Skyscraper City Forum banner
1 - 20 of 21 Posts

·
YakisobRa lover
Joined
·
635 Posts
Discussion Starter · #1 ·
http://www.estado.com.br/editorias/2007/05/18/cid-1.93.3.20070518.32.1.xml




Radar vai multar veículos poluentes

Aparelho que usa raio infravermelho fotografará placas quando emissão de fumaça superar padrão internacional


Bruno Moreschi

A segunda fase do programa Cidade Limpa, de combate à poluição do ar, prevê a instalação de radares com sensor antipoluição para multar veículos que emitem fumaça em excesso. A Secretaria do Verde e do Meio Ambiente está concluindo as normas para a licitação do aparelho e pretende lançá-la até junho. Inicialmente serão dois sensores: um móvel, para locais de grandes congestionamentos, e um fixo, que ficará numa avenida a ser definida.

O sensor será instalado no asfalto e vai mensurar o volume de poluentes por feixes de raios infravermelhos. Se a emissão ultrapassar padrões internacionais, a placa será fotografada. A secretaria ainda não definiu o valor das multas, que serão aplicadas com base na Lei de Crimes Ambientes, de 1999.

A secretaria informou que o aparelho já é usado na Europa. E divulgou a dissertação de mestrado do pesquisador Gabriel Jacondino, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, de 2005, segundo a qual o sensoriamento remoto de poluição foi desenvolvido na década de 80. Mas Jacondino ressaltou que o equipamento é mais eficaz para avaliar veículos leves.

“Medir o nível de poluição por esses aparelhos é complexo. É preciso levar em conta variáveis como velocidade e a marcha em que o veículo está”, diz o gerente de Tecnologia do Ar da Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental (Cetesb), Carlos Komatsu. Ele também afirmou que não sabe se a iniciativa tem amparo legal.

Para o engenheiro Enio Medeiros, que importa máquinas de aferição de poluentes por infravermelho para a indústria química, não há tecnologia eficiente para multar carros nas ruas. “A medição precisa ser feita em ambientes fechados para ter resultado satisfatório. Ao ar livre, a fumaça se dispersa muito facilmente. Até a luz do sol pode atrapalhar a aferição.”

O secretário do Verde em exercício, Helio Neves, afirmou que outra medida “severa” da fase 2 do Cidade Limpa é ampliar a inspeção da frota dos ônibus urbanos. Desde 2005, a Prefeitura faz monitoramento por amostragem nas garagens das empresas. Agora todos os veículos serão fiscalizados. “O efeito será tão perceptível para o morador como a retirada dos outdoors.”

Ônibus fretados também serão alvo da secretaria. A partir de quinta-feira, os 3 mil veículos cadastrados na Prefeitura passarão por vistoria no Museu do Transportes, na Avenida Cruzeiro do Sul, região central. Caso o nível de emissão de poluentes estiver fora do padrão, o dono será notificado e terá 30 dias para regularizar a situação. Se não tomar providências, fica sujeito a multa de, no mínimo, R$ 1 mil.

Um estudo de 2005 do Laboratório de Poluição Atmosférica Experimental da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo apurou que o gasto na rede de saúde da capital com o atendimento a vítimas da poluição chega a R$ 3 bilhões por ano. Além disso, a má qualidade do ar reduz em dois anos a expectativa de vida do paulistano.

A fase 2 do Cidade Limpa vai controlar também a emissão de dióxido de carbono, causador do efeito estufa. São os veículos que mais contribuem para o problema: emitem 78% do volume do dióxido registrado na cidade. Prédios e casas vêm em segundo lugar (9%), à frente das indústrias (7%). “Só agora as autoridades perceberam que poluição do ar é problema de saúde pública”, afirmou Dolores Rivero, da USP.
:applause: :applause: :applause: :applause:
 

·
Registered
Joined
·
2,784 Posts
Justo! É inadmissível esse pessoalzinho com o carro todo desregulado jogando fumaça a torto e direita na nossa cara no trânsito.. É uma agressão ao meio-ambiente que pode-se combater melhor com um pouco mais de competência. Tinha é que ter mais fiscalização da Indústria Paulistana da Multa (também conhecida como CET) em relação a isso e não apenas nos radares...

Espero que não comecem a utilizar isso pra inventar multas.. Se bem que duvido que não o façam já que já inventaram multa pro meu pai num lugar que ele nunca tinha passado, e ano passado agiram de má fé comigo, pois na semana dos ataques do PCC suspenderam o rodízio e não avisaram quando voltaria.. E na quarta circulei na área do rodízio e fui multado. Minha única multa até hj. Enviei uma carta pedindo revisão e explicando a situação (que não haviam divulgado nos meios de impressa a volta do rodízio), mas negaram o pedido.. Conclusão: Indústria de Multas.
 

