Skyscraper City Forum banner
1 - 20 of 44 Posts

·
Registered
Joined
·
2,627 Posts
Discussion Starter · #1 ·
Parque 'Várzeas do Tietê' será o maior parque linear do mundo

O governador José Serra fala da iniciativa que envolve mais oito prefeituras. O novo parque vai acompanhar o rio e terá 75 km de extensão.

Oito prefeituras estão envolvidas no projeto, além do governo do Estado. Quando ficar pronto, o parque vai da Penha, Zona Leste da capital, até Salesópolis, onde nasce o rio Tietê. A obra será feita em três etapas.

O primeiro trecho envolve a capital, Guarulhos e Itaquaquecetuba. O segundo trecho passa por Itaquaquecetuba, Poá e Suzano. E o último, passa por Mogi das Cruzes e Biritiba Mirim, até Salesópolis.

O projeto todo vai custar R$ 1, 7 bilhões. Parte paga pelo governo do Estado, parte financiada pelo BID.

A importância do projeto é garantir a diminuição das cheias no rio Tietê. De acordo com o governador de São Paulo, José Serra, o parque será um colchão protetor das enchentes. “Ele ajuda a preencher o rio. A ocupação, na média, estará há 200 metros do rio. O ponto mais estreito será a 50 metros.

“Vamos fazer também 77 campos de futebol, 130 quadras poliesportivas, 33 centros de lazer, além de uma ciclovia com 230 km”, completa Serra.

As várzeas preservadas vão funcionar como uma grande esponja em dias de chuva. Assim a água vai demorar mais tempo para chegar ao leito do Tietê.

Fonte: SPTV 1ª edição: http://sptv.globo.com/Jornalismo/SP...IETE+SERA+O+MAIOR+PARQUE+LINEAR+DO+MUNDO.html (Contém vídeo)
 

·
Registered
Joined
·
958 Posts
eu gostei da idéia, espero que saia :D

por ter três fases, infelizmente não será uma surpresa a interrupção do projeto, mas enfim, torçamos pela conclusão dele
 

·
policial disfarçado
Joined
·
17,786 Posts
São Paulo terá maior parque linear do mundo

Da capital até a nascente, o projeto vai recuperar as condições ambientais do Rio Tietê

O governador José Serra lançou nesta segunda-feira, 20, o Parque Várzeas do Tietê. O parque terá 75 km de extensão e 107 km² de área. Será o maior parque linear do mundo. Nele, serão construídos 33 núcleos de equipamentos de esporte e lazer, atendendo a população dos municípios da bacia do Alto Tietê: São Paulo, Guarulhos, Itaquaquecetuba, Poá, Suzano, Mogi das Cruzes, Biritiba Mirim e Salesópolis.


O parque será implantado em três etapas e beneficiará diretamente 3 milhões de pessoas da Zona Leste da capital e indiretamente toda a população da Região Metropolitana de São Paulo. Na primeira etapa, o investimento será de R$ 377 milhões, sendo 30% do Estado de São Paulo e 70% financiados pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). No total, o investimento previsto é de R$ 1,7 bilhão.


"A principal função desse parque é proteger o rio e funcionar como um regulador de enchentes, diminuindo a poluição sobre o Rio Tietê. Ao mesmo tempo, vai ser uma gigantesca área de lazer", disse o governador José Serra no lançamento da obra.


A primeira etapa será feita em 25 km de extensão às margens do rio Tietê da barragem da Penha até a divisa com o município de Itaquaquecetuba, contemplando os municípios de São Paulo e Guarulhos. A conclusão dessa etapa está prevista para 2012. "Não se trata de salvar o Tietê, porque ele está salvo. Temos que reanimá-lo e avançar na questão do despejo de esgoto no rio, especialmente a cidade de Guarulhos, que despeja todo seu esgoto lá", observou Serra.


