SkyscraperCity Forum banner

Ranking atendimento Saneamento - Capitais da Região Norte

4795 Views 23 Replies 12 Participants Last post by  Rafael_BH
População abastecida com água tratada – ANO 2004

TO Palmas 100,00 %
RR Boa Vista 93,00 %
PA Belém 86,30 %
AM Manaus 85,70 %
AP Macapá 58,50 %
AC Rio Branco 56,20 %
RO Porto Velho 30,60 %

População atendida por redes coletoras de esgoto – 2004

TO Palmas 46,90%
AC Rio Branco 23,90%
RR Boa Vista 19,60%
AM Manaus 11,60%
AP Macapá 7,50%
PA Belém 6,30%
RO Porto Velho 2,20%

População atendida com esgoto tratado – 2004

TO Palmas 46,90%
RR Boa Vista 19,60%
AM Manaus 2,90%
PA Belém 0,30%
AC Rio Branco 0,00%
AP Macapá 0,00%
RO Porto Velho 0,00%

Obs.: Em Palmas e Boa Vista todo o esgoto coletado é tratado, diferente das outras capitais que coletam e não tratam os seus resíduos domésticos

Fonte: http://www.mananciais.org.br/upload_/abastesgotbrasilnov07.pdf

PS.: Quem tiver informações mais recentes, favor postá-las....

Para a nossa região amazônica, deveremos sempre estarmos preocupados com as ações de nossos governantes, para não esquecerem das políticas públicas de investimentos nesta área, evitando poluição dos nossos mananciais, igarapés e garantindo qualidade de vida a todos com a universalização dos serviços....
See less See more
1 - 20 of 24 Posts
Vergonhosos dados para um país que pretende ser qualquer coisa no futuro. A situação de PORTO VELHO-RO é caótica!!!!!
Uma vergonha os índices de saneamento básico das capitais do norte. Demonstra a pouca importância que as autoridades dão para a questão. Para os políticos locais, mais importante do que trabalhar no subsolo, é fazer qualquer porcaria que seja mais visível para a parcela que realmente os elege.
Esses dados são muito antigos... Hoje RO melhorou muito em comparação a isso...
Vergonhosos dados para um país que pretende ser qualquer coisa no futuro. A situação de PORTO VELHO-RO é caótica!!!!!
Que tipo de problemas relacionados ao saneamento basico vc tem enfrentado em PVH, Rafael?
Dados antigos.
Acho que PVH já melhorou bastante, esses dados não refletem mais a realidade desta cidade.
Seria bom postarem os novos dados pra termos como avaliar as políticas pública de cada cidade relacionada ao tema.
Está ocorrendo atualmente a obra de universalização do esgotamento sanitário de Porto Velho.
Essa última semana estavam trabalhando aqui perto de casa em duas instalações de recepção de resíduos :D

Agora tem cidade em Rondônia que tá muito avançada... Cacoal (a que apareceu no JN no Ar) tem uma taxa de cobertura bem alta, não lembro quantos % agora... e Vilhena também, pois ambas são serviços independentes (os SAAEs).
Vergonhosos dados para um país que pretende ser qualquer coisa no futuro. A situação de PORTO VELHO-RO é caótica!!!!!
Vergonhoso é persistir no erro.
E isso Porto Velho não está fazendo :D
Que tipo de problemas relacionados ao saneamento basico vc tem enfrentado em PVH, Rafael?
Fala BR 364, tudo bom?

A verdade é que não consigo conceber uma cidade do tamanho de Porto Velho que não tenha saneamento básico decente. Me desculpe se você acha que estou exigindo demais da cidade, mas no meu bairro a água provém de poço e é escura, turva, suja, fedorenta. Também não temos esgoto (é fossa) e o que mais me irrita é ver água suja acumulada junto ao meio-fio, criando lodo e mau cheiro. Tudo bem que o clima da região é chuvoso, mas também não há rede de escoamento pluvial. Não se vive com saúde num local com essas condições. Os governos de RO deviam ter como primeira medida essa questão do saneamento, de uma vez por todas!!!!!!!!!!!!!

