SkyscraperCity banner

21 - 32 of 32 Posts

·
Registered
Joined
·
44,880 Posts
Discussion Starter #21
Istambul: Palácio de Topkapi




O Palácio de Topkapı foi construído por Maomé II, o Conquistador, logo após a conquista de Constantinopla, em 1453, e foi a residência dos sultões durante quatro séculos. Atualmente o Palácio é dividido em várias salas de exposição com objetos de ouro (tronos, xícaras, talheres, berços, joias diversas cravejadas em pedras preciosas), prata, cerâmica, miniaturas, roupas e relíquias sagradas para os muçulmanos, como os pelos da barba e a marca do pé do profeta Maomé.












 

·
Registered
Joined
·
44,880 Posts
Discussion Starter #24
Istambul: Gazi Atik Ali Paşa Camii (Mezquita)




La Mezquita de Atik Alí Pasha es una mezquita situada en la zona norte del Gran Bazar. Fue fundada por el Gran Visir Atik Ali Paşa bajo el reinado de Beyazid II, a partir de 1496, lo que la convierte en una de las mezquitas más antiguas de Estambul. Originalmente, formaba parte de un complejo que incluía una madrasa, un caravasar y un imaret (comedor de beneficencia). Sufrió grandes daños en los terremotos de 1648, 1716 y 1766, siendo reconstruida en cada ocasión. Típica de la arquitectura otomana, su plano se articula alrededor de una cúpula central de 13,30 metros de diámetro, que forma la parte central de una sala de oración rectangular de 21,55 metros por 28,13 metros. El conjunto está flanqueado por un único minarete. Es una construcción rectangular en la que el mihrab es poco común al estar situado en una especie de ábside.

A Mesquita Atik Ali Pasha é uma mesquita localizada na parte norte do Grande Bazar. Foi fundada pelo Grão-vizir Atik Ali Paşa sob o reinado de Beyazid II, a partir de 1496, tornando-a uma das mesquitas mais antigas de Istambul. Originalmente, fazia parte de um complexo que incluía uma madrasa, um caravançarai e um imaret (sopa dos pobres). Sofreu extensos danos nos terremotos de 1648, 1716 e 1766, sendo reconstruída a cada vez. Típico da arquitetura otomana, sua planta é articulada em torno de uma cúpula central de 13,30 metros de diâmetro, que forma a parte central de um salão de orações retangular medindo 21,55 metros por 28,13 metros. O conjunto é ladeado por um único minarete. É uma construção retangular em que o mihrab é incomum por estar localizado em uma espécie de abside.



























 

·
Registered
Joined
·
44,880 Posts
Discussion Starter #26
Istambul: Mesquita Azul




A Mesquita Azul é uma mesquita otomana de Istambul, Turquia. Foi construída entre 1609 e 1616 e está situada no bairro de Eminönü, no distrito de Fatih em frente da Basílica de Santa Sofia da qual se encontra separada por um formoso espaço ajardinado. É a única mesquita de Istambul que possui seis minaretes. A Mesquita Azul é um triunfo em harmonia, proporção e elegância. Construída em um estilo clássico otomano, o seu magnífico exterior não faz sombra a seu suntuoso interior. Uma verdadeira sinfonia de belos mosaicos azuis de Iznik dão a este espaço uma atmosfera muito especial. Os imperadores bizantinos construíram um grande palácio onde se encontra hoje a Mesquita Azul. Em 1606 o sultão Amade I quis construir uma mesquita maior, mais imponente e mais bonita do que a Igreja de Santa Sofia. As mesquitas geralmente eram construídas com um intuito de serviço público. Existiam diversos prédios ao lado da Mesquita Azul que incluem: escola de teologia, uma sauna turca, uma cozinha que fornecia sopa aos pobres, e lojas (o Bazar Arasta), cujas rendas se destinavam a financiar o complexo. A mesquita foi revestida com azulejos azuis e possui ricos vitrais também do mesmo tom. Não há figuras no interior da Mesquita pois os muçulmanos não cultuam imagens. Ao entrar na Mesquita é necessário tirar os sapatos. Shortes, minissaias, bermudas ou camisetas sem mangas não são recomendados. Funcionários da mesquita fornecem uma espécie de canga para cobrir as partes do corpo que desrespeitam a religião muçulmana. Ela tem 43 metros de altura.















































 

·
Registered
Joined
·
44,880 Posts
Discussion Starter #28
Capadócia




A noção de "Capadócia" é tanto geográfica como histórica, tendo os seus contornos variado consideravelmente, conforme as épocas e pontos de vista. O geógrafo e historiador grego Heródoto considerava que a Capadócia estava delimitada pelos Montes Tauro a sul, pelo Lago Tuz (em turco: Tuz Gölü) a oeste, pelo rio Eufrates a leste, e pelo mar Negro a norte, uma área que, com algumas variações, foi sucessivamente uma satrapia (província) persa, satrapia do Império Macedónio, Reino da Capadócia e província romana. Atualmente, o termo Capadócia tanto pode referir-se a uma área de aproximadamente 15 000 km² entre Aksaray, Hacıbektaş, Kayseri e Niğde, cuja população total não chega ao milhão de habitantes, como a uma área muito mais restrita, o triângulo com aproximadamente 20 km de lado delimitado por Nevşehir, Avanos e Mustafapaşa, a sul de Ürgüp, sendo esta última zona a mais conhecida em termos turísticos. Em muitos mapas, o nome da Capadócia não é mencionado, já que não corresponde a qualquer demarcação política. Em alguns contextos, principalmente na Antiguidade, o termo Capadócia designa uma região ainda mais vasta que a descrita por Heródoto, estendendo-se à costa mediterrânica a sul e quase até o que é hoje a Arménia a norte. O historiador grego Estrabão chama Cilícia à zona administrativa do que é hoje Kayseri, a antiga Cesareia e Mázaca, um termo que é mais usualmente aplicado, pelo menos em registos mais recentes, à região costeira do sul/sudeste da Anatólia. Quanto à região mais a norte, historicamente é usualmente mais associada com o Ponto.
















































 

·
Registered
Joined
·
44,880 Posts
21 - 32 of 32 Posts
Top