Skyscraper City Forum banner
1 - 20 of 21 Posts

·
Registered
Joined
·
2,627 Posts
Discussion Starter · #1 ·
Começo essa série com intuito de mostrar a todos um pouco mais dos rios paulistanos, dos quais muitos encontram-se poluídos, mas que ainda são alguns dos marcos da maior metrópole do país. Gosto muito desses rios e mesmo poluídos, eu os admiro pela imagem diferente e exótica que eles formam por onde passam.

Tamanduateí, em tupi, quer dizer "rio de muitas voltas". O curso original do rio Tamanduateí explica esse nome. Onde atualmente se encontram a Avenida São João e o Vale do Anhangabaú, por exemplo, o Tamanduateí fazia uma curva de sete voltas antes de se encontrar com o seu afluente mais importante, o Anhangabaú (o rio do mau espírito). O rio Tamanduateí nasce na Serra do Mar, dentro do Parque Gruta de Santa Luzia, em Mauá e deságua no Tietê em São Paulo, em frente ao Complexo do Anhembi.

Sua bacia hidrográfica possui 320 km².

Seu principal afluente era o Rio Anhangabaú. Esses rios jazem hoje sob a cidade junto com a cultura indígena que os denominou. Não que fosse possível urbanizar São Paulo sem interferir na sua rede hidrográfica. Mas outras vias de interferência eram possíveis e talvez até mais plausíveis.

O Tamanduateí parece comportar-se de forma rebelde contra a concepção de progresso que o transformou num bueiro a céu aberto, depósito de todo o lixo social em perímetro urbano. Canalizado e poluído ele corre com maior velocidade procurando o rio Tietê para desaguar. Sem ter por onde se espraiar, sem encontrar os remansos que continham sua ânsia de desembocar, ele enche e invade impiedosamente a avenida do Estado que corre ao seu lado.

Como um muro aquático, o rio Tamanduateí cravou uma fratura no território da cidade. O Tamanduateí criou hiatos na comunicação entre o leste e o oeste, sulcando a descontinuidade entre a planície da zona leste e a colina histórica, no centro velho da cidade, onde os jesuítas construíram a primeira capela, rezaram a primeira missa e fundaram a vila de Piratininga, marco inaugural de São Paulo.

Até o início da construção do metrô, nos anos 70, desenhou a topografia do poder: a riqueza nas terras altas e a miséria nas baixas. No lado oeste, numa colina triangular, concentrava-se a cidade dos templos cristãos, das confeitarias com nomes franceses e dos sobrados imperiais. No leste, ficavam a várzea, as enchentes e os terrenos pestilentos. As terras altas, a começar pela colina histórica, no centro, perderam destaque e charme há muito tempo. Ficou a pobreza, que transbordou para todos os lados.






O rio nasce dentro do Parque Ecológico Gruta de Santa Luzia, em Mauá no ABC Paulista, portanto, as fotos a seguir são do parque em geral. Parque que teve seu paisagismo projetado por Burle Marx.

1.


2.


3. Rio Tamanduateí, um rio que nasce com águas cristalinas! :) Vocês verão alguns "canais", pequenos córregos durante o thread. Estes tem suas nascentes em áreas de mata muito fechada, para serem preservadas, as quais dão origem ao rio Tamanduateí mais adiante.


4.


5.


6.


7.


8.


9.


10.


11.


12.


13.


14.


15.


16.


17.


18.


19.


20.


Fora do parque

21. O primeiro foco de poluição. Isso, a metros do parque.


22.


23. Vista para a entrada do parque.


24.


25. O Tamanduateí começa a crescer.


26.


27.


28.


29.


O rio chega em Santo André

30. Um skyline da cidade a partir da Avenida do Estado. A via "corre" sentido contrário ao rio, assim como as marginais dos rios Tietê e Pinheiros, tendo início em sua respectiva foz e fim próximo à nascente.


31.


(Fotos de um outro dia)

32.


33.


34.


(Fotos de um outro dia)

35. O rio começa a entrar em territórios paulistano e sulsancaetanense. São Paulo à esquerda e Santo André à direita.


36. São Caetano do Sul à esquerda e São Paulo à direita. (Vista no sentido contrário da ponte/pista que eu estava, por isso a inversão de lados)


No próximo thread sobre o rio Tamanduateí, vou mostrá-lo na divísa com São Caetano e inteiramente, até sua foz, em território paulistano. Espero que tenham gostado. Comentem, deu trabalho para fazer, rs.
 

·
Banned
Joined
·
11,098 Posts
Eu acho que esta série poderia chamar: Esgotos de São Paulo...Infelizmente...

Os bichinhos nascem tão bonitinhos e viram monstrengos com pistas marginais para carros!!!! :bleep:


É bom este tipo de registro para todos ficarem mais indignados ao ver como apesar do progresso todo da cidade de SP em N sentidos, em relação aos rios, absurdamente pouco fazem...Para mim deveriam proibir e multar qualquer empresa que jogue esgoto nos rios, simples assim.


Ah.. mas é caro e inviável fazer tratamento de esgoto em nossa empresa... Então meu amigo, fora da cidade de SP! Este tipo de empresa não serve!

Parabéns Lukinhaaz!
 