Talvez seja frescura demais da minha parte. De fato, com 26 anos, nascido e criado em BH, nunca vi isso antes. Nunca havia me deparado com esse tipo de problema e situação, na minha cabeça isso é básico demais para existir numa capital do Brasil em pleno século XXI.

Não gosto de assumir o papel de crítico de Porto Velho, afinal estou aqui PORQUE QUERO, ninguém me obrigou. Mas vou te falar, a cidade é muito carente de infra-estrutura básica. Além da questão do saneamento poderia enumerar rapidamente:

1) Asfalto (básico demais tb)
2) Transporte coletivo (ônibus sujos, quentes)
3) Trânsito/sinalização
4) Energia elétrica (aqui em casa acaba energia 3x por semana, no mínimo)
5) Telecomunicações (telefone e internet)
e por aí vai....

Sei que os rondonienses não vão gostar de ler esse post, eu no lugar de vcs tb não gostaria, mas tento ser sincero. De qualquer forma, sei que não é culpa do povo daqui, mesmo porque há muita gente de fora envolvida na política local (principalmente paranaenses, sulistas ou sei lá o que.....). Talvez seja hora de mudar!

Sds.
See less See more
^^
Cara, tu não podes comparar BH com PVH. BH sempre foi favorecida pela sua localização geográfica e ainda pela políticas públicas que sempre beneficiaram o sudeste, acho que você deve saber o que seja a política do café-com-leite durante a República Velha, não é meu caro forista.
Rondônia nunca foi favorecida com nada. Já fez muito com quase nada do governo federal.
Não fique chateado pela minha resposta, isso é apenas um desabafo, pois, parece que os Estados do Norte são sempre os patinhos feios da federação. Tb pudera nós estamos longe do sudeste maravilha.
^^
Eu nem me atrevo comparar BH a PV, por uma simples questão de porte. Mas se comparasse cidades de população semelhante em MG (do interior) com PV (que é capital), aí a coisa fica feia pra PV. Olha, não quero assumir uma postura de arrogância, mesmo pq não faz parte do meu comportamento. Eu só fico indignado com o tanto de sofrimento que a população de Porto Velho é submetida diariamente por razões medíocres. Não estou pedindo metrô, ciclovias, arborização regular, estações de tratamento de esgoto, etc. Só mencionei o básico do básico e que a cidade deixa muito a desejar, entende? E outra, eu não tenho coragem alguma de votar numa Dilma ou Serra da vida. Ambos nem visitaram RO para fazer promessa! Isso é no mínimo descaso.

Para mim, o que salva em PV é o shopping. Não fosse ele e o cinema 3D (algo raro em cidades de porte semelhante pelo Brasil), acho que não conseguiria sobreviver aqui.
A situação no Norte já foi pior, mas agora os Estados estão melhorando.
Fala BR 364, tudo bom?

A verdade é que não consigo conceber uma cidade do tamanho de Porto Velho que não tenha saneamento básico decente. Me desculpe se você acha que estou exigindo demais da cidade, mas no meu bairro a água provém de poço e é escura, turva, suja, fedorenta. Também não temos esgoto (é fossa) e o que mais me irrita é ver água suja acumulada junto ao meio-fio, criando lodo e mau cheiro. Tudo bem que o clima da região é chuvoso, mas também não há rede de escoamento pluvial. Não se vive com saúde num local com essas condições. Os governos de RO deviam ter como primeira medida essa questão do saneamento, de uma vez por todas!!!!!!!!!!!!!

Talvez seja frescura demais da minha parte. De fato, com 26 anos, nascido e criado em BH, nunca vi isso antes. Nunca havia me deparado com esse tipo de problema e situação, na minha cabeça isso é básico demais para existir numa capital do Brasil em pleno século XXI.

Não gosto de assumir o papel de crítico de Porto Velho, afinal estou aqui PORQUE QUERO, ninguém me obrigou. Mas vou te falar, a cidade é muito carente de infra-estrutura básica. Além da questão do saneamento poderia enumerar rapidamente:

1) Asfalto (básico demais tb)
2) Transporte coletivo (ônibus sujos, quentes)
3) Trânsito/sinalização
4) Energia elétrica (aqui em casa acaba energia 3x por semana, no mínimo)
5) Telecomunicações (telefone e internet)
e por aí vai....

