SkyscraperCity Forum banner

Rio ataca investimentos em Lisboa e falta deles no Porto e Norte

6894 Views 101 Replies 21 Participants Last post by  pedrodepinto
Pergunto eu: como se pode ter deixado chegar isto a este ponto?!
presidente da Câmara do Porto, Rui Rio, criticou, anteontem à noite, a quantidade de investimentos que o Governo de José Sócrates está a preparar para a região de Lisboa, em contraste com a escassez que considera vigorar no Norte do país. "Há anos que acontecem coisas destas, mas agora exagerou-se um pouco", lamentou Rui Rio durante uma intervenção na Assembleia Municipal do Porto.

"O país discutiu o novo aeroporto, depois começou-se a discutir a nova travessia sobre o Tejo, antes tínhamos discutido o TGV e em particular a ligação Lisboa-Madrid e agora temos a frente ribeirinha com mais 400 milhões de euros", desfiou o presidente da Câmara do Porto. Sobre a frente ribeirinha de Lisboa, o edil estabeceleu mesmo uma comparação: "No caso da baixa do Porto, o que há é 60 por cento do capital de SRU [Sociedade de Reabilitação Urbana]. Acho que isto é uma disparidade brutal", enfatizou.

Partindo ainda do princípio que o Turismo de Portugal irá comparticipar com 70 milhões de euros no projecto para a frente ribeirinha da capital, Rui Rio ironizou: "Quantos anos são necessários para o Turismo de Portugal dar 70 milhões de euros ao Porto? Se calhar, 70 anos."

O autarca avisou que "se não há mais investimento no Norte do país, o país perde como um todo", e também não vê vantagens para os lisboetas resultantes destas opções de investimento público. "Quanto mais dinheiro atiram lá para cima, pior é a qualidade de vida em Lisboa", apreciou.

Já na qualidade de presidente da Junta Metropolitana do Porto, Rui Rio avisou ainda que vai dar mais algum tempo para o novo conselho de administração da Metro do Porto se poder inteirar de todos os dossiers, mas, findo esse prazo, exige saber se os investimentos previstos ao nível da 2.ª fase de expansão da rede vão avançar ou não. "Mais um mês ou dois e é preciso saber se temos obra ou não, mais um tempo e nós temos que questionar isso."

A intervenção de Rui Rio mereceu uma réplica veemente e algo indignada por parte de Artur Ribeiro, deputado municipal da CDU. "O senhor presidente devia usar o seu peso institucional para fazer estas reclamações publicamente", começou por desafiar Artur Ribeiro.

"O tratamento que dão ao Norte é uma vergonha e o senhor está sempre calado! Eu acho que devia dizer ao Governo que trate o Porto e o Norte com a dignidade que merecem", insistiu. No entanto, na opinião do eleito comunista, Rui Rio "conforma-se, não tem ambição".
See less
Pergunto eu: como se pode ter deixado chegar isto a este ponto?!
presidente da Câmara do Porto, Rui Rio, criticou, anteontem à noite, a quantidade de investimentos que o Governo de José Sócrates está a preparar para a região de Lisboa, em contraste com a escassez que considera vigorar no Norte do país. "Há anos que acontecem coisas destas, mas agora exagerou-se um pouco", lamentou Rui Rio durante uma intervenção na Assembleia Municipal do Porto.

"O país discutiu o novo aeroporto...
See more
21 - 40 of 102 Posts
Tu tens e algum complexo com as gentes do norte lol

Sentes te superior?

Porque nao das a tua opiniao devidamente fundamentada...

Eu adoraria ler. Talvez fosse um sinal de maturidade
Tu tens e algum complexo com as gentes do norte lol

Sentes te superior?

Porque nao das a tua opiniao devidamente fundamentada...

Eu adoraria ler. Talvez fosse um sinal de maturidade
See more
E o senhor, tem alguma opinião? Tirando que vem de uma familia nobre e "viva o rei"?
…eu, quando não há notícias novas no forum, venho aqui "a cima" divertir-me com as vossas opiniões…
E o senhor, tem alguma opinião? Tirando que vem de uma familia nobre e "viva o rei"?
…eu, quando não há notícias novas no forum, venho aqui "a cima" divertir-me com as vossas opiniões…
See more
Estes fdp roubam na nossa cara.
Estes fdp roubam na nossa cara.
See more
…eu já meti aqui a minha opinião fundamentada sobre a sociedade do Porto, e só do Porto, que conheço bem…embora já não me lembre em que thread…

…eu rio-me sobretudo no vosso elogio ao mundo dos negócios…não existe zona do país onde a corrupção ligada a um aparente empreendedorismo seja tão generalizada…não existem direitos; tratam mal os funcionários…é o país dos patrões todo poderosos…

…na sua grande maioria…não quer dizer que são todos (já pareço o Daniel—PT)…sobretudo vocês não têm capacidade de autocrítica…se for do Porto é tudo bom…

…não vou ser extensivo, para não ofender excessivamente ninguém. Não é essa a minha intenção…

…mas do verbejar do seu povo…à miséria existente…enfim falando do que é notório e visível…não encontro grandes razões de vaidade…

…a miséria evidente que existe no Porto, dos bairros históricos ás suas "ilhas", não existe na maior parte do país…

