SkyscraperCity banner

41 - 51 of 51 Posts

·
Registered user
Joined
·
10,090 Posts
Qual é a viabilidade de tornar o Tâmega "navegavel" ate Verin e mais alem ??? :cheers:

eclusa em Rio de Moinhos (barragem existente cota 60m)
proteccção dos pilares da ponte ferroviaria do Marco
escavar canal navegavel a sul da ponte de Amarante
barragem de "contenção" de Gatão (cota 80m?? 90m??)
barragem "reservatorio" Fridão regato (cota 150m???) espelho de agua Mondim
barragem de Moimenta (cota 220m?)
barragem de Ribeira de Pena (cota 300m/320m???) espelho de agua em Vidago
barragem de Vidago (cota 345m/350m??) espelho de agua e canal em Chaves
açude de Vila Verde Raia (cota 360m??)
açude de Verin (cota 370m??) porto seco e fim do canal navegavel ?

:eek:hno:
 

·
Moderator
Joined
·
17,672 Posts
Obra do Eletroprodutor do Tâmega, um dos maiores projectos hidroeléctricos na Europa, não pára



O Sistema Eletroprodutor do Tâmega é um dos maiores projectos hidroeléctricos realizados na Europa nos últimos 25 anos, prevendo 1.500 milhões de euros de investimento. Construção do Edifício de Controlo já está em marcha.

Coube à dst, sa, empresa do dstgroup, a construção em Ribeira de Pena, do Edifício de Controlo do Sistema Eletroprodutor do Tâmega, uma estrutura de escritórios e serviços que permitirá apoiar a hidroeléctrica. A empreitada da Iberdrola, tem assinatura da consultora portuguesa TPF Planege Cenor e representa um investimento de cerca de 2,4 milhões euros.

O projecto de construção inclui trabalhos de terraplanagem, execução de fundações, estruturas, arquitectura, redes, instalações, e ainda a urbanização da plataforma do Edifício de Controlo do Sistema Eletroprodutor do Tâmega (SET) e Auxiliar. A dte - instalações especiais, também do dstgroup, será responsável pela implementação do projecto de especialidade, nomeadamente instalações eléctricas, telecomunicações, detecção de incêndios, extinção portátil, sinalética de emergência, extinção fixa, sistema solar e AVAC.

"É para nós particularmente entusiasmante poder fazer parte da história da construção de um projecto desta envergadura, não só porque promove a transição energética em Portugal, baseado num modelo de utilização de energia limpa, que é também uma das nossas frentes de trabalho, mas também porque vai permitir a criação de riqueza e bem-estar para as populações da região e dos portugueses, em geral", refere José Teixeira, presidente do Conselho de Administração do dstgroup.

A par da dimensão económica, ambiental e social e do encaixe financeiro que esta obra representa, José Teixeira destaca as medidas adoptadas nesta e noutras empreitadas, no contexto de COVID-19. "Temos um plano de contingência extremamente rigoroso, quer na sede da empresa quer nas empreitadas actualmente em execução. A sua implementação passa, entre outras medidas, pela distribuição de kits de EPI, obrigatoriedade de medição da temperatura corporal duas vezes por dia (manhã e tarde), desinfecção de todo o estaleiro de obra e frentes de trabalho e o distanciamento social".

O Sistema Eletroprodutor do Tâmega é formado por três centrais hidroeléctricas e três barragens, duas situadas no rio Tâmega (Daivões e Alto Tâmega) e a terceira no rio Torno (Gouvães). O complexo contará com uma potência instalada de 1.200 megawatts (MW), alcançando uma produção anual de 1.800 gigawatts hora (GWh), ou seja, 4% do consumo eléctrico do país.
 
41 - 51 of 51 Posts
Top