SkyscraperCity Forum banner

Toponímia de Portugal

27834 Views 106 Replies 41 Participants Last post by  Andre_Filipe
À semelhança de um thread que vi no forum Brasileiro resolvi criar sete para ver se a malta sabe de onde vem os nomes das nossas cidades e as origens deles:

Lisboa: Ulyssipona Felicitas Julia (julga-se ter sido fundada pelos Fenicios com o nome do heroi grego da guerra de Troia Ulisses)
Porto: Portus Calle (nome de um povoado na zona de Gaia mais tarde aplicado ao Porto também)
Chaves: Aque Flavie
Coimbra: Aeminium
Beja: Pax Julia
Santarem: Scailabis

e não sei mais se alguem sabe por favor que diga de seu juizo :)
41 - 60 of 107 Posts
não disse o contrário, antes pelo contrário ;)
:lol: :lol:
não disse o contrário, antes pelo contrário ;)
:D mais uma terrinha cujo nome perde-se na noite dos tempos, Loriga, actualmente, seria Locobriga, Lorica ou Lobriga, aparecendo as varias hipoteses em relatos historicos antigos sobre a região dos montes Herminios onde se situa.
Segundo este site, o nome antigo da Póvoa de Vasrzim (Villa Euracini) significa A Vila do Povo Dourado. Logo Varzim significa "Os Dourados".

http://www.tartanplace.com/tartanlegend/celtictribeseur.html

Isto é fantasia ou é mesmo um estudo linguistico celtico?

Tem tb lá de outras cidades tugas...
Contrasta, Valentia, Valença
:lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Nomes_romanos_das_cidades_portuguesas :D

Arabriga - Alenquer
Arandis - Garvão, Ourique
Aretium - Alvega
Aviarium - Aveiro
Baesuris; Esuri Castro Marim
Balsa oeste de Tavira
Bracara Augusta - Braga
Caetobriga - Setúbal
Centum Cellae; Centum Celas - Colmeal da Torre, Belmonte
Conímbriga - Condeixa-a-Nova, Sul de Coimbra (os habitantes de Conimbriga fundaram coimbra)
Conistorgis ?
Ebora - Évora
Egiptania - Idanha-a-Velha
Laccobriga - Lagos
Lancobriga - Fiães, Santa Maria da Feira
Lamecum - Lamego
Mirobriga Celticorum - Santiago do Cacém
Mondobriga - Alter do Chão
Myrtilis - Mértola
Olisipo Felicitas Iulia, Olisipo, Ulyssipolis, Felicitas Julia Olissipo, Ulisseia - Lisboa
Ossonoba - Faro
Portus Alacer - Portalegre
Portus Hannibalis - Portimão
Salacia - Alcácer do Sal
Selleum - Tomar
Sinus - Sines
Talabara - Alpedrinha, Fundão
Talabriga - Marnel, Águeda
Tritium - Covilhã
Veniatia - Vinhais
Villa Euracini - Póvoa de Varzim
Villa Cardilio - Torres Novas
Vipasca - Aljustrel
Viseu - Viseu
se alguém souber qual é o nome de Freixo de Espada à CInta ponha aqui...


eu sei mas não vou revelar... continuem a vir ;) prometo que vos mato a curiosidade.. mas não para já... para já fica um bocadito de suspense :D
:sly: mas refereste ao nome Antigo? :?
Mocadorum - Mogadouro é de origem árabe.

Freixo de Espada à Cinta
# O curioso nome desta vila (possivelmente, de origem pré-romana) é explicado por várias versões.

# Para alguns, na origem do nome estaria o de um guerreiro godo (Espadacinta); para outros, o brasão de um fidalgo espanhol, ou ainda a história de que o próprio rei Dom Dinis, quando visitou a terra no século XIV, pendurou a sua espada num freixo junto ao castelo.
é um dos meus nomes favoritos. :D A sério, sempre gostei de Freixo de Espada à Cinta, é muito sonante!
nome k me soa bastante medieval esse do Freixo :yes:
Ja tinha ouvido qquer coisa sobre a essa historia do D.Dinis :yes:
sim talvez, o rei k mais investiu na defesa e povoamento do reino, ele contruiu e restaurou a maioria dos castelos da raia e do resto do pais, olhem este projecto de construção virtual do castelo do qual so sobra actualmente a torre do Galo http://www.freyxeno.com/
Gira gira é a história do nome de Penela: o nome desta localidade segundo os ditados populares vem do facto de o D. Afonso Henriques, ao ter entrado na povoação aquando da sua conquista ter gritado aos seus homens: «Coragem homens!! Já estamos com o pé nela!!». :lol:

Para os mais curiosos, um thread sobre Penela :)
bom ainda bem k era o pé k estava já nela :hilarious:
Santiago do Cacém, até chegar ao nome actual:

Santiago de Cacém

S.Tiago de Cacém

S.Thiago de Cacém

Sanct'Yago de Kassem


Miróbriga/Meróbriga/(Mirobrica Celticorum)

Existe um período obscuro entre a queda Romana e a invasão Muçulmana do qual pouco se sabe do que existiu entre o declínio de Miróbriga e a alcáçova muçulmana onde está hoje o castelo espatário de Santiago. Foram achadas moedas cunhadas no tempo do domínio Visigodo, mas pouco mais se sabe.

