SkyscraperCity banner
1 - 20 of 122 Posts

·
Registered
Joined
·
506 Posts
Discussion Starter · #1 ·

·
Registered
Joined
·
269 Posts
Impressisonante a quantidade de críticas que SP vem recebendo durante e depois das eleições. Muito exagerado esse título. Se vc achar que realmente SP não está fazendo nada, dê uma passadinha lá na página de Transporte Ferroviário.
 

·
Registered
Joined
·
4,718 Posts
O trânsito está sendo levado mais à serio do que nunca. Muitas obras estão sendo feitas, tal qual a Nova Marginal, Rodoanel e investimentos em transportes publicos. Mas dinheiro não brota da terra, e bancar obras caríssimas com a pouca ajuda do GF acaba complicando ainda mais as coisas.
 

·
Moderator
Joined
·
33,710 Posts
Com 6 milhões de veículos até que o trânsito flui, há cidades no mundo com muuuito menos e é tudo parado. Esse título é injusto com São Paulo.
 

·
Banned
Joined
·
23,526 Posts
Isso é exagero da matéria.
Primeiro que se investe na melhoria do transito.
Mas uma coisa é certa, é necessário investir no transporte coletivo. é melhor construir uma linha de metrô ou BRT do que uma avenida nova.
 

·
Registered
Joined
·
506 Posts
Discussion Starter · #6 ·
Bom, o texto pode parecer exagerado para muita gente, mas o fato é que SP tem um dos piores trânsitos do mundo em km congestionados.

Ainda que se tenha investido em infraestrutura e transporte público, desde quando?
Antes da estação Chácara Klabin da L2, qual outra tinha sido inaugurada e quando?
É verdade que está se recomeçando a investir outra vez em infra-estrutura, mas é insuficiente e mal-gestionado, na minha opinião. Como disse o samuca, melhor investir em BRT ou metrô que em avenida nova. No entanto, creio que se reduzir os investimentos de metrô em 5% e passar esses recursos pra fazer BRTs dá pra melhorar muito o trânsito em diversas áreas da cidade.
 

·
Vida que Segue
Joined
·
8,575 Posts
é melhor construir uma linha de metrô ou BRT do que uma avenida nova.
Como convencer o usuário de carro particular, a deixar seu meio de transporte em casa e utilizar um ônibus ou metrô?

Pra nossa geração não tem como, esperamos que nossos netos possam usufruir de infraestrutura de mobilidade e qualidade no transporte público!
 

·
Registered
Joined
·
18,300 Posts
Como convencer o usuário de carro particular, a deixar seu meio de transporte em casa e utilizar um ônibus ou metrô?

Pra nossa geração não tem como, esperamos que nossos netos possam usufruir de infraestrutura de mobilidade e qualidade no transporte público!

A única forma de convencer é construindo uma infra-estrutura de transporte que lhe convenha.

Quando "surgiu" uma estação de metrô do lado da minha casa e, com ela, um terminal de ônibus, passei a ser usuário frequente do metrô, deixando várias vezes de sair de carro, e saindo, inclusive, algumas vezes de ônibus, o que era inimaginável.

Morava perto da estação Vila Madalena.
 

·
on the road
Joined
·
34,461 Posts
Mas uma coisa é certa, é necessário investir no transporte coletivo. é melhor construir uma linha de metrô ou BRT do que uma avenida nova.
Nem sempre, e não necessariamente. O uso do modal carro está relativamente estabilizado há 10 anos em proporção do total de deslocamentos x km em SP propriamente dita (não na RMSP). Obras de todo tipo são necessárias: avenidas, VLT, monotrilho, metrôs etc.

BRT, todavia, é um contrassenso, não tem apelo de mercado e, ao contrário de metrô ou monotrilho, não acrescente capacidade total, mas tira capacidade dos carros. A menos que se concorde com visões muito autoritárias do tipo "é preciso cobmater o carro", BRT em uma cidade como SP em geral deve ser descartado... imaginem se na Radial Leste houvesse um BRT e não uma Linha 3 d Metrô...
 

