SkyscraperCity banner
1 - 1 of 1 Posts

·
is this it
Joined
·
609 Posts
Discussion Starter · #1 ·
instrumento está na estação há quase um ano e continua sendo disputado.
Desempregado diz ter aprendido a tocar de tanto assistir aos outros.


De tanto passar em frente ao piano instalado no meio do saguão de entrada da Estação da Luz, no Centro de São Paulo, o desempregado Claudio Luis Pereira, de 33 anos aprendeu a tocar o instrumento. “Mas são só duas músicas”, adianta ele.

A Estação da Luz, da CPTM, faz parte da rotina de Pereira nas saídas quase diárias à procura de emprego. “Eu comecei vendo um rapaz tocando e fui tentando de ouvido”, conta Pereira, que respondeu um “não sei” quando pediram para ele indicar onde ficava o “dó maior”.

Já para o ajudante de cozinha Manoel Messias de Jesus Figueiredo, de 31 anos, o piano significa que o dia de trabalho acabou. Ele conta que, “praticamente todos os dias”, dá uma paradinha para tocar algumas músicas no instrumento, sempre quando está voltando para casa.

“Se me deixarem à vontade, eu fico um tempão aqui. Mas sei que há outras pessoas que querem tocar também, né?”, diz Figueiredo, que já fez parte de uma banda e tem preferência por música brasileira.

Foi justamente quando Figueiredo tinha acabado de se levantar que o estudante universitário Vinicius Martins, de 21 anos, cedeu à sugestão da namorada e matou a saudade do instrumento. O jovem conta que teve aulas de piano por oito anos e costumava tocá-lo na casa do pais.

“Agora que moro em outra cidade não tenho mais piano. Foi bom tocar aqui”, disse o tímido estudante, que estava na Estação da Luz a caminho da rua José Paulino.

Tempo indeterminado

O projeto que levou um piano às estações de trem começou em outubro de 2008 e deveria durar poucas semanas. Mas o instrumento na Estação de Luz fez tanto sucesso que está perto de completar um ano no local e, segundo a CPTM, deve ficar por tempo indeterminado.

Mesmo em horários de pouco movimento na estação, o piano não fica solitário. Sempre tem alguém mostrando orgulhosamente que sabe tocar, alguém que quer só ouvir o som de uma tecla e até quem apenas se sente para tirar uma foto.

É só ficar um tempo observando para perceber que as mulheres até param para admirar ou matar a curiosidade, mas são os homens que mais se arriscam a tirar uma música do piano. E até quem não tem familiaridade com o instrumento ganha aplausos.

O talento do ajudante de cozinha Figueiredo foi registrado no CD “Piano da Luz”, lançado pela CPTM em maio deste ano. O disco reuniu os sete passageiros que mais se destacaram nas apresentações espontâneas no piano. O instrumento estará lá, todos os dias, enquanto tiver alguém para tocar.

http://g1.globo.com/Noticias/SaoPau...A+LUZ+VIRA+ROTINA+PARA+PASSAGEIROS+DE+SP.html
 
1 - 1 of 1 Posts
Top