…por outro lado, ostentação de riqueza como no Porto, também não existe na maior parte do país…

…quando eu fui viver para o Porto no final nos anos 70, o Porto era uma vergonha…rural…miserável…mal-criado…arrogante…as ruas estavam todas esburacadas e em nada fazia lembrar uma grande cidade…eu lembro-me de pensar que se tratava de um grande conjunto de aldeias…absolutamente rurais onde até caminhos (veredas…) desertas existiam…

…depois existia o centro, num estado de conservação indescritível, (que aliás pese o neguem ainda existe…), droga, muita droga, os meliantes, as peixeiras, enfim…nada de que se podesse gostar…pitoresco, sem dúvida…mas eu já conhecia um pouco da europa…

…na sua cultura o que mais me impressionou foi a completa ausência de interesse sobre o sul do país e sobre a Europa…desprezo mesmo…

…das poucas vezes em que se fez visitas de estudo a Lisboa, que englobava os estudantes de belas artes, meia hora depois de se partir já estava tudo gansado ou bêbado…muitos voltaram de comboio no mesmo dia…noite de bebedeira e manhã a ressacar…

…noite?…nada…meia dúzia de discotecas, umas casas de putas ranhosas…o deserto…

…a Foz era o que era…uma aldeia de pescadores que avançava para Matosinhos num bairro de grandes casarões abandonados, decrépito…não existiam os bares das praias…limitando-se a ter no final da Avenida de Montevideu uma zona de prostituição homossexual a que se seguia uma zona de prostituição feminina e alguns travestis…

…nesse tempo (agora dizem que não??) estava sempre a chover de inverno (salvo janeiro) e no verão estava nevoeiro e frio (eu vivia na Foz do Douro)…

…os arranjos das marginais não existiam; os arranjos urbanos não existiam; a animação da noite não existia; a casa da Musica não existia; Serralves estava fechado…e o interior do Porto, tal como no resto do país, estava destruído pelos patos…também não existiam autoestradas nem vias rápidas, nem shopings (salvo o Boavista e o Dalas, construído à época)…

…Gaia era um caos meio urbanizado e Matosinhos tinha fechado para obras…Na zona de Leça…nada tirando as piscinas e o pavilhão de chá do Siza…

…resumindo…a cidade do Porto teve uma grande evolução nas suas infraestruturas, pintou a cara e evoluiu um pouco…mas as mentalidades…
See less
…eu já meti aqui a minha opinião fundamentada sobre a sociedade do Porto, e só do Porto, que conheço bem…embora já não me lembre em que thread…

…eu rio-me sobretudo no vosso elogio ao mundo dos negócios…não existe zona do país onde a corrupção ligada a um aparente empreendedorismo seja tão generalizada…não existem direitos; tratam mal os funcionários…é o país dos patrões todo poderosos…

…na sua grande maioria…não quer dizer que são todos (já pareço o Daniel—PT)…sobretudo vocês não têm...
See more
Meu amigo assim ja percebo a sua aversão....

As mentalidades de zonas como a ribeira e bairros sociais continua igual isto generalizando nao tendo em conta uma ou outra pessoa...

Mas tens que ver q agora o porto nao e o centro e pessoalmente pouco conheço do centro do porto...

As pessoas deslocalizaram-se vivem agora no exterior muitas tiveram uma educação digna....Mas isso leva tempo... N te esqueças q o Norte e a zona mais pobre de Portugal e que isso tras por si so muita falta de cultura educaçao ... Agora o que nos debatemos e poque somos a zona mais pobre? E ai este thread tem todo o sentido...

Falta investimento falta trabalho para poder pagar a educaçao das pessoas... Falta muita coisa, poque uma pessoa n e melhor ou pior q as outras a nascença nascemos todos iguais depois molda-se consoante o ambiente social que se vive e no Porto, fruto de muitas decisoes politicas, erros de pessoas da propria cidade, alguns oprtunistas a cidade foi-se atrasando...

Mas vendo a realidade tal como ela é somos sinceros os sucessivos governos sempre se lembraram do Porto para ganhar eleiçoes... Inda agora o Passos Coelho lembrou-se de vir a Gaia...

Nos proximos anos varios mega investimentos vao todos para a mesma zona, cito aeroporto, ponte, reconversao da zona ribeirinha, ligaçao de linha de cascais com o resto das linhas.... Milhoes e Milhoes de euros investidos na zona mais rica do Pais, com mais qualidade de vida... Agora poem te no lugar de um Nortenho...

Mas pa que raiu serve o estado?? Para aproximar classes sociais ou para criar mais divergencias entre as regiões?

Eu nao axo q haja uma cabala lisboeta contra o resto do Pais mas que a situação priveligiada de o Poder central ser localizada em Lisboa benefecia a regiao e tenhu com um grau com um grau de confiança elevado quase a certeza que ja tenha havido "trafico de influencia" nos corredores do terreiro do paço. E esta aristocracia q tem que acabar.