·
Meteorologista
Joined
·
2,683 Posts
O parque onde ele nasce é muito bonito, pena que do lado de fora a paisagem é simplesmente horrorosa!
E os trechos onde esse rio passa, parece ser só as partes mais degradadas da RM.
Valeu pelo thread, mas esses lugares são muito feios.
 

·
Registered
Joined
·
2,627 Posts
Discussion Starter · #7 ·
Eu acho que esta série poderia chamar: Esgotos de São Paulo...Infelizmente...

Os bichinhos nascem tão bonitinhos e viram monstrengos com pistas marginais para carros!!!! :bleep:


É bom este tipo de registro para todos ficarem mais indignados ao ver como apesar do progresso todo da cidade de SP em N sentidos, em relação aos rios, absurdamente pouco fazem...Para mim deveriam proibir e multar qualquer empresa que jogar esgoto nos rios, simples assim.


Ah.. mas é caro e inviável fazer tratamento de esgoto em nossa empresa... Então meu amigo, fora da cidade de SP! Este tipo de empresa não serve!

Parabéns Lukinhaaz!
Com certeza Tchelllo! Infelizmente. :eek:hno:

Em questão de cuidade de margens o que mais se salva é o Pinheiros, que tem os maiores jardins da cidade em suas margens. Que é lindo.

E o Tamanduateí é um rio esquecido, lembrando que quando São Paulo foi fundada como Vila de Piratininga, foi às margens desse rio, que cruza a importante e tão degradada região do Parque Dom Pedro II.
Esse rio é muito sofrido, ja foi até ameaçado de sumir do mapa, sendo tapado. Na gestão do Maluf, se não me engano, queriam tapar o rio, com mais pistas para a Avenida do Estado, mas que ainda bem foram por poucos metros, la na região entre Mooca e Cambuci, próximo ao centro.

Mas essa região vou mostrar no próximo thread!
 

·
Registered
Joined
·
2,627 Posts
Discussion Starter · #9 ·
O Rio Tamanduateí é tão bonito nas primeiras fotos. Todos os rios que conheço em área urbana são poluidos.
Valeu por mostrar.
Os grandes rios são poluídos sim, Tietê, Pinheiros, Tamanduateí e Aricanduva. Porém, o Capivari, que está localizado na região entre o distrito de Marsilac (extremo sul do município) e Itanhaém (Baixada Santista), é um grande rio e é extremamente natural. Muito bonito! :)

Mas na área urbana, a prefeitura está investindo bastante na despoluição de córregos, tendo despoluídos vários até o momento. :)
 

·
Brasiliense da Bahia!
Joined
·
2,750 Posts
A nascente é bem bonita, a paisagem, etc! Pena que o esgoto das cidades não são tratados! O rio era cheio de curvas e "canalizaram" o rio para melhor aproveitar o espaço urbano, criando grandes problemas nas cidades quando chove.

Parabéns pela iniciativa do thread!
 

·
Indústria da Multa S.A.
Joined
·
6,320 Posts
Uma lástima que esse rio já recebe seu primeiro lançamento de esgoto à metros do parque em Mauá... pqp!!! :bash:

Aqui na região, o rio Barueri-Mirim (ou S. João), que nasce na serra de São João Novo (S. Roque) está sendo todo canalizado entre Itapevi e Barueri, até a foz com o Tietê, na altura de Alphaville. Em vez de preservarem esse rio que faz parte da história da região, preferem tapar. :eek:hno:
 

·
Registered
Joined
·
3,341 Posts
Quem degradou o Rio Tamanduateí, além dos governantes das cidade por onde ele passa, foram as indústrias químicas da Região do ABC, principalmente a já extinta Atlantis do Brasil, em Mauá, a Rhodia Química, em Santo André e a Matarazzo, em São Caetano do Sul. Mercurio, Enxofre, Formol e muito mais, foram jogados neste rio morto, por muitos anos, sem contar o esgoto IN NATURA jogado das favelas ao entorno do rio, principalmente em Mauá, na região do Oratório, Cerqueira Leite e São João.

O Rio Tamanduateí nem merece ser chamado de Rio, pois na minha concepção de vista, rio tem peixe. :eek:hno:

O Tamanduateí na minha visão é um canal de esgoto, nada mais, desde sua nascente em Mauá, dentro do Parque da Gruta Sta. Luzia. :bash:

Gostei do Thread, foi um excelente registro documental, como estão os rios da RM de São Paulo.

:applause:
 

·
**16º ano**
Ano XVIII
Joined
·
25,891 Posts
Ainda não tinha visto esse thread, muito interessante, nunca tinha visto fotos do local onde nasce o Tamanduateí.

Lamentável como os rios de Sp são tão maltratados. :(
 

·
Registered
Joined
·
62 Posts
gente, que pavor isso!
Mas é um pavor de tristeza!!
Quem fez isso com o rio tem que tá queimando no fogo do inferno.
Verdadeiro sinal de destruição e descaso.
Rios em SP nunca foram realmente levados a sério.
Pelas minhas andanças no mundo, dava uma tristeza ver cidades lindas com seus rios lindos.
Daí é chegar no aeroporto de SP e se deparar com a mediocridade humana.
Mas ainda acredito em algo solucionável.... mas não acredito mais em vontade política.
 
1 - 20 of 21 Posts
This is an older thread, you may not receive a response, and could be reviving an old thread. Please consider creating a new thread.
Top