SkyscraperCity banner
Status
Not open for further replies.
1 - 8 of 8 Posts

·
Registered
Joined
·
10,910 Posts
Discussion Starter · #1 ·
RN, CE e BA saíram na frente

Uma maquete chama atenção dos passageiros que desembarcam no Aeroporto Internacional Pinto Martins, em Fortaleza. Olhando de perto, descobre-se que a tal maquete é de um condomínio fechado, o Morro Branco Beach Resort, investimento do grupo português Portimão no município de Beberibe, a 80 quilômetros da capital. O condomínio em miniatura está em exposição no aeroporto desde janeiro. É só uma amostra do apetite dos estrangeiros pelo mercado turístico e imobiliário local. No Rio Grande do Norte é a mesma coisa. Na Bahia também. Os três estados são os pioneiros na atração de investimentos externos no Nordeste. E o dinheiro não pára de chegar. Somados, os novos projetos anunciados em terras baianas, cearenses e potiguares beiram os R$ 15 bilhões.

Entre os investidores estão grupos bem conhecidos dos brasileiros, como o espanhol Sol Meliá e o português Vila Galé. Mas há também os novatos do Brazil Development, da Noruega, e do Salt Properties, da Islândia, mais famosa pelo frio e pela exótica cantora Bjork. No final de janeiro, David Beckham, estrela da seleção inglesa de futebol, voou até o Rio Grande do Norte para lançar o David Beckham World of Sport. A primeira filial latino-americana da escola de futebol e centro de treinamento do astro vai funcionar no Cabo de São Roque Resort. O mega empreendimento será construído pelos noruegueses do Brazil Development na praia do mesmo nome, no município de Maxaranguape, distante 43 quilômetros de Natal.

O Cabo de São Roque terá oito hotéis de cinco e quatro estrelas, 16 condomínios de baixa e média densidade, centros de compras, campo de golfe com 18 buracos. O empresário Jorge Maurício Mororó - dono da Zeta Construção, diretor do Sindicato da Construção Civil (Sinduscon-RN) e conselheiro da Adit Nordeste - é o coordenador técnico do projeto. Ele explica que, além da escola de Beckham, haverá um centro de equitação da duquesa de York, Sarah Ferguson, e uma escola de pilotagem do brasileiro Rubens Barrichello. A área total do complexo será de 1,2 mil hectares. A construção do primeiro hotel, do campo de golfe, do primeiro condomínio e da cidade típica (com centro comercial) deve começar no segundo semestre, estima Mororó.

Os valores do projeto não foram divulgados, mas já são suficientes para despertar o interesse de outros investidores. Segundo o diretor do Sindiscon-RN, um grupo norte-americano comprou um área a 200 metros do terreno do Cabo de São Roque. Grupos britânicos enviaram várias delegações para prospectar áreas. ‘‘Os preços de terrenos beira mar são muito baratos para os padrões europeus’’, afirma Mororó. O secretário de Turismo do Rio Grande do Norte, Fernando Fernandes, lembra que tudo começou na Praia da Pipa, descoberta pelos estrangeiros há quase duas décadas. ‘‘A divulgação boca a boca despertou o interesse para o estado’’. Segundo ele, existem hoje no estado nove grandes projetos em andamento. Cinco já têm licença de implantação.


http://diariodenatal.dnonline.com.br/site/materia.php?idsec=2&idmat=171405
 

·
Registered
Joined
·
1,132 Posts
E QUE VENHAM MAIS INVESTIMENTOS...
 

·
Registered
Joined
·
5,466 Posts
E que sobrem praias para o povão... apesar de praia não poder ser privativa
Na teoria, Um político e empresário impedia até pescadores de obter o alimento com conivência do Ibama, aí o MP entrou e botou pra baixo o esquema.

Acho que a pop. é que tem de estar atenta quanto a isso.Não se pode abdicar de investimentos, mas também não se pode ficar com um pirez na mão, eles estão investindo porque no NE tem o que eles querem, principalmente SOL e SEGURANÇA.Cabe também as prefeituras o controle , enfim é algo que depende do empenho e fiscalização de todos.


.
 

·
Soteropolitano
Joined
·
8,881 Posts
Na teoria, Um político e empresário impedia até pescadores de obter o alimento com conivência do Ibama, aí o MP entrou e botou pra baixo o esquema.

Acho que a pop. é que tem de estar atenta quanto a isso.Não se pode abdicar de investimentos, mas também não se pode ficar com um pires na mão, eles estão investindo porque no NE tem o que eles querem, principalmente SOL e SEGURANÇA.Cabe também as prefeituras o controle , enfim é algo que depende do empenho e fiscalização de todos.
É um desenvolvimento sustentado que todos queremos.
Ir contra um empreendimento, pra fazer "propaganda negativa dos que não concordam", significa arruaça, significa "querer ficar desempregado".
Não é porque a situação tá crítica que devemos aceitar qualquer coisa, né!

Abraço! Massa seu comentário, apesar de curto!
 

·
.
Joined
·
170,747 Posts
^^
Vários empreendimentos no litoral norte de SSA ficaram paralizados até que o CRA/IBAMA normatizasse as ocupações à beira mar e regiões de restinga. Só agora foram liberados, por exemplo, os lotes da orla e o Resort da Reserva Imbassí.
 
1 - 8 of 8 Posts
Status
Not open for further replies.
Top