Para bem de uma elevado numero de portugueses que não podem servir so para bater palmas nas campanhas....
…eu já meti aqui a minha opinião fundamentada sobre a sociedade do Porto, e só do Porto, que conheço bem…embora já não me lembre em que thread…

…eu rio-me sobretudo no vosso elogio ao mundo dos negócios…não existe zona do país onde a corrupção ligada a um aparente empreendedorismo seja tão generalizada…não existem direitos; tratam mal os funcionários…é o país dos patrões todo poderosos…

…na sua grande maioria…não quer dizer que são todos (já pareço o Daniel—PT)…sobretudo vocês não têm capacidade de autocrítica…se for do Porto é tudo bom…

…não vou ser extensivo, para não ofender excessivamente ninguém. Não é essa a minha intenção…

…mas do verbejar do seu povo…à miséria existente…enfim falando do que é notório e visível…não encontro grandes razões de vaidade…

…a miséria evidente que existe no Porto, dos bairros históricos ás suas "ilhas", não existe na maior parte do país…

…por outro lado, ostentação de riqueza como no Porto, também não existe na maior parte do país…

…quando eu fui viver para o Porto no final nos anos 70, o Porto era uma vergonha…rural…miserável…mal-criado…arrogante…as ruas estavam todas esburacadas e em nada fazia lembrar uma grande cidade…eu lembro-me de pensar que se tratava de um grande conjunto de aldeias…absolutamente rurais onde até caminhos (veredas…) desertas existiam…

…depois existia o centro, num estado de conservação indescritível, (que aliás pese o neguem ainda existe…), droga, muita droga, os meliantes, as peixeiras, enfim…nada de que se podesse gostar…pitoresco, sem dúvida…mas eu já conhecia um pouco da europa…

…na sua cultura o que mais me impressionou foi a completa ausência de interesse sobre o sul do país e sobre a Europa…desprezo mesmo…

…das poucas vezes em que se fez visitas de estudo a Lisboa, que englobava os estudantes de belas artes, meia hora depois de se partir já estava tudo gansado ou bêbado…muitos voltaram de comboio no mesmo dia…noite de bebedeira e manhã a ressacar…

…noite?…nada…meia dúzia de discotecas, umas casas de putas ranhosas…o deserto…

…a Foz era o que era…uma aldeia de pescadores que avançava para Matosinhos num bairro de grandes casarões abandonados, decrépito…não existiam os bares das praias…limitando-se a ter no final da Avenida de Montevideu uma zona de prostituição homossexual a que se seguia uma zona de prostituição feminina e alguns travestis…

…nesse tempo (agora dizem que não??) estava sempre a chover de inverno (salvo janeiro) e no verão estava nevoeiro e frio (eu vivia na Foz do Douro)…

…os arranjos das marginais não existiam; os arranjos urbanos não existiam; a animação da noite não existia; a casa da Musica não existia; Serralves estava fechado…e o interior do Porto, tal como no resto do país, estava destruído pelos patos…também não existiam autoestradas nem vias rápidas, nem shopings (salvo o Boavista e o Dalas, construído à época)…

…Gaia era um caos meio urbanizado e Matosinhos tinha fechado para obras…Na zona de Leça…nada tirando as piscinas e o pavilhão de chá do Siza…

…resumindo…a cidade do Porto teve uma grande evolução nas suas infraestruturas, pintou a cara e evoluiu um pouco…mas as mentalidades…
See less
Meu amigo assim ja percebo a sua aversão....

As mentalidades de zonas como a ribeira e bairros sociais continua igual isto generalizando nao tendo em conta uma ou outra pessoa...

Mas tens que ver q agora o porto nao e o centro e pessoalmente pouco conheço do centro do porto...

As pessoas deslocalizaram-se vivem agora no exterior muitas tiveram uma educação digna....Mas isso leva tempo... N te esqueças q o Norte e a zona mais pobre de Portugal e que isso tras por si so muita falta de...
See more
Bem se o Prof Godin faz opiniões pelos anos 70, então que se teria de dizer de Lisboa que nessa altura tinha tamanha quantidade de bairros de lata , mais similar a Harare.

Depois, só alguém ressabiado ou com complexos poderá dizer que no Porto não existe cultura ou interesse pela Europa.
Se em todas as áreas temos e emitimos os melhores representantes deste país.........

Bem a declaraçã acima do sr Godinho foi de má fé pois pintou uma imagem,numa época , que infelizmente, adaptava-se a todo o país, sobretudo ás maiores cidades- centros empobrecidos , pouca oferta cultural e subúrbios ainda piores do que são actualmente.
Descrever isto como se fosse exclusivo de uma cidade ´´e patético.
…eu já meti aqui a minha opinião fundamentada sobre a sociedade do Porto, e só do Porto, que conheço bem…embora já não me lembre em que thread…

…eu rio-me sobretudo no vosso elogio ao mundo dos negócios…não existe zona do país onde a corrupção ligada a um aparente empreendedorismo seja tão generalizada…não existem direitos; tratam mal os funcionários…é o país dos patrões todo poderosos…

…na sua grande maioria…não quer dizer que são todos (já pareço o Daniel—PT)…sobretudo vocês não têm capacidade de autocrítica…se for do Porto é tudo bom…

…não vou ser extensivo, para não ofender excessivamente ninguém. Não é essa a minha intenção…

…mas do verbejar do seu povo…à miséria existente…enfim falando do que é notório e visível…não encontro grandes razões de vaidade…

…a miséria evidente que existe no Porto, dos bairros históricos ás suas "ilhas", não existe na maior parte do país…

…por outro lado, ostentação de riqueza como no Porto, também não existe na maior parte do país…

