SkyscraperCity banner

7081 - 7100 of 7102 Posts

·
Registered
Joined
·
20,281 Posts
ANEEL assina contratos de transmissão com investimentos de R$ 4,2 bi

Empenhada em sua missão de assegurar a expansão do sistema, a ANEEL assinou nesta sexta-feira (20/3) os contratos de concessão do leilão de novas linhas de transmissão realizado em dezembro do ano passado. As obras proporcionarão ao País investimentos da ordem de R$ 4,2 bilhões, além de 8.782 empregos diretos.

O certame contou ainda com outra marca histórica, o deságio médio recorde de 60,30%, o maior entre todos os leilões promovidos pela Agência.

“A segurança regulatória, proporcionada pela atuação firme e transparente da ANEEL, garantiu o ambiente de negócios para que chegássemos a esse resultado. Com a ampla concorrência, conseguimos deságio recorde que beneficia o consumidor final. Além disso, as obras aumentarão a confiabilidade do setor e contribuirão para maior qualidade do serviço de transmissão”, disse o diretor-geral da ANEEL, André Pepitone, ao assinar os contratos.

As instalações de transmissão objeto do Leilão de Transmissão n. 2/2019 foram qualificadas no âmbito do Programa de Parcerias de Investimentos da Presidência da República – PPI, por meio do Decreto no 9.973, de 14 de agosto de 2019.

Realizado no dia 19 de dezembro do ano passado, o leilão negociou 12 lotes de empreendimentos situados no Acre, Alagoas, Bahia, Ceará, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e São Paulo.

A assinatura dos contratos ocorre rigorosamente no prazo previsto no cronograma de eventos do leilão.

Na média, o certame teve 10 proponentes para cada lote. Os vencedores contrataram concessões para construir e operar um total de 2.470 km de linhas de transmissão e 7.800 mega-volt-amperes (MVA) em capacidade de transformação acrescentados ao sistema.

https://www.aneel.gov.br/sala-de-imprensa-exibicao/-/asset_publisher/XGPXSqdMFHrE/content/aneel-assina-contratos-de-linhas-de-transmissao-que-vao-gerar-r-4-2-bi-em-investimentos/656877?inheritRedirect=false&redirect=https://www.aneel.gov.br/sala-de-imprensa-exibicao?p_p_id=101_INSTANCE_XGPXSqdMFHrE&p_p_lifecycle=0&p_p_state=normal&p_p_mode=view&p_p_col_id=column-2&p_p_col_count=3


Parece que finalmente vai sair a linha Rio Branco x Cruzeiro do Sul.

Essa linha já tinha sido leiloada desde 2013 ou 2014, mas deu maior rolo com a empresa vencedora e a obra não foi executada.
 

·
Registered
Joined
·
2,741 Posts
^^

à partir de segunda-feira boa parte do país vai ter parado pelo Corona, vamos ver como vai se comportar esse nível. Creio que vá subir bastante e o uso das térmica irá a quase zero.
 

·
freiheit über alles
Joined
·
19,239 Posts
semana passada na mesma terça tava 81,700. Hoje ficou abaixo até de domingo passado q foi 68.
 

·
Registered
Joined
·
20,281 Posts
Até semana passada Furnas estava defluindo 700 m³/s e desde domingo está só 150 m³/s. Tinha estabilizado em 54% e agora voltou a subir bem rápido e já está com 56%.
 

·
Registered
Joined
·
20,281 Posts
- A demanda está tão fraca que o norte estava gerando 18000 MW e agora só 14000. Não tem mercado pra exportar. Tucuruí e Belo Monte estão vertendo a vontade.

- O subsistema nordeste vai fechar abril com reservatórios em 100%. Três Marias já está em 100% e Sobradinho está com 68%, subindo 1 ao dia. Nesse caso do nordeste não é nem baixa demanda que está enchendo os reservatórios, é muita água mesmo...
 

·
Registered
Joined
·
5,798 Posts
A geração eólica tá forte no Nordeste por esses dias? Pois se tiver é mais um motivo para os reservatórios estarem subindo.
 

·
Registered
Joined
·
9,914 Posts
A geração eólica tá forte no Nordeste por esses dias? Pois se tiver é mais um motivo para os reservatórios estarem subindo.
A defluência nos reservatórios do Nordeste é praticamente fixa, pré estabelecida entre entidades ambientais e ONS. Um aumento da produção de energia eólica apenas diminuiria a importação de energia da região Norte, que no momento, tem de sobra.
 

·
Marquês do Seridó
Joined
·
11,960 Posts
A geração eólica tá forte no Nordeste por esses dias? Pois se tiver é mais um motivo para os reservatórios estarem subindo.
Eólica no NE dispara no inverno e morre no verão. Ainda bem, pois é complementar. Mês que vem começa, maio explode. Junho, Julho e Agosto são o top dos tops.
 

·
Registered
Joined
·
5,359 Posts
ONS projeta queda de 8,1% na carga de abril
Em função da desaceleração da economia o índice para maio é de nova queda, de 6% comparado a 2019



Covid-19 deve trazer queda de 0,9% no consumo de energia em 2020
Primeira revisão feita por ONS, EPE e CCEE indica que carga fica em 67.249 MW med

Impactado pelas medidas de contenção da Covid-19, o consumo de energia elétrica deve cair 0,9% no ano. O Operador Nacional do Sistema Elétrico, em conjunto com a Empresa de Pesquisa Energética e Câmara de Comercialização de Energia Elétrica, divulgou nesta sexta-feira, 27 de março, os dados da Primeira Revisão Quadrimestral de Carga de 2020 para o Planejamento Anual da Operação Energética – período 2020-2024. A previsão anterior era crescer 4,2%.

Devido a quarentena adotada em diversas regiões do país, a atividade econômica teve um recuo significativo. A projeção do Produto Interno Bruto foi revista para zero, o que influencia diretamente no consumo de energia. A carga, que estava inicialmente prevista para ser de 70.825 MW med, agora está estimada em 67.249 MW med. Uma redução de 3.576 MW med. Na comparação com o consumo de 2019, que foi de 67.835 MW med, estima-se um recuo de 586 MW med, um recuo de 0,9%.

O recuo na projeção da carga ocorre em todas as regiões do país, mas o Sudeste deve ser o mais impactado. Em dezembro, quando foi feita a previsão para 2020, a estimativa era do consumo de 41.060 MW med, o que foi revisto para 38.960 MW med, com redução de 2100 MW med. O Nordeste teve uma diminuição de 553 MW med, o Sul de 517 MW med e o Norte de 406 MW med.

Ao rever a projeção de crescimento de 4,2% para uma retração de 0,9% em 2020, as instituições também estimam uma redução da carga para os próximos anos. A previsão anterior de que o país alcançaria o patamar de 70 mil MW med de carga neste ano foi postergada para 2021. Como consequência, para o período de 2019 a 2024, a expectativa de crescimento anual foi revista de 3,8% para 2,9%.

 

·
Registered
Joined
·
20,281 Posts
Sobradinho chegou a marca de 70% pela primeira vez em muitos anos, chegou a ficar com 1% em 2015.


Eu calculo que na primeira semana de maio Sobradinho vai atingir 100%.

E não precisa nem chover pra isso, é muita água que ainda está saindo de Três Marias e só nisso ainda demora uns 10 dias pra chegar em Sobradinho. Ou seja, mesmo se não chover ainda vai chegar muita água em Sobradinho nos próximos 15-20 dias.
 
7081 - 7100 of 7102 Posts
Top