SkyscraperCity banner
1 - 12 of 12 Posts

·
Sampa!
Joined
·
5,809 Posts
Discussion Starter · #1 · (Edited)
Rigidez marcam regras para Cidade Limpa em Carapicuíba

Ficam proibidos cartazes, pinturas de muros, carros de som. Já outdoors e faixas serão padronizados

A prefeitura de Carapicuíba promoveu, nesta quinta-feira, audiência pública para apresentar e debater as regras da nova lei sobre restrição de publicidade, semelhante à Lei Cidade Limpa da Capital. O evento contou com a participação de vereadores, secretários municipais e representantes de empresas de outdoors, faixas e placas, além de munícipes. A proposta surgiu do próprio prefeito Sergio Ribeiro (PT) com o objetivo de combater a poluição visual e sonora para melhorar a estética da cidade e ajudar na solução do problema do lixo, apontado pelo prefeito como desafio número 1 de sua gestão.

De acordo com o texto apresentado na audiência, realizada no teatro Jorge Amado, fica terminantemente proibida a colagem de ‘lambe-lambes’ e quaisquer outros tipos de cartazes ou informativos em muros, postes e equipamentos públicos, assim como também serão proibidas pinturas publicitárias em muros. Também entrou para essa lista a publicidade sonora: apenas a prefeitura poderá circular com carros de som pela cidade.

Faixas e outdoors também deverão seguir um padrão de localização e colocação. “Se antes as empresas chegavam na cidade e alugavam qualquer espaço direto com os proprietários de imóveis, agora a nova legislação vai controlar tais abusos, com definição de locais específicos pela prefeitura”, explicou Alexandre Pimentel, secretário de Desenvolvimento Urbano e Habitação. As faixas serão permitidas em apenas 50 pontos, com limite de 3 ou 4 por local. Já a seqüência de outdoors fica proibida: os pontos autorizados poderão ter, no máximo, 3 outdoors distanciados em 100 metros cada.

Quanto às fachadas das lojas, o tamanho de placas e toldos terá que ser adequado à metragem do estabelecimento, nos mesmos moldes previstos na lei da Capital. O projeto de padronização também prevê a proibição de qualquer tipo de anúncio externo, como preços ou promoções, através de faixas, placas e até totens.

Por fim, será proibida a distribuição de panfletos e jornais nas ruas e faróis, e os imóveis à venda ou em locação poderão contar com apenas uma placa e de uma única imobiliária.

Decreto

A proposta integra a campanha “Carapicuíba de Cara Limpa”, lançada por Sergio Ribeiro para combater o problema do lixo e da sujeira na cidade.

Segundo Pimentel, o prefeito deve publicar decreto sobre a regulamentação de publicidade já no mês de agosto, substituindo a idéia original de enviar projeto de lei a ser aprovado pela Câmara Municipal.
“Aqui nunca teve controle de fato das publicidades, apesar de existir muita legislação sobre o tema. O decreto se apresentou como melhor solução porque vai englobar todas as leis já existentes e regulamentá-las”, afirmou Pimentel. Além de sua pasta, também estão envolvidas no estudo as secretarias de Governo, de Receita e Renda, de Trânsito e Transporte e de Assuntos Jurídicos.

O que será proibido?

-colagens de ‘lambe-lambes’ e cartazes em muros e postes
-pinturas em muros
-carros de som
-distribuição de panfletos e jornais em ruas e faróis
-anúncios externos em lojas e uso de totens

O que será readequado?

-tamanhos de placas e toldos nas fachadas das lojas
-quantidade e localização de faixas e outdoors
-colocação de placas de imobiliárias

http://www.webdiario.com.br/?din=view_noticias&id=34497
 

·
Banned
Joined
·
657 Posts
Se tem uma cidade que precisa de uma "lei faxina geral" é Carapicuíba! Boa notícia!:)
 

·
is this it
Joined
·
609 Posts
Principalmente as cidades periféricas da RMSP necessitam de uma lei que melhore o visual desses locais, já largamente maltratados pela poluição visual e pelas propagandas irregulares.
 

·
uma visão geográfica
Joined
·
281 Posts
Em Franca, o prefeito apresentou um projeto de lei bastante semelhante, no entato o "barulho" provocado por comerciantes e publicitários fez com que a Câmara rejeitasse projeto.

Eu vejo que a cidade perde com isso.
Ao meu ver a publicidade dá de fato um aspecto diferenciado nas maiores cidades, sobretudo a noite, com os grandes luminosos.
No entanto, como tudo em excesso é ruim...E descontrolado então!!
Vejo como exemplo São Paulo. Muito se criticou mas hoje a cidade possui uma nova cara.

Existe ao meu ver essa necessidade sim do poder público em regularizar a publicidade e propaganda empregada nos muncípios.
 

·
Registered
Joined
·
11,497 Posts
Limpar Carapicuiba? HAHAHAH! É mais fácil descobrir quem matou JFK.
Conheço Carapicuiba e sei que a cidade é realmente feia de doer mas não camufla sua realidade, ao contrário de S. J. Rio Preto que é uma ilha de lindeza cercada por 110 loteamentos irregulares onde falta o mínimo necessário para alguém se sentir gente.
 

·
Indústria da Multa S.A.
Joined
·
6,320 Posts
Conheço Carapicuiba e sei que a cidade é realmente feia de doer mas não camufla sua realidade, ao contrário de S. J. Rio Preto que é uma ilha de lindeza cercada por 110 loteamentos irregulares onde falta o mínimo necessário para alguém se sentir gente.
:poke: :rofl:
 

·
Scooter/motorbike lover
Joined
·
65,802 Posts
Corretíssima a decisão de Carapiciúba proibir carro de som. Isto é uma praga insuportável, onde os caras colocam o volume do alto-falante no máximo, fazem uma propaganda horrível (onde a expressão "é isso mesmo" é quase obrigatória) e ainda tocam aqueles lixos como música de fundo, sem falar que eles atrapalham o trânsito e rodam na hora que quiserem. Aqui, até já surgiu uma variante: o "moto-som".

Existem vários tipos de publicidade. Carro de som não é publicidade; é apelação que incomoda a todos.
 
1 - 12 of 12 Posts
Top