SkyscraperCity banner

1 - 20 of 4436 Posts

·
Premium Member
Joined
·
71,549 Posts
Discussion Starter · #1 · (Edited)
Turismo em Portugal​

Thread criado para abordar tudo o que tem a ver sobre o turismo no nosso magnífico país​

:cheers:​
 

·
Premium Member
Joined
·
71,549 Posts
Discussion Starter · #2 · (Edited)
- Turismo em Portugal -

Lisboa no Top 25 das cidades onde se fica num hotel de luxo por 150 euros

A cidade de Lisboa é uma das 25 cidades do mundo onde por 150 euros é possível ficar num hotel de cinco estrelas, de acordo com o índice HPI Hotéis.com referente ao segundo trimestre deste ano.

“O HPI Hotéis.com demonstra que Lisboa se encontra no 12.º lugar do ranking das cidades onde se conseguiu reservar um hotel com cinco estrelas por um valor de 150 euros. O top 25 inclui ainda cidades como Banguecoque, Berlim, Budapeste, Buenos Aires e Cairo, a liderar as primeiras posições”, segundo um comunicado de imprensa hoje divulgado.

Nas cidades norte-americanas de Las Vegas e São Francisco ou na capital da China, Pequim, também é possível conseguir um quarto num hotel de luxo por 150 euros a noite.

Pelo contrário, em Nova Iorque, Washington e Los Angeles com 150 euros só se conseguem, em média, alojamentos de três estrelas.

O índice HPI Hotéis.com analisou ainda a diferença que é necessário pagar a mais para subir uma categoria no alojamento, concluindo que tanto na capital da Tailândia, Banguecoque, como no Dubai se pode ficar num hotel de três estrelas em vez de duas por apenas mais dois euros, em média, enquanto em Frankfurt a diferença é de três euros.

Este índice baseia-se nos preços pagos pelos clientes por quarto quando fazem reservas de hotéis através do sítio da Internet Hotéis.com.

Fonte: http://www.destak.pt/artigo/78071-lisboa-no-top-25-das-cidades-onde-se-fica-num-hotel-de-luxo-por-150-euros

:cheers:
 

·
Premium Member
Joined
·
71,549 Posts
Discussion Starter · #3 ·
Turismo do Centro surpreendido com aumento de brasileiros, japoneses e israelitas na Páscoa​

A afluência de turistas na Páscoa registou na Região Centro uma "ligeira quebra" nos "mercados tradicionais" da Europa, mas cresceu da parte de países como o Brasil, Japão e Israel, surpreendendo a Turismo Centro de Portugal.​

"Podemos estar aqui a abrir novas oportunidades para o futuro", disse à agência Lusa o presidente da Entidade Regional de Turismo do Centro de Portugal, Pedro Machado.

Baseando-se em dados da rede de postos de turismo da região, recolhidos no sábado, Pedro Machado congratulou-se com "a importante novidade" que constitui, em relação à Páscoa de 2012, o aumento significativo da procura de mercados como Brasil, Japão e Israel, registando subidas de, pelo menos, 04%, 40% e 50%, respetivamente.

"Assistimos ao aparecimento de novos mercados ou mercados emergentes", disse.

Realçando que a afluência de turistas brasileiros "continua a crescer, desde há três anos, de forma significativa", Pedro Machado disse que o mercado escandinavo, designadamente da Dinamarca, também regista uma evolução "muito positiva".

No caso de Israel, a subida da procura nesta quadra da Páscoa, superior a 50%, "poderá explicar-se pela presença judaica" na Região Centro, afirmou o presidente da Turismo do Centro, dando o exemplo do Museu Judaico de Belmonte, no distrito de Castelo Branco, como um dos motivos de atração turística para o mercado israelita.

Nos mercados tradicionais, como Espanha, França, Itália e Alemanha, "houve uma diminuição", a qual afetou "em particular o mercado interno", sublinhou.

A habitual vinda de espanhóis ao Centro de Portugal, durante a Páscoa, diminuiu este ano entre 10% e 15%, tal aconteceu da parte dos turistas franceses.

Entre os italianos, a quebra é idêntica, segundo o levantamento feito por Pedro Machado, no sábado, junto dos postos de turismo da região.

Quanto ao mercado alemão, "verifica-se este ano uma ligeiríssima quebra", na ordem dos 04% comparativamente a 2012.

Na semana passada, ainda sem conhecer os novos dados, Pedro Machado já tinha comunicado à Lusa que as taxas de ocupação das unidades hoteleiras do Centro na Páscoa satisfazem a Turismo Centro de Portugal, apesar de prever uma "ligeira retração" da procura em relação a 2012.

