SkyscraperCity banner

901 - 920 of 946 Posts

·
Registered
Joined
·
4,552 Posts
Ponte sobre o Vouga ruiu e fez um ferido

A ponte quinhentista sobre o rio Vouga, situada na antiga EN 1, em Lamas do Vouga, concelho de Águeda, ruiu parcialmente na noite de sábado, abatendo cerca de 15 dos seus 100 metros de comprimento.



O desmoronamento deu-se às 21 horas e provocou ferimentos ligeiros num homem que, na altura, atravessava a ponte. Assistido no local e transportado para o Hospital de Águeda, o homem, que caiu à água, registou escoriações.

A ponte, que transitou para a jurisdição municipal em 1996, tinha encerrado ao trânsito em Maio devido ao abatimento de um pilar - registava também fissuras no tabuleiro. A Câmara fez um pedido de vistoria à estrutura da ponte em Setembro de 2010 e, nessa altura, concluiu-se que não havia risco de ruir.

fonte: JN
 

·
Banned
Joined
·
2,140 Posts
aaim vai este pais, Portugal é lisboa e o resto é paisagem. Pontes a cair por esse Portugal fora, na cidade do Porto temos a Ponte do Infante e D.Luis I a necessitar de obras urgentes a nivel do piso e ninguem assume a obra.
 

·
You may call me Lamp...
Joined
·
11,734 Posts
Queda de ponte sobre o rio Vouga provoca um ferido
ESTAVA FECHADA AO TRÂNSITO HÁ 1 ANO




Uma ponte sobre o rio Vouga, na antiga Estrada Nacional 1 (EN1), em Lamas do Vouga, concelho de Águeda, fechada ao trânsito há cerca de um ano, ruiu parcialmente na noite de sábado, provocando um ferido.

O alerta foi dado "perto das 21 horas" por um homem que ali passava a pé e se precipitou para o rio, depois do desmoronamento parcial do tabuleiro, que terá ocorrido pouco antes, sofrendo "ferimentos sem muita gravidade", disse à Agência Lusa, Jorge Almeida, vice-presidente da câmara de Águeda.

Depois de, "durante alguns minutos", ter "gritado por auxílio", o ferido foi socorrido por populares, que alertaram o INEM (Instituto Nacional de Emergência Médica), que fez deslocar para o local uma equipa, que o assistiu e transportou para o hospital de Águeda, de onde foi transferido para o hospital de Aveiro, adiantou o autarca.
Fonte
 

·
You may call me Lamp...
Joined
·
11,734 Posts
É a mesma ponte???
 

·
Registered
Joined
·
19,848 Posts
Lampião, a foto da ponte que colocaste é também sobre o Vouga só que se trata duma ponte ferroviária da LV agora desactivada e fica localizada a montante, junto a Pessegueiro do Vouga.
 

·
Registered
Joined
·
14,968 Posts
in "Público"


Lagos: ponte D. Maria II fechada ao trânsito por risco de colapso


A ponte rodoviária D. Maria II, um dos principais acessos à cidade de Lagos, foi interdita ao trânsito automóvel e pedonal neste sábado por apresentar risco de colapso iminente, anunciou a autarquia.


A decisão foi tomada após uma inspecção do Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC) efectuada na sexta-feira àquela estrutura centenária, lê-se no comunicado enviado à agência Lusa pela Câmara Municipal de Lagos.


Segundo a autarquia, o relatório preliminar do LNEC “revela que foram detectados danos graves em dois arcos que estão assentes sobre o primeiro pilar”. Os danos correspondem “à fendilhação em toda a largura dos arcos base de sustentação da ponte com alteração significativa da sua geometria”.


O relatório do LNEC considera que os danos “comprometem a capacidade de resistência dos arcos sendo possível o seu colapso de forma brusca”.


Na sequência da inspecção a autarquia decidiu interditar a partir de hoje o trânsito automóvel e pedonal na Ponte D. Maria II, cujo movimento diário ascende a cerca de mil veículos.
 

·
Registered
Joined
·
14,968 Posts
in "Público"


Espanha desiste da ponte que ligaria Cedillo a Montalvão


Cerca de 15 quilómetros separam as duas localidades, mas os residentes vão continuar percorrer cerca de 120
 

·
Registered
Joined
·
14,968 Posts
in "Jornal de Notícias"


GNR intervém no caso da ponte construída por populares em Forjães


foto Sérgio Freitas/Global Imagens



A GNR vai intervir no caso da ponte que populares construíram sobre um ribeiro em Forjães, Esposende, "completamente à revelia" das autoridades, e que está a servir de passagem tanto para peões como para viaturas.


