SkyscraperCity Forum banner

Qual o melhor?

1 - 20 of 41 Posts

·
Registered
Joined
·
10,619 Posts
Discussion Starter · #1 ·
Os dois têm a mesma composição de acessos,estão situados em locais semelhantes e causam o mesmo efeito na paisagem,no entanto,cada um ao seu estilo(o de Lamego é Barroco mais virado para o Rococó,e o de Braga é Neoclássico),e são as peculiaridades estéticas desse estilos que diferem um do outro.Bem eu vou deixar de missa e vamos logo ao assunto:

Qual destas destes dois grandes santuários portugueses vocês preferem?


Santuário do Bom Jesus do Monte,Braga

Tipologia
Arquitectura religiosa, barroca, rococó e neoclássica. Monte Santo, de influência directa dos santuários da Europa central e italianos, constituído por enorme escadaria, subindo em ziguezague, ligando várias ermidas de planta centralizada, construídas em épocas distintas, onde se integram os vários passos da Via Sacra, compostos por figuras de vulto, algumas de carácter popular, pontilhada de fontes com símbolos astrais e alegóricos e por terreiros onde se integram várias ermidas, estatuária e fontes. No topo, surge uma igreja neoclássica, de planta em cruz latina, com nave de cinco tramos, marcados interior e exteriormente, intensamente iluminada por duas ordens de janelas rectilíneas e por torre lanterna, com cobertura em falsas abóbadas de lunetas, tendo fachada principal harmónica, flanqueada por torres sineiras com coberturas bolbosas, e corpo central de dois registos, com duas ordens arquitectónicas distintas, toscanas no inferior e jónicas no superior, rasgados por janelões e nichos e coroados por frontão triangular. Interior possui galilé, sobre a qual se desenvolve coro-alto, capelas laterais pouco profundas e contendo retábulos de talha neoclássica, púlpitos confrontantes com acesso pelos corredores laterias e, na capela-mor, retábulo cenográfico com a Crucificação, também neoclássico.

Características Particulares
O santuário do Bom Jesus teve uma grande repercussão em Portugal e no Brasil, influenciando muitos outros, sobretudo quanto à inserção paisagística, no topo de um monte, em cuja vertente evolui, num claro cenário barroquizante. Apesar do escadório ter sido construído em etapas sucessivas, o conjunto resulta harmonioso, optando-se pelo mesmo tipo de planimetria nas capelas da Via Sacra, só divergindo no aspecto decorativo, algumas com pesada gramática rococó, sobretudo as existentes no terreiro superior à igreja. Ao longo do escadório, os elementos sagrados, capelas, cenas e figuras bíblicas do Velho e Novo Testamentos, e profanos, como figuras mitológicas, embora sacralizadas por reformas impostas no séc. 18, alternam-se, numa alegoria ao primado da Igreja Católica e à necessidade de catequizar e penitenciar os fiéis, como meio de obter a salvação. No topo, a igreja de planimetria neoclásscia, em cruz latina, com nave ladeada por capela e por corredores laterais, transepto pouco desenvolvido e capela-mor profunda, sendo o cruzeiro iluminado por lanternim octogonal. O interior mantém uma decoração exuberante, neoclássica, destacando-se o aspecto cenográfico da capela-mor, com a composição de uma Crucificação e as várias personagens que a compõem, envolvidos por estrutura de talha convexa, sustentando anjos e enorme baldaquino, com claras influências barroquizantes. Destaca-se a galilé, muito profunda, para permitir albergar os vários peregrinos, e os corredores de circulação laterais, que terminam em capelas, dedicadas ao Crucificado.
























