SkyscraperCity Forum banner

Qual o melhor mapa para as regioes no Continente?

  • 3) Mesmo que 2 mas com Santarém no Litoral Centro

    Votes: 0 0.0%
  • 4) 5 Regioes tendo em conta a agrupaçao dos distritos actuais

    Votes: 0 0.0%
  • 10) 7 regioes agrupadas segundo as suas nuts III (Viseu e Médio Tejo na Beira litoral)

    Votes: 0 0.0%
  • 13) 5 regioes - Lezíria do Tejo dividida entre Alentejo e Lisboa

    Votes: 0 0.0%
  • 14) 7 regioes - Proposta de 1998

    Votes: 0 0.0%
  • 16) 8 regioes - Minho e Douro Litoral separados - Santarém em Lisboa

    Votes: 0 0.0%
  • 22) Sem opiniao/Nao quero responder

    Votes: 0 0.0%
101 - 120 of 215 Posts

·
'tou na lua...
Joined
·
41,754 Posts
por isso talvez seja bom Douro e Minho, Trás-os-Montes (porque Norte é muito vago e muito diferente dos 2 lados do Marão e com necessidades bem diferentes), Beira Litoral (incluiria a antiga Estremadura devido ao distrito de Leiria), Beira Interior, talvez Lisboa e Vale do Tejo com capital em Santarém, Alentejo, Algarve.
 

·
Registered
Joined
·
5,215 Posts
O fundamental é retirar a AML e a AMP de qualquer outra região, qualquer uma destas desequilibra a região onde se inserir, e as ligações as estas estarão sempre asseguradas pois possuem os principais portos e aeroportos do país e os principais lóbis para qualquer investimento que se pretenda fazer.

E separar o interior do litoral, pela mesma ordem de razão, com exceção do Alentejo.
^^

e que pretendes com a regionalizaçao, criar um aeroporto de Braga que distará menos de 50 km do Porto? Qual é o problema que o aeroporto do Porto sirva Braga?? Inclusive serve os galegos! É surrealista criar regioes do tamanho de AMs. Já o disse aquí. As AMs sao voláteis e aumentam cada x tempo, com o qual estarias sempre a mudar as fronteiras das regioes.
Quem vive em Portugal realmente parece ter muita dificuldade em entender o conceito de regiao... talvez por nunca terem vivido com elas. Ora bem, ou aprendem a diferenciar regioes dos outros níveis territoriais ou nunca chegaremos a nenhum consenso.
Parece-me bem implícito, que ao dizer que o Porto é que tem o Aeroporto e o Porto, que não estaria a defender um novo...

O que pretendo é que o investimento seja justo e não o que ocorreu, quando o Porto município recebeu anos a fio mais investimento que a totalidade dos quase 50 municípios que constituem o Minho.

O que pretendo por exemplo é que o Aeroporto tenha uma estação ferroviária e uma ligação à rede ferroviária (11km a ligar o aeroporto à Trofa), que serviria para ligar o Aeroporto directamente a Braga, Guimarães e à Galiza.
O que pretendo é o prolongamento da Linha de Guimarães até Braga e da Linha de Braga até Barcelos. A melhoria das ligações rodoviárias regionais do Baixo Minho e do Alto Minho.
Um investimento justo, por exemplo, o mesmo valor per capita que recebem Porto e Lisboa.

Ao invés temos os lóbis do Porto e Lisboa instalados que dominam os estudos que se fazem em Portugal, e depois surgem pseudo-estudos que justificam construções de CREP's, travessias do Tejo, novos aeroportos e estes são os mesmos que dizem que a ligação Braga-Guimarães não se justifica.

Agora olha para os grandes investimentos programados até 2020 e diz-me se Braga e Guimarães em particular e o Minho no geral, têm motivos para sorrir.
 

·
'tou na lua...
Joined
·
41,754 Posts
região Douro e Minho com capital em Braga ou Guimarães seria boa ideia. E criar assembleias regionais pequenas, do tamanho das assembleias municipais....
 

