Skyscraper City Forum banner
Status
Not open for further replies.
1 - 3 of 3 Posts

·
Registered
Joined
·
9,129 Posts
Discussion Starter · #1 ·
TAM deixará parceria com a American e acerta com United Airlines

A TAM anuncia hoje (18/05) o seu terceiro acordo operacional com uma companhia aérea estrangeira em menos de um mês: desta vez, fechará parceria para compartilhar vôos com a americana United Airlines, ex-parceira da Varig.

Com isso, a brasileira irá romper, em até seis meses, a parceria que tinha com a American Airlines -não é permitido manter acordos bilaterais com duas companhias aéreas de um mesmo país. A avaliação foi que a malha da United complementa melhor a da TAM, que voa para Nova York e Miami, pois ela tem vôos diretos para Chicago e Washington.

No mês passado, a TAM assinou acordo com a portuguesa TAP, também parceira histórica da Varig, e neste mês com a chilena LAN.

A estratégia da empresa vem sendo firmar parcerias bilaterais com companhias em vez de entrar para uma aliança operacional internacional (como a Varig, que fazia parte da Star Alliance).

TAM e Varig, que neste ano foi comprada pela Gol, travam uma disputa pelas autorizações para operar freqüências internacionais. A Varig tem até junho para retomar uma série dessas freqüências sob pena de perdê-las -e vai pedir prorrogação do prazo. Se não conseguir, a TAM pode requerer autorização para voar para destinos que não atende hoje, como Frankfurt, na Alemanha -há limite de vôos semanais por país."

Fonte: FOLHA DE S. PAULO - 18/05/2007

;)
 

·
Banned
Joined
·
27,387 Posts
Eu vejo que esses acordos da Tam é para barrar as empresas estrangeiras de atuar diretamente no Brasil, não sei se é a American Airlines ou United Airlines terá 5 vôos ligando Brasilia a Washington ou a New York.

Se for é para melar a entrada na cidade. E eu fico pensando, o que passa na cabeça das empresas que abandonaram as rotas internacionais de Brasília, veem a entrada das multis nas rotas abandonadas começarem a bombar.

Vão ficar chupando dedo, pois depois que a rota do EUA e de Portugal estiverem operacionais, com certeza vai ser dificil encontrar pessoas do norte e centro oeste fazendo baldeação (conexão) no Rio de Janeiro e em São Paulo.
 
1 - 3 of 3 Posts
Status
Not open for further replies.
Top