…quando eu fui viver para o Porto no final nos anos 70, o Porto era uma vergonha…rural…miserável…mal-criado…arrogante…as ruas estavam todas esburacadas e em nada fazia lembrar uma grande cidade…eu lembro-me de pensar que se tratava de um grande conjunto de aldeias…absolutamente rurais onde até caminhos (veredas…) desertas existiam…

…depois existia o centro, num estado de conservação indescritível, (que aliás pese o neguem ainda existe…), droga, muita droga, os meliantes, as peixeiras, enfim…nada de que se podesse gostar…pitoresco, sem dúvida…mas eu já conhecia um pouco da europa…

…na sua cultura o que mais me impressionou foi a completa ausência de interesse sobre o sul do país e sobre a Europa…desprezo mesmo…

…das poucas vezes em que se fez visitas de estudo a Lisboa, que englobava os estudantes de belas artes, meia hora depois de se partir já estava tudo gansado ou bêbado…muitos voltaram de comboio no mesmo dia…noite de bebedeira e manhã a ressacar…

…noite?…nada…meia dúzia de discotecas, umas casas de putas ranhosas…o deserto…

…a Foz era o que era…uma aldeia de pescadores que avançava para Matosinhos num bairro de grandes casarões abandonados, decrépito…não existiam os bares das praias…limitando-se a ter no final da Avenida de Montevideu uma zona de prostituição homossexual a que se seguia uma zona de prostituição feminina e alguns travestis…

…nesse tempo (agora dizem que não??) estava sempre a chover de inverno (salvo janeiro) e no verão estava nevoeiro e frio (eu vivia na Foz do Douro)…

…os arranjos das marginais não existiam; os arranjos urbanos não existiam; a animação da noite não existia; a casa da Musica não existia; Serralves estava fechado…e o interior do Porto, tal como no resto do país, estava destruído pelos patos…também não existiam autoestradas nem vias rápidas, nem shopings (salvo o Boavista e o Dalas, construído à época)…

…Gaia era um caos meio urbanizado e Matosinhos tinha fechado para obras…Na zona de Leça…nada tirando as piscinas e o pavilhão de chá do Siza…

…resumindo…a cidade do Porto teve uma grande evolução nas suas infraestruturas, pintou a cara e evoluiu um pouco…mas as mentalidades…
See less
Bem se o Prof Godin faz opiniões pelos anos 70, então que se teria de dizer de Lisboa que nessa altura tinha tamanha quantidade de bairros de lata , mais similar a Harare.

Depois, só alguém ressabiado ou com complexos poderá dizer que no Porto não existe cultura ou interesse pela Europa.
Se em todas as áreas temos e emitimos os melhores representantes deste país.........

Bem a declaraçã acima do sr Godinho foi de má fé pois pintou uma imagem,numa época , que infelizmente, adaptava-se a...
See more
Sem dúvida.

eu rio-me sobretudo no vosso elogio ao mundo dos negócios…não existe zona do país onde a corrupção ligada a um aparente empreendedorismo seja tão generalizada…não existem direitos; tratam mal os funcionários…é o país dos patrões todo poderosos…
…por outro lado, ostentação de riqueza como no Porto, também não existe na maior parte do país…
Ainda hoje as famílias mais ricas do país são de lá. Heranças do feudalismo. As mesmas que espicaçam o povo a odiar o Sul.

Se o Porto fosse capital... sendo Lisboa uma "cidade de Mouros", imagina mais a sul como é que o país seria tratado...

…na sua cultura o que mais me impressionou foi a completa ausência de interesse sobre o sul do país e sobre a Europa…desprezo mesmo…
Se dizes que és Alentejano em Lisboa, brincam contigo. No Porto, se sabem que és de Lisboa, olham-te desconfiados, mas se dizes que és do Alentejo, muitas pessoas olham-te como se fosses de uma raça inferior, algo que eu não conheço no Sul do país.

Lembro-me de um amigo meu que tem uns amigos da família no Porto... e então dizia o gajo do bigode, baixinho e muito escuro em tom gozão: "oh seu Mâuro" (até porque estão habituados a insultar e a chamar nomes porque se acham um Pôbo Muito Forte, sem medo de "Mâuros")... sendo esse amigo meu loiro/olhos-azuis e com mais uns 30cm de altura. Ele teve uma saída cómica: "ai eu é que sou o Mouro... e espelhos, não há?". Fez uma cara de engole-sapo e nunca mais falou em Mâuros.

…resumindo…a cidade do Porto teve uma grande evolução nas suas infraestruturas, pintou a cara e evoluiu um pouco…mas as mentalidades…
Não sei como está o panorama, mas temos bons exemplos aqui no fórum...
See less
Sem dúvida.

eu rio-me sobretudo no vosso elogio ao mundo dos negócios…não existe zona do país onde a corrupção ligada a um aparente empreendedorismo seja tão generalizada…não existem direitos; tratam mal os funcionários…é o país dos patrões todo poderosos…
…por outro lado, ostentação de riqueza como no Porto, também não existe na maior parte do país…
Ainda hoje as...
See more
És é doente... bairros-de-lata em Lisboa, sim, depois do 25 de Abril, para acolher milhares de retornados que chegaram só com o que traziam vestido.