Santuário de Nossa Senhora dos Remédios,Lamego

Tipologia
Arquitectura religiosa, barroca, rococó e neoclássica. Monte Santo, de influência italiana, filiado no Santuário do Bom Jesus de Braga ( v. 0303580024 ), com escadório monumental, de grande efeito panorâmico, com lanços convergentes e divergentes, animado de jarras decorativas, estátuas e fontes simbólicas, dos tipos nicho e de espaldar. Igreja de planta em cruz latina, com fachada principal harmónica, flanqueada por torres sineiras com coberturas bolbosas, e decoração interior rococó e neoclássica. Estrutura da nave semelhante à da Igreja de São Filipe de Nery, com os ângulos que ladeiam o arco triunfal, abaulados, o que pressupõe a presença do mesmo mestre. Retábulo-mor de talha dourada rococó, filiado no do Mosteiro de Tibães, se bem que adaptado a um espaço mais diminuto. Parque com espécies seleccionadas enquadrada por caminhos e circundada por Estrada Nacional.

Características Particulares
Santuário dedicado à Virgem, com alusões sucessivas à sua iconografia nas fontes e estatuária que adornam o escadório. Apesar de planeadas várias capelas, numa aproximação ao Santuário de Bom Jesus, apenas foi construída uma, dedicada à Sagrada Família. Fachada principal, com frontão construído posteriormente, com o objectivo de esconder a passagem de uma para outra torre, que adultera significativamente a leitura do imóvel. Nave, capela-mor, galeria dos beneméritos (antiga sacristia) e sacristia, no mesmo enfiamento, criando uma linha exterior longitudinal. Corpo da capela-mor de maior altura que o resto do conjunto, exceptuando as torres, para comportar a cúpula, não visível no exterior.























imagens e textos:www.monumentos.pt
 

·
Uma dúzia de anos disto..
Joined
·
34,758 Posts
Vou pelo Santuário do Bom Jesus:
- lembro-me em 1º lugar que me causou maior impressão ao vivo que o da Nossa Senhora dos Remédios
- a escadaria é simplesmente fantástica!!!

:banana:
 

·
braaaap all day!
Lss911
Joined
·
5,387 Posts
Em termos da grande escadaria a do o Santuário de Nossa Senhora dos Remédios tem mais valor escultural/decorativo.
Mas gosto bem mais de um estilo mais depurado (ou menos decorado) do Santuário do Bom Jesus do Monte,Braga. O interior também parece-me melhor o desta, mais italianizante, equilibrado e com uma cor de pedra bem mais bonita na minha opinião! Os topos dos torreões são em estilo rocócó à semelhança da basílica da estrela, o que não lhe fica nada mal.
Aprecio bastante a fachada principal desta, bem proporcionada, equilibrada e com um varandim com balaustrada bem inteessante.
 

·
Moderator
Joined
·
22,657 Posts
So fui ao de Braga mas pelas fotos o de Lamego parece ser mais bonito. Nao ha poll!?
 

·
Whatever
Joined
·
52,061 Posts
:) Já estive nos dois...esta é uma decisão algo difícil e complicada, já que ambos são riquíssimos do ponto de vista arquitectónico e paisagístico. Ambos se inserem em magníficas matas, ambos tem magníficas vistas das cidades onde se inserem. Os escadórios, apesar de semelhantes são muito diferentes do ponto de vista arquuitectónico...

No entanto, o de Braga tem a meu ver uma vantagem...tem um funicular movido a água que é o mais antigo da península ibérica...por isso quem não quiser palmilhar as centenas de degraus pode-se sentar confortavelmente no banquinho e enjoy the ride up or down! :)

Mas o que me faz mesmo escolher o Bom Jesus é o interior da igreja, no meu entender é muito mais imponente e rico que o de Lamego.

Sorry Lamego I still love you but my vote goes for Braga!;)
 

·
Registered
Joined
·
10,619 Posts
Discussion Starter · #17 ·
Jesus :eek: este aqui foi ressuscitado depois de longos anos em baixo da terra a ser comido pelas minhocas.Se aguentou tanto tempo e ainda não está todo comido,então que seja beatificado e posto num caixão de vidro numa aldeola qualquer...

PS-não liguem para o que eu digo....já é muito tarde e eu estou com sono :lol:
 

·
Uma dúzia de anos disto..
Joined
·
34,758 Posts
Eu não sei o que é ser tarde para ti, mas por certo que para mim, neste momento, é bem mais tarde!!:lol:
 
1 - 20 of 41 Posts
This is an older thread, you may not receive a response, and could be reviving an old thread. Please consider creating a new thread.
Top