·
Dando um tempo.
Joined
·
15,926 Posts
Muito interessante esse projeto!
 

·
Banned
Joined
·
3,278 Posts
Nossa cidade e nosso governo nao estao nem ai para a poluicao isso eh mais uma medida para aumentar a arrecadacao via multas tanto eh que nossos rios estao podres sao um esgoto nossa periferias sao imundas os parques sao escassos, nossas praias estao contaminadas, nossas principais represas que abastecem a cidade estao se tornando um gigantesco esgoto pq o governo nao se multa por permitir isso tudo ...
 

·
Indústria da Multa S.A.
Joined
·
6,320 Posts
Nossa cidade e nosso governo nao estao nem ai para a poluicao isso eh mais uma medida para aumentar a arrecadacao via multas tanto eh que nossos rios estao podres sao um esgoto nossa periferias sao imundas os parques sao escassos, nossas praias estao contaminadas, nossas principais represas que abastecem a cidade estao se tornando um gigantesco esgoto pq o governo nao se multa por permitir isso tudo ...

Sim, mas que isso vai ser uma tungada boa para o povão que não está nem aí com a conservação do seu veículo, ninguém pode negar e eu acho muito bom.

Quero que essas porcarias de carros velhos e, principalmente, caminhões, saiam de vez de circulação. Ninguém merece uma coisa dessas:

 

·
Registered
Joined
·
334 Posts
Eu acho que isso não vai para frente, carros com anos de fabricação diferente têm limites de emissão diferentes, de acordo com as diferents fases de implantação do programa de combate à poluição chamado PROCONVE.

Se não pararem carro por carro, será difívil determinar se a poluição está dentro ou não dos limites. Na inspeção veicular, que não saiu do papel até hoje, a data de fabricação do veículo é levada em conta.

Esqueceram também de quem tem carros antigos(eu não disse velhos). Essas pessoas não poderão mais sair com seus carros pois correrão o risco de serem multados? Se eu não puder tirar meu carro da garagem por causa disso, não penso duas vezes em me mudar para o ABC.

Alguns trechos do PROCONVE, retirados de http://www.lei.adv.br/018-86.htm

"1. Veículo leves com motores do ciclo Otto

1.1. Para as novas configurações de veículos automotores leves lançadas comercializadas a partir de 19 de junho de 1988, a emissão de gases de escapamento não deverá exceder os seguintes valores:

monóxido de carbono: 24,0 gramas por quilômetro
hidrocarbonetos: 2,1 gramas por quilômetro
óxidos de nitrogênio 2,0 gramas por quilômetro
teor de monóxido de carbono em marcha lenta: 3,0 por cento
1.2. A partir de 1º de janeiro de 1989, a emissão de gases de escapamento por veículos automotores leves não deverá exceder, para os modelos descritos em 1.2.1., os seguintes valores:

monóxido de carbono: 24,0 gramas por quilômetro
hidrocarbonetos: 2,1 gramas por quilômetro
óxidos de nitrogênio: 2,0 gramas por quilômetro
teor de monóxido de carbono em marcha lenta: 3,0 por cento
1.2.1. Modelos dos veículos sujeitos aos limites de emissão :

UNO 1300 álcool (exceto Sx);
UNO 1050 gasolina;
Prêmio 1300 álcool;
Corcel álcool;
Belina álcool;
Del Rey álcool (exceto câmbio automático) ;
Scala álcool (exceto câmbio automático) ;
Escort álcool (exceto XR3);
Monza 1600 álcool e gasolina;
Monza 1800 álcool e gasolina;
Gol 1600 álcool e gasolina (motor refrigerado a água) ;
Chevette 1600 álcool e gasolina;
Voyage 1600 álcool e gasolina;
Parati 1600 álcool e gasolina;
Saveiro 1600 álcool e gasolina (motor refrigerado a água).
1.3. A partir de 1º de janeiro de 1990, a emissão de gases de escapamento por veículos automotores leves, com exceção dos veículos leves não derivados de automóveis, não deverá exceder os seguintes valores:

monóxido de carbono: 24,0 gramas por quilômetro
hidrocarbonetos: 2,1 gramas por quilômetro
óxidos de nitrogênio : 2,0 gramas por quilômetro
teor de monóxido de carbono em marcha lenta: 3,0 por cento
1.4. A partir de 1º de janeiro de 1992, a emissão de gases de escapamento por veículos automotores leves não deverá exceder os seguintes valores:

1.4.1. Veículos leves não derivados de automóveis:

monóxido de carbono: 24,0 gramas por quilômetro
hidrocarbnnetos: 2,1 gramas por quilômetro
óxidos de nitrogênio: 2,0 gramas por quilômetro
teor de monóxido de carbono em marcha lenta: 3,0 por cento
1.4.2. Todos os veículos com exceção dos descritos em 1.4.1. :

monóxido de carbono: 12,0 gramas por quilômetro
hidrocarbonetos: 1, 2 gramas por quilômetro
óxidos de nitrogênio: 1,4 gramas por quilômetro
teor de monóxido de carbono em marcha lenta: 2,5 por cento
1.5. A partir de 1º de janeiro de 1997, a emissão de gases de escapamento por veículos automotores leves não deverá exceder os seguintes valores:

monóxido de carbono: 2,0 gramas por quilômetro
hidrocarbonetos: 0,3 gramas por quilômetro
óxidos de nitrogênio: 0,6 gramas por quilômetro
teor de monóxido de carbono em marcha lenta: 0,5 por cento
1.6. O IBAMA, ouvida a STI, deverá coordenar os estudos e trabalhos necessários ao estabelecimento e implantação dos limites máximos específicos para as emissões de aldeídos e outros compostos orgânicos pelo tubo de escapamento de veículos automotores leves, hoje englobados e expressos como hidrocarbonetos, bem como coordenará a revisão dos limites destes últimos, convocando, a qualquer tempo, os órgãos e entidades afetos ao problema e, ouvida a CAP, quando necessário, deverá apresentar ao CONAMA, até 31 de dezembro de 1988, o relatório final com a proposta dos limites a serem exigidos para aprovação.

1.7. A partir de 1º de janeiro de 1988, a emissão de gases do cárter de veículos automotores leves deve ser nula em qualquer regime de trabalho do motor.

A partir de 1º de janeiro de 1990, a emissão evaporativa de combustível de veículos automotores leves não deverá exceder o limite máximo de 6,0 g/ensaio. "
 

·
Brasil-Belindia é aqui
Joined
·
19,364 Posts
Ué,então tire os carros com mais de 2o anos das ruas da cidade.Esse negócio de querer justificar apoluição causada por essas carroças ambulantes com os antigos parâmetros do Proconve,é desculpa espafarrapada.
 

·
Banned
Joined
·
3,278 Posts
Sim, mas que isso vai ser uma tungada boa para o povão que não está nem aí com a conservação do seu veículo, ninguém pode negar e eu acho muito bom.

Quero que essas porcarias de carros velhos e, principalmente, caminhões, saiam de vez de circulação. Ninguém merece uma coisa dessas:

Isso eh um problema social ! nosso pais eh pobre e isso reflete em nossa frota velha e mal conservada .... para resolver isso basta melhorar a situacao economica de nosso pais ... quem nao quer ter um carro novo moderno, bonito, economico ... todos mas com esses salarios o que o povo pode ter eh isso mesmo ....
 

·
Pé Vermelho
Joined
·
10,915 Posts
A pessoal, sinceramente, a medida é linda, mas se adequa melhor para países de primeiro. Os carros revelam o poder aquisitivo dos cidadão, e na maioria dos casos, os carros mais poluentes serão os velhinhos da população de baixa renda. "SE NÃO TOMAR PROVIDÊNCIAS FICA SUJEITO NO MÍNIMO MIL REAIS". Pode levar o carro embora então... :lol:
mas é uma medida interressante de qualquer forma, ainda mais numa época tão conturbada em relação ao meio ambiente e etc...
 

·
Registered
Joined
·
9,050 Posts
O ano de fabricação está no banco de dados, então é muito simples resolver isso: o teste mede um certo patamar de aderência ao PROCONVE; os carros mais novos que ano X eram obrigados a aderir; os mais velhos são automaticamente isentados das multas pelo sistema, e mesmo assim ainda estão protegidos pelo recurso administrativo caso o sistema falhe.

O que mais me preocupa em termos de poluição são os caminhões, então dificilmente será o caso de uma multa quase do valor do veículo; esse pessoal economiza em cima da saúde de todos nós, o que não é nada justo. Multa neles.
 