Como partes do pressuposto que isto aqui é Marrocos, aplicas a filosofia que aprendeste: Quando o Porto está mal, Lisboa é sempre pior. E se acontecer o contrário, a culpa é dos Lisboetas que não deixam o Porto ser melhor.

Tu fazes parte da mentalidadezinha que o Prof Godin descreveu: Cultivar o desprezo pelo Sul. Dizer que ele tem má fé por expor uma realidade que ele conheceu É má-fé e É patético.
Bem se o Prof Godin faz opiniões pelos anos 70, então que se teria de dizer de Lisboa que nessa altura tinha tamanha quantidade de bairros de lata , mais similar a Harare.
See less
És é doente... bairros-de-lata em Lisboa, sim, depois do 25 de Abril, para acolher milhares de retornados que chegaram só com o que traziam vestido.

Como partes do pressuposto que isto aqui é Marrocos, aplicas a filosofia que aprendeste: Quando o Porto está mal, Lisboa é sempre pior. E se acontecer o contrário, a culpa é dos Lisboetas que não deixam o Porto ser melhor.

Tu fazes parte da mentalidadezinha que o Prof Godin descreveu: Cultivar o desprezo pelo Sul. Dizer que ele tem má fé por...
See more
Nao querrendo defender ninguem eu nao vi o OPO.RVK a chamar marrocos a ninguem nao desrespeitando a cultura marroquina pois ja la estive...

e queriam comprar a minha mae por 2 camelos:lol:
És é doente... bairros-de-lata em Lisboa, sim, depois do 25 de Abril, para acolher milhares de retornados que chegaram só com o que traziam vestido.

Como partes do pressuposto que isto aqui é Marrocos, aplicas a filosofia que aprendeste: Quando o Porto está mal, Lisboa é sempre pior. E se acontecer o contrário, a culpa é dos Lisboetas que não deixam o Porto ser melhor.

Tu fazes parte da mentalidadezinha que o Prof Godin descreveu: Cultivar o desprezo pelo Sul. Dizer que ele tem má fé por expor uma realidade que ele conheceu É má-fé e É patético.
See less
Nao querrendo defender ninguem eu nao vi o OPO.RVK a chamar marrocos a ninguem nao desrespeitando a cultura marroquina pois ja la estive...

e queriam comprar a minha mae por 2 camelos:lol:
És é doente... bairros-de-lata em Lisboa, sim, depois do 25 de Abril, para acolher milhares de retornados que chegaram só com o que traziam vestido.

Como partes do pressuposto que isto aqui é Marrocos, aplicas a filosofia que aprendeste: Quando o...
See more
Se o Porto isto se o porto aquilo..... Se....se....se....se.....

se fossemos uma cidade africana eramos assim assado... e o país sofreria muito....

Mas não somos.....

a Opinião do Prof. é a uma opinião válida.... Mas é uma opinião horrivel do Porto, que a meu ver não corresponde à realidade....

Quanto ao sentido crítico, temos, e muito.... mas é nosso para resolver os nossos problemas.... e não um sentido crítico bota-abaixo como o do Prof. .....

Insulta as gentes do porto, acha que estamos atrás.... nem comento isso....

O Porto é uma cidade Bem europeia.... é como é, é única como é.... e se tem caminhos de cabras e não parece uma cidade grande, tanto melhor.... somos a melhor cidade porque todas as outras ainda não chegaram ao estado do porto!

O Porto só quer traçar o seu caminho.... queremos ser nós a lidar com os nossos problemas.....

é que não deixarem o Porto tratar de si, mas depois hipócritamente virem criticar os nossos problemas não me parece honesto.....

Não precisamos que nos digam o que é bom para nós, ou o que devemos ser....
See less
Se o Porto isto se o porto aquilo..... Se....se....se....se.....

se fossemos uma cidade africana eramos assim assado... e o país sofreria muito....

Mas não somos.....

a Opinião do Prof. é a uma opinião válida.... Mas é uma opinião horrivel do Porto, que a meu ver não corresponde à realidade....

Quanto ao sentido crítico, temos, e muito.... mas é nosso para resolver os nossos problemas.... e não um sentido crítico bota-abaixo como o do Prof. .....

Insulta as gentes do porto, acha que...
See more
Leiam as opiniões subjectivas do Prof e do Ricardo e pensem um pouco acerca da vossa identidade e estereotipos..

Eles não referiram as coisas boas, que o norte também as tem..
Leiam as opiniões subjectivas do Prof e do Ricardo e pensem um pouco acerca da vossa identidade e estereotipos..