Lusa

Fonte: http://sicnoticias.sapo.pt/economia/2013/03/31/turismo-do-centro-surpreendido-com-aumento-de-brasileiros-japoneses-e-israelitas-na-pascoa

:banana:

:cheers:​
 

·
Premium Member
Joined
·
71,549 Posts
Discussion Starter · #5 ·
PORTO “É CAPITAL PORTUGUESA DA ARQUITETURA”, DIZ REVISTA ALEMÃ​

A revista alemã Häuser dedicou um artigo de oito páginas à cidade do Porto, elegendo-a como o melhor destino para férias na sua última edição. A rubrica "Viagem" caracteriza a cidade do norte como a capital portuguesa da arquitetura, onde o estilo moderno coabita com o estilo barroco.

A publicação de Abril/Maio é ilustrada com imagens do Porto, da autoria do fotógrafo português Fernando Guerra, desde a capa, até ao artigo principal da Häuser. Os edifícios da cidade são o grande destaque da revista especialista em arquitetura e design.

O artigo "Ainda melhor do que o vinho" começa por referir que a cidade à margem do Douro acolhe dois vencedores do Prémio Pritzker: Álvaro Siza Vieira e Eduardo Souto Moura.

O jornalista Ansgar Steinhausen considera a centenária Livraria Lello a "catedral dos livros", que contrasta no seu ambiente com o modernismo arquitetónico do edifício da Casa da Música.

Também a Faculdade de Arquitetura, o Museu Serralves, o Coliseu, a Casa de Chá da Boa Nova, as igrejas e as estações do Metro do Porto são alguns dos principais pontos de interesse considerados pela revista alemã.

"O artigo da Häuser dedicado ao Porto resulta de uma viagem de imprensa que teve o apoio da Associação de Turismo do Porto, no âmbito das várias iniciativas que desenvolve ao longo do ano para a promoção externa deste destino", explica a agência de comunicação portuense PR Wave, no mesmo comunicado.

A Häuser dedica-se à arquitetura e ao design, com 45.000 exemplares por publicação distribuídos em toda a Europa. Os seus artigos focam projetos internacionais de excelência através de artigos explicados com profundidade e com o conhecimento extenso na área.

Fonte: http://www.espacodearquitectura.com/index.php?id=1&nid=415&page=1

:cheers:​
 

·
Premium Member
Joined
·
71,549 Posts
Discussion Starter · #6 ·
Lisboa na capa da revista de viagens americana "Afar"​



:cheers:​
 

·
'tou na lua...
Joined
·
41,757 Posts
que foto linda.... mas as estações de metro do Porto... ah... não são as minhas preferidas...
 

·
'tou na lua...
Joined
·
41,757 Posts
são, sobretudo, monocromáticas. E demasiado rectas... os bancos de espera desconfortáveis...
 

·
Banned
Joined
·
4,510 Posts
PORTO “É CAPITAL PORTUGUESA DA ARQUITETURA”, DIZ REVISTA ALEMÃ​

A revista alemã Häuser dedicou um artigo de oito páginas à cidade do Porto, elegendo-a como o melhor destino para férias na sua última edição. A rubrica "Viagem" caracteriza a cidade do norte como a capital portuguesa da arquitetura, onde o estilo moderno coabita com o estilo barroco.

A publicação de Abril/Maio é ilustrada com imagens do Porto, da autoria do fotógrafo português Fernando Guerra, desde a capa, até ao artigo principal da Häuser. Os edifícios da cidade são o grande destaque da revista especialista em arquitetura e design.

O artigo "Ainda melhor do que o vinho" começa por referir que a cidade à margem do Douro acolhe dois vencedores do Prémio Pritzker: Álvaro Siza Vieira e Eduardo Souto Moura.

O jornalista Ansgar Steinhausen considera a centenária Livraria Lello a "catedral dos livros", que contrasta no seu ambiente com o modernismo arquitetónico do edifício da Casa da Música.

Também a Faculdade de Arquitetura, o Museu Serralves, o Coliseu, a Casa de Chá da Boa Nova, as igrejas e as estações do Metro do Porto são alguns dos principais pontos de interesse considerados pela revista alemã.

"O artigo da Häuser dedicado ao Porto resulta de uma viagem de imprensa que teve o apoio da Associação de Turismo do Porto, no âmbito das várias iniciativas que desenvolve ao longo do ano para a promoção externa deste destino", explica a agência de comunicação portuense PR Wave, no mesmo comunicado.

A Häuser dedica-se à arquitetura e ao design, com 45.000 exemplares por publicação distribuídos em toda a Europa. Os seus artigos focam projetos internacionais de excelência através de artigos explicados com profundidade e com o conhecimento extenso na área.

Fonte: http://www.espacodearquitectura.com/index.php?id=1&nid=415&page=1

:cheers:​
Na minha opinião, estes dois exemplos são completamente descabidos. O museu, é um dos maiores exemplos de desajuste entre a intenção e a concretização, para além da questão estética... Serralves vale por aquilo que já tinha, os jardins e o edifício art déco e pela dinâmica cultural que felizmente trouxe ao Porto. Ao edifício não lhe atribuo interesse algum. A FA é horrível...
 