Fonte da GNR disse, esta terça-feira, à Lusa que o caso poderá configurar uma situação de contraordenação, uma vez que "qualquer construção numa linha de água carece de uma série de autorizações".


A situação deverá ser registada pelo Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente (SEPNA) da GNR.


Aquela ponte, em madeira, foi edificada num terreno particular, alegadamente para servir de passagem alternativa enquanto decorrem as obras de reforço estrutural da ponte do Fulão e, assim, evitar desvios.


Ao fim de 15 dias de obras, os habituais utilizadores daquela travessia perderam a paciência e meteram mãos à obra, implantando ao lado, num terreno particular, uma ponte em madeira.


No local, colocaram ainda um aviso identificando aquela ponte como "passagem pedonal".


No entanto, a ponte transformou-se imediatamente em passagem para automóveis, uma situação que era notória na manhã de hoje, com muitas viaturas a atravessá-la.


O presidente da Junta de Freguesia de Forjães, José Henrique Brito, disse à Lusa que aquela travessia foi construída "à revelia" das autoridades, descartando, assim, "quaisquer responsabilidades" em relação ao assunto.
"O terreno é privado, a Junta foi surpreendida com o aparecimento da ponte, a Câmara e a Proteção Civil já estão informadas", acrescentou.


A Lusa contactou a Câmara, mas ainda não conseguiu qualquer reação.
O autarca de Forjães garantiu que a Junta se preocupou em assegurar uma alternativa, gastando 2000 euros em "tuvenan" para que um caminho ao lado ficasse em condições de circulação.


Anda-se um bocadinho em terra batida, é certa, mas é esse caminho que a carrinha da Junta utiliza, para os transportes escolares, por exemplo, sem quaisquer problemas, e a distância é praticamente a mesma", disse ainda.
As obras da ponte do Fulão, que visam o reforço estrutural depois de a pedra angular ter descido consideravelmente, estão orçadas em cerca de 40 mil euros e estarão concluídas em meados de abril.
 

·
Registered
Joined
·
21 Posts
Olivença é de Portugal! Foram os Espanhóis que destruíram esta Ponte da Ajuda durante a Guerra das Laranjas. Não pedimos que paguem o conserto da ponte mas exigimos a devolução de Olivença e de Táliga.
 

·
Registered
Joined
·
591 Posts
Olivença é de Portugal! Foram os Espanhóis que destruíram esta Ponte da Ajuda durante a Guerra das Laranjas. Não pedimos que paguem o conserto da ponte mas exigimos a devolução de Olivença e de Táliga.
We'll rebuild a bridge and make Spain pay for it!

SPERREL 2016
 

·
Moderator
Joined
·
163,190 Posts
Barreiro e Seixal vão voltar a estar ligadas por uma ponte. Quase 50 anos depois

A ponte ferroviária que unia o Barreiro ao Seixal foi derrubada por um barco da Siderurgia em 1969 e nunca foi recuperada. Agora vai renascer como ciclovia e ligação pedonal.


As câmaras do Barreiro e do Seixal vão juntar-se para recuperar a ligação entre os dois concelhos que passava em ponte por cima da foz do rio Coina. Essa antiga ponte ferroviária não é utilizada desde 1969, altura em que um barco ao serviço da Siderurgia Nacional chocou com um dos seus pilares, inutilizando a ligação. Na altura especulou-se sobre a intencionalidade daquele acidente, pois a ponte limitava fortemente o acesso à nova fábrica que o empresário António Champalimaud construíra um pouco a montante do mesmo rio Coina.

As duas autarquias propõem-se agora investir quatro milhões de euros numa ligação destinada a ser utilizada apenas por peões e como ciclovia, informa o Diário de Notícias esta segunda-feira. O objetivo é ligar as redes de percursos pedonais e cicláveis dos dois concelhos e atrair turistas.

A ligação será entre o terminal ferroviário do Barreiro e a antiga estação ferroviária do Seixal, desativada há quase cinco décadas, e passará junto ao Centro de Estágios do Benfica.

A reutilização do antigo ramal ferroviário passará por duas candidaturas autónomas — uma de cada autarquia — a fundos comunitários no âmbito do Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano Sustentável.

Carlos Humberto, presidente da Câmara Municipal do Barreiro, considerou em declarações ao mesmo jornal que este é “um projeto muito importante, até do ponto de vista histórico, porque retoma uma ligação entre os dois municípios, que vai ajudar a desenvolver toda a zona ribeirinha”.

http://observador.pt/2016/03/28/barreiro-seixal-voltam-estar-ligados-ponte-quase-50-anos/
 

·
Moderator
Joined
·
163,190 Posts
901 - 920 of 946 Posts
Top