Skyscraper City Forum banner
1 - 20 of 137 Posts

·
Registered
Joined
·
16,358 Posts
Discussion Starter · #1 ·
Nascente [Duruelo de la Sierra » Espanha]

Fonte: http://www.panoramio.com/photo/54102522?source=wapi&referrer=kh.google.com


Foz [Foz do Douro » Portugal]

Fonte: http://bblogalicious.blogspot.pt/2012/02/flying-around-with-moreirairmoreira.html


Bacia Hidrográfica do Rio Douro



Dados:

- Comprimento: 897 Km

» 572 Km (Espanha)
» 112 Km (Troço Internacional)
» 213 Km (Portugal)

- Caudal Médio: 710 m3/s

- Área da Bacia: 97.603 Km2


Barragens:

- Cuerda del Pozo (Espanha)

- Los Rábanos (Espanha)

- San José (Espanha)

- Villalcampo (Espanha)

- Castro (Espanha)

- Miranda do Douro (Portugal » Troço Internacional)

- Picote (Portugal » Troço Internacional)

- Bemposta (Portugal » Troço Internacional)

- Aldeadávila (Espanha » Troço Internacional)

- Saucelle (Espanha » Troço Internacional)

- Pocinho (Portugal)

- Valeira (Portugal)

- Bagaúste (Portugal)

- Carrapatelo (Portugal)

- Crestuma-Lever (Portugal)



Canal Navegável do Douro (200 Km)




Canal do Douro-Castela (52 Km) » Valladolid

Fonte: http://es.wikipedia.org/wiki/Canal_del_Duero



Tópico para publicar/discutir notícias e fotos relacionadas com o Rio Douro.
 

·
Registered
Joined
·
16,358 Posts
Discussion Starter · #2 ·
in "porto24.pt"


Gondomar (...)






(...)


Ainda no âmbito da mobilidade, foi hoje confirmado que a Câmara vai repor, a partir de 1 de Julho, a travessia de barco (cada barco com capacidade para 20 pessoas) entre as margens de Melres/Medas e a Lomba.


Esta travessia, pelo Douro e com a duração de cerca de 6/7 minutos, existiu durante cerca de 20 anos mas foi interrompida há 7.


O custo de cada travessia será de um euro.


Existirão 8 pontos de embarque: Moreira, marina de Melres, Campidouro e Marina de S. Tiago (Norte, ou seja margem direita do rio), bem como Aldeia de Areja, praia da Lomba, Pé de Moura e Lomba (Sul, margem esquerda).


Esta quarta-feira, o executivo camarário realizou, com os jornalistas, a travessia para a Lomba por barco com o presidente da Junta de Melres/Medas, José Andrade, a garantir que “apesar de não existir horário nocturno, o diurno será alargado” e estão os horários estão a ser estudados de forma a interligar o barco com os autocarros de transporte colectivo de passageiros.


Fonte: http://www.porto24.pt/cidade/gondomar-disponibiliza-passes-de-transportes-publicos-aos-funcionarios/
 

·
Registered
Joined
·
16,358 Posts
Discussion Starter · #6 ·
in "Câmara Municipal de Gondomar"


Ligação fluvial retomada após sete anos de interrupção





A ligação fluvial entre as duas margens do Douro, ligando Melres à Lomba, inativa há sete anos, foi retomada ao fim da manhã de hoje, após a reunião pública da Câmara Municipal de Gondomar, que se realizou nas instalações da Junta de Freguesia de Melres.


O restabelecimento do serviço vai permitir um ganho de, no mínimo, 60 minutos, nas deslocações em transportes públicos entre a Lomba e a sede do Município, ou o Porto, por exemplo.


A ligação será gratuita até ao final do mês de agosto, altura em que será feita uma avaliação global com vista a eventuais ajustes, nomeadamente no que se refere aos horários. Ao horário de “carreira”, que é possível consultar na imagem, acresce – durante o mês de agosto – mais quatro ligações Melres-Lomba-Melres, às 9.30, 12.30, 14.30 e 18.30 horas.










