SkyscraperCity banner
Status
Not open for further replies.
1 - 7 of 7 Posts

·
Registered
Joined
·
32 Posts
Discussion Starter · #1 ·
Turkish Airlines planeja início de voo direto para abril

Está previsto para abril do próximo ano o início do voo direto São Paulo-Istambul. A informação é do diretor da Turkish Airlines para o Brasil, Atagün Kutluyüksel, que juntamente com os executivos Paulo Oliveira e José Eduardo Assolini, visitou na tarde desta quarta-feira (22/07) a sede do MERCADO & EVENTOS e da FOLHA DO TURISMO. Na ocasião, estavem presentes o vice-presidente, Roy Taylor, e a diretora de Marketing Internacional, Rosa Masgrau.

"Antes de voar para o Brasil, achávamos que o país ficava muito longe. Hoje, voando para cá, percebemos que é mais perto do que imaginávamos. Atualmente um voo entre o Brasil e a Turquia leva 15 horas. E com a frequência direta o tempo será ainda menor, em torno de 13 horas", afirmou Atagün Kutluyüksel.

A companhia aérea, que opera no Brasil desde março deste ano, quando lançou o voo São Paulo-Istambul, com escala em Dakar, planeja ainda em breve aumentar a frequencia de três vezes por semana para sete.

Para divulgar o destino no Brasil, assim como o voo, 18 famtours já foram realizados em quatro meses. "Terminaremos o ano com 25 viagens de agentes, operadores e jornalistas realizadas", adiantou o diretor. Ele contou ainda que atualmente a Turkish Airlines possui 140 aeronaves e, nos próximos 10 anos, terá 250.

fonte:
http://www.mercadoeeventos.com.br/s...rResolucao=&pStrLink=1,13,0,46878&IndSeguro=0
 

·
Banned
Joined
·
1,860 Posts
Acho que não é uma vantagem. A escala em Dakar e importante, a úncia ligação do Brasil com essa região da áfrica.
 

·
Registered
Joined
·
2,057 Posts
Mas existem direitos de tráfego? Que eu saiba, o pessoal que embarca em GRU não pode desembarcar no Senegal.

De qualquer maneira, se a THY quer montar um voo competitivo, tem de ser direto. Conexão por conexão (ou escala), é muito melhor fazê-la na Europa, para onde o pessoal de SP tem milhões de opções.

Como a companhia aérea agora também é membro da Star Alliance, é interessante que ela tente desenvolver IST como uma espécie de hub para aquela região da Europa Oriental, Cáucaso, Ásia Menor, Oriente Médio etc. Mas, para tanto, ela vai precisar de voo direto, porque, de novo, compete com hubs como FRA, CDG, MUC, ZRH, LHR, etc.
 

·
Annoying ex-moderator
Joined
·
17,643 Posts
Mas existem direitos de tráfego? Que eu saiba, o pessoal que embarca em GRU não pode desembarcar no Senegal.
Pode sim! A Turkish ganhou direito de trafego em Dakar, o que acabou se revelando uma vantagem dupla: Um voo para uma area da Africa onde ainda nao haviam voos vindos de SP, com a possibilidade de conexões. E a segunda vantagem, obviamente, o voo pra Istambul!
 
1 - 7 of 7 Posts
Status
Not open for further replies.
Top