SkyscraperCity Forum banner

Salvados: Cuando éramos ricos

1965 Views 21 Replies 9 Participants Last post by  tykho
1 - 20 of 22 Posts
impressionante..regabofe total de dinheiro..
Ao menos lá ainda fizeram obras de grande infraestrutura, aqui muito do dinheiro não se sabe onde pára.
Ao menos lá ainda fizeram obras de grande infraestrutura, aqui muito do dinheiro não se sabe onde pára.
Autoestradas, expo 98, porto capital europeia da cultura, metro do porto, euro 2004, etc...
E nenhum desses eventos teve um pequenino retorno?
Autoestradas, expo 98, porto capital europeia da cultura, metro do porto, euro 2004, etc...
Metro de Lisboa, Gare do Oriente/Lisboa..

Onde é que vês infraestrutura de grande dimensão como a espanhola? Grande TGV, grandes gares, uma agricultura modernizada e poderosíssima, etc
^^A rede espanhola de aeroportos é um exagero, a portuguesa uma miséria. Nem 8 nem 80.
^^A rede espanhola de aeroportos é um exagero, a portuguesa uma miséria. Nem 8 nem 80.

Miséria? 4 aeroportos (1 vazio) em território continental não chegam :lol:
Autoestradas, expo 98, porto capital europeia da cultura, metro do porto, euro 2004, etc...
Metro de Lisboa, renovação da ferrovia para o Algarve, melhoramentos na linha do norte, melhoramentos no aeroporto do Porto...
Miséria? 4 aeroportos (1 vazio) em território continental não chegam :lol:
Deveriam ser 5 e o de Beja em Évora.
Deveriam ser 5 e o de Beja em Évora.
5? :lol:

Évora nem 4 comboios por dia enche entre Lisboa - Évora.
Sim, e já sei a tua opinião não preciso dela aqui :eek:kay:

O que é que comboios tem a ver com aeroportos? :lol:
Sim, e já sei a tua opinião não preciso dela aqui :eek:kay:
Era mais um "aeroporto de Beja" para Coimbra, sff. :lol:

Este documentário foi mesmo feito para pessoas como tu. Não é por cosntruir um aeroporto, que os aviões aterram lá. Encontras o teu lugar na thread do metropolitano de Lisboa se quiseres. :lol:
Na minha opinião 7 aeroportos internacionais:

PORTO - NORTE DE PORTUGAL
COIMBRA - CENTRO DE PORTUGAL
LISBOA - LISBOA E VALE DO TEJO
ÉVORA - ALENTEJO
FARO - ALGARVE
FUNCHAL - MADEIRA
PONTA DELGADA - AÇORES
Autoestradas, expo 98, porto capital europeia da cultura, metro do porto, euro 2004, etc...
Metro de Lisboa, renovação da ferrovia para o Algarve, melhoramentos na linha do norte, melhoramentos no aeroporto do Porto...
E rotundas, rotundas, e mais rotundas... :D
Já agora, não se tinha feito nada :lol:.
Pá houve estádios do EURO2004 que não foram feitos para cidade os usar no futuro foi só naquela altura que deram lucro.

Leiria, Aveiro e Algarve mesmo sabendo que esta ultima região não tinha clubes de relevo nem assitências grandes para que no futuro o estádio fosse rentável.
O de Faro (Algarve) ainda vá, agora Aveiro e Leiria foi mesmo milhões para o esgoto.
Nem de propósito:

O homem certo

As gerações mais novas não conseguem compreender porque é que em 1988 o Tim cantava que “De Bragança a Lisboa são 9 horas de distância” e queria um avião para lá ir mais amiúde.

Hoje, de Lisboa para Bragança podemos ir de automóvel, autocarro ou avião em menos de metade do tempo.

As redes de transporte cresceram exponencialmente. Primeiro com o Estado a assumir, legitimamente, as expensas da criação de infra-estruturas uma vez que a necessidade de existência de vias de comunicação são para servir a comunidade em geral e por isso é um fim público, como é simples de justificar que o dinheiro que dos impostos são para construir estradas, escolas ou hospitais. Mas depois veio a vertigem. Sobreposição de serviços, contratação de privados para assegurar a construção de vias de comunicação, concessões de auto-estradas, e uma dívida monstruosa que teve de ser retirada do perímetro do Orçamento do Estado, não fosse a União Europeia - grande financiador destas estruturas - não achar graça. Entrava-se na lógica que Portugal iria crescer indefinidamente e teria muito dinheiro disponível num prazo de 20 a 30 anos para fazer face aos pagamentos que contratualizou com privados. Ora, princípio básico de economia ou de silvicultura: as árvores não crescem até ao céu!

A ‘troika' provavelmente nunca ouviu Xutos & Pontapés e muito menos quis saber se era sonho do Tim ou qualquer português voar de Bragança a Lisboa. Olhou sim para uma dívida de 16.800M € de dívida do sector dos transportes, equivalente a 10% do PIB e pediu ao Governo um plano estratégico que foi efectuado em 3 meses e se encontra em curso com objectivo de racionalização da oferta, eliminando-se a sobreposição de serviços, fusão de empresas do sector e revisão dos contractos das parcerias público-privadas. A estas medidas são de acrescentar um investimento significativo no desenvolvimento dos portos portugueses na vertente de atracção de exportadores, bem como a utilização de infra-estruturas aeroportuárias já existentes para atracção de companhias aéreas ‘low cost'.

As empresas necessitam de uma rede de escoamento dos produtos que seja eficaz, barata, com alternativas e concorrência. Só assim podem competir, em termos de preço final, com outros países que não se localizem nos "subúrbios" da Europa e considerar que o seu contributo financeiro à comunidade, via pagamento de impostos, está a ser bem gerido. O Governo e Sérgio Monteiro, secretário de Estado das Obras Públicas, têm demonstrado coragem e convicção na responsabilidade de nos conduzirem neste caminho. Até ao momento todos os sinais são positivos. A possibilidade de pagarmos menos imposto está dependente do sucesso da implementação destas medidas!
Fonte.
1 - 20 of 22 Posts
This is an older thread, you may not receive a response, and could be reviving an old thread. Please consider creating a new thread.
Top