SkyscraperCity banner
Status
Not open for further replies.
1 - 3 of 3 Posts

·
Direito Urbanístico
Joined
·
775 Posts
Discussion Starter · #1 ·
SINTAF DIVULGA "DOSSIÊ" SOBRE SAÚDE NA GESTÃO LUIZIANNE LINS

O Sindicato dos Trabalhadores no Serviço de Saúde de Fortaleza (Sintsaf), distribuiu, nestaa terça-feira, um documento sobre a situação da saúde na administração da prefeita Luizianne Lins (PT). O documento intitulada “Dossiê – A realidade da saúde que o Governo Luizianne (PT) não mostra”, foi apresentada à imprensa pelo presidente da entidade Plácido Sobreira Filho, na sede da entidade.

Plácido avalia que “superlotação, vazamentos, instalações precárias, mofo, banheiros sem a mínima condição de uso, aparelhos comprados e não instalados, material sucateado e mal condiciondo, obras inacabadas e áreas cobertas por entulhos que trazem risco à saúde e dificultam a limpeza estão entre os problemas detectados em praticamente todos os locais de trabalho visitados na capital".

Para elaborar o dossiê, o Sintaf vistoriou o Instituto Doutor José Frota, o Frotinhas de Antonio Bezerra, o Frotinha de Messejana e o Frotinha da Parangaba, bem como os Gonzaguinhas da Barra, do José Walter e de Messejana, o CAC, o Hospital Nossa Senhora da Conceição, o SAMU, o Centro de Zoonoes, o CAPS, além de outras unidades.
 

·
Direito Urbanístico
Joined
·
775 Posts
Discussion Starter · #2 ·
Essa administração atual de Fortaleza vai entrar para a História e será para sempre referência de gestão incompetente, irresponsável e desastrosa.

Posso afirmar como um cidadão consciente sobre o que se passa em nossa cidade que quem conheceu a cidade até 4 anos atrás e visitá-la hoje se surpreenderá com a decadência e má conservação da cidade.
 

·
Direito Urbanístico
Joined
·
775 Posts
Discussion Starter · #3 ·
17/06/2008 (16:09)
ADAHIL BARRETO COBRA COERÊNCIA DA ADMINISTRAÇÃO DE FORTALEZA
Por: Luciano Augusto


O lider do PR na Assembléia Legislativa, Deputado Estadual Adahil Barreto, cobrou mais uma vez coerência por parte da Prefeitura Municipal de Fortaleza, no tocante a administração pública. Ele destacou os problemas dos setores de trânsito e saúde. “Só com a indústria das multas, a Prefeitura arrecadou em 2007, cerca de R$ 67 milhões. Isso não pode continuar”, enfatizou o deputado.

O parlamentar disse que muito mais do que alugar máquinas por R$ 57 milhões para multar a população é preciso empregar homens para orientar o trânsito, que “está fazendo todos perderem tempo, dinheiro, calma, e qualidade de vida”, pontuou Adahil sugerindo a união da Guarda Municipal com a Guarda de Trânsito, para atuarem na organização do trânsito nas ruas da Capital.

Adahil Barreto destacou também a dificuldade enfrentada pelos passageiros que utilizam o transporte alternativo na cidade. “A prefeita Luizianne Lins recebeu o projeto do Transfor pronto, mais o deixou mofando na gaveta. Não foram construídos novos terminais, as paradas de ônibus estão degradadas, e as ruas estão sujas”, criticou o deputado.

Para Adahil, o dinheiro que a Prefeitura gasta com a indústria das multas, poderia ser utilizado para pavimentar ruas, avenidas, fazer alargamentos e duplicações de estradas. “A prefeita tem feito muita propaganda da tarifa baixa, mas pela qualidade do serviço prestado à população, o preço das passagens deveriam custar bem menos”, frisou ele, citando o exemplo de cidades como Curitiba, que a tarifa custa R$ 1,80, e possui um transporte coletivo que serve de modelo para o Brasil.

O Deputado Artur Bruno (PT) defendeu a Prefeitura, ressaltando, que a obra do Transfor já começou. Sobre as lombadas eletrônicas que geram as multas, Bruno disse que elas têm diminuído consideravelmente os acidentes.
 
1 - 3 of 3 Posts
Status
Not open for further replies.
Top