Sei que os rondonienses não vão gostar de ler esse post, eu no lugar de vcs tb não gostaria, mas tento ser sincero. De qualquer forma, sei que não é culpa do povo daqui, mesmo porque há muita gente de fora envolvida na política local (principalmente paranaenses, sulistas ou sei lá o que.....). Talvez seja hora de mudar!

Sds.
Rafael, em primeiro lugar quero que saiba que ninguém aqui fica chateado com críticas a Porto Velho ou ao estado de Rondônia, desde que fundamentadas. Se vc, como novo morador de PVH, participasse do Rondônia Notícias, veria o quanto nós mesmos criticamos o que vemos de ruim na capital e em todo o restante do estado. Eu por exemplo, sou um crítico ferrenho do trânsito de PVH. A maioria aqui já morou ou passou um tempo fora, em outras regiões mais antigas e desenvolvidas, então nós temos plena consciência do quanto ainda estamos atrasados em algumas coisas.

As partes que eu negritei foram as que eu, como morador de PVH há décadas, nunca passei por isso. Nunca recebei em nenhuma das casas/aptos onde eu morei uma água como a que vc descreveu. A questão da falta de energia três vezes na mesma semana, é algo que pode acontecer eventualmente, mas é muito raro. Não é algo que faz parte do meu dia a dia. Só por curiosidade, em que bairro vc mora aqui em PVH e em que bairro vc morava em BH?

Quanto aos outros fatores que vc citou, não apenas concordo com vc (dependendo da região da cidade), como sempre critico isso no Rondônia Notícias e em outros threads.

^^
Eu nem me atrevo comparar BH a PV, por uma simples questão de porte. Mas se comparasse cidades de população semelhante em MG (do interior) com PV (que é capital), aí a coisa fica feia pra PV. Olha, não quero assumir uma postura de arrogância, mesmo pq não faz parte do meu comportamento. Eu só fico indignado com o tanto de sofrimento que a população de Porto Velho é submetida diariamente por razões medíocres. Não estou pedindo metrô, ciclovias, arborização regular, estações de tratamento de esgoto, etc. Só mencionei o básico do básico e que a cidade deixa muito a desejar, entende? E outra, eu não tenho coragem alguma de votar numa Dilma ou Serra da vida. Ambos nem visitaram RO para fazer promessa! Isso é no mínimo descaso.

Para mim, o que salva em PV é o shopping. Não fosse ele e o cinema 3D (algo raro em cidades de porte semelhante pelo Brasil), acho que não conseguiria sobreviver aqui.
Ah, meu caro, quem me dera se a única razão pra tornar descabida uma comparação entre PVH e BH fosse o porte.

Todos que vem pra cá tem essa mesma visão, de que PVH, por ser uma "capital", tem que ser uma cidade completa, onde não falta nada. Bem é isso que nós gostaríamos (e estamos cada vez mais caminhando nessa direção), mas cada cidade (e cada capital) tem uma história e PVH tem a sua.

Pra começar, BH, embora não seja muito mais velha que PVH, já nasceu capital. E nasceu capital do estado mais rico e populoso do Brasil (na época), Minas Gerais.

PVH nasceu no meio da selva, como um mero acampamento para operários da construção de uma ferrovia. Até os anos 40, continuou sendo um mera vila ferroviária do interior do Amazonas. Pra vc ter uma idéia da "importância" que a cidade tinha, no Censo de 1940, PVH não estava nem entre as 20 maiores cidades do Amazonas!

Em 1943, se tornou capital de Território Federal, o que também nunca foi grande coisa. Pra se ter uma idéia, a Vila dos Remédios, com menos de 5 mil habitantes, era capital do Território de Fernando de Noronha até os anos 80, pra vc ver como era "importante" ser capital de Território.

Nos anos 60, quando Minas Gerais já tinha uma das maiores malhas rodoviárias do país, boa parte dela pavimentada (sem falar na malha ferroviária), PVH finalmente passou a ter uma estrada ligando-a ao resto do país. Estrada de terra, que ficava instransitável na maior parte do ano.

Em 1982, aí sim, PVH se tornou capital de estado. Capital de um estado que já nasceu tendo que lidar com um crescimento populacional de 17% ao ano e nenhuma infraestrutura pra receber tanta gente.