 
Joined
·
5,899 Posts
Se não me engano, a Lomba é a única freguesia de Gondomar que não dispõe de transporte público para o centro da "urbe". Era bom se articulassem os ferrys com os autocarros (articulação de horários, local de transbordo decente) de modo a que os habitantes da Lomba que não possuam carro possam deslocar-se ao centro de Gondomar sem grandes transtornos.
 
Joined
·
5,899 Posts
Por outro lado, na notícia de Junho dizia que a ligação ia ser já reposta a partir de 1 de Julho e com ligação também às Medas. Parece que nem tudo se concretizou. Mas ainda assim já é muito bom, pois assim a população da Lomba deixa de estar tão isolada.
 

·
Registered
Joined
·
16,358 Posts
Discussion Starter · #9 ·
Se não me engano, a Lomba é a única freguesia de Gondomar que não dispõe de transporte público para o centro da "urbe". Era bom se articulassem os ferrys com os autocarros (articulação de horários, local de transbordo decente) de modo a que os habitantes da Lomba que não possuam carro possam deslocar-se ao centro de Gondomar sem grandes transtornos.
Boa ideia!!

Em tempos a Gondomarense tiunha uma linha que era originalmente a linha 12 (actualmente faz H. S. João»Gondomar), ligava o Hospital de São João a Lomba, uma viagem que tinha uma extensão superior a 40 quilómetros e mais de hora e meia de duração, tendo sido suspensa no final dos anos 90.
 
Joined
·
5,899 Posts
Boa ideia!!

Em tempos a Gondomarense tiunha uma linha que era originalmente a linha 12 (actualmente faz H. S. João»Gondomar), ligava o Hospital de São João a Lomba, uma viagem que tinha uma extensão superior a 40 quilómetros e mais de hora e meia de duração, tendo sido suspensa no final dos anos 90.
A Lomba continua a ter uma carreira (da MGC) que a liga ao Porto, mas falta-lhe realmente transporte directo para Gondomar. Enfim, às vezes pergunto-me se não lhes seria mais benéfico pertencerem a Gaia ou a S.M. Feira:(. Eu lembro-me dessa 12, só que ela ia dar uma volta enorme. Se não me engano, ainda ia dar a volta ao bilhar grande a Lever e Crestuma para aí seguir pela barragem e atravessar para o outro lado. O tempo de viagem com uma volta dessas nunca seria atractivo:eek:hno:. Talvez devesse ser construída uma ponte que ligasse Lomba a Medas para favorecer o transporte rodoviário para Gondomar.
 

·
Registered
Joined
·
16,358 Posts
Discussion Starter · #16 ·
Turismo fluvial no Douro alcança os 600 mil passageiros em 2014





O ano de 2014 foi dos melhores de sempre para o turismo na Via Navegável do Douro (VND), por onde viajaram cerca de 600 mil passageiros em pequenas embarcações, cruzeiros de um dia ou barcos hotéis.


Segundo dados fornecidos hoje à agência Lusa pela Delegação do Douro do Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT), em 2014 passaram pela via navegável 600 mil passageiros, mais 45 mil do que no ano anterior (550 mil passageiros).


O bom desempenho registou-se em todos os segmentos de negócio ligados ao turismo fluvial.


Os cruzeiros na mesma albufeira representam 64% da totalidade de passageiros da VND, movimentando cerca de 400 mil pessoas em 2014.


Trata-se de viagens com duração variável, de meia ou uma hora, e que se concentram principalmente nas zonas do Porto-Gaia, e depois também, em menor escala, em Entre-os-Rios, Régua, Pinhão, Foz do Sabor e Pocinho.


Na sua maioria são os estrangeiros que mais optam por estas viagens (57%).


Incluído neste tipo de cruzeiros, os passeios noturnos apresentaram um aumento de 40,6%, para os 26.791 passageiros.


Aquele que é considerado o produto mais exportador do rio Douro, o barco hotel, sofreu um aumento de mais de 30%, alcançando os 55 mil passageiros.


Para este aumento contribuiu a entrada de mais duas embarcações hotel na VND, subindo dos 11 para os 13 barcos.


A maior parte dos passageiros que opta por viajar a bordo destas embarcações é proveniente dos Estados Unidos da América (29%), seguindo-se a França (19%) e o Reino Unido (13%).


