SkyscraperCity banner

1 - 20 of 41 Posts

·
R.I.P. Niki
Joined
·
15,218 Posts
Discussion Starter #1 (Edited)
REAL FORTE PRÍNCIPE DA BEIRA - RONDÔNIA
O maior forte do Brasil!



O Real Forte Príncipe da Beira, na margem direita do rio Guaporé, fronteira natural entre o Brasil e a Bolívia, é o mais antigo monumento histórico de Rondônia. Sua construção foi iniciada em 2 de junho de 1776 pelo engenheiro Domingos Samboceti, que faleceu de malária durante a obra; e concluída em 20 de agosto de 1783 pelo capitão engenheiro Ricardo Franco de Almeida e Serra.

Sua construção teve o objetivo de consolidar a posse da coroa portuguêsa sobre as terras à margem direita dos rios Guaporé e Mamoré, no extremo noroeste do Brasil. Localiza-se há mais de 3.000km do litoral, em ponto ainda hoje de difícil acesso, e em pleno coração da grande floresta Amazônica. Suas coordenadas geográficas são: 12° 25' 47'' de latitude sul, 64° 25' 22" de longitude oeste, e a altitude 220m.

Ao início da obra, disse dela o Governador da Província de Mato Grosso Luis Albuquerque de Mello Pereira e Cáceres, em junho de 1776: "A soberania e o respeito de Portugal impõem que neste lugar se erga um forte, e isso é obra e serviço dos homens de El-Rei, nosso Senhor e, como tal, por mais duro, por mais difícil e por mais trabalho que dê,... é serviço de Portugal. E tem de se cumprir."

A ata da cerimônia de lançamento consagra os quatro baluartes que teria a fortificação a Nossa Senhora da Conceição e Santa Bárbara, adjacentes ao rio; a Santo Antonio de Pádua e Santo André Avelino, os que corresponderiam aos anteriores, nesta ordem, voltados para a floresta.

O Forte é um quadrado com 970m de perímetro, muralhas de 10m de altura e seus quatro baluartes são armados, cada um, com quatorze canhoneiras, construído de acordo com o sistema Vauban. No entorno, um profundo fosso somente permitia ingresso através de ponte elevadiça que conduzia a um portão com 3m de altura, aberto na muralha norte. No interior haviam quatorze residências para o comandante e os oficiais, além de capela, armazém e depósitos.

Uma lápide à entrada do Forte diz, em latim:
"Sendo José I, Rei fidelíssimo de Portugal e do Brasil, Luis Albuquerque de Mello Pereira e Cáceres, por escolha da Majestade Real, Governador e Capitão Geral desta vastíssima Província de Mato Grosso, planejou para ser construída a sólida fundação desta fortaleza com o Augustíssimo nome do Príncipe da Beira com o consentimento daquele Rei fidelíssimo e colocou a primeira pedra no dia 20 de junho do ano de Cristo de 1776. ...".

Apenas para deixar evidente os imensos sacrifícios exigidos para sua construção: quatro de seus canhões, de bronze e calibre 24, enviados de Belém do Pará em 1825, através do rio Tapajós, levaram cinco anos para alcançar seu destino.
O Forte dista 25km da cidade de Costa Marques, e 750km de Porto Velho.

Foi abandonado em 1889, já na República, e permaneceu em absoluto abandono cerca de 40 anos, sendo saqueado e invadido pela floresta. Em 1914 foi reencontrado pelo então Major Rondon, que retornou em 1930 e construiu as instalações da unidade militar que acantonou ao lado das ruínas.

Na masmorra sombria do velho Forte, com janelas de grossas grades, e argolas cravadas na parede, ainda se lê, gravadas nas paredes (respeitando a ortografia dos autores):

No dia 18 de Set. pelas 2 da tarde tremeo a terra 1852.

A Deus ingrata prizão
De ti me despesso obriozo
Tendo suportado gostozo
Em ti a mais dura aflição (ass Juvino)

"Nesta triste e Horrorosa prisão
Vive o pobre e Enfeliz Pacheco
Com groça e comprida corrente ao pescoço.
Mato Groço me prendeo
A Fortaleza me cativou
Preso e cativo estou
De quem tanto me favoreceo
Grande satisfação tevi
Quando em liberdade
Agradecer a boa vontade
Com que alguns senhores
Me fazem seus favores
Nesta minha advercidade
Neste desterro desgraçado
Em que a çorte me lançou
muito agradecido estou
a tropa e o povo honrado
agradecido e obrigado
as esmolas que me teem feito
Capitão Cunha em meu peito
o teu nome tenho gravado
e nele conservado
ca ahonde do Brasil
o reino principia
provincia de Mato Groço
assim chamada
nesta abobada imunda inabitada
noite e dia
com groça e comprida
corrente fria
tem seu colar
no pescoço pendurada
com dois mantos
escolhidos e emprestados
pelos maiores
quena terra havia"

(obs: nada se sabe da sorte do infeliz Pacheco)

O Forte foi tombado pelo Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, em 30/Nov/1937.