Eles não referiram as coisas boas, que o norte também as tem..
See more
Bom, n querendo estar a acirrar ânimos, q pelos vistos já andam um cadito inflamados, tenho q dar uma certa razão ao professor Godin. Eu estive na cidade do Porto pela 1.ª vez aí há uns 17 anos e a minha 1.ª impressão n foi das melhores, como tb n o era de Braga q conhecia há mais tempo.Achei cidades muito paradas no tempo, velhas, subdesenvolvidas, digamos um pouco "ruralizadas"...mas para ficarem contentes, Lisboa na altura n estava melhor, enfim, eramos um pais "estagnado"...
Entretanto tenho ido ao Porto e a Braga (vou lá muitas vezes pq tenho lá familiares) e a evolução em pouco mais de 10 anos tem sido fabulosa, quer a nível de infraestruturas rodoviárias, q em alguns casos a qualidade de algumas delas é muito superior ás de Lisboa, tb pq são mais recentes e a construção um pouco por todo o lado. DE cidades "ruralizadas" passaram a grandes urbes o q é bom para um desnvolvimento mais equitativo deste país!
Agora o q n concordo é com os constantes ataques a Lisboa no q concerne a avultados investimentos.Ok q sendo uma região rica e desenvolvida, os mesmos investimentos deveriam ser canalizados PARA OUTRAS REGIÕES!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! e n somente para o Porto....O Porto já é uma região bastante desenvolvida, agora a sua economia local é q precisa de ser alterada, os tempos da mão de obra barata já acabaram....q tal por cativarem investimentos no ãmbito das tecnologias????????? N estejam á espera q seja o governo Central a fazer tudo, já o sabemos de há muito tempo, q se estamos á espera deles bem podemos esperar sentados...Vejam o caso de sucesso de Oeiras...
Bom, só espero sinceramente q esta divisão entre o Porto (e n é o Norte é só o Porto), divisão essa alimentada pelas rivalidades clubísticas:eek:hno: acabe e q sejamos um país á séria e n um retalho de terra onde impera a mesquinhez e a inveja:eek:hno:
See less
Bom, n querendo estar a acirrar ânimos, q pelos vistos já andam um cadito inflamados, tenho q dar uma certa razão ao professor Godin. Eu estive na cidade do Porto pela 1.ª vez aí há uns 17 anos e a minha 1.ª impressão n foi das melhores, como tb n o era de Braga q conhecia há mais tempo.Achei cidades muito paradas no tempo, velhas, subdesenvolvidas, digamos um pouco "ruralizadas"...mas para ficarem contentes, Lisboa na altura n estava melhor, enfim, eramos um pais "estagnado"...
Entretanto...
See more
... ao menos pusessem aqui uma foto do rui rio junto a um prédio qualquer... sempre se entendia melhor porque é que esta conversa da treta está em "Fotos / Urbanismo"...
... ao menos pusessem aqui uma foto do rui rio junto a um prédio qualquer... sempre se entendia melhor porque é que esta conversa da treta está em "Fotos / Urbanismo"...
See more
Já estás a ultrapassar a tua quota de estupidez e alarvidade, que devido ás baboseiras que espalhas com frequência inaudita, é por especial favor, bastante tolerante.


Depois, só um ignorante atávico poderá dizer que o Porto tem uma cultura feudal.
Para os pobres de cristo como tu, incapazes, de conhecimentos curtos e palavras ocas, ensino-te que o Porto desde sempre, baseou-se na burguesia e no comércio, com os respectivos representantes a tomarem as decisões colegialmente, na chamada Casa dos 24, uma espécie de assembleia medieval.
Nunca existiu um domínio feudal e se fosses mais literato saberias que até ao séc.XVI era proibida a estadia a nobres durante mais de 3 dias, dificultando um pouco qualquer espécie de domínio feudal.
No entanto, a presença e enraizamento de estrangeiros existiu desde sempre pois ao contrário de outros sítios, não nos faz espécie quem queira trabalhar e lutar pela vida.

O teu restante discurso além de inócuo e cheio de estereótipos alimentados por terceiros, com total ausência de aargumentos e factos que o sustentem vai directamente para a galeria das verborreias desprezíveis.
Sem dúvida.



Ainda hoje as famílias mais ricas do país são de lá. Heranças do feudalismo. As mesmas que espicaçam o povo a odiar o Sul.

Se o Porto fosse capital... sendo Lisboa uma "cidade de Mouros", imagina mais a sul como é que o país seria tratado...



Se dizes que és Alentejano em Lisboa, brincam contigo. No Porto, se sabem que és de Lisboa, olham-te desconfiados, mas se dizes que és do Alentejo, muitas pessoas olham-te como se fosses de uma raça inferior, algo que eu não conheço no Sul do país.

Lembro-me de um amigo meu que tem uns amigos da família no Porto... e então dizia o gajo do bigode, baixinho e muito escuro em tom gozão: "oh seu Mâuro" (até porque estão habituados a insultar e a chamar nomes porque se acham um Pôbo Muito Forte, sem medo de "Mâuros")... sendo esse amigo meu loiro/olhos-azuis e com mais uns 30cm de altura. Ele teve uma saída cómica: "ai eu é que sou o Mouro... e espelhos, não há?". Fez uma cara de engole-sapo e nunca mais falou em Mâuros.



Não sei como está o panorama, mas temos bons exemplos aqui no fórum...
See less
Já estás a ultrapassar a tua quota de estupidez e alarvidade, que devido ás baboseiras que espalhas com frequência inaudita, é por especial favor, bastante tolerante.


Depois, só um ignorante atávico poderá dizer que o Porto tem uma cultura feudal.
Para os pobres de cristo como tu, incapazes, de conhecimentos curtos e palavras ocas, ensino-te que o Porto desde sempre, baseou-se na burguesia e no comércio, com os respectivos representantes a tomarem as decisões colegialmente, na chamada Casa...
See more
Os habitantes de Porto, mesmo Porto são de características muito particulares...