Depois, os cruzeiros de um dia ultrapassaram os 160 mil passageiros, registando um aumento de 6% comparativamente a 2013.


Estes barcos navegam principalmente nos trajetos Porto-Régua-Porto, Régua-Pinhão-Régua e Régua-Barca d'Alva-Régua e a esmagadora maioria dos seus passageiros é portuguesa (93%).


Segundo o IMT, a navegação de recreio contabilizou também um aumento de 6% relativamente a 2013, com cerca de seis mil passageiros.


No entanto, relativamente a este segmento o instituto ressalva que apenas são contabilizadas as embarcações que utilizam eclusas de navegação.


Em 2014, começaram a cruzar as águas do Douro mais embarcações marítimo-turísticas, passando de um total de 86 em 2013 para as 92 em 2014 (com lotação para 6.666 passageiros). Em 2010 operavam neste rio 58 embarcações.


Verificou-se também um ligeiro aumento a nível das empresas que operam na VND, estando atualmente registadas 36, mais uma do que no ano anterior.


Para o IMT, o número de empresas que laboram neste rio revela o "esforço e a dinâmica que o destino Douro pode proporcionar".


Por fim, no que concerne à navegação comercial, dos portos comerciais de Sardoura e Várzea do Douro, registou-se uma diminuição de cerca de 50% comparativamente com o ano transato, tendo-se ficado pelas 20 mil toneladas de granito.


Em 2013, foram transportadas mais de 50 mil toneladas deste material que é destinado à exportação.


A Via Navegável do Douro foi inaugurada em toda a sua extensão em 1990. São 210 quilómetros desde Barca d'Alva até ao Porto.

Fonte: http://www.sapo.pt/noticias/turismo-fluvial-no-douro-alcanca-os-600-mil_54d5ea33d7a5ea917a99c7f4
 

·
Registered
Joined
·
16,358 Posts
Discussion Starter · #18 ·
Bruxelas propõe 2,3 milhões para via navegável do Douro


A Comissão Europeia propôs um cofinanciamento de 2,3 milhões de euros para o projeto da via navegável do Douro 2020.



foto Adelino Meireles / Global Imagens


Projetos no âmbito do Mecanismo Interligar a Europa


No total, Bruxelas propôs afetar 13,1 mil milhões de euros de verbas da União Europeia (UE) a 276 projetos no domínio dos transportes, selecionados no quadro dos primeiros convites à apresentação de propostas no âmbito do Mecanismo Interligar a Europa (MIE).


Este investimento permitirá libertar um cofinanciamento suplementar, público e privado, num montante total de 28,8 mil milhões de euros.


A verba de 2,3 milhões de euros para o projeto da via navegável do Douro destina-se à fase de estudos, que deverá decorrer até 2017, segundo as previsões do Instituto da Mobilidade e dos Transportes, que avançou com o projeto.


De acordo com Bruxelas, paralelamente ao futuro Fundo Europeu para Investimentos Estratégicos (FEIE, conhecido como 'Plano Juncker'), o MIE irá desempenhar um papel preponderante para retificar o défice de investimento na Europa.


A decisão de financiamento proposta deve em seguida ser formalmente adotada pelo Comité do Mecanismo Interligar a Europa, que se reunirá em 10 de julho.
Fonte: http://www.jn.pt/paginainicial/pais...elho=Porto&Option=Interior&content_id=4651476
 

·
Registered
Joined
·
16,358 Posts
Discussion Starter · #19 ·
Turistas rendidos às viagens ao Douro


Pelas contas do último registo do Instituto da Mobilidade e dos Transportes, referentes a 2014, mais de 615 mil passageiros viajaram pelo Douro, em lazer. Na maioria, eram estrangeiros e não foram além de Crestuma, Gaia.



Carlos Santos Silva/Global Imagens


O número representa um acréscimo de 12% relativamente a 2013. A tendência de subida deve repetir-se em 2015, pois este está a ser um ano de recordes em termos de afluência ao nosso país.


À semelhança das demais áreas de negócio ligadas ao turismo, em particular ao duriense, também os cruzeiros fluviais estão em expansão.
Fonte: http://www.jn.pt/paginainicial/pais...elho=Porto&Option=Interior&content_id=4718905
 
1 - 20 of 137 Posts
Top