Skyscraper City Forum banner
Status
Not open for further replies.
1 - 20 of 41 Posts

·
Registered
Joined
·
6,698 Posts
Discussion Starter · #1 · (Edited)
Quer saber como será a João Naves no futuro? A fotomontagem abaixo é uma prospecção, feita pela empresa de engenharia Seebla, do novo projeto de construção do viaduto da avenida João Naves de Ávila sobre a Rondon Pacheco. O projeto desenvolvido pela gestão anterior foi refeito pela atual e, segundo o líder do prefeito na Câmara, Neivaldo Silva (PSDB), o Magoo, prevê um custo menor do que a proposta original, que era de R$ 17 milhões. Agora, diz Magoo, a obra foi orçada entre R$ 13 milhões e R$ 15 milhões, incluindo o desvio do córrego que corre embaixo da Rondon Pacheco, os desvios e os três níveis de pista. O projeto reformulado foi apresentado ontem pelo vereador Norberto Nunes, que cobrou informações sobre o andamento do processo. Segundo o líder do prefeito, a Prefeitura aguarda, desde o ano passado, uma posição do Ministério das Cidades e do Ministério dos Transportes, onde cópias do projeto foram apresentadas. "Sem dinheiro do governo federal, não tem viaduto", disse Magoo.

atualizado no projeto final!

Atualizando o thread, o projeto final que será executado ano que vem, com recursos do Estado.








fonte: Jornal Correio
 

·
Registered
Joined
·
6,698 Posts
Discussion Starter · #3 ·
^^
isso, no render nao ta mostrando mas é no lado direito inferior da Rondon
parece que a obra vai ser junto com a expansao do Center Shopping.
 

·
Registered
Joined
·
5,673 Posts
Eh......seria excelente se fosse construido mesmo; eh mais q necessario esse viaduto; o cruzamento entre a Joao Naves e a Rondon eh o mais movimentado de Uberlandia!

Valeu por postar Lucas, tava mesmo querendo ver esse render!
 

·
Registered
Joined
·
6,698 Posts
Discussion Starter · #5 ·
pois é bruno, eu por mim, nesse dinherao todo, faria algo mais "simples" só que mais moderno...
nao é possivel, que, Uberlandia, como polo de engenharia civil/mecanica, reconhecida no mundo inteiro, nao tem um engenheiro que projetasse algo mais moderno, simples, de custo inferior e mais rentavel, sei la...
exemplo simples, que aqui em UDI mesmo possui, é o tunel debaixo da Joao Naves na continuaçao da Av. Anselmo Alves dos Santos...
enfim, oq importa é que saia alguma coisa, pq fica meia hora nesse cruzamento é soda!
 

·
Registered
Joined
·
1,871 Posts
Tivemos a mesma idéia! :D Acabei de postar essa notícia no MG News. Não vi que vc já tinha colocado aqui!

Bom, mas quanto ao projeto acho que vai ficar até legal, se realmente sair do papel...é esperar pra ver! O projeto anterior era mais "grandioso" né? Lembro que no projeto anterior, no viaduto tinha até cabos e tudo mais! Todo caso acho que esse já está de muito bom tamanho! :D
 

·
Registered
Joined
·
10,101 Posts
Atualizando o thread, o projeto final que será executado ano que vem, com recursos do Estado.








 

·
Registered
Joined
·
10,101 Posts
^^


foto:valter




foto: panoramio cbnetto007

 

·
Registered
Joined
·
582 Posts
pois é bruno, eu por mim, nesse dinherao todo, faria algo mais "simples" só que mais moderno...
nao é possivel, que, Uberlandia, como polo de engenharia civil/mecanica, reconhecida no mundo inteiro, nao tem um engenheiro que projetasse algo mais moderno, simples, de custo inferior e mais rentavel, sei la...
exemplo simples, que aqui em UDI mesmo possui, é o tunel debaixo da Joao Naves na continuaçao da Av. Anselmo Alves dos Santos...
enfim, oq importa é que saia alguma coisa, pq fica meia hora nesse cruzamento é soda!
Numa boa, acho que para ter impacto visual na paisagem, sendo algo belo, deveria haver uma equipe de arquitetos para a concepção do projeto.

Outra coisa, essa rotatória vai funcionar para desafogar o trânsito? Não seria melhor uma trincheira, como na primeira foto? O que aconteceu com ela? Foi suprimida para cortar custos?
 

·
Registered
Joined
·
10,101 Posts
^^
Vou repostar a matéria que foi postada no notícias do interior de minas. O arquiteto responsável foi o mesmo do Centro Admistrativo de Udi.

PMU anuncia novo projeto de viaduto sobre avenida Rondon Pacheco

Odelmo Leão disse ontem que obra deve ter início no 1º semestre de 2010



O prefeito Odelmo Leão anunciou ontem o novo projeto do viaduto da avenida João Naves de Ávila sobre a Rondon Pacheco, cujo início das obras está marcado para o primeiro semestre de 2010 e pode ser entregue até o fim do ano. Em 45 dias, a Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes deve finalizar o estudo técnico da nova planilha que vai apontar os custos do empreendimento aos cofres públicos. A construção do elevado, que terá 220 metros de comprimento por 22 de largura, deve contar com parceria do governo de Minas que, conforme Odelmo Leão, já reservou cerca de R$ 12 milhões no orçamento do ano que vem. O novo trajeto que vai atender a uma demanda diária de 60 mil veículos deve aliviar o trânsito no cruzamento e reduzir o número de acidentes.