Além de ter das pessoas que eu mais detesto em Portugal, tem também das pessoas mais fantásticas do País, em todo o tipo de áreas... A zona faz realçar os bons que se tornam muito bons e destrói os que não se conseguem safar.



Não ofusquem as palavras do Dr. Rui Rio porque elas são muito importantes :)
Os habitantes de Porto, mesmo Porto são de características muito particulares...

Além de ter das pessoas que eu mais detesto em Portugal, tem também das pessoas mais fantásticas do País, em todo o tipo de áreas... A zona faz realçar os bons que se tornam muito bons e destrói os que não se conseguem safar.



Não ofusquem as palavras do Dr. Rui Rio porque elas são muito importantes :)
See more
por isso salvaguardei indirectamente o facto de ele ter falado da região salientando tb k até hoje a o Porto e grande Porto estava-se a burrifar, se não se estivessem a burrifar a A4 já chegaria a Bragança e a ligação Guarda/Bragança seria também uma realidade, não é, para a zona de Aveiro a unica via de penetração para o interior em direcção a Espanha é o antigo IP5, para norte nada, até agora tem sido só no grande Porto o investimento, grande Porto onde não falta nada e se esta a 100 e muitos da média Europeia, enquanto o restante norte vai lá vai, alguns lados nem a 50%, resumindo, os cancros continuam os mesmo Lisboa á frente e o Porto atráz, eles agora até já nascem ai e vem aqui encher o bolso, nada diferente dos k nascem ai e enchem ai o bolso...


O homem referiu que n teria nada a dizer se o investimento fosse realizado no interior. Como n é, tem toda a legitimidade para tb se queixar!
Nao querrendo defender ninguem eu nao vi o OPO.RVK a chamar marrocos a ninguem nao desrespeitando a cultura marroquina pois ja la estive...

e queriam comprar a minha mae por 2 camelos:lol:
e será k a senhora vale 2 camelos? :|

falem de Lisboa, falem bem ou mal mas falem ;)
See less
por isso salvaguardei indirectamente o facto de ele ter falado da região salientando tb k até hoje a o Porto e grande Porto estava-se a burrifar, se não se estivessem a burrifar a A4 já chegaria a Bragança e a ligação Guarda/Bragança seria também uma realidade, não é, para a zona de Aveiro a unica via de penetração para o interior em direcção a Espanha é o antigo IP5, para norte nada, até agora tem sido só no grande Porto o investimento, grande Porto onde não falta nada e se esta a 100 e...
See more
Castiço. Afinal, temos uma opinião sobre o Porto baseada nos anos 70, meia dúzia de paternalismos e dois posts que nem vale a pena classificar. Até pq o OPO já os comentou da forma que merecem ser comentados...
Castiço. Afinal, temos uma opinião sobre o Porto baseada nos anos 70, meia dúzia de paternalismos e dois posts que nem vale a pena classificar. Até pq o OPO já os comentou da forma que merecem ser comentados...
See more
Mas indo aos que vale a pena comentar:

Bom, n querendo estar a acirrar ânimos, q pelos vistos já andam um cadito inflamados, tenho q dar uma certa razão ao professor Godin. Eu estive na cidade do Porto pela 1.ª vez aí há uns 17 anos e a minha 1.ª impressão n foi das melhores, como tb n o era de Braga q conhecia há mais tempo.Achei cidades muito paradas no tempo, velhas, subdesenvolvidas, digamos um pouco "ruralizadas"...mas para ficarem contentes, Lisboa na altura n estava melhor, enfim, eramos um pais "estagnado"...Entretanto tenho ido ao Porto e a Braga (vou lá muitas vezes pq tenho lá familiares) e a evolução em pouco mais de 10 anos tem sido fabulosa, quer a nível de infraestruturas rodoviárias, q em alguns casos a qualidade de algumas delas é muito superior ás de Lisboa, tb pq são mais recentes e a construção um pouco por todo o lado. DE cidades "ruralizadas" passaram a grandes urbes o q é bom para um desnvolvimento mais equitativo deste país!
Agora o q n concordo é com os constantes ataques a Lisboa no q concerne a avultados investimentos.Ok q sendo uma região rica e desenvolvida, os mesmos investimentos deveriam ser canalizados PARA OUTRAS REGIÕES!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! e n somente para o Porto....O Porto já é uma região bastante desenvolvida, agora a sua economia local é q precisa de ser alterada, os tempos da mão de obra barata já acabaram....q tal por cativarem investimentos no ãmbito das tecnologias????????? N estejam á espera q seja o governo Central a fazer tudo, já o sabemos de há muito tempo, q se estamos á espera deles bem podemos esperar sentados...Vejam o caso de sucesso de Oeiras...
Bom, só espero sinceramente q esta divisão entre o Porto (e n é o Norte é só o Porto), divisão essa alimentada pelas rivalidades clubísticas acabe e q sejamos um país á séria e n um retalho de terra onde impera a mesquinhez e a inveja
Efectivamente o Porto evoluiu bastante nos últimos 10-15 anos. Reabilitaram-se mtas zonas de lazer, criaram-se zonas habitacionais de qualidade, a nível de mobilidade o metro foi um "upgrade" excelente. Ng nega isso, e a evolução n foi só no Porto, foi em grande parte do país.
Qto a isto:

