Skyscraper City Forum banner
1 - 20 of 26 Posts

·
Banned
Joined
·
11,378 Posts
Discussion Starter · #14 · (Edited)
"SEGURANÇA E INFRAESTRUTURA COMPLETA

– Automação dos portões e das cancelas de acesso de automóveis e pedestres;

– Sistema para controle de acesso de veículos e pedestres através banco de dados para moradores e visitantes;

– Monitoramento 24h através de câmeras digitais com software analítico;

– Segurança Perimetral;

– Aplicativo para acesso remoto online pelo proprietário às câmeras instaladas nas áreas comuns;

– Grupo gerador de energia para emergências prioritárias condominiais (portaria, elevadores, incêndio e áreas comuns);

– Sistema de detecção de incêndio instalado;

– Fechadura eletrônica nos acessos.

SUSTENTABILIDADE

– Reaproveitamento da água da chuva para irrigação do jardim e para as descargas;

– Estação de tratamento de águas cinzas (ETA);

– Medidas para eficiência energética visando melhorar o uso das fontes de energia através do dimensionamento correto das instalações energéticas, uso de lâmpadas de led, otimização e controle da iluminação e melhor aproveitamento das condições de iluminação natural;

– Sensor de presença nas luzes das escadas e dos halls;

– Iluminação inteligente nas garagens através de circuito independente;

– Preparado para sistema de coleta seletiva;

– Lixeiras seletivas na área comum;

– Fachada revestida proporcionando menor custo de manutenção;

– Tratamento térmico na cobertura das unidades.

SERVIÇOS PAY PER USE

– Limpeza, arrumação e lavanderia;

– Manutenção e reparos;

– Personal Trainer;

– Pet Sitter;

– Aluguel dos Salões de Festas, Espaço Gourmet, e churrasqueiras;

– Uso do sistema de recarga posicionado na vaga destinada a carros híbridos;

– Uso de bike sharing."

















Fonte: http://interativaplus.com.br/icono/#1531842571538-fbd9f0a8-313c
 

·
Moderator
Joined
·
32,271 Posts
O projeto é Ok.

Mas, sei que vou chatear alguns provavelmente, me assusta um pouco ver que um conjunto de 2 predios e algumas centenas de apartamentos é considerado um dos maiores lançamentos imobiliários do ano.

Sei que o Rio anda num período difícil mas é meio decepcionante ver que a segunda maior cidade do país, com dezena de milhões de habitantes, parece que não consegue deslanchar nada realmente interessante no setor da construção civil.

Claro.. Teve lá o museu do amanha (com uma grande ajuda da Globo e do governo) e uns 2 prédios comerciais no Porto... mas nada surpreendente para uma cidade considerada global.

Uma geografia tão interessante, um apelo turístico e cultural como poucas cidades do mundo .. mas parece que o Rio desenvolveu uma aversao natural a projetos imobiliários relevantes.
 

·
Registered
Joined
·
30,285 Posts
O projeto é Ok.

1) Mas, sei que vou chatear alguns provavelmente, me assusta um pouco ver que um conjunto de 2 predios e algumas centenas de apartamentos é considerado um dos maiores lançamentos imobiliários do ano.

Sei que o Rio anda num período difícil mas é meio decepcionante ver que a segunda maior cidade do país, com dezena de milhões de habitantes, parece que não consegue deslanchar nada realmente interessante no setor da construção civil.

Claro.. Teve lá o museu do amanha (com uma grande ajuda da Globo e do governo) e uns 2 prédios comerciais no Porto... mas nada surpreendente para uma cidade considerada global.

Uma geografia tão interessante, um apelo turístico e cultural como poucas cidades do mundo .. 2) mas parece que o Rio desenvolveu uma aversao natural a projetos imobiliários relevantes.
1) É o maior lançamento imobiliário do ano na zona sul carioca, onde praticamente não há grandes terrenos para grandes empreendimentos.

Grandes empreendimentos hoje, por falta de terreno na Zona Sul, somente podem ser construídos na região da Barra, Recreio, e Porto Maravilha.


2) Há grandes projetos sendo desenvolvidos para o Porto e para a Barra.
 

·
Banned
Joined
·
11,378 Posts
Discussion Starter · #18 ·
O projeto é Ok.

Mas, sei que vou chatear alguns provavelmente, me assusta um pouco ver que um conjunto de 2 predios e algumas centenas de apartamentos é considerado um dos maiores lançamentos imobiliários do ano.

Sei que o Rio anda num período difícil mas é meio decepcionante ver que a segunda maior cidade do país, com dezena de milhões de habitantes, parece que não consegue deslanchar nada realmente interessante no setor da construção civil.

Claro.. Teve lá o museu do amanha (com uma grande ajuda da Globo e do governo) e uns 2 prédios comerciais no Porto... mas nada surpreendente para uma cidade considerada global.

Uma geografia tão interessante, um apelo turístico e cultural como poucas cidades do mundo .. mas parece que o Rio desenvolveu uma aversao natural a projetos imobiliários relevantes.
Você mesmo respondeu à pergunta. A geografia da cidade impossibilita projetos grandes demais, com muros pelos 4 lados, sem contato com a rua, isolando os bairros e incentivando o uso do carro. Ainda bem.

O conceito da cidade é diferente: empreendimentos pequenos, uso misto, vida de rua, calçadas movimentadas.

Isso seria inviabilizado com projetos grandes demais.

Esse eu acho que está sob medida. Adensa, se comunica com o espaço, utiliza um terreno vazio, diversifica o comércio, mas também não é imenso demais. Enfim... está de bom tamanho.

Claro, falo dos empreendimentos residenciais.

A região da cidade que permite empreendimentos residenciais de maior porte é a Barra, justamente pq o conceito da Barra difere do resto da cidade. É mais de grandes vias, condomínios, shoppings, etc...

Mas a Barra construiu demais, teve uma bolha causada pelas olimpíadas, está com a vacância muito alta, por isso não têm sido lançados empreendimentos este ano por lá.

Quanto aos empreendimentos comerciais, que aí sim eu concordo que poderiam ser maiores, principalmente aqueles na região do Centro, também passaram por processo parecido. A vacância ainda é alta e, por isso, deram um freio nos lançamentos.

Pelo que li, no Brasil inteiro o número de lançamentos baixou este ano, até em SP. É natural.

E o carro chefe dos lançamentos esse ano do Rio são os residenciais, em bairros consolidados. Grande parte deles são de pequeno porte. Esse da SIG, entretanto, vem para atender a uma alta demanda suprimida de uma região bem central da cidade. É bem vindo. A Cyrela deve lançar mais dois condomínios grandes no Rio esse ano, um no Flamengo também (retrofit de um grande prédio na Orla) e um na Tijuca com quase 200 apartamentos.

Para a classe "C" e os MCMV, têm sido lançados muitos também, em bairros mais distantes e com infra-estrutura até razoável (piscina, área de lazer, etc). Nestes também são lançadas centenas de unidades.
 

·
Rio: Paradise City!!!
Joined
·
5,383 Posts
Gostei muito de vários aspectos dele. A arquitetura não é 10, mas é muito boa, as lojas no térreo, 70, são um exemplo para todo Brasil, especialmente para as áreas emergentes que mais tem construindo, que focam em apartamentos imensos e prédios altíssimos, mas pouco integrados ao tecido urbano e no aspecto econômico ajudará a valorizar ainda mais essa área que recebe pouquíssimos lançamentos.
 
1 - 20 of 26 Posts
Top