·
Subway and train Forever!
Joined
·
17,073 Posts
Impressisonante a quantidade de críticas que SP vem recebendo durante e depois das eleições. Muito exagerado esse título. Se vc achar que realmente SP não está fazendo nada, dê uma passadinha lá na página de Transporte Ferroviário.
E também no transporte rodoviário :)

Com 6 milhões de veículos até que o trânsito flui, há cidades no mundo com muuuito menos e é tudo parado. Esse título é injusto com São Paulo.
Na verdade já são 6,5 milhões de veiculos....:eek:kay:

Bom, o texto pode parecer exagerado para muita gente, mas o fato é que SP tem um dos piores trânsitos do mundo em km congestionados.

Ainda que se tenha investido em infraestrutura e transporte público, desde quando?
Antes da estação Chácara Klabin da L2, qual outra tinha sido inaugurada e quando?
É verdade que está se recomeçando a investir outra vez em infra-estrutura, mas é insuficiente e mal-gestionado, na minha opinião. Como disse o samuca, melhor investir em BRT ou metrô que em avenida nova. No entanto, creio que se reduzir os investimentos de metrô em 5% e passar esses recursos pra fazer BRTs dá pra melhorar muito o trânsito em diversas áreas da cidade.
Bom, os investimento em transporte público "de verdade" só passou a ocorrer de 2007 para cá. Nesse tempo, foram inauguradas as estações Alto do Ipiranga, Sacomã, Tamanduatei e V.Prudente da L2, Paulista e Faria Lima da L4, isso no metrô. Na CPTM, na parte que fica dentro do municipio de São Paulo, foram inauguradas as estações Autodromo, Interlagos e Grajaú na L9, Usp Leste, Jardim helena-Vila Mara e Jardim Romano na L12, isso só contando as estações novas, sem contar as reconstruídas.

Além do metrô, os investimentos na malha de 260,8km da rede da CPTM deram e estão dando vida nova aos trens metropolitanos, aproveitando principalmente que mais de 100km do total ficam dentro de São Paulo. E esses investimentos fizeram a demanda da CPTM aumentar de cerca de 1,5 milhão em 2005 para 2,2 milhões nesse ano. Muita gente que não usava os trens antes, passaram a usar, e com isso tem ajudado bastante na mobilidade, sendo que antes as opções em matéria de transporte publico sobre trilhos era só o metrô.

Então se o metrô não recebeu tantos investimentos como deveria,foi pq agora passou-se a investir pesado nos trens metropolitanos da CPTM tb. Afinal, é um desperdicio os mais de 100km da rede dentro da cidade de são paulo sendo subutilizada por causa do sucateamento que eram os trens na decada de 80 e 90.

Só que, esses investimentos vieram muito tarde. Se tivessem vindo no final dos anos 90 ao invés do final dos anos 2000, hj o transito estaria menos "pior"

Porém para reverter o quadro que SP se encontra atualmente, somente com a continuidade dos investimentos pesados em transporte publico em geral. Diga-se Metrô, trem, VLT, ônibus, monotrilhos, etc.....como já vem ocorrendo atualmente.
 

·
Registered
meow
Joined
·
9,839 Posts
Acho interessante terem mencionado apenas Pequim, Moscou, SP, Cidade do México e Lagos. Onde está Londres?! Ou melhor, qualquer grande capital européia onde o trânsito é realmente de matar?

Um dia em Berlim eu fiquei quase 1h parado na Unter den Linden! E nem era hora de rush, eram 3 da tarde!!!
 

·
Subway and train Forever!
Joined
·
17,073 Posts
Nem sempre, e não necessariamente. O uso do modal carro está relativamente estabilizado há 10 anos em proporção do total de deslocamentos x km em SP propriamente dita (não na RMSP). Obras de todo tipo são necessárias: avenidas, VLT, monotrilho, metrôs etc.

