Skyscraper City Forum banner

Concordas com a morte medicamente assitida?

  • Sim

    Votes: 22 95.7%
  • Não

    Votes: 1 4.3%
1 - 20 of 116 Posts

·
Registered
Joined
·
52,542 Posts
Discussion Starter · #1 ·
o que acham deste assunto? em termos gerais uns defendem a morte com dignidade outros que nimguem deve interromper o cursso normal da vida, devia este assunto ser levado a decisão pública? :?
 

·
Registered
Joined
·
1,883 Posts
por mim, nem ia a referendo. é um assunto diferente do aborto, embora envolva tmb a morte, mas porque não?? porque é que há de uma pessoa estar a sofrer? se é uma opção propria da pessoa, não devemos respeitar? eu sou a favor
 

·
Registered
Joined
·
21,081 Posts
neste caso é diferente pois uma pessoa tem consciencia do que está a fazer e é uma decisão que apenas implica a si só e mais nenhuma vida.. eu se estivesse nesse caso numa cama tipo vegetal preferia que me deixassem morrer caso fosse esse o meu desejo..
 

·
Registered
Joined
·
52,542 Posts
Discussion Starter · #6 ·
a eutanásia by wikipedia:

Eutanásia (do grego ευθανασία - ευ "bom", θάνατος "morte") é a prática pela qual se abrevia, sem dor ou sofrimento, a vida de um enfermo incurável. A eutanásia representa atualmente uma questão de bioética e biodireito. Algumas pessoas acham errado matar uma pessoa, mesmo que essa pessoa esteja a passar por um terrível sofrimento e queira morrer por vontade própria.

Independentemente da forma de Eutanásia praticada, seja ela legalizada ou não, é considerada como um assunto controverso, existindo sempre prós e contras – teorias eventualmente mutáveis com o tempo e a evolução da sociedade, tendo sempre em conta o valor de uma vida humana. Sendo eutanásia um conceito muito vasto, distinguem-se aqui os vários tipos e valores intrinsecamente associados: eutanásia, distanásia, ortotanásia, a própria morte e a dignidade humana.

Antes de mais, é importante referir que se podem “classificar” dois tipos de eutanásia, a "eutanásia ativa" e a "eutanásia passiva". Embora existam duas “classificações” possíveis, a Eutanásia em si é o ato de facultar a morte sem sofrimento, a um indivíduo cujo estado de doença é crônico e, portanto, incurável, normalmente associado a um imenso sofrimento físico psíquico.

A "eutanásia ativa" conta com o traçado de acções que têm por objectivo pôr término à vida, na medida em que é planeada e negociada entre o doente e o profissional que vai levar e a termo o ato.

A "eutanásia passiva" por sua vez, não provoca deliberadamente a morte, no entanto, com o passar do tempo, conjuntamente com a interrupção de todos e quaisquer cuidados médicos, farmacológicos ou outros, o doente acaba por falecer. São cessadas todas e quaisquer ações que tenham por fim prolongar a vida. Não há por isso um ato que provoque a morte (tal como na Eutanásia Ativa), mas também não há nenhum que a impeça (como na Distanásia).

É relevante distinguir eutanásia de "suicídio assistido", na medida em que na primeira é uma terceira pessoa que executa, e no segundo é o próprio doente que provoca a sua morte, ainda que para isso disponha da ajuda de terceiros.

Etimologicamente, distanásia é o oposto de eutanásia. A distanásia defende que devem ser utilizadas todas as possibilidades para prolongar a vida de um ser humano, ainda que a cura não seja uma possibilidade e o sofrimento se torne demasiadamente penoso.
 

·
Registered
Joined
·
52,542 Posts
Discussion Starter · #7 ·
neste caso é diferente pois uma pessoa tem consciencia do que está a fazer e é uma decisão que apenas implica a si só e mais nenhuma vida.. eu se estivesse nesse caso numa cama tipo vegetal preferia que me deixassem morrer caso fosse esse o meu desejo..

mas como se poderia evitar aproveitamentos tipo alguem forçar alguem em estado vegetativo a aceitar ser morto para favorecer heranças? :?
 

·
Registered
Joined
·
21,081 Posts
tinha de ser a pessoa a expressar a sua vontade (penso q esses casos só se põem quando o paciente sofre e quer deixar de sofrer..) caso fosse atraves de terceiros, não sei, teria de ser bem estudado o caso..
 

·
Uma dúzia de anos disto..
Joined
·
30,728 Posts
Eu acho que deveria ser referenciada. Porém julgo que o Não ganharia...:(
Eu sou a favor da eutanásia!:eek:kay:
 

·
Registered
Joined
·
21,081 Posts
Quanto à questão, a vida é um sofrimento para quase toda a gente.
acho que não se deve ver deste ponto de vista.. a vida é algo que só à propria pessoa diz respeito e há umas que sofrem muito e às vezes desnecessariamente.

qual a motivação de uma pessoa que está fechada num quarto durante anos, cheio de tubos que provocam dores interminaveis e que sabe que nunca sairá do quarto, apenas espera que a morte natural chegue? :dunno:
 

·
I Love You... Soraia
Joined
·
27,934 Posts
Acho que devia haver referendo e eu votaria SIM.

Mas a eutanásia só devia ser permitida a pessoas com mais de 21 anos. E os médicos não deviam encorajar a fazela.

a questao dos 21 anos era para evitar o que acontece na holanda... uma pita fica deprimida por nao sei o quê e decide matar-se... e legalmente pode-o fazer desde criança.

quanto aos medicos nao aconselharem... eh tambem pra evitar algo que acontece na holanda... os medicos pra nao se tarem a chatear encorajam a eutanasia... ate pk poupam mais dinheiro ao hospital e ao estado. alguns medicos na holanda aprenderam metodos de eutanasia nao detectaveis... e por vezes aplicam-nos em alguns pacientes. na pratica, a eutanasia pode tornar-se homicidio, e todos os anos acontecem consideraveis casos desses na Holanda.
 

·
Registered
Joined
·
4,670 Posts
Por mim não deveria ser referendiada. O governo deveria proceder automaticamente à alteração da lei sem caír no mesmo erro da IVG, gastando muito dinheiro quando a população não adere na sua maioria a estas iniciativas
 
1 - 20 of 116 Posts
Top