E em 1984, quando provavelmente todo o interior das Minas Gerais era cortado por rodovias asfaltadas, PVH finalmente ganhou uma. Se quiser comparar PVH com cidades do mesmo porte do centro-sul, considere que PVH nasceu aí, em setembro de 1984. Porto Velho, na prática, nasceu no mesmo ano que vc, pois só aí passou a ser uma capital de estado com pelo menos uma rodovia asfaltada ligando-a ao resto do país. Isso sim é o básico do básico.

Aliás, sugiro que vc, se tiver tempo e interesse, dê uma lida na série de reportagens que eu estou postando neste thread aqui: http://www.skyscrapercity.com/showthread.php?t=1211773
Vai te ajudar a entender um pouco melhor o estado onde vc está vivendo.

Alguns dados pra ilustrar o que eu acabei de escrever.

População dos municípios do Amazonas em 1940

1º. Manaus 106.399
2º. Itacoatiara 23.924
3º. Manacapuru 23.048
4º. Lábrea 19.279
5º. Manicoré 16.899
6º. Eirunepé 16.389
7º. Tefé 15.657
8º. Parintins 15.100
9º. Canutama 15.005
10º. Borba 14.556
11º. Maués 14.497
12º. São Paulo de Olivença 13.698
13º. Boca do Acre 13.444
14º. Coari 13.384
15º. São Gabriel da Cachoeira 13.182
16º. Humaitá 12.386
17º. Carauari 12.322
18º. Codajás 10.702
19º. Fonte Boa 10.653
20º. Boa Vista 10.509 (atual capital de Roraima)
21º. Benjamin Constant 9.260
22º. Porto Velho 8.316 (atual capital de Rondônia)
23º. Barreirinha 7.635
24º. Urucurituba 7.439
25º. Barcelos 5.608
26º. Itapiranga 3.200
27º. Caracaraí 3.024 (atualmente interior de Roraima)
28º. Urucará 2.493

Fonte: IBGE - Censo de 1940


População URBANA de algumas cidades mineiras em 1970 (40 anos atrás) comparadas a Porto Velho

1º. Belo Horizonte - MG 1.228.326
2º. Juiz de Fora - MG 220.390
3º. Governador Valadares - MG 129.565
4º. Uberlândia - MG 111.480
5º. Uberaba - MG 108.313
6º. Contagem - MG 108.021
7º. Montes Claros - MG 85.147
8º. Divinópolis - MG 70.686
9º. Teófilo Otoni - MG 67.094
10º. Sete Lagoas - MG 61.119
11º. Barbacena - MG 59.502
12º. Poços de Caldas - MG 51.777
13º. Araguari - MG 49.809
14º. São João del Rei - MG 47.142
15º. Ituiutaba - MG 47.021
16º. Conselheiro Lafaiete - MG 45.502
17º. Patos de Minas - MG 44.958
18º. Ipatinga - MG 44.721
19º. Itajubá - MG 42.611
20º. Caratinga - MG 41.782
21º. Itabira - MG 41.272
22º. Porto Velho - RO 40.882

Fonte: IBGE - Censo de 1970
See less See more
^^

BR 364: muito obrigado pelos esclarecimentos sobre a história de PV. Nunca tinha parado para ler sobre o passado da cidade. Foi um alento de esperança para mim.

Então, sempre leio o Rondônia Notícias, embora nunca tenha postado lá. Vivo na zona norte da capital (Rio Madeira/Alphaville), perto do shopping que eu tanto frequento....rs... Em BH morava no Nova Floresta.

Ah, gosto da frase da sua assinatura: "Rondônia é Centro-Oeste". Eu penso parecido, até em termos de clima acho que RO tá mais para CO que para o N.
^^ Vc saiu da "Nova Floresta" e foi pra "velha floresta". :D
Essa região onde vc mora era tudo floresta até os anos 80.
Sabe por que a Rio Madeira só tem canteiro central até chegar naquela rotatória da Av. Imigrantes? Porque quando ela foi urbanizada, em 1991, a Rio Madeira só ia até ali. Não havia mais nada pra urbanizar dali pra frente. :D Pra não dizer que não tinha nada, tinha uma estradinha de terra. Aliás, a própria Imigrantes não existia (pelo menos essa parte dela não, ela só ia da balsa até a Jorge Teixeira). Essa parte da Imigrantes, da Jorge Teixeira até a Guaporé, só foi feita em 2000, se não me engano. Até então, era tudo terra.