BRT, todavia, é um contrassenso, não tem apelo de mercado e, ao contrário de metrô ou monotrilho, não acrescente capacidade total, mas tira capacidade dos carros. A menos que se concorde com visões muito autoritárias do tipo "é preciso cobmater o carro", BRT em uma cidade como SP em geral deve ser descartado... imaginem se na Radial Leste houvesse um BRT e não uma Linha 3 d Metrô...
Da onde você tirou esses dados? O número de veiculos em circulação em SP cresce a cada ano. Em 2005 era de cerca de 5,8 milhões, hj é de 6,5 milhões. A cada dia, 1000 novos carros são emplacados na cidade. Precisa se informar mais, assistir mais os telejornais. Os indices médios de congestionamentos só aumentam todos os anos.

Para reduzir os congestiomentos, tem que fazer como fizeram cidades como Tokyo, Londres, Paris e outras: Investiram pesado no transporte publico, estruturando totalmente a cidade, dando opções de transporte publico de qualidade. Dando opções as pessoas, elas irão deixar o carro em casa, como 60% dos usuários do Metrô-SP que tem carro hj o fazem, melhorando a mobilidade.

Depois que inaugurou V.Prudente, o namorado da minha irmã abandonou o carro, pois segundo ele, não aguentava mais os congestionamentos da Anhaia Mello e da Juntas provisórias para vir trampar aqui no centro. De metrô ele faz o trajeto V.Prudente - Paulista em 19 minutos, de carro levava mais de 1 hora. Ainda bem que a atual gestão está priorizando o transporte publico e o Alckmin já deixou claro que vai continuar os planos,como tb a priorização ao transporte publico. Fiquei contente qdo disse que vai investir pesado na CPTM tb. SP já tem um monte de ruas, avenidas, e ligações para trocentos lugares. Quem me dera se pudesse ir a qualquer parte da cidade de metrô, como quem usa carro consegue se deslocar a qualquer parte. Metrô e trem não polui, e carro, mesmo a alcool, polui bem mais. E isso no inverno é um inferno.....não há pulmão que aguente a poluição de 6,5 milhões de veiculos no inverno.
 

·
on the road
Joined
·
34,461 Posts
Da onde você tirou esses dados?
Leia o que eu escrevi!

1. Propriedade de carro =/= uso do carro
2. A população aumentou no período
3. A dinâmica de certos deslocamentos mudou
4. A quantidade de deslocamentos por habitante por período aumentou

Não dá pra comparar taxa de propriedade de carros (motorização) com participação dos carros no total de deslocamentos MEDIDOS POR KM-PAX, critério internacionalmente usado para identificar distribuição por modal em qualquer área.
 

·
Subway and train Forever!
Joined
·
17,073 Posts
Leia o que eu escrevi!

1. Propriedade de carro =/= uso do carro
2. A população aumentou no período
3. A dinâmica de certos deslocamentos mudou
4. A quantidade de deslocamentos por habitante por período aumentou

Não dá pra comparar taxa de propriedade de carros (motorização) com participação dos carros no total de deslocamentos MEDIDOS POR KM-PAX, critério internacionalmente usado para identificar distribuição por modal em qualquer área.
Eu li muito bem, tanto é que destaquei o ponto. Além disso, é facil afirmar para quem está morando fora do Brasil, sem ver como está a realidade aqui. SP muda tão rapidamente que eu que fiquei menos 2 anos morando fora do país (entre 2006 e 2008), ao voltar, me surpreendi muito.

Além disso, a realidade nem sempre é como os números dizem. Basta cair uma chuva para você ver o inferno que fica o transito em SP. Hoje em dia está tão ruim, que mesmo em horario de vale, é comum ter vários trechos engarrafados como se fosse horário de pico.

Por isso eu concordo com a matéria (exagerada ou não) que diz que SP tem o pior transito do mundo. Só quem vive aqui o dia a dia atual conhece bem a realidade e sabe muito bem como é.
 

·
on the road
Joined
·
34,461 Posts
Além disso, a realidade nem sempre é como os números dizem.
O que é a realidade de algo objetivo como tráfego? SEntimento? Estresse? Nem pensar, realidade, nesse caso, é tráfego, e só.