Agora o q n concordo é com os constantes ataques a Lisboa no q concerne a avultados investimentos.Ok q sendo uma região rica e desenvolvida, os mesmos investimentos deveriam ser canalizados PARA OUTRAS REGIÕES!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! e n somente para o Porto....
tb concordo perfeitamente que os investimentos deveriam ser canalizados para outras regiões. Como o Rui Rio disse, ng se queixava se o investimento fosse canalizado para o Alentejo, para as Beiras ou para Tras-os-Montes. Claro que é demagógico falar que essas regiões deviam absorver a grande maior parte do investimento, mas merecem sem dúvida muito mais do que têm recebido. Tb ng diz que n se deve investir em Lx e Lx n deva ter, pela sua demografia, investimento superior a qq outra região. O que n se entende e o que se critica é a abissal diferença que se verifica hoje! Por outro lado, o centralismo político que se verifica hoje em dia acaba por afunilar o investimento estrangeiro no país e a fazer com que as empresas nacionais se deslocalizem para a capital! Ou julgas que Oeiras era possível noutro ponto qq do país, neste momento?? Estas duas coisas em simultâneo só podem ser alvo de crítica, infelizmente confundida com outras coisas por mta gente... Se o estado n serve para compensar e equilibrar o país de modo a promover desenvolvimento sustentado e harmonioso nas suas regiões, serve para quê???
See less
Mas indo aos que vale a pena comentar:

Bom, n querendo estar a acirrar ânimos, q pelos vistos já andam um cadito inflamados, tenho q dar uma certa razão ao professor Godin. Eu estive na cidade do Porto pela 1.ª vez aí há uns 17 anos e a minha 1.ª impressão n foi das melhores, como tb n o era de Braga q conhecia há mais tempo.Achei cidades muito paradas no tempo, velhas, subdesenvolvidas, digamos um pouco "ruralizadas"...mas para ficarem contentes, Lisboa na altura n estava melhor...
See more
Isso n é verdade, pq sempre ouvi vozes do Porto nesse sentido. De qq maneira, mesmo que n ouvisse, será que os políticos do Porto devem ser provedores do que se passa nas outras regiões?? O Rui Rio ou o Assis devem pedir mais investimento para o Algarve, para o Alentejo ou para Trás os Montes?? Se este fosse um país regionalizado, existiriam líderes regionais com obrigação de actuar dessa maneira! Daqui a pouco, a culpa de n haver A4 até Bragança é "dos senhores do Porto"...

por isso salvaguardei indirectamente o facto de ele ter falado da região salientando tb k até hoje a o Porto e grande Porto estava-se a burrifar, se não se estivessem a burrifar a A4 já chegaria a Bragança e a ligação Guarda/Bragança seria também uma realidade,
até agora tem sido só no grande Porto o investimento, grande Porto onde não falta nada e se esta a 100 e muitos da média Europeia, enquanto o restante norte vai lá vai, alguns lados nem a 50%, resumindo, os cancros continuam os mesmo Lisboa á frente e o Porto atráz, eles agora até já nascem ai e vem aqui encher o bolso, nada diferente dos k nascem ai e enchem ai o bolso...
Era bom que o Porto estivesse a 100 e muitos da média europeia, mas n é verdade. De resto, suponho que n estejas a propor que se continue a investir o mesmo em Lx e se partilhe o que é investido no Porto pelo resto do Norte, pois não?? Como disse, n quero para o Porto tratamente de excepção. Mas tb n quero para Lx. Quero justiça no investimento e descentralização (regionalização).
Desde que o PS é governo, ainda n tive o prazer de comentar um investimento estatal de relevância no Porto. Devo ficar calado????
See less
Isso n é verdade, pq sempre ouvi vozes do Porto nesse sentido. De qq maneira, mesmo que n ouvisse, será que os políticos do Porto devem ser provedores do que se passa nas outras regiões?? O Rui Rio ou o Assis devem pedir mais investimento para o Algarve, para o Alentejo ou para Trás os Montes?? Se este fosse um país regionalizado, existiriam líderes regionais com obrigação de actuar dessa maneira! Daqui a pouco, a culpa de n haver A4 até Bragança é "dos senhores do Porto"...

See more
…isto é um autentico "Ensaio Sobre a Cegueira", o que só me dá razão…

…eu sou de Coimbra, Portugal…não sou do Porto. Mas vivi lá 7 anos seguidos. Nos últimos 10 anos passei lá meia semana…

…é que a vossa cegueira é tal…um diz que é do Porto mas é da Póvoa de Varzim e que é linda…; outro diz que no Porto está sempre sol; outro defende e elogia a cultura de Pinto da Costa…etc…é impossível falar convosco seriamente…
…isto é um autentico "Ensaio Sobre a Cegueira", o que só me dá razão…

…eu sou de Coimbra, Portugal…não sou do Porto. Mas vivi lá 7 anos seguidos. Nos últimos 10 anos passei lá meia semana…

…é que a vossa cegueira é tal…um diz que é do Porto mas é da Póvoa de Varzim e que é linda…; outro diz que no Porto está sempre sol; outro defende e elogia a cultura de Pinto da Costa…etc…é impossível falar convosco seriamente…
See more
21 - 40 of 102 Posts
This is an older thread, you may not receive a response, and could be reviving an old thread. Please consider creating a new thread.
Top