·
Registered
Joined
·
2,699 Posts
Discussion Starter · #109 ·
vocês entendem, nesse contexto, Aveiro e Viseu como distritos ? Porque há muitos municipios de Viseu que sao regiao Norte, e muitos outros de Aveiro que incluso nao só sao norte como sao AMP.
 

·
Registered
Joined
·
10,162 Posts
Alguém pode por um mapa do Modelo Antigo das Províncias?
Este é o melhor modelo: 11 Províncias/Regiões em Portugal Continental e 2 Regiões Autónomas (Açores e Madeira).

MODELO ANTIGO DAS PROVÍNCIAS

1. Minho (distritos: Braga e Viana do Castelo)
2. Trás-os-Montes (distritos: Bragança e Vila Real)
3. Douro Litoral (distrito: Porto)
4. Beira Alta (distritos: Viseu e Guarda)
5. Beira Litoral (distritos: Aveiro, Coimbra e Leiria)
6. Beira Baixa (distrito: Castelo Branco)
7. Ribatejo (distrito: Santarém)
8. Estremadura (distritos: Setúbal e Lisboa)
9. Alto Alentejo (distritos: Portalegre e Évora)
10. Baixo Alentejo (distrito: Beja)
11. Algarve (distrito: Faro) com Estatuto de Autonomia especial porque foi um Reino separado de Portugal

Regiões Ultramarinas:
12. Açores
13. Madeira
Acho que não se deve separar em Beira Alta e Baixa, mas ficar apenas Beira Interior.

A mesma coisa para o Alentejo, mas acho que a parte do Distrito de Setúbal a sul do Sado devia ser Alentejo também.
 

·
Registered
Joined
·
668 Posts
Esta divisao tem muito mais lógica que a das provincias tradicionais, inventadas em uma época muito diferente da atual. Mas continuam a haver pessoas vinculadas aquilo que lhe ensinaram em geografia quando andavam na primaria, e usam esse argumento para criar limites às regioes propostas. Só alteraría uma das tuas propostas, já que acho que o norte de aveiro (e quizás com aveiro incluido) , porto, braga e viana de castelo devem estar em uma mesma regiao. As necessidades deste bocado de terra litoral é muito diferente das necessidades da zona interior de Vila Real e Bragança.
Pois eu defendo regiões com peso sufeciente para poderem fazer frente a Lisboa e porto. Sejamos realistas, no actual modelo tanto Lisboa como o Porto já monopolizam grande parte do investimente, tendo mais habitantes logo, óbviamente merecem mais investimento, no entanto, temos (tivemos) anos em que o investimento realisado no Porto e em Lisboa não é sequer proporcional ao montante da contribuição dos habitantes locais quanto mais á população. Foi por isso que pus Lisboa e Porto sozinhos a um canto. Defendo regiões com população sufeciente para fazerem frente a estes dois monstros. Do ponto de vista probalístico, parece-me mais provável que o interior receba mais verba estando associado a Coimbra do que estando sozinha, da mesma forma que tanto Lisboa e Porto, provávelmente receberiam apenas os montantes de investimento devidos.

Isto claro, mais importante do que as competências, será discutir o modelo de financiamento das regiões, e isso nem o Costa e o Rio fizeram ainda :(. Discutir as regiões seria sempre uma das últimas coisas. Primeiro sempre o modelo de financiamento, depois as competências e apenas em último as regiões que desejamos.

O mais adequado para o país será algo entre isto:

Posso quase afirmar que Vila de Rei, quase de certeza não desejaria continuar ligada ao interior :(.
 