A discussão em torno da obra não é nova. Ela foi iniciada ainda na gestão do ex-prefeito Zaire Rezende (2001/2004) quando foi apresentada uma maquete de um viaduto estaiado que previa investimentos de aproximadamente R$ 18 milhões. Na época, foi encomendado um estudo técnico para viabilizar a obra, no entanto, Odelmo Leão não soube precisar quanto foi gasto. “Não sei dizer quanto foi, mas cada obra é pensada em seu tempo. Naquela gestão foi encomendado o estudo, mas como faltaram recursos para viabilizá-lo ficou parado e hoje não atende ao propósito”, afirmou Odelmo.

No início do primeiro mandato, em 2005, Odelmo Leão recomendou ao secretário municipal de Trânsito e Transportes, Paulo Sérgio Ferreira, que fizesse uma revisão no projeto para enxugar os custos. “Apresentamos um projeto mais simples, que depois foi melhorado, e chegamos ao modelo atual, mas ainda não podemos falar em valores que serão investidos”, disse. O projeto arquitetônico foi assinado pelo engenheiro e arquiteto Acácio Gil Borsoi, o mesmo que projetou os prédios do Centro Administrativo e da Câmara Municipal. “E ele não cobrou nada do Município, e a revisão da planilha está sendo feita pela equipe técnica da Prefeitura, ou seja, também sem custos”, disse o prefeito.

De acordo com o secretário Paulo Sérgio, o projeto antigo que previa um elevado estaiado sustentado por cabos de aço não era recomendado para o local. “Esse modelo é utilizado para grandes vãos sobre rios, não neste local que tem um vão de cerca de 60 metros. Acho que projetaram este modelo muito mais como um monumento histórico, um marco para a cidade”, disse. O projeto antigo previa ainda a construção de trincheiras sob o viaduto ao lado da galeria de água pluvial da Rondon Pacheco. “Isso provocaria inundações e traria mais problemas no futuro, por isso substituímos esse modelo por uma grande rotatória”, afirmou.


Jornal Correio
 

·
Registered
Joined
·
582 Posts
^^ Não mesmo!
E falar isso sobre as trincheiras: “Isso provocaria inundações e traria mais problemas no futuro, por isso substituímos esse modelo por uma grande rotatória”, subestima a minha inteligência. :eek:hno:

Sem comentários!
 

·
Registered
Joined
·
10,101 Posts
^^ Não mesmo!
E falar isso sobre as trincheiras: “Isso provocaria inundações e traria mais problemas no futuro, por isso substituímos esse modelo por uma grande rotatória”, subestima a minha inteligência. :eek:hno:

Sem comentários!
Eu imagino que como a solução para os problemas das enchentes na Rondon demandam grandes investimentos e a prefeitura quer realizar essa obra a todo custo pra ser uma vitrine para administrição, resolveram por optar por uma solução que resolve apenas parte do problema e não escancara os outros. Na situação atual, com uma trincheira ali teríamos um imenso tobogã :eek:hno:
 

·
eu mess
Joined
·
5,242 Posts
^^ Não mesmo!
E falar isso sobre as trincheiras: “Isso provocaria inundações e traria mais problemas no futuro, por isso substituímos esse modelo por uma grande rotatória”, subestima a minha inteligência. :eek:hno:

Sem comentários!

Pois bem, realmente é uam desculpa muito esfarrapada. A proposta anterior, do ponto de vista 'técnico' era mais interessante: separava o fluxo da João Naves, corredor estrutural, no viaduto; o da Rondon, via rápida urbana, nas trincheiras; e os fluxos de conversão no nível atual do cruzamento, com rotatória - que poderia ser ou não semaforizada.

As trincheiras por onde passariam as 2 pistas da Rondon seguiriam paralelas à galeria pluvial. Julgo que a engenharia já esteja um tanto avançada pra encontrar uma solução adequada e com custo justo para evitar possíveis inundações nas trincheiras.

Em terceiro lugar, não sou arquiteto e não pdoeria julgar a parte plástica/ estética da obra se não por meio do meu gosto pessoal: a proposta anterior, com o viaduto sendo sustentado por estais me parecia bem mais bonita e interessante que a atual.

Considero que vão "fuder" com a Rondon, mantndo o cruzamento em nível e tirando sua característica de via rápida urbana ao mesmo tempo em que reforçam esta função em outros trechos com os demais viadutos propostos. ou transformam-na inteira em via rápida ou acompanham a tendência e terminam de transformá-la numa avenida de atividades, aproveitando e melhorando suas calçadas, padronizando mobiliário urbano, implantando faixas exclusivas para o transporte coletivo (quem sabe um VLT?)...
 

·
Registered
Joined
·
582 Posts
^^ Há algum tempo eu vi uma perspectiva dessa proposta em algum lugar... o viaduto estaiado era bem melhor mesmo. :)
 

·
eu mess
Joined
·
5,242 Posts
^^
na época foram 3 profissionais da própria prefeitura que fizeram a proposta: um engenheiro civil, um arquiteto e um geógrafo - o último um amigo meu. A maquete chegou a ser exposta na prefeitura.
 
1 - 20 of 41 Posts
Status
Not open for further replies.
Top