SkyscraperCity Forum banner

Tendencia ou Necessidade? Condomínios verticais em Uberlândia.

4513 Views 10 Replies 7 Participants Last post by  DouglasSouzaAlves
De acordo com dados do Sindicato da Habitação de Uberlândia (Secovi), a cidade possui a terceira melhor economia de Minas, acomoda cerca de 16% de todos os seus moradores (que, segundo o último senso do IBGE, se aproximam de 700 mil habitantes) em condomínios.
Segundo os dados, a concentração de condomínios verticais em torno de 43,9% de todos os prédios residenciais da cidade, está na região Central, especialmente no hipercentro, cuja representatividade é de 7,95%. A região Leste figura em segunda posição, com 40,9% dos edifícios da cidade e concentração nos bairros Santa Mônica e Jardim Finotti, que juntos, chegam a 29% dessa representatividade. A região Sul, que figura na terceira posição do ranking dos prédios da cidade, em torno dos 12,4%, é referência em condomínios horizontais de alto padrão. Ainda em conformidade com os dados do Secovi, a região detém cerca de 63% de todos os condomínios horizontais da cidade.
No período da avaliação econômica desenvolvida pelo Instituto de Economia da UFU, de 1984 a 2004, os municípios de Betim e Uberlândia, ambos de Minas Gerais, foram os que mais bem se posicionaram entre os 52 pesquisados. Este fator define Uberlândia com excelentes oportunidades para o mercado de moradia, seja de alto padrão, seja para baixa renda.


Central - 696; Leste - 649; Sul - 197; Norte - 22; Oeste - 21
Fonte: Secovi

Klabin

Para investidores locais, a saída da Klabin não se justifica, exclusivamente, pela situação econômica vivenciada no país, mas por erro de gestão e falta de identificação do mercado local. “A Klabin não pesquisou o mercado de Uberlândia, ela se quer solicitou informações ao Sindicato da Construção Civil de Uberlândia. Vejo que a empresa por falhas de alguns profissionais, replicou uma proposta adequada para São Paulo dentro de Uberlândia. Sabemos que esta estratégia não funcionaria não só no segmento da construção, mas em nenhum outro mercado” esclarece Wagner Oliveira, vice-presidente do Sindicato da Construção Civil de Uberlândia (Sinduscon) e empresário do setor.


Fonte: Secovi

Fonte: Revista Negócios
1 - 11 of 11 Posts
Valeu pelos números! Uberlândia tem mais de 1500 condôminios verticais e tem 67 em construção :nuts:
credo, 1500 condominios VERTICAIS? Oo
^^
o tanto de predim do santa monica....
^^
haihaiahah é...mas é um numero expressivo...
Alias, qual a definiçao de condominio vertical para a pesquisa? acima de 3 andares?
Na minha opinião, respondendo o título do thread: É tendencia.
Uma vez que a area da cidade é bem grande e a muitos locais disponíveis para construção de casas.
Sendo assim morar em um prédio é um diferencial.Coisa que ocorre em cidades com muitos prédios residenciais deve acontecer por aí daqui algum tempo.
Sinceramente daria tudo pra morar em uma casa!:(
na verdade acho que aqui em Uberlândia não é apenas uma tendência, é pura expeculação imobiliaria mesmo...
e tem uma coisa, com a tendência histórica de expansão horizontal da cidade, tudo tende a ficar mais distante, e posteriormente as pessoas irão querer ficar mais próximas ao centro, e aí haverá valorização da verticalização
^^
o pior que já acontece isso...só que, ao inves de valorizar a verticalização na região Central, a cidade vai criando "bolsões" verticais como as regiões dos bairros Martins, Copacabana/Fundinho e Santas Maria/Monica e agora o Vigilato Pereira... e sei lá, não concordo muito com isso não.
1 - 11 of 11 Posts
This is an older thread, you may not receive a response, and could be reviving an old thread. Please consider creating a new thread.
Top