O Alphaville foi aberto nos anos 80, na época ficava no meio do nada. Nem o colégio Tiradentes existia ainda. Essa parte do bairro Rio Madeira fora do Alphaville é recente, começou a surgir de uns 10, 15 anos pra cá. Até então, o bairro se resumia ao Alphaville. Tanto que quase ninguém conhece o bairro pelo nome certo, todo mundo chama de Alphaville. Eu conheço algumas pessoas que moram no Alphaville e nunca me relataram essa questão da água suja, isso é novidade pra mim. Mas não sei como é essa parte mais nova do bairro. E essa questão da água suja correndo na sarjeta, realmente o Alphaville, apesar de ser uma bairro de classe média-alta, deixa muito a desejar nesse aspecto. Nunca entendi como pessoas com um bom padrão aquisitivo conseguem aceitar ruas sujas e esburacadas como essas do Alphaville, assim, numa boa. Talvez pelo fato das coisas serem bem piores quando elas foram morar aí, então acabaram se acostumando/acomodando. Mas se tiver oportunidade, pergunte pros seus vizinhos mais velhos como era essa região há uns 15, 20 anos atrás.

Mas é isso aí, participe mais do RO notícias e fique à vontade pra postar suas críticas lá, não tenha receio. Quero ver se vc consegue criticar o trânsito de PVH mais do que eu e outras coisas mais do que o Sr. Jirau... :lol:
See less See more
^^

:lol::lol:

Pois é, eu critico.. não pelo mal, sempre pelo bem da cidade e/ou do estado, podendo eu estar certo ou não, mas sempre esponho meu ponto de vista, se estiver errado e me corrigirem, aceito numa boa, e até peço desculpas dependendo do caso, senão, fico com minha opinião. :)

Com relação ao Rafael de BH, tem uns 10 anos que não vou no Alphaville, e realmente, lá de top só tem as casas, porque o fedor de esgoto e as ruas são ou eram, não sei, algo realmente feio. Não sei se isso mudou. Agora, com relação a água fedorenta, tem que ver se o poço que foi furado atingiu alguma área que tenha fossa por perto, as vezes pode ter acontecido isso também.
^^ Nós sabemos, Jirau, nós sabemos... :D

Quanto às ruas do Alphaville, continuam a mesma coisa. Acho que o maior problema lá é a (falta de) drenagem. Agora, precisa ver se não tem drenagem ou se é aquela história de construírem rampas em cima das sarjetas, obstruindo a passagem da água. Aqui perto de casa tem um trecho da Rio Madeira que acumula água suja na sarjeta, mas é porque alguns moradores e comerciantes muito "conscientes" fizeram rampas na sarjeta e represaram a água. Drenagem na avenida eu sei que tem, tanto é que em outros pontos dela não se vê essa água suja na sarjeta, é só nesse trecho (e em alguns outros pontos onde também fecharam a passagem da água).

Agora, eu confesso que fiquei surpreso ao saber que no Alphaville as casas tiram água de poço, porque hoje mais de 60% das residências de PVH recebem água da Caerd. Nunca imaginei que o Alphaville fizesse parte dos menos de 40% que não recebem. De qualquer forma, há alguns meses atrás eu vi obras de saneamento por lá, então o problema deve estar próximo de ser resolvido.
See less See more
^^

Será que a água fedida a qual o Rafael tá falando é "água servida" mesmo, ou seja, aquela água que os próprios moradores jogam na rua?

Outra coisa, com relação ao saneamento, você não acha que vai ter muito cano rompido por aí devido ao afundamento do asfalto por onde foi colocado o cano? To vendo muito isso nas ruas da cidade... mas tomara que dê tudo certo.
1 - 20 of 24 Posts
This is an older thread, you may not receive a response, and could be reviving an old thread. Please consider creating a new thread.
Top