Por isso eu concordo com a matéria (exagerada ou não) que diz que SP tem o pior transito do mundo. Só quem vive aqui o dia a dia atual conhece bem a realidade e sabe muito bem como é.
Aí, partíríamos para aquele argumento de que há umas 40 "estradas da morte" no Brasil, cada região dizendo que "lá pode ser ruim, mas aqui do meu lado com certeza é pior".

O pior engarrafamento sempre é aquele que você enfrenta e te faz perder tempo. E a melhor obra viária é sempre aquela que te leva mais rápido do ponto A ou B, por esse raciocínio.
 

·
**16º ano**
**17º ano**
Joined
·
25,736 Posts
A economia estabilizada e o crédito fácil, com carros em até 72 vezes faz com que o numero de automóveis cresça num numero absurdamente alto, não há estrutura viária que aguente.

Agora, que o título é exagerado, é. Aqui no Brasil mesmo há cidades tão ou mais problemáticas, que estão tendo o mesmo crescimento de automoveis nas ruas e tem um sistema viário bastante deficiente. Se for levar em consideração algumas cidades indianas ou chinesas então....
 

·
Registered
Joined
·
18,300 Posts
Não é preciso nem muita inteligência, nem muita informação para saber que SP está, certamente, entre os 5 piores trânsitos do mundo. Agora, se é o pior, ou o quinto pior, não há motivos para discutir, se envergonhar por ser o pior ou se orgulhar de não ser o pior (mas estar entre eles), só há motivos para se preocupar e cobrar ações de nosso governo, o que finalmente parece estar começando a acontecer com maior intensidade (vide metrô, marginais, etc..).

Brasileiro tem mania de achar que se é o pior, tá ruim, se é o segundo pior, ah então ainda tá bom. É o mesmo com o inverso, se é o melhor, tá ótimo, se é o segundo melhor, é uma merda.
 

·
Registered
Joined
·
506 Posts
Discussion Starter · #19 ·
Nem sempre, e não necessariamente. O uso do modal carro está relativamente estabilizado há 10 anos em proporção do total de deslocamentos x km em SP propriamente dita (não na RMSP). Obras de todo tipo são necessárias: avenidas, VLT, monotrilho, metrôs etc.

BRT, todavia, é um contrassenso, não tem apelo de mercado e, ao contrário de metrô ou monotrilho, não acrescente capacidade total, mas tira capacidade dos carros. A menos que se concorde com visões muito autoritárias do tipo "é preciso cobmater o carro", BRT em uma cidade como SP em geral deve ser descartado... imaginem se na Radial Leste houvesse um BRT e não uma Linha 3 d Metrô...
Não acho que o exemplo seja bem aplicado. Um BRT não funcionaria no lugar de uma linha do metrô já construída (que foi a 2ª linha construida em SP justamente por causa da sua grande demanda). No entanto, em zonas de adensamento médio e como transporte complementar creio que poderia funcionar bastante bem, principalmente em zonas mais próximas da periferia onde a demanda de passageiros não justifica a construção de uma linha nova de metrô ou trem.
 

·
Moderator
Joined
·
38,494 Posts
Nem sempre, e não necessariamente. O uso do modal carro está relativamente estabilizado há 10 anos em proporção do total de deslocamentos x km em SP propriamente dita (não na RMSP).
Mais ou menos, né? Em 1997, havia mais deslocamentos por transporte individual do que por transporte público. Em 2002, isso foi invertido, e voltou a ser como em 1997 em 2007. Houve, de 2002 para 2007, uma mudança significativa no transporte público, porque a renovação da frota de ônibus, o Bilhete Único e os investimentos no Metrô-SP e na CPTM alteraram bastante a atratividade do transporte público. Antes havia capacidade ociosa em muitos locais, hoje já não há em quase nenhum, sendo que a oferta aumentou em mais de 90% das vezes. Sendo São Paulo responsável por mais de 50% dos deslocamentos, não vejo motivos para que os números sejam muito diferentes dos números da RMSP.
 
1 - 20 of 122 Posts
Top