·
'tou na lua...
Joined
·
41,757 Posts
FAP é feia como o raio, ainda prefiro ir às Belas Artes com a estatuária ou às Letras, apesar de aquilo ser labiríntico.
 

·
Premium Member
Joined
·
71,549 Posts
Discussion Starter · #12 ·
Paisagem, gastronomia e património “conquistam” turistas que visitam Porto e Norte​
A beleza natural, a gastronomia e o património foram os motivos principais que levaram os turistas em férias/lazer a escolher a região do Porto e Norte de Portugal no último trimestre do ano passado, indica um estudo do Instituto de Planeamento e Desenvolvimento do Turismo (IPDT), feito em parceria com a Entidade Regional de Turismo do Porte e Norte de Portugal (ERTPNP) e o Aeroporto Sá Carneiro.

A beleza natural reuniu 39,7 por cento das respostas, a gastronomia 30,6 por cento e o património 26,4. O estudo indica que três em cada quatro turistas que visitaram região no quarto trimestre de 2012, fizeram-no em férias ou lazer, o que representa um aumento em relação ao período homólogo do ano anterior.

No trimestre em análise observa-se ainda um aumento do gasto médio total dos turistas em lazer (678 euros versus 591 euros no trimestre homólogo de 2011). No grupo os que viajaram em negócios, o gasto médio é semelhante ao do trimestre homólogo, passando de 553 euros para 548 euros.

Os principais países emissores continuaram a ser os referidos nos trimestres anteriores: no segmento lazer, destacaram-se os turistas com residência em França, Espanha, Alemanha e Inglaterra. No segmento negócios, a ordem e quotas obtidas foram semelhantes às dos trimestres anteriores, salientando-se a Espanha, seguida da França, Inglaterra, Alemanha, Holanda e Itália.

Os turistas mostraram-se globalmente bastante satisfeitos e evidenciaram intenção de recomendar e de regressar. A satisfação apresenta valores médios maiores para os dois segmentos que os observados no trimestre homólogo de 2011, enquanto a intenção de recomendar e de regressar diminuiu em termos homólogos.

Quanto à região onde dormiram e à semelhança dos trimestres anteriores, os turistas que viajam em negócios optaram, na maioria (76 por cento), pelo Porto, sendo notória a redução da concentração de dormidas dos turistas em lazer no Grande Porto e maior dispersão pelo território do PNP. Braga, Guimarães, Viana do Castelo, Póvoa do Varzim, Espinho e Chaves foram, uma vez mais, os locais onde se registaram mais dormidas no Norte de Portugal.

Os dados para este estudo foram recolhidos no 4º trimestre de 2012, utilizando um inquérito por entrevista pessoal, aplicado na sala de embarque do Aeroporto Francisco Sá Carneiro.

Os turistas foram subdivididos em dois grupos, os que vinham em Lazer/Férias e os que vinham em Negócios/Trabalho. Obtiveram-se 326 e 124 questionários para visitantes em Lazer e Negócios, respetivamente.

Fonte: http://www.welcome.com.pt/destinos/691-paisagem-gastronomia-e-patrimonio-conquistam-turistas-que-visitam-porto-e-norte.html?acm=9211_83

:cheers:​
 

·
Premium Member
Joined
·
71,549 Posts
Discussion Starter · #13 ·
Portugal entre os países que melhor acolhem os turistas​


Estudo do Fórum Económico Mundial destaca simpatia e hospitalidade dos portugueses. Islândia lidera a lista.​

A hospitalidade e a simpatia dos portugueses é destacada num indicador que mede quais os países que melhor acolhem os seus turistas, no âmbito de um estudo feito pelo Fórum Economia Mundial para avaliar a competitividade dos diferentes países em viagens e turismo.

Numa lista de 140 países, Portugal aparece em 7.º lugar (com uma cotação de 6,65 num máximo de 7 valores) entre os que melhor acolhem os visitantes, surgindo logo atrás de países como a Macedónia (4.º), a Áustria (5.º) e o Senegal (6.º). Os islandeses são aqueles que têm uma melhor atitude perante os visitantes estrangeiros, seguidos dos neozelandeses e dos marroquinos, indica o estudo agora divulgado.

No extremo oposto da tabela, entre os países menos afáveis para os turistas estão a Letónia, o Kuwait, a Rússia, a Venezuela e, por último, com a pior posição, a Bolívia.

Relativamente a infra-estruturas turísticas, Portugal encontra-se entre os 20 melhores. Os recursos culturais valem ao país um 13.º lugar e um 20º se se falar de interesses culturais inscritos como Património Mundial. Já o património natural português fica-se pela 45.ª posição.