·
Banned
Joined
·
3,278 Posts
A pessoal, sinceramente, a medida é linda, mas se adequa melhor para países de primeiro. Os carros revelam o poder aquisitivo dos cidadão, e na maioria dos casos, os carros mais poluentes serão os velhinhos da população de baixa renda. "SE NÃO TOMAR PROVIDÊNCIAS FICA SUJEITO NO MÍNIMO MIL REAIS". Pode levar o carro embora então... :lol:
mas é uma medida interressante de qualquer forma, ainda mais numa época tão conturbada em relação ao meio ambiente e etc...
Eu acho injusto pois quem vai pagar a conta como sempre sao os mais pobres no final eles nao poderao ter um carro o governo nao investe o suficiente em transporte publico ai o pobre fica sem opcao ... essas medidas parecem boas mas no fundo tem um "Q" de discriminacao afetam sempre os menos favorecidos eh como se o governo dissesse: so pode andar nas ruas quem tem condicoes de pagar para ter um carro em perfeito estado e nao poluente ...horas mas os pobres tb nao respiram o ar poluido das industrias dos ricos ... ? pobre pode respirar poluicao produzida por ricos mas o ricos nao podem respirar poluicao produzida por pobres...? entao pq o governo nao corta impostos dos carros pela metade pada incentivar a compra de um carro novo e ainda incentiva o emprego .... mas como sempre nosso pais anda na contramao ... problemas de poluicao se resolve com tecnologia e incetivos fiscais e nao com multas contra pobre que mal consegue pagar pela gasolina que consome ...
 

·
GRANDE RIO CAMPEÃ 2013!
Joined
·
1,116 Posts
Até que enfim alguma coisa boa pelo meio ambiente !!! Nota 1000 !!! Tomara que funcione e se espalhe pelo Brasil todo !
 

·
NON FVCOR FVCO
Joined
·
1,676 Posts
Isso eh um problema social ! nosso pais eh pobre e isso reflete em nossa frota velha e mal conservada .... para resolver isso basta melhorar a situacao economica de nosso pais ... quem nao quer ter um carro novo moderno, bonito, economico ... todos mas com esses salarios o que o povo pode ter eh isso mesmo ....
Pobre? O Brasil é rico. Ser um país pobre e um país com pobres é algo muito diferente. E com certeza as empresas de onibus têm dinheiro pra parar de poluir.


Quanto a essa medida, acredito que o Kassab queira sim reduzir a poluicao. Dava lucro pra prefeitura tirar os outdoors? Não, mas ele fez. Com a poluição, vai ser igual, e acredito que vá dá certo.
 

·
ontogeny recapitulates...
Joined
·
3,032 Posts
Isso eh um problema social ! nosso pais eh pobre e isso reflete em nossa frota velha e mal conservada .... para resolver isso basta melhorar a situacao economica de nosso pais ... quem nao quer ter um carro novo moderno, bonito, economico ... todos mas com esses salarios o que o povo pode ter eh isso mesmo ....
Em termos. Pode até refletir nos precários fusquinhas, brasílias e chevettes que circulam por aí... mas daí a isentar as grandes empresas de ônibus e as transportadoras de cargas de sua parcela (considerável) de poluição, existe uma diferença enorme.
 

·
Banned
Joined
·
3,278 Posts
Pobre? O Brasil é rico. Ser um país pobre e um país com pobres é algo muito diferente. E com certeza as empresas de onibus têm dinheiro pra parar de poluir.


Quanto a essa medida, acredito que o Kassab queira sim reduzir a poluicao. Dava lucro pra prefeitura tirar os outdoors? Não, mas ele fez. Com a poluição, vai ser igual, e acredito que vá dá certo.
O Brasil eh rico sim e dai isso nao reflete na vida da populacao em geral ... o povo no geral eh pobre ! os salarios sao baixissimos a vida precaria na verdade se o pais eh tao rico assim ja deveria ter resolvido o problema do transporte publico em SP construindo novas linhas de metro "que nao eh poluente" contribuindo para a melhoria do ar da cidade... mas fazem isso ....? nao fazem...! o metro anda a passos de tartaruga temos um dos menores metros do mundo entao nao sei de que adiata o pais ser rico se essa riqueza nao reflete na qualidade de vida das pessoas... ser rico e viver como miseravel nao resolve nada.... ou seja se fosse uma medida seria e nao mais um oba oba eleitoral o uma industria das multas.... para resolver o problema da poluicao tem que construir mais metro , tem que despoluir nossos rios, tem que tirar aquelas milhares de construcoes irregulares que estao invadindo e sujando nossas represas colocando em risco nosso abastecimento de agua ... nao vejo nada sendo feito nesse sentido so bobagens como essas medidas que nao resolve nada mas faz muito oba oba politico da pra fingir que estao preocupados ... tem que ser muito inocente pra acreditar que essa medida vai resolver nosso problema de poluicao ...
 

·
Western
Joined
·
7,191 Posts
Legal essa noticia, e estranho o jeito q funciona, mais o problema eh exatamente o de carros velhos, e como ja diseram aki antes, eh uma questao de economia e nao escolha, acho q muitos vao ser multados!
 
1 - 20 of 21 Posts
Top