Planta




Google Earth




Fotos pequenas e médias




























Fotos grandes (1024 x 768)














 

·
O Show é aqui!
Joined
·
5,738 Posts
Grande BR! :yes::eek:kay::eek:kay::eek:kay::eek:kay::bow::applause::applause::cheers2:cultura, cultura! Não conhecia a história deste forte, interessantíssimoooooooooo! Gigantesco essa obra!
ótimo thread, explicativo e as fotos, lindas.
achei super legal essa passagem::shocked:
"Sendo José I, Rei fidelíssimo de Portugal e do Brasil, Luis Albuquerque de Mello Pereira e Cáceres, por escolha da Majestade Real, Governador e Capitão Geral desta vastíssima Província de Mato Grosso, planejou para ser construída a sólida fundação desta fortaleza com o Augustíssimo nome do Príncipe da Beira com o consentimento daquele Rei fidelíssimo e colocou a primeira pedra no dia 20 de junho do ano de Cristo de 1776. ...".

parabéns BR!:)
 

·
R.I.P. Niki
Joined
·
15,218 Posts
Discussion Starter #6
Valeu, galera! :eek:kay:

Esse forte não está muito bem preservado porque ao contrário de outros fortes pelo Brasil, que ficam nas áreas urbanas de grandes cidades (ex. Fortaleza, Natal, Macapá, etc.), este fica em uma área que até hoje é de difícil acesso. Ele ficou abandonado e foi tomado pela floresta ao longo de séculos, até que o Mal. Rondon o redescobriu no início do século XX.

Hoje, o aproveitamento turístico do mesmo fica comprometido em função da pouquíssima infra-estrutura de que dispõe a região onde ele se encontra. Pra se ter uma idéia, ele fica a 25 km (estrad de terra) da cidade de Costa Marques, tem menos de 10 mil habitantes. A cidade de médio porte mais próxima é Ji-Paraná, que fica a 400 km do forte, por estrada de terra também. Até pra mim que moro em Rondônia é difícil ir lá, tanto que eu moro aqui há 22 anos e nunca fui lá, tenho muita vontade de ir, mas nunca fui.

Tenho certeza que quando a BR-429 for finalmente pavimentada e a cidade de Costa Marques tiver alguns atrativos a mais e melhor infra-estrutura de serviços, essa região vai bombar como destino turístico, pois o forte fica no Vale do Guaporé, que é uma região belíssima. :)
 

·
22°52'S 47°03'W
Joined
·
19,959 Posts
Belíssimo forte! :drool:
O formato é perfeito, a idéia de se fazer nesse lugar ainda no século XVIII para garantir a soberania lusa é incrível. Eu penso que este thread poderia ser tranqüilamente colocado lá no Além-Fronteiras do Fórum Português.

Mas eu gostaria de fazer uma correção - o dado de longitude está errado: na verdade, em vez de 21°17'20" Oeste, é 64°25'22" Oeste.
 

·
R.I.P. Niki
Joined
·
15,218 Posts
Discussion Starter #9
@ Drico: Valeu! :eek:kay:

@ Fabius: O Arpels já fez um thread sobre ele no "Além Fronteiras". Inclusive algumas dessas fotos eu peguei de lá. :D
E obrigado pela correção, a localização realmente tava errada, mas eu já corrigi lá. Quem colocou aquela localização viajou legal... :D
 

·
Banned
Joined
·
11,098 Posts
Nossa!!!!

Eu tbm nem conhecia... Como o Brasil tem lugares incríveis não?

Realmente a geometria dele é incrível...Acho que deveria ser restaurado e melhor aproveitado para o turismo mesmo.
 

·
A Metrópole da Amazônia!
Joined
·
4,110 Posts
Que lindo Forte... que história!!! Muito parecido com o de Macapá, mas fica a seguinte pergunta: é maior do que o Forte de Macapá?
 

·
R.I.P. Niki
Joined
·
15,218 Posts
Discussion Starter #18
^^

"Corria o ano da graça de 1771. Sentado no seu gabinete em Lisboa, Sebastião José de Melo, mais conhecido como Marquês de Pombal, tomava a decisão de edificar a maior fortaleza portuguesa alguma vez construída no Brasil (o seu perímetro soma 970 metros e as muralhas têm 10 metros de altura). (...)"

Fonte: http://www.janelanaweb.com/viagens/amazonia2000_1.html

Eu procurei as dimensões do Forte de Macapá, mas não encontrei em lugar nenhum.

Eu tô sem o Google Earth aqui, mas seria interessante alguém medir os dois com aquele recurso da régua, pra comparar. Acho que nem precisaria medir o perímetro, só a distância de uma extremidade à outra já seria suficiente.
 

·
Registered
Joined
·
6,465 Posts
Surpreende!!! Seu tamanho e beleza(mesmo tendo sido "engolido" pela floresta) ...

Eu QUASE conheci o forte na viagem do colegio(nao tinha mais vaga!) :(
 
1 - 20 of 41 Posts
Top