O relatório Competitividade em Viagens e Turismo, do Fórum Económico Mundial, avaliou diversas variáveis, que incluem factores económicos, legais, ambientais, culturais, condições de infra-estruturas e do mercado de trabalho ligado ao turismo.

Todos somados, os diversos indicadores que contribuem para o rankingdeixam Portugal no 20.º lugar. O país é um dos que têm melhor desempenho relativamente ao número de contratos ambientais assinados e ao acesso a infra-estruturas sanitárias adequadas. Também a qualidade das estradas portuguesas é destacada, assim como o número de médicos por cada mil habitantes e o número de dias necessários para começar um negócio.

Os piores indicadores portugueses são a competitividade dos preços de viagens e turismo, os custos dos combustíveis, as práticas de contratação e despedimentos e ainda a extensão e impacto que os impostos têm sobre os incentivos ao trabalho e investimentos.

Só em Janeiro deste ano, a hotelaria nacional registou cerca de 1,6 milhões de dormidas, das quais um milhão foram de turistas estrangeiros.

Fonte: http://fugas.publico.pt/Noticias/318477_portugal-entre-os-paises-que-melhor-acolhem-os-turistas

:cheers:​
 

·
'tou na lua...
Joined
·
41,757 Posts
sim, fazemos o nosso melhor :)
somos poliglotas, tentamos o nosso melhor, explicamos...
 

·
Premium Member
Joined
·
71,549 Posts
Discussion Starter · #15 ·
Tales From the Trail, Places I've Been​

Short, sometimes funny stories of travel near and far.​

Evora​

Day Three of the tour. I arrived late on day One, minus luggage. I don the same clothes in which I arrived and I have to admit, I’m a feeling a little smug that, with only a carry-on and no suitcase (that I'd packed to the point of bursting), I am managing fine. “I can do this,” I think again.

Then, on the way to breakfast, I see my freshly delivered, beaten-but-still-intact suitcase at the front desk. I have mixed feelings. I was beginning to relish my pioneer spirit (pioneer, for me = having only two changes of clothes).

Today we depart Lisbon for good and begin the day with a visit to Evora, about seventy miles away. Evora is the capital of the south central region, Alentejo. First established by the Romans in 80 BC, the remains of a 2000 year-old Temple to Diana are only yards away from the town’s other major attraction, an 800-year old Gothic cathedral. The Temple was once part of the forum and main square in the first century CE. Our Evora guide suggests that the building was more likely dedicated to the emperor than to Diana.


Evora-Temple to Diana​

No matter who the temple honored, for me, it’s an arresting sight. I come from the ‘new world’ where the oldest buildings I see go back about 300 years. I've seen evidence of populations going back further than that in America, but still, a building over two thousand years old -- hard to grasp.

After the Romans, Visogths ruled Evora, and then, from 715 CE, the Moors. The city was recaptured by Christians in 1166 and became a favored base for the court.

Giraldo the Fearless was the Christian knight who led a surprise attack that retook Évora from the Moors in 1166. Giraldo was made Governer of the town, and Évora's coat of arms, a knight on horseback, represents him. After Giraldo's conquest, the victors built their cathedral on the site that had previously been dedicated to the mosque.


Fearless Geraldo​

All that's left of Moor rule are wrought-iron balconies of the buildings that ring the square, and the occasional distinctive Mudejar, or "keyhole" window.

Fonte: http://www.wickedlocal.com/tewksbury/blogs/talesfromthetrail/x240917080/Evora

:cheers:​
 

·
Premium Member
Joined
·
71,549 Posts
Discussion Starter · #18 ·
Forbes elects Lisboa​

Lisboa is the first of five "extraordinarily accessible" destinations for this year, according to Forbes magazine.​

1st "EXTRAORDINARILY ACCESSIBLE" DESTINATION​

In an article published on the website of this American publication, entitled "Lisboa rivals the beauty of many other European capitals, but with, on average, a cost of 20% less in accommodation."

In addition to this advantageous price / quality ratio, Lisboa is a "sumptuous city, with its well preserved castle and numerous museums and art galleries."

The traditional Lisboa facades, covered in tiles, are one of the attractions of the Portuguese capital reported by Forbes, which recommends as Lisboa's "best bargain", the famous "Pastel de Belém", "that can cost between 0.75 and 1.10 euros ".

Fonte: http://www.visitlisboa.com/Conteudos/Not/2013/04/Forbes-elege-Lisboa.aspx?lang=en-GB
 

·
Premium Member
Joined
·
71,549 Posts
Discussion Starter · #19 ·
^^

Devo dizer que o preço dos pastéis é um abuso. São mais caros e mais pequenos do que há 7 anos mais ou menos. De resto a notícia é excelente para Lisboa.

:cheers:
 
1 - 20 of 4436 Posts
Top