Já a segunda fase, com 11,3 km, abrange a várzea do rio em Itaquaquecetuba, Poá e Suzano, com previsão de término em 2014. O trecho de 38,7 km, que vai de Suzano até a nascente do Tietê, em Salesópolis, será feito na terceira etapa, que deverá ficar pronta em 2016. Nessa parte final, também estão os municípios de Mogi das Cruzes e Biritiba Mirim.


Para se ter uma idéia da dimensão do parque, pode-se comparar a área da recomposição da mata ciliar com o equivalente a 380 campos de futebol ou 3,8 milhões de metros quadrados. Com o projeto, haverá melhorias ambientais e urbanísticas para toda a região. As obras no núcleo Vila Jacuí, em São Paulo, já estão em andamento, beneficiando 120 mil pessoas. E será feito, imediatamente, o plantio de 63 mil árvores, uma compensação ambiental das obras da Nova Marginal - segundo o último levantamento da Dersa, 16 mil já foram plantadas.


"Recuperar as várzeas é de fundamental importância para a preservação do meio ambiente. Esta é uma obra grande, que vai reunir quase todas as secretarias do governo, como Habitação, Saneamento e Energia e Meio Ambiente", afirmou a secretária de Saneamento e Energia, Dilma Pena.


Para a sustentabilidade ambiental e econômica do parque, serão criadas unidades de conservação e desenvolvidas ações educativas. O empreendimento terá estrutura de lazer, ao mesmo tempo em que vai recuperar e preservar a várzea natural do rio, além de reduzir os riscos de enchente na região metropolitana de São Paulo. Ao todo, serão 33 núcleos de lazer, cultura e esporte, 230 km de ciclovia e Via Parque (com acesso de carro aos núcleos), 77 campos de futebol e 129 quadras poliesportivas. A ocupação das margens será reordenada com a transferência de famílias de áreas de risco para moradias dignas e seguras. Na primeira etapa, 3.100 famílias serão reassentadas em áreas o mais próximo possível de suas atuais residências.


Nas várzeas do Alto do Tietê serão formadas grandes piscinas naturais, que amortecerão as cheias e serão fundamentais para complementar o efeito das obras de aprofundamento da calha do Tietê (41 km) desde a barragem da Penha até a usina Edgard de Souza.


Protocolo de intenções


O Governo do Estado de São Paulo vai trabalhar em parceria com os oito municípios. Para isso, foi assinado um protocolo de intenções pelo governador José Serra e pelos prefeitos Gilberto Kassab (São Paulo), Sebastião Alves de Almeida (Guarulhos), Armando Tavares Filho (Itaquaquecetuba), Francisco Pereira de Sousa (Poá), Marcelo de Souza Cândido (Suzano), Marco Aurélio Bertaiolli (Mogi das Cruzes), Carlos Alberto Taino Júnior (Biritiba Mirim) e Antonio Adilson de Moraes (Salesópolis). Também assinaram o protocolo a secretária de Saneamento e Energia, Dilma Pena, e o superintendente do Departamento de Águas e Energia Elétrica (DAEE), Ubirajara Tannuri Felix. Entre as ações previstas no protocolo, estão as de preservação e manutenção da várzea, incluindo fiscalização e demais medidas para evitar ocupações irregulares; e a preparação de estudos e documentos necessários à obtenção de recursos para as obras.

http://www.saopaulo.sp.gov.br/spnoticias/lenoticia.php?id=203054
 

·
Registered
Joined
·
2,794 Posts
Ótimo! Pelo menos vai embelezar a região! :cheers:
 

·
Banned
Joined
·
824 Posts
Ótimo

Serra está de parabéns.

Cada vez mais surpreendendo.

Com o tempo o Tietê vai sendo tratado com o respeito que merece
 

·
Banned
Joined
·
657 Posts
Grande e ambicioso começo, tomara que siga até o fim, e que no futuro possa ser extendido para toda a área urbana que o tietê corta na região metropolitana:)

Eu acho que a RMSP precisa de um projeto agressivo de implantação de área verdes, queria que houvesse um parque IMENSO (3 ou 4 Ibirapueras) bem no centro, afinal não custa sonhar!
 