Não se sabe se os cavaleiros da ordem que tomou a alcáçova a baptizaram como Sanct'Yago de Kassem, como marco de um «Kassem» derrotado ou se Kassem era o nome da atalaia. Provavelmente também poderá ser o mouro que aparece no brasão. O resto é especulação historiadora. Não existem vestígios muçulmanos para contar o que existia antes, e quem aí estava instalado também não viveu para contar.

Há uma zona, na zona limítrofe, denominada Vale de Matanças -sítio comum a mais localidades alentejanas onde a população moura, na maior parte constituída por alcaides, vizires, nobres e guardas militares, foi linchada ao estilo 1917-. O brasão parece ser simbólico disso, pois dá precisamente uma panorâmica do Vale de Matanças em Santiago do Cacém.
Nas cidades maiores, onde também havia população moura da classe média e baixa, em vez de «vales de matanças» criavam-se os ghettos conhecidos como mourarias.

O castelo foi edificado no Séc.XIII pelos cavaleiros da Ordem de Santiago e uma nova povoação bem guarnecida, e mais tarde entregue à protecção da princesa bizantina Vetácia de Lascaris, foi estabelecida de vez.

O período mais antigo é mais claro. A partir da Idade do Ferro, conhece-se a existência do povoado céltico de Miróbriga (por vezes aparece Meróbriga). A ocupação romana amplia e moderniza o povoado.

Passa a ser um local privilegiado para as abastadas classes romanas que dirigiam a região. As ruínas que estão a descoberto mostram termas, balneários, ruas de comércio, residências, um fórum... e o único Hipódromo conhecido no actual Portugal.

A Villa celta/romana de Miróbriga por vezes denominada pelos Romanos de Miróbriga Céltica para a diferenciar de mais outras 2 Miróbrigas na península declinou com o fim do Império Romano do Ocidente, mas ainda hoje continua a ser a matriz e núcleo primordial da actual cidade de Santiago do Cacém.
Ou a lista foi corrigida ou copiaste mal.. Aveiro não se chamava Aviarium, mas sim Alavarium.. e Conimbriga não fundou Coimbra..
http://pt.wikipedia.org/wiki/Nomes_romanos_das_cidades_portuguesas :D

Arabriga - Alenquer
Arandis - Garvão, Ourique
Aretium - Alvega
Aviarium - Aveiro
Baesuris; Esuri Castro Marim
Balsa oeste de Tavira
Bracara Augusta - Braga
Caetobriga - Setúbal
Centum Cellae; Centum Celas - Colmeal da Torre, Belmonte
Conímbriga - Condeixa-a-Nova, Sul de Coimbra (os habitantes de Conimbriga fundaram coimbra)
Conistorgis ?
Ebora - Évora
Egiptania - Idanha-a-Velha
Laccobriga - Lagos
Lancobriga - Fiães, Santa Maria da Feira
Lamecum - Lamego
Mirobriga Celticorum - Santiago do Cacém
Mondobriga - Alter do Chão
Myrtilis - Mértola
Olisipo Felicitas Iulia, Olisipo, Ulyssipolis, Felicitas Julia Olissipo, Ulisseia - Lisboa
Ossonoba - Faro
Portus Alacer - Portalegre
Portus Hannibalis - Portimão
Salacia - Alcácer do Sal
Selleum - Tomar
Sinus - Sines
Talabara - Alpedrinha, Fundão
Talabriga - Marnel, Águeda
Tritium - Covilhã
Veniatia - Vinhais
Villa Euracini - Póvoa de Varzim
Villa Cardilio - Torres Novas
Vipasca - Aljustrel
Viseu - Viseu
Montijo

O seu antigo nome era Aldeia Galega, segundo uma lenda o nome teve origem numa rapariga galega, chamada Alda Galega :D

Em relação ao nome actual, Montijo, já existia em paralelo com Aldeia Galega, não no mesmo sítio mas designando uma povoação um pouco afastada, de nome Montigio.
Fonte

:D :cheers:
não é a historia que corre Ondas, a zona da aldeia galega foi em tempos um local de acentamento de comunidades piscatórias de Galegas, a essa comunidade associa-se o uso no folclore local da gaita de foles, que acabou em desuso...
Sim, essa é a história verdadeira, aquela é a lenda ;)
bem me pareceu um pouco fantasiosa :yes::eek:kay:
41 - 60 of 107 Posts
This is an older thread, you may not receive a response, and could be reviving an old thread. Please consider creating a new thread.
Top