Sindicato das Indústrias de Fabricação de Álcool de Goiás (Sifaeg) e Sindicato das Indústrias de Fabricação de Açúcar (Sifaçúcar), durante a abertura oficial da safra goiana, na Destilaria Serra do Caiapó, inaugurada ontem em Montividiu, no Sudoeste do Estado. “Goiás se consolida entre os principais produtores de álcool do País”, destaca o presidente-executivo do Sifaeg/Sifaçúcar, André Luiz Rocha.

Segundo dados do sindicato, Goiás incrementou sua área plantada de cana de 211,7 mil hectares para 339,2 mil hectares. Além disso, a produção goiana de açúcar deve saltar de 942 mil toneladas para 1,47 milhão de toneladas, um crescimento de 56,3%. André Luiz adverte, no entanto, que os números ainda podem sofrer alguma alteração por conta de fatores climáticos.

O presidente do Sifaeg/Sifaçúcar explica que a produção de álcool crescerá bem mais que a de cana, que aumentou 59%, em virtude de um ganho de rendimento das indústrias sucroalcooleiras, causado por fatores como melhores variedades da planta, crescimento da colheita mecanizada e modernização dos novos parques industriais. Com isso, o ATR (teor de açúcar) por tonelada de cana, subirá de 146 na safra 2007/2008 para 156 em 2008/ 2009.

O governador Alcides Rodrigues, que participou da abertura da safra, disse que a expansão da cana representa a diversificação da produção. Ele deu como exemplo o próprio Sudoeste goiano que, além da cana, é grande produtor de soja, milho, algodão, sorgo e girassol.

http://www.noticiasdegoias.go.gov.br/index.php?idMateria=44125&tp=positivo
 
1 - 1 of 1 Posts
Top