·
Registered
Joined
·
89 Posts
Belissimo o projeto, mas so pra ingles ver...Essas favelas ao lado sao pra mostrar que projetos do Sr Serra nao inclui melhorias pra pobres...rs:eek:hno:
O próprio parque é uma melhoria para a região: os moradores terão acesso a lazer a área verde. E o governo do estado tem realizado programas na área de habitação e urbanização de favelas (www.habitacao.sp.gov.br).
A própria Constituição determina que são de competência comum da da União, dos Estados-Membros, DF e Municípios as políticas habitacionais e de urbanismo (Art. 23, IX). Assim, se a favela está lá e você quer culpar alguém por isso, bem, agora pode culpar os governos federal e municipal, também.
Se as ações do governo estadual estão aquém daquilo que você esperava, é uma coisa. Porém, dizer que o governo não faz nada para os pobres, unicamente com base em haver favelas ao lado, não contribui para enriquecer esse foro de discussão... muito pelo contrário.
Por favor, embase suas críticas em argumentos.

Abs.
 

·
Brazil
Joined
·
2,307 Posts
^^ Assino embaixo, falou tudo Alster!

E eu não tinha conhecimento desse parque, haha! Pelo jeito vai ficar muito bom, muito bonito mesmo! E o bom é que é uma ótima iniciativa para recuperar o rio Tietê né!
 

·
Registered
Joined
·
30,765 Posts
Tomara que não fique só no papel!
 

·
Registered
Joined
·
30,765 Posts
Tomara que não fique só no papel!Bela iniciativa!:)
 

·
Registered
Joined
·
288 Posts
Fiquei feliz de ver que inauguraram uma pequena parcela do que vai ser esse parque recentemente:

Estado entrega parque de 170 mil m² na Zona Leste da Capital
Sábado, 27 de Março de 2010 - 15h53

Os moradores da região ganham uma nova área para para esporte, lazer, cultura, recreação e educação ambiental

Os moradores da zona leste e a população da capital como um todo ganham neste sábado, 27, uma nova área para atividades de esporte, lazer, cultura, recreação e educação ambiental. O governador José Serra e o secretário dos Transportes, Mauro Arce, entregam a Unidade de Lazer Engenheiro Antonio Arnaldo de Queiroz e Silva (Parque Jacuí), o primeiro núcleo do Parque Várzeas do Tietê no município de São Paulo. O projeto do Parque, que terá 75 quilômetros de extensão, prevê outros 32 núcleos de lazer.

O projeto do parque foi desenvolvido pelo arquiteto Ruy Ohtake e está sendo entregue pronto para ser usado: com dois campos de futebol, três quadras poliesportivas, pista de bicicross, campo para vôlei de praia, pista de skate, áreas para recreação, seis churrasqueiras, dois vestiários, salão de festas, núcleo para educação ambiental (incluindo viveiro), tele centro, equipamentos e centro de atividades para terceira idade e dois estacionamentos.

"Este parque nasceu de uma obra viária Jacu-Pessêgo. Em vez de fazer loteamento, numa área que se valorizou, fizemos um parque, um dos maiores de São Paulo. Com todas as modalidades de esporte e com lazer em uma área carente da cidade e que vai ajudar a transformar a região e o nível de vida dos moradores e ao mesmo tempo criando áreas de permeabilização, ajudando no combate ás enchentes", disse o governador José Serra.

O projeto paisagístico incluiu área gramada, passeios e plantio de 991 mudas de espécies frutíferas, como pitangueiras, jatobazeiros, araçázeiros, tamareiras e guarirobeiras, além de jequitibás, ipês, oitis, palmeiras e 3.500 mudas de arbustos.