·
Registered
Joined
·
52,534 Posts
Realmente com a divisão das Beiras e do Norte, como voces dividiram, também faria sentido um Alentejo dividido entre Beja e Évora (tipo Alto e Baixo Alentejo) não? :dunno:
 
Joined
·
5,899 Posts
A divisão do Norte e das Beiras em dois prendeu-se com o facto de se verificar uma grande heterogeneidade entre o litoral e o interior em cada uma destas regiões. No Alentejo tal disparidade não se verifica, tanto entre o litoral e o interior, como entre Beja e Évora. Os dois distritos são mais ou menos similares a nível de urbanismo, densidade demográfica, etc (pelo menos, a olho nu, é o que dá a entender). No Alentejo, a maior disparidade verifica-se, talvez, entre estes dois distritos e o de Portalegre. Contudo, acho que o distrito de Portalegre, por si só, é demasiado pequeno para formar uma região.
 

·
Registered
Joined
·
668 Posts
A divisão do Norte e das Beiras em dois prendeu-se com o facto de se verificar uma grande heterogeneidade entre o litoral e o interior em cada uma destas regiões. No Alentejo tal disparidade não se verifica, tanto entre o litoral e o interior, como entre Beja e Évora. Os dois distritos são mais ou menos similares a nível de urbanismo, densidade demográfica, etc (pelo menos, a olho nu, é o que dá a entender). No Alentejo, a maior disparidade verifica-se, talvez, entre estes dois distritos e o de Portalegre. Contudo, acho que o distrito de Portalegre, por si só, é demasiado pequeno para formar uma região.
Bom se é para ter micro-regiões deem-me a beira-alentejo (nome sobre o qual alguns autores designam o sul da Beira-Baixa) + o Distrito de Portalegre... JÁ. :)

Afinal de contas já somos a mesma diocese :lol:
 

·
Registered
Joined
·
2,699 Posts
Discussion Starter · #118 ·
....
....

eu acho que cada distrito devia dar duas ou três ou mais regioes.
O Marco de Canaveses é muito diferente da AMP, venha uma regiao para a AMP, outra para o Marco. Quem quer mais peixe?
 

·
'tou na lua...
Joined
·
41,754 Posts
Ao Tuga: sim, com a expansão da AMP Aveiro ficou muito ligada ao Porto... mas culturalmente a região é Beira Litoral... e além disso a região está ligada sendo região satélite da cidade do Porto, e terias uma região norte muito extendida. Por isso preferia ter uma região central a desenvolver-se e a depender menos do norte.
 

·
Registered
Joined
·
2,699 Posts
Discussion Starter · #120 · (Edited)
vamos lá ver, para nadar toda cauda precisa de corpo e todo corpo precisa de cabeça. Se começamos a dividir as regiões para cortar corpos às cabeças e esperar fazer do corpo uma nova cabeça nada vai funcionar. Aveiro é parte do corpo que o Porto necesita para funcionar, assim como o é Braga (e vice-versa). Culturalmente não vejo nenhuma diferença,aliás é difícil encontrar diferenças culturais em tão pouco território.
Por outro lado as antigas provincias não são todas regiões naturais porque senão o rio douro separaria regiões e não é assim- a conexão entre algumas sub-regiões é tal que funcionam como uma, e mais numa zona urbana como o noroeste. Hoje em dia tendo comboios suburbanos de Porto a Aveiro ou uma CREP que circunda por ambos distritos parece-me irracional separa-los em regiões diferentes,porque o mais provável é que de futuro sejam cada vez mais uma só região. Seria parecido a separar Setúbal da região de Lisboa.
Não esqueçam que em uma potencial regionalização as regiões serão nuts II e continuarão a existir sub-regiões (nuts III), assim não confundamos ambos níveis territoriais.

Acrescento ainda que a região norte não ficaria muito extensa. Pensa que se dividires Portugal em 3 a região a norte seria muito mais grande daquela que tens agora. Basicamente metade de Portugal é considerado Sul, sobretudo quando escuto dizer que Lisboa é Sul. Pois por essa lógica pega lá numa régua e mede.
 
101 - 120 of 215 Posts
This is an older thread, you may not receive a response, and could be reviving an old thread. Please consider creating a new thread.
Top