Localizado na altura do km 23 da Rodovia Ayrton Senna - SP 070, na pista sentido Rio de Janeiro, o parque resultou de uma parceria entre a Dersa (responsável pela execução das obras), o DAEE que cedeu a área e a prefeitura da capital. A gestão do parque será de responsabilidade da Secretaria Estadual do Esporte, Lazer e Turismo (SELT) que realizará licitação para contratação de toda a infraestrutura necessária, como administração das lanchonetes e segurança. Além disso, a SELT manterá escolas de formação desportiva que oferecerão gratuitamente modalidades como futebol, voleibol, basquete e taekwondo, a crianças e jovens.

A área onde se localiza o novo parque foi disponibilizada a partir da remoção de ocupações irregulares durante as obras de implantação da interligação da rodovia Ayrton Senna com a avenida Jacu Pêssego e representam a compensação ambiental pela implantação das obras de extensão da Jacu Pêssego até o trecho Sul do Rodoanel.

Além de oferecer alternativa de lazer à população da região, evitará novas ocupações irregulares e contribuirá para manter as várzeas do Tietê nas áreas de preservação permanente - APP - do córrego Jacu e do rio Tietê. As obras tiveram início em abril de 2009. A nova unidade de lazer integra o projeto Várzeas do Tietê, núcleo Engenheiro Goulart.

O projeto Várzeas do Tietê vai recuperar as condições ambientais do Rio Tietê da capital até a nascente. Terá 75 km de extensão e 107 km² de área. Será o maior parque linear do mundo. Nele, serão construídos 33 núcleos de equipamentos de esporte e lazer, atendendo a população dos municípios da bacia do Alto Tietê: São Paulo, Guarulhos, Itaquaquecetuba, Poá, Suzano, Mogi das Cruzes, Biritiba Mirim e Salesópolis.

O parque será implantado em três etapas e beneficiará diretamente 3 milhões de pessoas da zona leste da capital e indiretamente toda a população da região metropolitana de São Paulo. A primeira etapa é realizada em 25 km de extensão às margens do rio Tietê, da barragem da Penha até a divisa com o município de Itaquaquecetuba, contemplando os municípios de São Paulo e Guarulhos.

Já a segunda fase, com 11,3 km, abrange a várzea do rio em Itaquaquecetuba, Poá e Suzano. O trecho de 38,7 km, que vai de Suzano até a nascente do Tietê, em Salesópolis, será feito na terceira etapa, que deverá ficar pronta em 2016. Nessa parte final também estão os municípios de Mogi das Cruzes e Biritiba Mirim. Para se ter uma idéia da dimensão do parque, pode-se comparar a área da recomposição da mata ciliar com o equivalente a 380 campos de futebol ou 3,8 milhões de metros quadrados.

Da Dersa e da Secretaria de Esportes, Lazer e Turismo

Fonte: Portal do Governo do Estado de São Paulo:
http://www.saopaulo.sp.gov.br/spnoticias/lenoticia.php?id=208810#3
http://www.ecotiete.org.br/noticias/midia_20100327gov.htm

Como eu moro relativamente perto, vou ver se consigo dar um pulinho lá... hehe
 

·
Não à cultura do oiti!
Joined
·
2,434 Posts
O projeto paisagístico incluiu área gramada, passeios e plantio de 991 mudas de espécies frutíferas, como pitangueiras, jatobazeiros, araçázeiros, tamareiras e guarirobeiras, além de jequitibás, ipês, oitis, palmeiras e 3.500 mudas de arbustos.
Ótima notícia!! Mas não tinha espécies melhores pra plantar, não??:eek:hno:
Como eu moro relativamente perto, vou ver se consigo dar um pulinho lá... hehe
Aproveita e tira umas fotos e coloca aqui!:D
 

·
Registered
Joined
·
18,578 Posts
Ótima notícia!! Mas não tinha espécies melhores pra plantar, não??


É cada crítica que a gente escuta... essas espécies são boas para fornecerem alimentos e atrairem pássaros, claro que devem seguir diversificando as espécies.

Ótima iniciativa a desse parque!!!
 
1 - 20 of 44 Posts
Top